Archive for maio 26th, 2021

RN tem dimunuição de mortes pela Covid, início de maio eram cerca de 30 ótitos por dia, nas últimas 24 horas morreram 07

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) atualizou os números do coronavírus nesta quarta-feira (26). Foram mais 1.027 casos confirmados, totalizando 262.780. Até terça-feira (25) eram 261.753 infectados. Casos suspeitos totalizam 94.767.

Com relação aos óbitos no Rio Grande do Norte, são 6.021 no total, sendo 07 mortes registradas nas últimas 24h: Natal(02), Carnaubais(01), Carnaúba dos Dantas(01), Monte das Gameleiras(01), Areia Branca(01), local a ser confirmado(01).

No início de maio o número de mortes pela doença era cerca de 30 por dia, mas nas últimas 24 horas foram registradas apenas essas 07. No entanto, como há sempre uma reserva de reegistros de mortos sem identificação da causa da morte, foram acrescidos mais 12 pessoas que faliceram em tempo que não é idenficado. hoje, 26, conta o número de 1.261 mortos em investigação.

Ferramenta da Assembleia possibilitará que população tenha acesso a leis pelo celular

Criada em 2 de fevereiro de 1835, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte já propôs e aprovou milhares de leis que regem a sociedade, como a Constituição Estadual, por exemplo. Essa legislação, composta por leis ordinárias e complementares poderão, em breve, ser consultadas pela população, fruto de um trabalho que vem sendo desenvolvido pela Casa, através da gestão sempre focada na Transparência e no livre acesso à informação, marca da gestão do presidente Ezequiel Ferreira (PSDB).

“Já temos no site todas as leis complementares e estamos trabalhando, de forma avançada, para disponibilizar todas as leis ordinárias aprovadas pela Casa. O intuito é que do celular, qualquer pessoa tenha acesso a essas leis, sua situação, se vigente ou não, por palavras chaves, por autor ou ano, de forma prática e rápida”, explica a diretora Legislativa, Tatiana Mendes Cunha.

No portal da Assembleia (www.al.rn.leg.br), no ícone Legislação, a população já pode consultar leis complementares desde 2017 e todas as leis ordinárias aprovadas em 2020 e 2021. O técnico do setor, Luciano Faria, confirma que ainda este ano este o compilado completo de leis já estará disponível.

ELegis

A Assembleia Legislativa, em agosto de 2019, já havia lançado eLegis, um sistema eletrônico que gerencia a atividade legislativa de forma digital, desde o nascimento no gabinete parlamentar, seguindo todo o trâmite, até o arquivamento, sem uso de papel e sem possibilidades de extravio ou interferência manual.

Desenvolvido pelo setor de Gestão Tecnológica da Casa, o sistema também faz parte do Planejamento Estratégico da Assembleia, que visa dar mais transparência a todos os atos do Poder Legislativo.

CFF aprova instalação de dispositivo de segurança em transporte intermunicipal

Por unanimidade, a Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF), da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte aprovou, na reunião realizada na manhã desta quarta-feira (26), pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR), o Projeto de Lei 16/2021, que torna obrigatória a Instalação de Dispositivo de Segurança nos Veículos de Transporte Público Intermunicipal de Passageiros, o qual acionará a Polícia Militar do Estado.

De iniciativa do deputado Subtenente Eliabe (SDD), a propositura tem por objetivo auxiliar os policiais na proteção de passageiros, na identificação e na prisão de assaltantes, além de inibir furtos e roubos dentro dos veículos de transporte público.

“O crescente número de assaltos ao transporte público tem assustado passageiros, motoristas e agentes de bordo, que sofrem com a violência e a insegurança. Nesse ponto, o dispositivo de segurança alarme de pânico será de grande importância. Ele será acionado pelo motorista ou pelo agente de bordo e comunicará em tempo real as ocorrências à PMRN, além de indicar com precisão a localização do veículo através do sistema de GPS. Dessa forma, quando acionado o dispositivo, a PMRN conhecerá a localização precisa do veículo e deslocará a viatura mais próxima ao local”, justifica o deputado Eliabe na matéria que foi relatada pelo deputado George Soares (PL).

A Comissão também aprovou, por unanimidade, o Projeto de Lei Complementar (PLC), de iniciativa do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que propõe Alteração de Dispositivos da Lei Complementar Estadual, 643 de 2018, que Regula a Divisão e a Organização Judiciárias do Estado, relatado pelo deputado José Dias (PSDB).

Participaram da reunião os deputados Tomba Farias (PSDB), George Soares, José Dias (PSDB), Kelps Lima (SDD) e Galeno Torquato (PSD).

Com apoio do governo Bolsoanro RN ultrapassa a 1 milhão de vacinas aplicadas

Covid-19: Natal abre mais 28 salas de vacina para atender profissionais de  saúde a partir desta segunda-feira | Rio Grande do Norte | G1
Foto da Iternet

Mesmo o governo do Estado do Rio Grande do Norte sendo adversário contra o governo Bolsonaro, o presidente, por meio do ministério da saúde, tem mandado as vacianas. Agora o RN ultrapassou a marca de 1 milhão de doses de vacinas contra Covid-19 aplicadas nos 167 municípios potiguares desde janeiro.

Segundo dados do RN + Vacina, até o início da manhã desta quarta-feira (26), foram aplicadas 1.001.891 vacinas no estado.

Do total, 658.721 pessoas tomaram a primeira dose e ainda aguardam o reforço da imunização.

Por outro lado, 343.170 potiguares já estão imunizados com a primeira dose – esse número ainda representa menos de 10% da população estadual, estimada pelo IBGE em 3,5 milhões de pessoas.

As primeiras doses de vacina contra Covid-19 chegaram ao Rio Grande do Norte no dia 19 de janeiro. Eram 82,4 mil doses da CoronaVac. Uma técnica em enfermagem foi a primeira pessoa vacinada, em um evento simbólico.

No dia seguinte, após receberem doses do governo, municípios começam vacinação. “Não tenham medo”, disse a primeira vacinada na capital.

Com a chegada de um novo lote de vacinas da Oxford/AstraZeneca na madrugada desta quarta-feira (26), e outra remessa de vacina Pfizer esperada para esta quinta (27), o estado chegará à marca de 1,5 milhão de doses recebidas.

Municípios com mais doses aplicadas

  • Natal – 266.805
  • Mossoró – 100.155
  • Parnamirim – 74.439
  • Caicó – 23.529
  • São Gonçalo do Amarante – 23.194
  • Ceará-Mirim – 17.563
  • Assu – 14.531
  • Macaíba – 16.340
  • Currais Novos – 14.293
  • Apodi – 13.053

G!RN

Membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras, jornalista João Batista Machado morre em Natal

João Batista Machado, jornalista e membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras  — Foto: Rodrigo Sena/Tribuna do Norte/Cedida
João Batista Machado, jornalista e membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras — Foto: Rodrigo Sena/Tribuna do Norte/Cedida

O jornalista João Batista Machado, de 77 anos, morreu em Natal nesta quarta-feira (26). Ele estava com câncer e contraiu Covid-19 durante o tratamento. Machado era membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras desde 2012.

Machado, como era conhecido, nasceu em Assu, no interior do Rio Grande do Norte, em 1943. Como repórter atuou na Tribuna do Norte, Diário de Natal e foi correspondente do jornal O Globo.

Também foi assessor de imprensa de quatro governadores do RN: Tarcisio Maia, José Agripino, por dois mandatos, Radir Pereira e Vivaldo Costa. Em maio de 2012 foi eleito membro da Academia Norte-rio-grandense de Letras.

Ele lutava contra um câncer no sistema digestivo e estava internado no Hospital do Coração onde faleceu na manhã desta quarta (26).

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, emitiu nota de pesar pela morte do jornalista. “Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do jornalista João Batista Machado, o Machadinho, como era conhecido por toda a classe política do Rio Grande do Norte. Exerceu a profissão por décadas nos principais jornais do Estado e foi assessor de imprensa do governo do Estado, da Prefeitura do Natal e de outros órgãos de classe, sendo um dos mais respeitados profissionais de imprensa por todos os que com ele conviveram, independente de partido ou opção política. Além disso, perde a história do Rio Grande do Norte um dos seus mais experientes pesquisadores, o que lhe proporcionou o ingresso na Academia Norteriograndense de Letras. A Salésia, filhos, todos os familiares, colegas e amigos os meus mais sinceros sentimentos de pesar”.

Amigos e familiares também lamentaram a morte de Machado. “Das piores notícias tenho de dar: morre João Batista Machado, jornalista, dos assessores de imprensa, um pai pra mim. Machadinho tinha câncer, pegou Covid. Machadinho, maior memória política do RN, discípulo de Manoel de Brito, amigo do meu pai”, postou o jornalista Rubens Lemos Filho.

“Meu tio, João Batista Machado, acabou de falecer. Uma referência para todos os amigos e familiares. Mas fica aqui a memória de “Machadinho”, do legado de amizade que ele construiu com muita fidelidade, do seu trabalho honrando e dos seus livros publicados”, escreveu Eduardo Machado.

João Batista Machado deixa a mulher, a jornalista Salésia Santas e dois filhos: João Ricardo e Ana Flávia.

G1RN

Kleber reforça luta pela sanção de Lei que beneficia pais e cuidadores de portadores de TEA

A luta do deputado Kleber Rodrigues (PL) pelos direitos dos portadores de Transtorno do Espectro Autista foi pauta do seu pronunciamento na sessão ordinária da Assembleia Legislativa desta terça-feira (25). O parlamentar destacou que vem buscando apresentar algumas leis que visam instituir ações e direitos que precisam ser colocadas em prática de forma urgente e célere.
 
“Fiz uma live com mães e crianças autistas para que todos pudessem conhecer a luta dessas pessoas. Ainda estamos em uma batalha, uma luta inicial. Mas muito ainda precisa ser feito”, destacou.
 
Kleber Rodrigues contou que esteve em Mossoró para defender o pleito junto às pessoas que tem autismo. “Uma das nossas lutas é ver sancionada a Lei aprovada nesta Casa, que abona o dia de trabalho de pais, mães e cuidadores, quando estas precisarem levar as pessoas com autismo ao médico, ou às terapias”, contou.
 
O parlamentar disse ainda que esse direito já é respeitado em outros estados do Brasil e que recebeu sinal verde da governadora Fátima Bezerra para que o Projeto se torne lei no RN. “Estive com a governadora que demonstrou um olhar sensível para que essa Lei chegue logo aos servidores estaduais. Mas esse é apenas um dos tantos pleitos que as pessoas com autismo precisam para terem seus direitos respeitados”, destacou.
 

Inclusão de psicólogos e assistentes sociais em escolas é debatida na ALRN

A inclusão de psicólogos e assistentes sociais nas escolas da Educação Básica foi discutida na tarde desta terça-feira (25), pela Assembleia Legislativa, durante audiência pública realizada em caráter remoto. Proposto pela deputada Isolda Dantas (PT), o debate teve como foco a explanação sobre a importância dos profissionais dentro das unidades de educação e a necessidade de se fazer cumprir uma nova lei federal que trata sobre o assunto.

Reunindo dezenas de representantes de diversas entidades e da sociedade civil, a audiência pública debateu a Lei Federal nº 13.935, sancionada em dezembro de 2019 e que depende da ação de estados e municípios para que seja regulamentada com os recursos já aprovados pelo novo Fundo de Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb). No Rio Grande do Norte, a demanda é exigida pelos Conselhos Regionais de Psicologia (CRP-RN) e de Serviço Social (CRESS-RN), que estão buscando apoio de parlamentares para a regulamentação. Por isso, a deputada Isolda Dantas propôs a realização da discussão.

“A retomada das atividades nas escolas trará desafios ainda maiores depois que houver condições sanitárias. É importante que se tenham condições para o acolhimento dos estudantes e, nesse cenário, o trabalho dos psicólogos e assistentes sociais será ainda mais importante”, ressaltou a parlamentar.

Pela lei, que foi promulgada pelo Congresso Nacional e que teve os vetos do Executivo Federal derrubados pela Câmara dos Deputados, as redes públicas de educação básica deverão contar com serviços de psicologia e de serviço social para atender às necessidades e prioridades definidas pelas políticas de educação, por meio de equipes multiprofissionais. Essas equipes, de acordo com o texto, deverão desenvolver ações para a melhoria da qualidade do processo de ensino-aprendizagem, com a participação da comunidade escolar, atuando na mediação das relações sociais e institucionais. A norma tinha prazo de um ano para ser viabilizada, o que já se extrapolou. Por isso, o foco é o retorno já quando ocorrer o arrefecimento da pandemia.

Segundo a representante Conselho Federal de Serviço Social, Eunice Ferreira Damasceno Ferreira, a luta para a aprovação da lei durou 19 anos, além de outro ano para que fosse incluída no Fundeb, garantindo a regulamentação para o pagamento dos novos profissionais de Serviço Social e Psicologia. Para ela, o momento é de se lutar para garantir o cumprimento da lei.

“É uma luta coletiva, que tem sido travada pelas duas entidades e essa luta tem que ser articulada para conseguirmos o cumprimento”, disse a representante do Conselho Federal de Serviço Social.

O pensamento é o mesmo da secretária do Conselho Federal de Psicologia, Izabel Hazin. Ela disse que espaços como o cedido pela Assembleia Legislativa têm sido muito importantes para se mostrar como essas especialidades amadureceram e podem ser importantes na educação básica. 

“Lutamos por um projeto de educação que seja uma escola voltada à emancipação humana, que traga contribuição para formarmos seres mais conscientes livres e que participem mais dos processos sociais”, disse Hazin.

Também presente ao encontro, a deputada federal Natália Bonavides (PT) enalteceu a nova lei e importância que os profissionais terão para a formação dos alunos. “É importante discutir esse tema, porque garantir esses profissionais nas escolas é garantir direitos, instrumentos para se enfrentar essa realidade que vemos ser cada vez mais desigual”, avaliou.

Após ouvir mais de 20 representantes de movimentos sociais e ligados à área da educação, a deputada Isolda Dantas disse que vai seguir com as ações para cobrar o cumprimento da lei. “É uma satisfação enorme ter um debate com essa qualidade e com pessoas tão apaixonadas pela educação. Vamos seguir vigilantes e cobrar que essa lei seja cumprida”, disse a deputada.

CPI de Fátima Bezerra. ESCÂNDALO! Deputados dizem que já viram um conteúdo “escandaloso” e assustador.

Foto da Internet

Agora é pra valer. Deputados que assinaram hoje, terça-feira (25), o pedido de abertura da CPI da COVID para investigar as ações do governo do estado, dizem que o conteúdo é ASSUSTADOR e escandaloso.


Deputados que já deram declarações a diversos veículos de comunicação, se dizem abismados com o conteúdo que eles já tiveram acesso.

Em tempo: Tentaram dar um giro no Bozo e receberão um GIRAL.
Em tempo 2: Fátima cometeu erros clássicos. Eu denunciei, desde as primeiras ações do governo para o enfrentamento do COVID 19, lá no início da pandemia, dezenas de casos.
Em tempo 3: O SINDCONAM, sindicato dos trabalhadores em ambulâncias fez diversas denúcicias. Desde contratos com empresas fantasmas à aquisição de EPI’s fora do recomendado. O governo sequer recebia os membros do sindicato.
Em tempo 4: A gestão da SAMU comenteu crimes escandalosos e a governadora nem sequer queria ouvir as denúncias.
Em tempo 5: Queremos os 5 milhões sumidos pelo CONSÓRCIO VERMELHO, para a compra dos respiradores. Juntem aí e paguem o nosso dinheiro. Devolvam nossos recursos e paguem pelos crimes que cometeram.
Em tempo 6: Aos Plantonistas da Resistência: “CPI nos olhos do Bozo é leitinho, né?”

Blog do Ciryllo