Um carro é flagrado por radar em excesso de velocidade, mas o condutor é um cão

Radar que flagrou 'cachorro motorista' estava operando na Rua República Argentina, em Blumenau (SC)
Divulgação/Seterb de Blumenau

Radar que flagrou um cachorro como motorista estava operando na Rua República Argentina, em Blumenau (SC)

Agentes da Guarda Municipal de Trânsito de Blumenau, em Santa Catarina, tiveram uma surpresa ao analisar as imagens registradas nessa quinta-feira, 20, por um radar de trânsito da cidade.

A imagem intriga a todos que buscam uma explicação.

radar instalado na Rua República da Argentina flagrou um veículo trafegando a 71 km/h, portanto acima do limite de velocidade permitido na via (60 km/h). Até aí nenhuma grande novidade, mas a imagem registrada pelo equipamento chamou a atenção e viralizou na internet pois o condutor do carro modelo Polo (Volkswagen) aparentemente nem humano é, mas sim um cachorro (à primeira vista, da raça Schnauzer).

O curioso registro feito pouco antes das 11h da manhã dessa quinta-feira, na verdade, pode se tratar de uma ilusão de ótica provocada pela sombra – que estaria encobrindo o real condutor do carro (imaginamos que um humano), enquanto o cachorro estava em seu colo.

Além de ser multado por trafegar acima do limite de velocidade permitida na via, o motorista deverá ainda ser indenizado em R$ 130,16 por “dirigir o veículo transportando pessoas, animais ou volume à esquerda ou entre braços e pernas”, conforme versa o Código de Trânsito Brasileiro. A infração é classificada como de natureza “média”, que implica na perda de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Em nota, o Serviço Autônomo Municipal de Trânsito e Transportes de Blumenau (Seterb) informou que o transporte adequado de cães em carros pode ser realizado de duas maneiras, ambas no banco de trás do veículo. “Uma é levar o cão dentro de uma caixa de transporte e prendê-la no cinto de segurança. A outra é colocar no cachorro um cinto específico, vendido em pet shops, e prender o material no cinto de segurança do automóvel”, explicou o órgão da prefeitura da cidade.

 

Fonte: Último Segundo – iG @ http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/2017-07-21/radar.html