Suspeito de tentar matar ex-companheira com caco de vidro é preso na Grande Natal

Homem de 31 anos é preso pela Polícia Civil por tentar matar ex-companheira com pedaço de vidro. — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Policiais civis um homem de 31 anos, na manhã desta terça-feira (10), suspeito de ter tentado matar a ex-companheira com um caco de vidro – crime que aconteceu no dia 3 de março. A prisão aconteceu no bairro Moinho dos Ventos, na cidade de Extremoz, na região metropolitana de Natal.

Agentes da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) da Zona Sul e da Delegacia Municipal de Extremoz cumpriram um mandado de prisão preventiva expedido pela 1a. Vara Criminal da Natal, município onde o crime aconteceu.

O homem é suspeito de ter tentado matar a companheira, de 24 anos, usando um pedaço de vidro e uma faca. De acordo com as investigações, ele não aceitava o fim do relacionamento.

Na noite do dia 3, ainda segundo a polícia, ele atacou a vítima no rosto, no peito e nas costas. A mãe da vítima, que estava no local, socorreu a mulher e chegou a receber ameaças do suspeito.

“Ele estava atrás de uma porta e furou ela com um pedaço de vidro. Eu socorri ela na calçada, já toda cheia de sangue e com a orelha toda decepada. Minha filha também está com o olho roxo de uma outra agressão. Ele batia nela demais e me jurou de morte quando tava fugindo”, contou a mãe da vítima após o crime.

Desde as agressões o suspeito estava foragido.

Fonte: Homem de 31 anos é preso pela Polícia Civil por tentar matar ex-companheira com pedaço de vidro. — Foto: Polícia Civil/Divulgação