Subtenente Eliabe lamenta morte de policiais e cobra providências ao Governo

Em pronunciamento durante a sessão plenária desta terça-feira (6), na Assembleia Legislativa, o deputado Subtenente Eliabe (SDD) lamentou o assassinato de dois policiais militares no último final de semana. Os crimes ocorreram em São Gonçalo do Amarante e Nísia Floresta, na noite do último sábado (3). “Manifesto o meu profundo sentimento de pesar e solidariedade aos familiares destes dois bravos guerreiros, assim como a todos os policiais militares do Estado diante destas mortes covardes e cruéis”, disse Eliabe.
 
O deputado cobrou medidas céleres do Governo do Estado para investigar os homicídios e prender os criminosos. “Não se pode tratar o homicídio de policiais como algo comum, pois a morte deles é a morte do Estado. É preciso sensibilidade diante do ocorrido”, observou ele.
 
Manifestando apoio ao pronunciamento do colega, o presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) repudiou os homicídios dos policiais militares e também o assassinato de um turista paulista no litoral potiguar, ocasião em que externou solidariedade aos familiares das vítimas. “Precisamos ter sim uma ação e reação de forma contumaz das forças policiais do Estado para que fatos como esses não continuem ocorrendo no Rio Grande do Norte”, reforçou o presidente da Assembleia Legislativa.
 
Na oportunidade, o Subtenente Eliabe destacou requerimento encaminhando ao Governo do Estado propondo a criação de um núcleo permanente para atuar e apurar crimes contra profissionais da segurança pública no Rio Grande do Norte. “À exemplo de outros estados brasileiros, a criação dessa unidade é o mínimo que o Governo pode fazer em resposta a esse cenário. Os profissionais de segurança pública precisam da atenção do Estado para garantir a segurança da população. Peço ao Governo que saia desse silêncio e haja”, declarou Eliabe.

Assessoria

Leave a Comment