“Seria um tiro no pé”, diz Moro sobre intenção do PT em abrir uma CPI para investigá-lo

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Nova-Imagem-2.bmp

O pré-candidato à presidência Sergio Moro (Podemos) disse nesta terça-feira (25), em seu perfil oficial do Twitter, que o PT recuou da ideia de criar uma CPI contra ele. Segundo o ex-ministro, a sigla “percebeu que além de não haver justificativa legal, seria um tiro no pé, pois a CPI seria uma oportunidade de relembrar aqueles que realmente receberam suborno das empresas investigadas na Lava Jato”.

BG