Sem apoio do ‘centrão’, Ciro tenta disputar legado de Lula

Ciro Gomes discursa na convenção que o oficializou como candidato do PDT – Ailton de Freitas/Agência O Globo/20-07-2018

Ciro Gomes não deve ser o plano B de Lula, mas tem busado reforçar a imagem de ser o mais capacitado para herdar o projeto lulista. Em entrevista à TV Difusora, afiliada do SBT no Maranhão, o pré-candidato do PDT criticou a insistência do PT na candidatura do ex-presidente, preso há mais de três meses em Curitiba, e colocou-se como única alternativa política capaz de absorver seu legado, o que poderia garantir uma conjuntura favorável para libertá-lo.

“Só tem chance de sair da cadeia se a gente organizar a ‘carga’, botar juiz para voltar para a caixinha dele, botar o Ministério Público para voltar para a caixinha dele, e restaurar a autoridade do poder político. E de novo: com uma tragédia, só resta eu”, garantiu.

A entrevista aos maranhenses mostra a complexidade da estratégia do pedetista. No estado, ele conta com a simpatia do governador Flávio Dino, do PCdoB, que o considera o melhor nome para unir a esquerda neste momento. Por outro lado, ele sabe que dialoga com um eleitorado majoritariamente lulista.

 

Fonte: https://www.cartacapital.com.br/politica/sem-apoio-do-centrao-ciro-tenta-disputar-legado-de-lula