RN tem chuvas registradas em todas as regiões do estado

Em Natal, chuvas do fim de semana causaram alagamentos e prejudicaram o trânsito (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Em Natal, chuvas do fim de semana causaram alagamentos e prejudicaram o trânsito (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Choveu em todas as regiões do estado neste final de semana. Segundo o serviço de meteorologia da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (Emparn), as precipitações ocorreram entre a manhã da sexta-feira, dia 30 de junho, e a manhã desta segunda, 3 de julho.

As chuvas mais fortes aconteceram em São Pedro (123,2 milímetros), município da região Agreste, e em Canguaretama (129,1 mm), na região Leste. Em Natal, capital do estado, choveu 79 milímetros. O aguaceiro causou alagamentos e prejudicou o trânsito.

Por região, confira as precipitações registradas durante o fim de semana:

Leste

  • Canguaretama: 129,1 mm
  • Natal: 79 mm
  • São Gonçalo do Amarante: 74,3 mm
  • Goianinha: 70,6 mm
  • Senador Georgino Avelino: 64,1 mm
  • Extremoz: 56,8 mm
  • Parnamirim: 53,9 mm
  • Espírito Santo: 42,9 mm
  • Montanhas: 36,5 mm
  • Ceará-Mirim: 24 mm
  • Maxaranguape: 19 mm

Agreste

  • São Pedro: 123,2 mm
  • Santa Maria: 73 mm
  • Bom Jesus: 54,6 mm
  • Vera Cruz: 53,2 mm
  • Monte Alegre: 47 mm
  • Rui Barbosa: 39,9 mm
  • Barcelona: 35,6 mm
  • Ielmo Marinho: 31,2 mm
  • Lagoa de Pedras: 29,6 mm
  • Bento Fernandes: 26,5 mm
  • São Tomé: 20 mm
  • São Bento do Trairi: 19,7 mm
  • Sítio Novo: 17,5 mm
  • Jaçanã: 12,1 mm
  • Coronel Ezequiel: 11 mm
  • João Câmara: 7,5 mm
  • Japi: 7 mm

Oeste

  1. Tenente Ananias: 83 mm
  2. Venha-Ver: 80 mm
  3. Francisco Dantas: 73,3 mm
  4. Alexandria: 67,5 mm
  5. Major Sales: 66,5 mm
  6. Dr. Severiano: 61,3 mm
  7. Felipe Guerra: 54 mm
  8. Paraná: 53 mm
  9. José da Penha: 52,9 mm
  10. Marcelino Vieira: 52 mm
  11. São Francisco do Oeste: 47 mm
  12. João Dias: 40 mm
  13. Martins: 38 mm
  14. Pau dos Ferros: 38 mm
  15. Campo Grande: 35,9 mm
  16. Água Nova: 32,2 mm
  17. Campo Grande: 31,4 mm
  18. Pilões: 28,8 mm
  19. Umarizal: 28 mm
  20. Antônio Martins: 25 mm
  21. Baraúna: 24,8 mm
  22. Rodolfo Fernandes: 20 mm
  23. Lucrécia: 17 mm
  24. Rafael Godeiro: 16,1 mm
  25. Itaú: 16 mm
  26. Messias Targino: 15,6 mm
  27. Itajá: 15 mm
  28. Frutuoso Gomes: 13 mm
  29. Antônio Martins: 12 mm
  30. Ipanguaçu: 11,3 mm
  31. Upanema: 10 mm
  32. São Rafael: 6,9 mm
  33. Viçosa: 5,4 mm
  34. Janduís: 1 mm

Central

  • São Bento do Norte: 50 mm
  • Pedro Avelino: 26,3 mm
  • Santana do Matos: 22 mm
  • Equador: 20,7 mm
  • Ouro Branco: 16 mm
  • Florânia: 14,1 mm
  • Caiçara do Rio dos Ventos: 10 mm
  • São José do Seridó: 9,1 mm
  • Pedro Avelino: 8,6 mm
  • Jardim do Seridó: 7,6 mm
  • Cruzeta: 6,6 mm
  • São José do Seridó: 6,5 mm
  • São Vicente: 6 mm
  • Caicó: 4,7 mm
  • Cerro-Corá: 4,5 mm
  • Parelhas: 4 mm
  • Angicos: 3,6 mm
  • Timbauba dos Batistas: 2,5 mm
  • Guamaré: 1,5 mm
  • Acari: 1,1 mm
  • Carnaúba dos Dantas: 1 mm

De acordo com Gilmar Bristot, Gerente de Meteorologia da EMPARN, as chuvas que estão caindo são causadas pela atuação do sistema de brisa e instabilidades de origem oceânicas, cenário normal nesse período do ano.

Durante esta semana o tempo deve permanecer nublado com ocorrência de chuvas no Litoral Leste e no Agreste. No interior, a previsão é de céu parcialmente nublado com precipitações isoladas. “Estamos analisando as condições dos ventos e pode ser que as precipitações no litoral se intensifiquem por volta da quarta-feira (5). Essa previsão estará mais definida amanhã”, acrescenta.

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/rn-tem-chuvas-registradas-em-todas-as-regioes-do-estado.ghtml