RN registra 784 denúncias de violência contra idosos em 2017

Rio Grande do Norte contabilizou 784 casos de violência contra idosos denunciados pelo Disque 100, em 2017. Os dados foram divulgados pelo Ministério Público Estadual nesta sexta-feira (15), quando é comemorado o Dia Mundial da Conscientização Contra a Violência à Pessoa Idosa. Com isso, o estado ficou entre os 10 com maior quantidade de denúncias.

Para a promotora de Justiça e coordenadora dos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça de Cidadania e de Inclusão do MP, Fladja Souza, a quantidade de casos supera o número do Disque 100.

“Muitos casos não são denunciados e um agravante é que boa parte das violações de direitos são cometidas por pessoas próximas à vítima”, ressalta.

Do total de 784 denúncias no ano passado, foram geradas 1.625 violações aos direitos dos idosos. As principais crimes são violência física e psicológica, negligência e abuso financeiro.

Todas as denúncias encaminhadas ao Disque 100 chegam ao Ministério Público. De acordo com o órgão, ao receber o registro, as promotorias de Justiça de Defesa do Idoso instauram procedimentos e começam as investigações.

“A atuação é focada na busca da solução para o problema, principalmente providenciando a adoção de medidas protetivas, de forma a cessar a violência que estiver ocorrendo”, afirma a promotora.

As denúncias também podem ser encaminhadas diretamente às Promotorias de Justiça de Defesa do Idoso, como também às delegacias de polícia.

A procuradora Iadya Gama Maio considera que a luta não deveria ser por mais direitos, e sim, pela implementação dos direitos que já existem. “Nós já temos as leis e políticas públicas, o que falta é implementá-las”, disse.

Fonte: https://g1.globo.com/