Projeto de Lei de Ezequiel Ferreira insere cidadania, ética e política na rede estadual

????????????????????????????????????
????????????????????????????????????

Por unanimidade de votos dos presentes na Sessão Plenária, desta quinta-feira (5), foi aprovado o Projeto de Lei do presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), que faz a inclusão dos conteúdos de cidadania, ética e política na rede estadual de ensino do Rio Grande do Norte. A matéria segue agora para sanção do governador do RN, Robinson Faria.

“As temáticas serão complementares das disciplinas de Estudos Sociais e História. Constitui conteúdo curricular relacionado à formação do indivíduo para o exercício da cidadania e o despertar do senso moral, ético e cidadão”, explica Ezequiel Ferreira enaltecendo que o Projeto de Lei se soma ao esforço e empenho do Programa Brasileiro de Educação Cidadã (Probec), que promove durante todo o mês de setembro ações de cidadania, numa iniciativa do juiz Jarbas Bezerra e da advogada e servidora da Justiça Eleitoral Lígia Limeira.

“As instituições estão abraçando a iniciativa cidadã e espero que a gente consiga o objetivo que é fazer com que nesse país haja o mínimo de respeito ao outro. A educação se faz com respeito ao outro. Espero que esse projeto possa se estender a todos os estados brasileiros. No nosso estado temos Natal à cidade do sol é do sal. Agora tem também a capital e o estado da cidadania”, afirma Jarbas Bezerra.

Pelo Projeto de Lei do deputado Ezequiel Ferreira serão ensinados valores éticos de compromisso com a coletividade e com os indivíduos, baseado em relacionamentos de respeito às diferenças individuais, direitos e deveres do cidadão, igualdade de oportunidade e de tratamento independente de etnia, gênero e classe social.

O aprimoramento do caráter com apoio na ética e na moral, na dedicação à família e à sociedade para o desenvolvimento da solidariedade humana, também é contemplado na lei bem como o preparo do cidadão para o exercício das atividades cívicas com fundamento na moral, no patriotismo e na ação construtiva visando o bem comum.

A lei finaliza com a inserção em sala de aula de fundamentos que despertem a conscientização e o incentivo ao pensamento e ações sustentáveis, relacionadas ao meio ambiente, além da organização político-administrativa dos entes federados, políticas públicas, responsabilidade social e a importância da formação ética, social e política do cidadão.