Prognostico: 2019 pode terminar com dois ex-presidente do Brasil presos

Resultado de imagem para Temer e Lula
Sérgio Lima/Folhapress

A previsão de que no final do ano de 2019 possamos ter dois ex-presidente do Brasil presos é cada vez mais certa. Visto que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já foi condenado pelo TRF4; neste caso, a condenação na segunda estância pode levar o condenado a cadeia, e como ele vem tentando jogar a população contra a justiça, pode acontecer de ser apressada sua reclusão, já que trata de um desacato direto ao poder judiciário. O outro possivelmente preso no final do ano de 2019 é o presidente Michel Temer (MDB) que está sendo investigado pela PGR, já que seus compassas, Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves, os dois ex-presidentes da Câmara Federal, estão presos. No caso o primeiro, o MPF está pedindo sentença de mais de 300 anos de prisão. Então é provável que o Temer seja enjaulado quando perder o foro privilegiado, já que as acusações contra ele apontam para formação de quadrilha com os outros dois políticos já presos.

Tanto o PT como o MDB estão com número considerado de políticos condenados. O PT tem José Dirceu e Antônio Palloce; enquanto o MDB tem os dois aqui já citados; e ainda o Gedel.

Esses dos partidos devem está na mira do eleitor em 2018. É o que se espera de uma população que reclama tanto da corrupção no Brasil.