Profissionais do SAMU protestam por falta de pagamento pelo Governo

Foto cedida

Profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) farão paralisação por 2 horas em protesto pela falta de repasse dos pagamentos pelo Governo do Estado. Motoristas, maqueiros e cozinheiros se reuniram na sede do SAMU Metropolitano, em Macaíba.

Em nota, a Secretaria de Estado de Saúde Pública afirmou que o pagamento dos serviços contratados aos prestadores tem sido feito regularmente ao longo dos últimos meses, bem como está cumprindo o prazo dos 90 dias, conforme contratualizado, além de estar em tratativas para equacionar possíveis eventualidades.

Ainda em nota, o Governo destacou que a responsabilidade trabalhista com os servidores é da empresa contratada, que deve arcar com honorários, férias e outras atribuições.

Novo Notícias / BG