Paulo Henrique Amorim é condenado por ofensa a diretor de jornalismo da Globo

paulo_henrique

Em sentença divulgada nesta sexta-feira (29), o desembargador Edison Brandão condenou Paulo Henrique Amorim a cinco meses e dez dias de prisão por ofender Ali Kamel em um post feito em seu blog, o “Conversa Afiada”. O relator do caso entendeu que a publicação feita pelo apresentador do “Domingo Espetacular”, da Record, é de “autêntica empreitada” contra a honra do diretor de jornalismo da Rede Globo, e a vontade de cometer o crime “salta nítido nos autos, ficando clara a intenção de macular a honra de Ali Kamel”. A decisão, contudo, ainda cabe recurso.

Na ocasião, Paulo Henrique acusou Kamel de racismo pelo conteúdo do livro “Não Somos Racistas – Uma Reação aos que Querem nos Transformar numa Nação Bicolor”. O jornalista afirmou que o diretor da emissora carioca “engrossa as fileiras racistas dos que bloqueiam a integração e a ascensão dos negros” e o classificou no texto como “trevoso” – que significa ser uma pessoa horrível, medonha.