Para fugir de linchamento, assaltantes pedem a ajuda a Polícia Militar e acabam presos em Natal

Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

Melhor a cadeia que o cemitério. Esse foi o pensamento que deve ter tomado a mente da dupla de assaltantes que tentou roubar um taxista na noite desta segunda-feira (10), em Natal. Tanto que, para fugir de um linchamento, eles foram parar no Batalhão da Polícia Militar e confessaram o crime. As informações são do g1 RN.

Os dois, que são irmãos, anunciaram o assalto quando já estavam dentro do taxi. Armados com uma faca, eles levaram o dinheiro e o celular do taxista. Depois, desceram do do veículo e fugiram em direção a um supermercado, na avenida Rio Grande do Sul, em Cidade da Esperança.

Foi aí que o taxista conseguiu alertar as pessoas próximas e a perseguição começou. Com medo de ser linchada, a dupla foi parar no 9º Batalhão da PM, para pedir ajuda aos policiais.

Um dos irmãos, de 26 anos, já usa tornozeleira eletrônica. O outro, é um adolescente de 14 anos, que precisou até receber atendimento médico na UPA local. Os celulares roubados foram devolvidos a vítima.

BG

Leave a Comment