Pai é morto ao tentar defender filho de rivais no RN; também baleado, amigo da família morre em hospital

Socorrido ao hospital, João Maria Figueiredo, de 45 anos, não resistiu ao ferimento e morreu após cirurgia  (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)
Socorrido ao hospital, João Maria Figueiredo, de 45 anos, não resistiu ao ferimento e morreu após cirurgia (Foto: Marcelino Neto/O Câmera)

Pai, filho e um amigo da família foram baleados na noite desta segunda-feira (17) na cidade de Mossoró, na região Oeste potiguar. O pai e o amigo não resistiram aos ferimento. Segundo a Polícia Militar, o alvo dos criminosos seria o filho, um jovem de 19 anos, que foi socorrido ao hospital, onde permanece internado.

Ainda de acordo com a PM, os três estavam na calçada de uma casa, no bairro de Santo Antônio, quando quatro homens se aproximaram em duas motocicletas. A polícia disse que o objetivo do grupo era matar o rapaz. Na tentativa de defender o filho, José Alves da Silva, de 49 anos, acabou baleado e morreu no local. O filho, ferido, correu para dentro de uma casa e se fingiu de morto.

Já o amigo, João Maria Figueiredo, de 45 anos, que em meio à correria foi atingido nas costas, ainda chegou a ser socorrido, mas não resistiu ao ferimento e morreu no final da noite, após passar por cirurgia no Hospital Regional Tarcísio Maia.

O rapaz, alvo dos criminosos, foi baleado no peito e passou por cirurgia. Ele continua internado e segue em observação.

Após os disparos, a PM fez buscas pela região mas não encontrou nenhum suspeito. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/pai-e-morto-ao-tentar-defender-filho-de-rivais-no-rn-tambem-baleado-amigo-da-familia-morre-em-hospital.ghtml