Caern interrompe abastecimento de água para carcinicultura e irrigação no Vale do Açu

Reunião entre representantes do Governo, prefeitos e empresários da região do Vale do Açu aconteceu nesta quarta-feira (13) (Foto: Lamonier Araújo/Inter TV Cabugi)
Reunião entre representantes do Governo, prefeitos e empresários da região do Vale do Açu aconteceu nesta quarta-feira (13) (Foto: Lamonier Araújo/Inter TV Cabugi)

A Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern) vai interromper por, pelo menos, três dias, a partir das 21h desta quinta-feira (14), o fornecimento de água para as atividades de irrigação e carcinicultura do Vale do Açu. O motivo é que a Barragem Armando Ribeiro Gonçalves, responsável por fornecer água a toda a região, não está conseguindo dar conta do abastecimento de alguns municípios, por causa da escassez de chuva e do baixo nível do reservatório.

A medida visa a priorizar o abastecimento dessas cidades. Segundo informações da própria Caern, desde a semana passada Macau, Guamaré e Pendências já estão sem água. Se o problema não for resolvido, mais três municípios podem ficar na mesma situação: Alto do Rodrigues, Almino Afonso e Carnaubais.

A decisão de corte no abastecimento foi acertada entre os prefeitos dessas cidades, agricultores e representantes do Governo do Estado, em uma reunião realizada no auditório da Governadoria nesta quarta (13).

O diretor da Companhia de Águas, Marcelo Toscano, afirma que também vai intensificar a fiscalização nas tubulações da região, para evitar desvios ilegais e garantir que as empresas estão cumprindo com o determinado. Caso a ordem seja descumprida, os responsáveis serão multados.

A medida de interrupção no fornecimento de água para os fins econômicos é uma primeira tentativa de normalização do serviço para as cidades. Caso dê certo, essas interrupções vão passar a acontecer periodicamente. Em caso contrário, será buscada uma outra maneira de suprir a falta de água na região.

Fonte:https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/caern-interrompe-abastecimento-de-agua-para-carcinicultura-e-irrigacao-no-vale-do-acu.ghtml

Quadrilha tenta roubar carros-fortes e incendeia automóvel no interior do RN

Carros-fortes foram atacados por assaltantes entre Bom Jesus e Santa Maria (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Carros-fortes foram atacados por assaltantes entre Bom Jesus e Santa Maria (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

Assaltantes tentaram roubar o dinheiro de dois carros-fortes entre as cidades de Bom Jesus e Santa Maria, distante aproximadamente 60 quilômetros de Natal. O crime aconteceu no início da noite desta quarta-feira (13).

A quadrilha trocou tiros com um vigilante de uma das empresas de transporte de valores e com policiais militares, e ainda incendiou um automóvel, que foi largado no meio da pista para dificultar que a polícia partisse em perseguição.

Segundo o tenente-coronel Eduardo Franco, da assessoria de imprensa da PM, os dois carros-fortes trafegavam na estrada que liga Bom Jesus a Santa Maria quando foram interceptados pelos assaltantes. Pelo menos oito homens que estavam em três veículos participaram do ataque.

Um dos vigilantes, que seguia em um dos carros-fortes, reagiu e trocou tiro com os criminosos. Um outro segurança chamou a PM. Quando os policiais chegaram ao local, ainda de acordo com o tenente-coronel Franco, os assaltantes fugiram.

Na fuga, os bandidos atearam fogo em um automóvel (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Na fuga, os bandidos atearam fogo em um automóvel (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)

Antes de fugirem, no entanto, um dos carros usados pelos criminosos foi largado no meio da pista e incendiado. A quadrilha fugiu em outros dois veículos.

A assessoria de imprensa da PM afirma que a polícia segue realizando patrulhamento na região em busca dos assaltantes.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/quadrilha-tenta-roubar-carros-fortes-e-ateia-fogo-em-automovel-para-fugir-no-interior-do-rn.ghtml

Comissões ouvem esclarecimentos sobre empréstimos do Governo

Crédito da Foto: João Gilberto

Com os esclarecimentos do secretário de Planejamento e Finanças, Gustavo Nogueira em audiência pública nesta manhã, a Comissão de Justiça e Redação (CCJ), Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) e Comissão de Administração, Serviços Públicos e Trabalho discutiram os dois empréstimos, requeridos pelo Governo, em pauta na Assembleia. O primeiro, aprovado em 2013, pretende mudar a aplicação dos recursos, no valor de R$146 milhões, saldo dos R$ 234 milhões garantidos pela Caixa Econômica Federal e o outro busca garantir novos recursos na ordem de R$ 698 milhões, junto ao banco.

Depois das explicações, os deputados da CCJ e CFF decidiram aprovar a alteração no objeto de financiamento para obras de mobilidade urbana do PAC, ampliando a finalidade, que antes beneficiava apenas a avenida Roberto Freire, para a aplicação dos recursos também em saneamento básico, acesso ao aeroporto internacional Aluizio Alves e Centro de Convenções de Natal.

“A maior questão dos deputados era se essa mudança teria uma multa a ser paga. Tenho a informação da Caixa Econômica que não será cobrada taxa nem multa, pois o contrato não será modificado em valores. A mudança será apenas no escopo da aplicação dos recursos que inicialmente seriam utilizados na Avenida Roberto Freire”, disse o secretário Gustavo Nogueira, tirando a dúvida que havia motivado o pedido de vista do deputado Kelps Lima, com a preocupação de que o pagamento de taxa e multa torna-se inviável para o Estado a modificação.

Ainda de acordo com o secretário, o Estado não teria de arcar com as contrapartidas para a realização das obras. Ele disse ainda que o restante dos recursos já contratados, no valor de R$ 146 milhões, já está com prazo a se vencer.
Novo empréstimo

Na reunião conjunta desta manhã, o secretário Gustavo Nogueira também explanou sobre novo pedido de empréstimo pelo Governo do Estado, que está tramitando em regime de urgência e que deve ser votado no plenário da Assembleia Legislativa num prazo máximo de 45 dias.

O novo é empréstimo é no valor de R$ 698 milhões e vai permitir um desafogo na fonte orçamentária 100, o que possibilitará a colocação em dia do pagamento da folha de pessoal, segundo o secretário.

Os recursos serão do programa de Financiamento da Infraestrutura e Saneamento (FINISA) e serão aplicados na construção, ampliação e aparelhamento de unidades hospitalares; implantação e pavimentação de rodovias; incentivo financeiro para a industrialização; amortização de financiamento da dívida interna; saneamento básico  e investimentos em infraestrutura para os órgãos de segurança pública.

Participaram da reunião conjunta os deputados Tomba Farias (PSB), Márcia Maia (PSDB), Galeno Torquato (PSD); Dison Lisboa (PSD); Kelps Lima (Solidariedade); José Dias (PSDB); Carlos Augusto (PSD); Larissa Rosado (PSB); George Soares (PR) Cristiane Dantas (PCdoB); Nelter Queiroz (PMDB), Jacó Jácome (PSD), Fernando Mineiro (PT) e o vice-governador Fábio Dantas (PCdoB),

Lula irrita Moro ao criticar condenação no caso do tríplex

moro-lula
MORO x LULA: Esse foi o primeiro encontro dos dois após condenação de Lula no caso do tríplex (go Estrela/PMDB e Adriano Machado/Reuters)

Nas considerações finais de seu depoimento para o juiz Sergio Moro nesta quarta-feira (13), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acusou o magistrado de agir com imparcialidade no caso do tríplex do Guarujá.

Na ação, julgada no último 12 de julho, o petista foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por lavagem de dinheiro e  corrupção passiva.

Nesta quarta, ele voltou a depor para Moro, desta vez, sobre a ação penal em que é acusado de ter recebido propina da Odebrecht para a compra de um terreno que seria destinado à construção da sede do Instituto Lula e de um apartamento vizinho ao que o ex-presidente reside em São Bernardo do Campo (SP). O depoimento durou 2h10.

Nos minutos finais do interrogatório, o ex-presidente acusou a Operação Lava Jato de preconizar uma verdadeira “caça às bruxas”, que tem ele como principal alvo. “Fiquei sabendo de uma pessoa que foi prestar depoimento na Polícia Federal e que, de 28 perguntas, 26 foram do Lula”, disse o ex-presidente.

E questionou Moro: “Vou chegar em casa amanhã, vou almoçar com 8 netos e uma bisneta de 6 meses. Eu posso olhar na cara dos meus filhos e dizer que vim a Curitiba prestar depoimento a um juiz imparcial?”, perguntou Lula.

Ao que Moro respondeu: “Primeiro, não cabe ao senhor fazer esse tipo de pergunta para mim, mas de todo modo, sim”.

“Porque não foi o procedimento na outra ação”, rebateu Lula. Em resposta, Moro disse: “Eu não vou discutir a outra ação com o senhor, ex-presidente. A minha convicção é que o senhor foi culpado. Apresente suas razões ao tribunal. Se fossemos discutir aqui, não seria bom para o senhor”.

“Nós temos que discutir aqui. Vou continuar esperando que a Justiça continue a fazer justiça nesse país”, concluiu Lula. Enquanto Moro se restringiu a dizer: “Perfeito. Pode interromper a gravação”.

Um pouco antes disso, o ex-presidente ainda citou o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci e cutucou a força-tarefa da Lava Jato ao lembrar o escândalo que envolve a delação da JBS.

“Vocês estão refém de uma coisa grave para o poder Judiciário. Nós estamos vendo o que está acontecendo com o Janot. Eu prestei depoimento para esse procurador”, disse em referência ao ex-procurador Marcelo Miller, que é suspeito de passar informações privilegiadas para Joesley Batista no processo de delação premiada.

Em resposta, Moro disse: “Esse é um processo que envolve uma acusação específica, que não tem nada a ver com Brasília, não tem nada a ver com Janot, não tem nada a ver com a imprensa”.

Veja o vídeo!

 

Fonte:http://exame.abril.com.br/brasil/lula-bate-boca-com-moro-por-condenacao-no-caso-triplex/

Presidente da Assembleia e deputados debatem abastecimento de água em Macau

Crédito das Fotos: Eduardo Maia

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), ao lado dos deputados Hermano Morais (PMDB), Fernando Mineiro (PT) e Souza (PHS), recebeu uma comissão de moradores e três vereadores de Macau para tratar do desabastecimento de água potável na cidade. Na oportunidade Ezequiel Ferreira liderou a proposição de uma reunião com o governador Robinson Faria para a tomada de providências quanto a fiscalização no leito do rio Piranhas/Assú, perfuração de poços nas comunidade rurais e prioridade na obtenção de recursos para a adutora Afonso Bezerra/Macau.

Todos são pleitos da comunidade, segundo Ezequiel Ferreira, já encaminhados por ele mesmo, por solicitação do vice-prefeito Rodrigo Aladim, e, também solicitados por diversos deputados devido a necessidade da normalização do fornecimento de água em Macau. “Estamos no 6º ano seguido de seca. Muitas reuniões foram realizadas. É necessária ação e solução”, disse Ezequiel Ferreira, salientando o agendamento do encontro com o governador, secretários de Estado ligados ao tema e mais o presidente da Caern, para ainda esta semana ou início da próxima.

O deputado Fernando Mineiro conclamou os deputados estaduais, vereadores de Macau, prefeito e vice-prefeito da cidade, bancada federal e o governo do Estado para unir forçar e destravar a adutora Afonso Bezerra/Macau. “Somente com a liberação de recursos federais será possível fazer esta obra”, disse o deputado.

Hermano Morais apresentou a possibilidade de aproveitamento das águas dessalinizadas de Guamaré para Macau. “O prefeito de Guamaré, Hélio Willamy, vem ultimando a instalação de dessalinizadores na cidade e parte deste aquífero poderia servir à comunidade de Macau”, disse Hermano Morais.

Já o deputado Souza apresentou o temor do sistema de abastecimento de água potável entrar em colapso em breve diante da escassez de água na barragem Armando Ribeiro Gonçalves. “Sem chuvas para recompor o aquífero. Urge a tomada de medidas que equacionem a demanda por água”, salientou o depurado Souza.

Os vereadores Ítalo Mendonça, Cláudio Jia e Kekel lideraram a comissão de moradores e refizeram o relato e demanda dos munícipes. “Estivemos na Assembleia Legislativa para cobrar apoio político para nossos pleitos. É preciso que a ANA fiscalize o leito do rio que está sendo usado para irrigação através dos barramentos quando a prioridade é para consumo humano”, disse Cláudio Jia. Por sua vez o vereador Kekel disse ser preciso perfurar poços nas área rurais para abastecer as comunidade e onde não for possível levar carro pipa. Ítalo Mendonça reforçou a necessidade de união política para destravar a adutora Afonso Bezerra/Macau. “Estive lá em Brasília. O projeto está pronto. Tem recursos, mas falta força política para a liberação”, explicou o vereador.

Jean Wyllys tem reação histérica contra cancelamento de exposição do Santander e tenta agredir Feliciano

Resultado de imagem para l Jean Wyllys (PSOL-RJ)
Foto: Internet

O ativista gay e deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) atacou os parlamentares que fizeram duas críticas ao Banco Santander e demais organizadores da exposição Queermuseu, com apologia à zoofilia e pedofilia, durante um discurso na Câmara dos Deputados, e foi rebatido por diversos colegas, incluindo integrantes da bancada evangélica.

Jean Wyllys criticou a postura da sociedade em relação ao caso e alegou que o Ministério Público havia descartado a hipótese de haver apologia à pedofilia e zoofilia nas obras expostas na mostra. Em seguida, atacou os deputados da bancada evangélica que protestavam contra a iniciativa patrocinada pelo Banco Santander.

“O que está havendo aqui é um bando de vendilhões do templo, investigados pela Justiça, querendo utilizar esse caso para abafar seus próprios crimes. Essa gente não tem moral para falar de artista nesse país. Volto a dizer: bando de ignorantes, hipócritas, corruptos”, disse Jean Wyllys.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que conduzia a sessão, alertou Wyllys sobre seus excessos: “Respeite os deputados”, afirmou. Mas, diante da insistência do ex-BBB em atacar os colegas, determinou que parte do discurso fosse apagado dos registros: “Eu peço a retirada das últimas palavras do deputado Jean Wyllys dos anais da Casa”, acrescentou.

O momento de maior tensão foi quando o pastor Marco Feliciano (PSC-SP) expôs fotos da exposição enquanto Wyllys discursava. Irritado, o ex-BBB tomou as fotos da mão de Feliciano e foi contido por outros deputados, enquanto o veterano parlamentar Arolde de Oliveira (PSC-RJ) o repreendia por seu comportamento.

 

Leia mais no Link: https://noticias.gospelmais.com.br/jean-wyllys-exposicao-santander-agredir-feliciano-92604.html

Anthony Garotinho é preso no Rio de Janeiro

O ex-governador do Estado do Rio de Janeiro Anthony Garotinho (PR) foi preso na manhã desta quarta-feira (13) no Rio de Janeiro. Ele foi detido quando apresentava o programa de rádio que ancora na Rádio Tupi. A Polícia Federal leva Garotinho para Campos dos Goytacazes (RJ) nesta manhã, para fazer exame no Instituto Médico-Legal. Depois, seguirá para casa, onde cumprirá prisão domiciliar com tornozeleira eletrônica.

Resultado de imagem para Garotinho
Foto: Internet

Dison Lisboa solicita ampliação do programa Compra Direta para Arez e Pedro Velho

Executado numa parceria entre o Governo do Estado e o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS), o Programa Compra Direta beneficia a agricultura familiar e sua ampliação está sendo solicitada pelo deputado Dison Lisboa (PSD). O parlamentar pleiteia a inclusão das cidades de Arez e Espírito Santo, na região Agreste, para que sejam contempladas com a aquisição de veículo e equipamentos.

“Esse programa permite a inclusão sócio produtiva no campo, reduz o êxodo rural e gera ocupação e renda, incentivando o associativismo e o cooperativismo. Sua ampliação vai beneficiar os trabalhadores rurais, fortalecendo a agricultura familiar da região Agreste”, defende o deputado.

O Compra Direta é executado com a aquisição da produção quando os preços de mercado estão baixos ou quando há necessidade de atender à população em situação de insegurança alimentar. Podem ser adquiridos produtos como castanha de caju, castanha-do-brasil, farinha de mandioca, feijão, milho, sorgo, trigo, leite em pó, farinha de trigo entre outros que sejam da produção própria dos agricultores. A produção também deve cumprir requisitos de controle de qualidade.

PF prende Wesley Batista em investigação sobre informação privilegiada

Resultado de imagem para Wesley Batista
Foto: Internet

A Polícia Federal prendeu nesta quarta-feira o empresário Wesley Batista, presidente-executivo da JBS, como parte de uma investigação sobre suspeita de que executivos do grupo se aproveitaram de informação privilegiada em decorrência dos próprios acordos de delação premiada para obter lucros milionários no mercado financeiro.

Também foi decretada pela Justiça Federal de São Paulo a prisão de Joesley Batista, irmão de Wesley, que, no entanto, já está detido desde o fim de semana por decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin.

A operação deflagrada nesta quarta investiga o suposto uso indevido de informações privilegiadas em transações no mercado financeiro ocorridas entre abril e 17 maio deste ano, data de divulgação de informações relacionadas ao acordo de delação premiada de executivos da JBS com a Procuradoria-Geral da República.

Segundo a PF, são investigados dois eventos separados, sendo o primeiro deles a realização de ordens de venda de ações de emissão da JBS na bolsa de valores por sua controladora, a FB Participações, e a compra dessas ações, em mercado, por parte da própria JBS.

 

Fonte: https://www.terra.com.br/noticias/brasil/pf-prende-wesley-batista-em-investigacao-sobre-informacao-privilegiada,808c66da50035fda3f0d3eae62f17fc10dw4xfp3.html

Rede Social divulga pedido de apoio ao site de câncer de mama

Um mensagem que circula nas redes sociais pede que as pessoas click no site http://cancerdemama.com.br/ para contar os acesso com a finalidade de continuarem a receber as publicidades.

A mensagem diz que caso não haja mais acessos, as propagandas vão se retirar por falta de visibilidade.

Neste caso nos solidarizamos com a campanha.

Ajude a apoiar o site de apoio a prevenção ao câncer de mama clicando no seu site.

Veja a mensagem:

Peco uma força pessoal!! Quem puder ajudar. ..
Gente, vou fazer um pedido a vocês: O Instituto do Câncer de Mama está com uma importante campanha. Vamos salvar o site do câncer de mama?Não custa nada. O Site do câncer de mama não tem obtido o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota exigida pelos patrocinadores oferecerem  mamografias gratuitas em troca de publicidade. Basta ir ao site e clicar no icone cor-de-rosa que diz ‘Campanha da Mamografia Digital Gratuita’. Repassem a pelo menos 10 amigos para que eles repassem a mais 10 ou mais amigos! Este gesto fará uma enorme diferença.

 

Influenza, gripe, mata 42 pessoas em Minas em 2017

Resultado de imagem para Gripe
Foto: Internet

Quarenta e duas pessoas morreram este ano, vítimas de de Síndrome Respiratória Aguda Grave causados pelo vírus Influenza. O balanço foi divulgado nesta terça-feira pela secretaria de Estado de Saúde.

No total, desde 1º de janeiro, a secretaria registrou 250 casos (incluindo os 42 óbitos). Deste total, 189 foram de Influenza A (H3) Sazonal, 41 de Influenza B, 18 de Influenza A não subtipado e 01 sem informação.

De acordo com a secretaria. “a Influenza é uma doença respiratória infecciosa de origem viral, que pode levar ao agravamento e ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais)”.

 

Fonte:http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2017/09/12/interna_gerais,900000/influenza-mata-42-pessoas-em-minas-em-2017.shtml

O que você precisa saber sobre o novo depoimento de Lula a Moro

moro-com-lula
MORO E LULA: o juiz vai interrogar o petista pela ação que investiga pagamento de propina para a compra de terreno para a construção da sede do Instituto Lula (reprodução/Reprodução)

Nesta quarta-feira (13), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o juiz Sergio Moro ficarão cara a cara pela segunda vez. O depoimento acontece na sede da Justiça Federal, em Curitiba, e tem início programado para às 14h.

Desta vez, o juiz federal vai interrogar o petista pela ação penal em que ele é acusado de ter recebido propina da Odebrecht para a compra de um terreno que seria destinado à construção da sede do Instituto Lula e de um apartamento vizinho ao que o ex-presidente reside em São Bernardo do Campo.

O novo encontro é aguardado com expectativa. Na semana passada, Antonio Palocci, ex-ministro dos governos Lula e Dilma, também prestou depoimento perante o juiz e acusou o ex-presidente de receber um pacote de propinas. A defesa do petista tentou adiar o interrogatório, mas Moro negou o pedido.

Em nota, o Partido dos Trabalhadores (PT) informou que um conjunto de representantes de entidades e movimentos sociais, articulados pela Frente Brasil Popular, realizarão um ato de apoio ao ex-presidente. A manifestação deve acontecer às 18h no centro de Curitiba e deve contar com a presença de Lula.

Para evitar confrontos, aproximadamente mil policiais militares serão mobilizados para o esquema de segurança. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp), também serão deslocados cerca de 500 agentes de segurança — considerando o Corpo de Bombeiros, a Guarda Municipal, a Agência Brasileira de Inteligência (Abin), entre outros.

O efetivo é mais modesto em relação ao primeiro depoimento do ex-presidente, quando 1,7 mil policiais militares foram mobilizados e mais de três mil agentes de segurança participaram da operação.

Em maio, vale lembrar, Lula foi interrogado pela primeira vez pelo juiz por outro processo – também no âmbito da Operação Lava Jato – em que é acusado de ter recebido um apartamento tríplex no Guarujá, litoral de São Paulo, como propina da OAS em troca de contratos na Petrobras. Nesta ação, ele foi condenado a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 

Fonte:http://exame.abril.com.br/brasil/o-que-voce-precisa-saber-sobre-o-novo-depoimento-de-lula-a-moro/

Márcia Maia cobra políticas públicas para portadores de deficiência

O dia nacional de luta das pessoas com deficiência pautou o pronunciamento da deputada Márcia Maia (PSDB) durante sessão ordinária nesta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa. O Setembro Verde é um mês dedicado as “pessoas com deficiência” e a parlamentar cobra do Estado e município políticas públicas. Ela destaca que a cidade que pensa acessibilidade, não é apenas aquela que comemora uma data no calendário, mas que pensa nos cidadãos.

“A cidadania deve ser garantida, a todos, o ano inteiro. As cidades e as prefeituras, precisam se unir ao Estado para promover políticas públicas articuladas para que a realidade possa ser transformada. É fundamental que promovamos a reflexão sobre o quanto ainda precisamos avançar na articulação e construção de um caminho para conquistar a inclusão social e a participação plena dessas pessoas na sociedade”, disse Márcia.

Para a deputada, a acessibilidade, para a pessoa com deficiência, tem um sentido muito mais amplo do que o físico, propriamente dito. “Ela significa dignidade e cidadania. É a justiça social com o respeito às diferenças”.

Márcia Maia aponta alguns fatores que, superados, podem transformar a realidade dessas pessoas, entre eles a falta de compromisso político, gestão e fiscalização ineficientes. “Não bastassem as barreiras arquitetônicas, ofensa ao direito inalienável de ir e vir, também precisamos propor uma sociedade acessível para que todos possam ascender a um nível econômico e social digno”, salientou.

A deputada ressaltou ainda a necessidade de assegurar uma educação inclusiva e oportunidades reais para o mercado de trabalho, além disso, é importante conciliar justiça social e eficiência econômica, pois existe uma relação direta entre a pobreza e a predisposição a adquirir algum tipo de deficiência.

De acordo com dados apresentados pela deputada, o Rio Grande do Norte está entre os 10 Estados da do país com o maior número de pessoas com deficiência em situação de miséria.

“Como parlamentar, apresentei mais de 10 projetos de lei para o setor, realizamos audiências públicas, levantamos a bandeira da pessoa com deficiência e garantido a voz ativa para essa luta que precisa durar o ano inteiro”, lembrou Márcia.

Em aparte, a deputada Larissa Rosado (PSB) chamou a atenção para a acessibilidade nas escolas, transporte, mercado de trabalho e lembrou que é autora de uma lei que trata da acessibilidade em prédios públicos. “Tenho apresentado emendas para acessibilidade na UFRN e acompanho um processo em que o Ministério Público está orientando a Universidade no que diz respeito ao assunto. Vou ainda me reunir com a direção da UERN para falar sobre o tema”.

O deputado Hermano Morais (PMDB) falou sobre o acesso ao mercado de trabalho e Fernando Mineiro (PT) destacou a lei de sua autoria que prevê a transmissão de eventos públicos por libras.

O dia nacional de luta das pessoas com deficiência foi instituído por iniciativa de movimentos sociais, no ano de 1982. A data foi oficializada através da Lei Federal 11.133, de 14 de julho de 2005.

‘Nunca dei nem recebi propina’, diz superintendente afastado do Ibama no RN

Clécio Antônio Ferreira dos Santos, superintendente afastado do Ibama no RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
Clécio Antônio Ferreira dos Santos, superintendente afastado do Ibama no RN (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O superintendente do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) no Rio Grande do Norte, Clécio Antônio Ferreira dos Santos, negou em nota sua participação no esquema apurado pela Operação Kodama.

A ação foi deflagrada pela Polícia Federal nesta terça-feira (12) e visa a reunir provas dos crimes de prevaricação, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, bem como, evitar a continuidade de atos lesivos que estariam sendo cometidos contra o meio ambiente no Rio Grande do Norte.

Segundo a nota enviada pela defesa de Clécio dos Santos diz que não tem “qualquer relação espúria com terceiros investigados, seja pessoa jurídica, seja pessoa física, que não me utilizei do cargo para atender interesses pessoais e que toda minha trajetória está assentada na legalidade e na ética”.

Confira a íntegra da nota:

Entendo por bem, dizer antecipadamente, que não tenho qualquer relação espúria com terceiros investigados, seja pessoa jurídica, seja pessoa física, que não me utilizei do cargo para atender interesses pessoais e que toda minha trajetória está assentada na legalidade e na ética.

Reitero, finalmente, que exerço atividade profissional há 49 anos, servi a quatro governos estaduais, sem qualquer mácula em minha biografia.

NUNCA ROUBEI NEM DEIXEI ROUBAR, NUNCA DEI NEM RECEBI PROPINA, NUNCA CORROMPI NEM FUI CORROMPIDO, de modo que fico a total disposição das autoridades para esclarecer e colaborar com o desenrolar dos fatos, que, por si só, irão me inocentar.

Natal/RN, 12 de setembro de 2017

Exposição do Memorial da Assembleia no Midway Mall começa sexta-feira

Crédito da Foto: Ney Douglas

A história do Rio Grande do Norte em imagens, objetos e documentos. Assim será a exposição do Memorial da Assembleia Legislativa no shopping Midway Mall, do dia 15 ao dia 30 de Setembro de 2017. A programação faz parte das celebrações do Setembro Cidadão no Rio Grande do Norte e será aberta ao público com entrada gratuita no horário comercial do shopping.

“A ideia é apresentar a população a trajetória do Legislativo Potiguar, a arte, a religião, a cultura e a política que se entrelaçam com os dados da história do Rio Grande do Norte”, disse o presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira (PSDB).

A exposição foi planejada para apresentar em um espaço com grande visibilidade uma parte do acervo do Memorial do Legislativo Potiguar que mantém na sede do parlamento estadual exposição permanente com a história dos deputados e sua trajetória política, utilizando objetos pessoais dos deputados, fotos de atividade parlamentar, documentos oficiais e ilustrações que retratam a ‘linha do tempo’ das sedes do Poder Legislativo no Rio Grande do Norte. Para a exposição fora do Palácio José Augusto, uma nova disposição de apresentação foi desenhada pela equipe do Memorial Legislativo.

Um dos historiadores que apresentam o Memorial, Fábio Cortez, destaca os quatro pontos principais relatados em espaços subdivididos na exposição, mostrando curiosidades e fatos históricos que marcaram a trajetória da sociedade norte-riograndense. “Vamos mostrar itens que marcaram legislaturas, curiosidades sobre momentos políticos do passado e a democracia foi consolidada no Rio Grande do Norte”, explica o historiador.

No espaço, haverá um local destinado a expor objetos e painéis que relatam as quatro Assembleias Constituintes, dos anos 1935, 1947, 1967 e 1989. Também na exposição, imagens mostrarão as 11 antigas sedes do Poder Legislativo, a história do folclorista e ex-deputado Câmara Cascudo (que ocupou o cargo por três dias) e também o pioneirismo feminino na política e democracia do Rio Grande do Norte.

Todas as visitas serão guiadas e explicadas por historiadores do Poder Legislativo que receberam alunos de escolas da rede pública e particular do Rio Grande do Norte.

Exposição

A história do Poder Legislativo potiguar será contada no Shopping Midway Mall entre os dias 15 e 30 de setembro em exposição formada por painéis, quadros, documentos e objetos. A mostra faz parte da programação do Setembro Cidadão, projeto pioneiro no Brasil com atividades voltadas para a formação cidadã.

A mostra promove um passeio pela história potiguar que aos poucos vai revelando detalhes e preciosidades de uma boa parte dos 182 anos de história da Assembleia Legislativa do RN e do trabalho dos deputados estaduais desde sua fundação.

A abertura da exposição será às 10h do dia 15 de setembro, com a presença do presidente da Casa, Ezequiel Ferreira, parlamentares e outras autoridades do Estado. A exposição estará aberta de domingo a domingo durante o horário de funcionamento do shopping.