Ministro do turismo prorroga prazo para atualização do Mapa do Turismo Brasileiro

9d6188e1-61cf-4403-82d5-8207f84fa453

O Ministério do Turismo estendeu para 30 de abril o prazo para que representantes dos estados indiquem as regiões turísticas e municípios que farão parte do novo Mapa do Turismo Brasileiro. A extensão do prazo, que anteriormente finalizaria em 15 de março, foi uma solicitação do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur).

“Essa será a quinta edição do Mapa do Turismo Brasileiro, instrumento que define o escopo de atuação das políticas a serem desenvolvidas e implementadas pelo Ministério do Turismo”, explicou o ministro Henrique Eduardo Alves. Para a composição do mapa, MTur e órgãos estaduais de turismo estabeleceram requisitos mínimos, a serem atendidos por regiões turísticas e municípios, a partir do preenchimento de um sistema desenvolvido pela Diretoria de Gestão e Planejamento Estratégico do ministério.

A edição atual do Mapa do Turismo Brasileiro, de 2013, contempla 3.345 municípios e 303 regiões turísticas. A ação faz parte do Programa de Regionalização do Turismo implementado desde 2004 para apoiar a gestão, estruturação e promoção do turismo no País.

Confira abaixo os novos critérios:

Para Região Turística

I – Os municípios devem possuir características similares e/ou complementares e aspectos que os identifiquem enquanto região, ou seja, que tenham uma identidade histórica, cultural, econômica e/ou geográfica em comum;

II – Os municípios devem ser limítrofes e/ou próximos uns aos outros; e

III – A Região Turística deve apresentar comprovação de ciência do Fórum ou do Conselho Estadual de Turismo acerca de sua composição.

Cada município da Região Turística deverá atender aos seguintes critérios:

I – Possuir órgão responsável pela pasta de turismo (Secretaria, Fundação, Coordenadoria, Departamento, Diretoria, Setor ou Gerência);

II – Comprovar a existência de dotação para o turismo na Lei Orçamentária Anual vigente; e

III – Apresentar termo de compromisso assinado por prefeito municipal ou dirigente responsável pela pasta de turismo, conforme modelo disponibilizado, aderindo de forma espontânea e formal ao Programa de Regionalização do Turismo e à Região Turística.

Assessoria de Imprensa

Professores da rede pública de Natal entram em greve nesta segunda-feira

 

noticia_137142

Os professores da rede pública de ensino municipal de Natal entram em greve hoje (22) para reivindicar o pagamento de duas parcelas da reposição salarial nos índices de 5,01% e 4,78%, que segundo o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (Sinte) estaria em atraso. Apesar da reclamação da categoria, a Secretaria Municipal de Educação (SME) afirmou que os pagamentos estão sendo feitos em dia.

O que ainda não foi pago, segundo a Secretaria, é relativo às últimas duas parcelas de um total de 5, do acordo firmado com os professores. A assessoria de comunicação da Secretaria disse que esses vencimentos ainda não foram quitados devido a dificuldades financeiras que estão sendo enfrentadas pela Prefeitura do Natal.

A greve acontece apenas uma semana do início do ano letivo. Justificando a paralisação, o Sindicato reafirma que a prefeitura não cumpriu o acordo feito com os professores e afirmou que a perda salarial varia de 10% a 50% por mês. Contudo, a secretária de Educação de Natal, Justina Ivo, garantiu que os salários já foram reajustados em 11,36%.

 

Audiência Pública vai discutir reabertura do aeroporto de Mossoró

Crédito da foto: Assessoria de Comunicação
A Assembleia Legislativa vai promover uma audiência pública no dia 29 de fevereiro para discutir a reativação do aeroporto Dix-Sept Rosado, em Mossoró e outras perspectivas aeroportuárias para a região. O evento, proposto pelo deputado estadual Souza Neto (PHS) vai acontecer às 9h, no Auditório do SESI de Mossoró.

“Há cerca de 10 anos, Mossoró não conta com voos regulares comerciais. Precisamos discutir a viabilidade do terminal e a possível reativação dele”, explica o deputado Souza.

Durante a audiência pública, o parlamentar fará um apelo às autoridades responsáveis pela conservação e manutenção do aeroporto. “É preciso que sejam tomadas as providências necessárias para atendimento das solicitações feitas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e assim aconteça a sua reabertura”, afirma.

Assessoria

Corpo de jovem encontrado em praia é de professor da UFRN

diogo

O corpo encontrado em meio às falésias na praia de Cotovelo, na Grande Natal, neste domingo (21) é do professor de Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Diogo da Silva Nóbrega, de 26 anos. A informação foi confirmada pelo Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep).

Populares que encontraram o corpo relataram que ele estava só de cueca, uma camisa polo e meias. A cueca estava rasgada na parte de trás e o corpo apresentava muitos hematomas. Também havia ferimentos nos braços e pernas e afundamento craniano.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Marcos Vinícius foi ao local onde o corpo foi encontrado. Ao G1, ele disse que ainda não é possível determinar se o homem foi assassinado (tendo sido morto em meio às pedras ou mesmo empurrado do alto da falésia), se cometeu suicídio ao saltar do penhasco ou até mesmo se morreu afogado. “Percebemos fraturas nos baços e nas pernas, e havia um trauma muito grande na cabeça”, acrescentou.

“Quem vai apontar a causa da morte é a perícia técnica. Mas, podemos dizer que é um caso muito estranho. Próximo ao corpo havia um paralelepípedo, que também pode ter sido usado para causar o afundamento do crânio. Enfim, ainda é cedo para dizer o que houve”, finalizou.

 

Do G1

Projeto de Ezequiel propõe que telefônicas exponham tarifas na capa de sites

unnamed (1)

O presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PMDB), apresentou Projeto de Lei propondo que as empresas de telefonia fixa e móvel que operam no Estado do Rio Grande do Norte disponibilizem, em suas páginas iniciais na internet, “links” que direcionem o usuário internauta às páginas contendo todos os valores das tarifas praticadas pelos serviços prestados.

“É muito difícil para o consumidor avaliar qual operadora oferece o serviço mais barato, ficando muitas vezes refém da falta de ética de alguns operadores, que lhes ‘empurram’ um serviço mais desvantajoso para seu perfil”, explicou Ezequiel Ferreira se referindo à prática muito comum que é a ligação de operadores de telemarketing de empresas telefônicas, ou mesmo malas-diretas, oferecendo a migração de planos de serviços de telefonia de outras empresas, em que se divulga tão somente o valor do pacote mensal de minutos, sem exposição clara do valor das tarifas de cada modalidade de chamada.

O Código de Defesa do Consumidor prevê entre os direitos básicos do consumidor a informação adequada e clara sobre os diferentes produtos e serviços, com especificação correta de quantidade, características, composição, qualidade e preço (Art. 6º, III). Além disso, a oferta e apresentação de produtos ou serviços devem assegurar informações corretas, claras, precisas, ostensivas e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, composição, preço, garantia, prazos de validade e origem, entre outros dados. (Art. 31).

Ainda mais clara é a disposição contida no artigo 36 do CDC, prescrevendo que a publicidade deve ser veiculada de tal forma que o consumidor, fácil e imediatamente, a identifique como tal. “Em que pese a vigência de tais dispositivos, é notório seu descumprimento pelas empresas de telefonia fixa e móvel com atuação no âmbito estadual, no tocante à divulgação dos valores de cobrança das chamadas telefônicas, antes da contratação do serviço”, acrescentou o deputado.

Nesse sentido, considerando que a internet é o canal de mais rápido e fácil acesso para exposição e visualização desse tipo de informação, o Projeto de Lei do deputado Ezequiel passa a exigir das empresas do setor que o utilizem para o cumprimento do que dispõe o Código de Defesa do Consumidor.

Marqueteiro João Santana tem prisão decretada na 23ª fase da Lava Jato

G1 – A Polícia Federal (PF) deflagrou a 23ª fase da Operação Lava Jato nesta segunda-feira (22). Foi expedido um mandado de prisão temporária contra o publicitário baiano João Santana, que foi marqueteiro das campanhas da presidente Dilma Rousseff e da campanha da reeleição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em 2006.

Santana ainda não foi preso. Segundo a assessoria dele, o publicitário está na República Dominicana. Também foi decretada a prisão da mulher dele, Monica Moura. Ela afirmou que o casal voltará ao país assim que for notificado oficialmente.

Investigadores rastrearam supostos pagamentos ilegais no exterior em conta secreta de João Santana provenientes daOdebrecht e do engenheiro Zwi Skornicki. A suspeita é que o pagamento veio de serviços eleitorais prestados ao PT.

Esta etapa da Lava Jato é chamada de Operação Acarajé, que era o nome usado pelos suspeitos para se referir ao dinheiro irregular, segundo a PF. Ao todo, foram expedidos 8 mandados de prisão.

Skornicki é um dos presos preventivamente. Ele foi detido nesta manhã no Rio de Janeiro. Segundo as investigações, o engenheiro era o representante oficial no Brasil do estaleiro Keppel Fels e operava propinas no esquema daPetrobras investigado pela Lava Jato.

Agentes federais foram a escritórios da Odebrecht, em São Paulo, no Rio e na Bahia. Eles estão desde as 6h no prédio da empresa na capital paulista, e os funcionários foram liberados do trabalho. O ex-presidente da empreiteira, Marcelo Odebrecht, é réu da Lava Jato e está preso em Curitiba desde junho de 2015.

Agentes da PF estiveram na sede da Odebrecht Oléo e Gás, em Botafogo, Zona Sul (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)
Agentes da PF estiveram na sede da Odebrecht em Botafogo, na Zona Sul do Rio de Janeiro (Foto: Alba Valéria Mendonça/G1)

 

A PF busca tirar a trava de segurança de informações criptografadas que foram apreendidas na 14ª fase da operação. Cinco peritos auxiliam a PF para que os agentes consigam sair com os dados liberados.

Em nota, a Odebrecht confirma operação da PF em seus escritórios para o cumprimento de mandados de busca e apreensão. “A empresa está à disposição das autoridades para colaborar com a operação em andamento”, diz o texto.

PF age em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio, na manhã desta segunda. (Foto: Reprodução/TV Globo)
PF age em condomínio de luxo na Barra da Tijuca, no Rio, na manhã desta segunda. (Foto: Reprodução/TV Globo)

Suspeitas contra João Santana
O publicitário é alvo da Lava Jato porque os investigadores têm indícios suficientes de que ele possui contas no exterior, com origem não declarada. João Santana começou a ser investigado em um inquérito sigiloso depois que a PF apreendeu, na casa de Zwi Skornicki, um manuscrito atribuído à mulher de João Santana indicando contas dele fora do país. A informação sobre a apreensão foi revelado pela revista “Veja”.

Quando a denúncia foi publicada, a empresa de Santana, Pólis Propaganda & Marketing, divulgou uma nota negando caixa 2. “O grupo recolhe todos os impostos devidos”, diz o texto, que afirma ainda que a empresa jamais se envolveu “em nenhum tipo de ação ilegal”.

“O Grupo Pólis possui agências autônomas no Brasil, e em outros países. As empresas  funcionam de forma independente, operacional e financeiramente. Não há trânsito de recursos entre elas. Valores recebidos de campanhas brasileiras sempre foram pagos no Brasil, e valores recebidos por campanhas no exterior foram pagos no exterior, seguindo as regras e a legislação de cada país”, afirma a nota.

O publicitário João Santana, em foto de maio de 2012 (Foto: Alexandro Auler/Estadão Conteúdo/Arquivo)
O publicitário João Santana, em foto de maio de 2012 (Foto: Alexandro Auler/Estadão Conteúdo/Arquivo)

Além de marqueteiro das campanhas, Santana chegou a ser conselheiro da presidente Dilmaem várias decisões de governo, chamado a participar de reuniões decisivas, com voz de influência em debates políticos no primeiro escalão.

Santana assumiu o marketing eleitoral de Lula depois que o publicitário Duda Mendonça foi citado no mensalão. Duda foi absolvido em julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF).

De acordo com a polícia, as investigações desta etapa apontam para o pagamento de vantagens ilícitas por um grupo empresarial a outro grupo. Segundo a PF, os pagamentos, de cerca de mais de US$ 7 milhões, foram recebidos em contas no exterior.

Suspeitas contra Zwi Skornicki
De acordo com as investigações, o engenheiro Zwi Skornicki era o representante do estaleiro Keppel Fels. Os procuradores da República que fazem parte da força-tarefa da Lava Jato afirmam que Skornicki era responsável por repasses ao PT por meio do ex-tesoureiro do partido João Vaccari Neto, preso desde 2015.

No acordo de delação premiada, o ex-gerente da Petrobras Pedro Barusco afirmou que Skornicki continuou pagando suborno a Renato Duque mesmo depois de o ex-diretor ter saído da Petrobras. Ao todo, contou o ex-gerente, o representante da Keppel Fels teria pago US$ 14 milhões.

O Ministério Público Federal (MPF) indica que Skornicki fez pagamentos ao PT e a Eduardo Musa, representante da Sete Brasil.

Ainda segundo o MPF, ficaram comprovadas, por meio de prova documental, as transferências feitas no exterior a partir da conta de Skornicki para contas controladas por funcionários da Petrobras. Segundo os colaboradores, os pagamentos foram feitos em benefício de contratos bilionários feitos pela empresa Keppel Fels com a Petrobras e Sete Brasil.

Mandados

A 23ª fase da Lava Jato tem 51 mandados ao todo, sendo 38 são de busca e apreensão, 2 de prisão preventiva, 6 de prisão temporária e 5 de condução coercitiva – quando os presos são obrigados a prestar depoimento.

Participam da ação 300 homens da PF. Na Bahia, a operação é realizada nas cidades de Salvador e Camaçari. No Rio de Janeiro, na capital, em Angra dos Reis, Petropolis e Mangaratiba. Em São Paulo, além da capital, a operação foi às cidades de Campinas e Poá.

A prisão temporária tem prazo de 5 dias e pode ser prorrogada pelo mesmo período ou convertida em preventiva, que é quando o investigado fica preso à disposição da Justiça sem prazo pré-determinado. Os presos serão levados para a Superintendência da PF, em Curitiba.

Agentes da Polícia Federal fazem buscas na sede da Odebrecht em São Paulo, durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, batizada de 'Acarajé' (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)
Agentes da Polícia Federal fazem buscas na sede da Odebrecht em São Paulo, durante a 23ª fase da Operação Lava Jato, batizada de ‘Acarajé’ (Foto: Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)

Maior penitenciária do RN registra nova fuga de detentos, diz direção

cartão-pronto2 - Copia - CopiaA Penitenciária Estadual de Alcaçuz, maior unidade prisional do Rio Grande do Norte, registrou uma nova fuga na noite deste domingo (21). A informação foi confirmada pelo diretor Ivo Freire. Um túnel foi encontrado aberto ao lado do Pavilhão 1.

Ivo Freire, diretor da penitenciária, informou que ainda não sabe quantos detentos conseguiram fugir e que uma recontagem será feita na manhã desta segunda-feira (22). “Faremos uma recontagem com o apoio dos agentes do Grupo de Operações Especiais e do Batalhão de Choque da Polícia Militar”. O túnel foi encontrado entre as guaritas 8 e 9, ao lado do Pavilhão 1.

Ainda de acordo com a direção, são 300 detentos no Pavilhão 1. Ao todo, a penitenciária tem 1.100 presos. Alcaçuz fica em Nísia Floresta, município da Grande Natal.

Túnel foi encontrado ao lado do Pavilhão 1. (Foto: Divulgação/PM)
Túnel foi encontrado ao lado do Pavilhão 1 (Foto: Divulgação/PM)

 

Usuários aprovam serviços do Procon da Assembleia

Grau de satisfação dos consumidores atendidos pelo órgão é de 93%

unnamed

Como forma de assegurar a excelência dos serviços prestados pelo Programa de Orientação e Proteção ao Consumidor do Legislativo Estadual (Procon da Assembleia), o órgão promove constantes pesquisas de avaliação da satisfação dos usuários. Em seu mais recente estudo, feito com 284 consumidores atendidos pelo Procon da Assembleia, o órgão registrou que 93% dos usuários avaliaram positivamente a entidade.

De acordo com Dary Dantas Filho, coordenador do Procon, o alto índice é reflexo do contínuo processo de capacitação dos servidores do órgão e democratização dos canais de atendimento. “O trabalho do Procon Legislativo é referência e a nossa equipe passa por constante capacitação. Estamos interligados a um colegiado amplo e representativo”, afirma o coordenador.

Das 284 pessoas que responderam ao questionário, 233 atribuíram a nota máxima quanto ao grau de satisfação com o atendimento e serviços prestados, enquanto 32 consumidores deram nota 9. Os outros pesquisados sinalizaram com outras respostas.

O número de atendimentos no primeiro mês de 2016 também foi comemorado. Segundo Dary, o órgão praticamente duplicou em janeiro a demanda em relação ao ano anterior. A reclamação contra instituições de ensino contribuiu para o aumento. “Em janeiro de 2015 registramos 238 atendimentos. Esse ano foram 444, sobretudo relacionadas às matrículas, mensalidades e listas de material escolar”, destacou ele ressaltando que as reclamações contra as operadoras de telefonia móvel, eletroeletrônicos, planos de saúde e transações financeiras continuam liderando as queixas registradas.

O coordenador explica que o Procon da Assembleia atua com foco na resolução dos conflitos por meio de conciliação entre as partes. Segundo ele, o acordo tem prevalecido na maioria dos casos. A atuação do órgão também tem contribuído para desafogar o Poder Judiciário, evitando que os processos solucionados pelo Procon cheguem aos tribunais especiais.

Para o decorrer do ano, os planos são de ampliar o acesso da população ao órgão e elevar ainda mais o número de atendimentos com foco na resolução de conflitos por conciliação. “Aguardamos o lançamento do site do órgão, ferramenta que vai dar maior suporte aos serviços prestados e que amplia os canais de interação com os usuários. O nosso atendimento, que hoje se dá de forma presencial ou por telefone, vai estar disponível também de forma virtual”, anunciou Dary.

O Procon Legislativo funciona na Rua Jundiaí, 481, Tirol, Natal/RN, de segunda à sexta, das 8 às 15 horas. Telefones: (84) 3615-9000 ou (84) 3232-2706.

Forro desaba dentro de unidade de saúde da cidade Governador Dix-Sept Rosado RN

teto

Parte do teto da enfermaria da Unidade Mista de Saúde e Pronto Socorro de Governador Dix-Sept Rosado, cidade da região Oeste doRio Grande do Norte, desabou na manhã deste domingo (21). Ninguém se feriu, mas o local foi interditado para reparos.

Segundo o guarda municipal Breno Andrade, uma idosa e três acompanhantes estavam no local no momento em que algumas placas do forro de gesso despencaram sobre vários leitos da enfermaria. “Ninguém se feriu, mas o susto foi grande”, contou.

“Era umas 8h quando o forro caiu. Ninguém sabe o que causou. Só sei que não foi chuva. Aqui faz muito tempo que não chove. E o posto não é velho, tem dois anos só”, acrescentou Andrade.

Ainda de acordo com o guarda municipal, a enfermaria foi interditada até que o reparo seja feito, mas a unidade de saúde continua funcionando normalmente.

O G1 tentou falar com a Secretaria Municipal de Saúde, mas não conseguiu contato.

Apesar dos danos dentro da enfermaria, ninguém se feriu (Foto: Cedida)
Apesar dos danos dentro da enfermaria, ninguém se feriu (Foto: Cedida)

Do G1

 

Corpo é encontrado em meio às falésias da praia de Cotovelo, no RN

Corpo foi encontrado em meio às falésias de Cotovelo, praia do litoral Sul potiguar (Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi)
Corpo foi encontrado em meio às falésias de Cotovelo, praia do litoral Sul potiguar (Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi)

O corpo de um homem ainda não identificado, vestido apenas com cueca, uma camisa polo e meias, foi encontrado na manhã deste domingo (21) debruçado sobre pedras em meio às falésias de Cotovelo, praia do litoral Sul da Grande Natal.

Populares que encontraram o corpo relataram que a cueca estava rasgada na parte de trás e que o corpo apresentava muitos hematomas. Também havia ferimentos nos braços e pernas e afundamento craniano.

Delegado da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), Marcos Vinícius foi ao local onde o corpo foi encontrado. Ao G1, ele disse que ainda não é possível determinar se o homem foi assassinado (tendo sido morto em meio às pedras ou mesmo empurrado do alto da falésia), se cometeu suicídio ao saltar do penhasco ou até mesmo se morreu afogado. “Percebemos fraturas nos baços e nas pernas, e havia um trauma muito grande na cabeça”, acrescentou.

“Quem vai apontar a causa da morte é a perícia técnica. Mas, podemos dizer que é um caso muito estranho. Próximo ao corpo havia um paralelepípedo, que também pode ter sido usado para causar o afundamento do crânio. Enfim, ainda é cedo para dizer o que houve”, finalizou.

Apesar de a DHPP ter iniciado a investigação, o caso será apurado pela 1ª Delegacia deParnamirim.

Corpo foi encontrado em meio às falésias de Cotovelo, praia do litoral Sul potiguar (Foto: Anderson Barbosa/G1)
Falésias também são bastante visitadas por turistas (Foto: Anderson Barbosa/G1)

Em foto postada nas redes sociais, Carlos Augusto Maia sinaliza que oposição fechou com seu nome

img_1386

Em foto postada no seu perfil oficial nas redes sociais, o deputado Carlos Augusto Maia já sinaliza que a oposição estará com o nome dele na disputa para prefeito de Parnamirim. 

A foto traz o deputado ao lado do governador Robinson Faria, do deputado Fábio Faria, do presidente da Assembleia Ezequiel Ferreira e do vice-governador Fábio Dantas. 

E na legenda ele faz referência a definições e diz “pronto para batalha”. 

 

De Anna Ruth

Duplo atentado mata dezenas na Síria

Um duplo atentado que aconteceu neste domingo (21) na cidade de Homs, na Síria, matou dezenas de pessoas, informa o Observatório Sírio de Direitos Humanos. Segundo a ONG, ao menos 46 morreram e dezenas ficaram feridos no centro da cidade.

A ONG informou que os atentados foram realizados com dois veículos carregados de explosivos, no bairro Al Zahraa, de maioria alauíta, um minoritário credo xiita ao qual pertence o presidente sírio, Bashar al Assad.

Além disso, afirmou que entre os mortos estão pelo menos 28 civis, enquanto os demais se desconhece se são civis ou pertencem às milícias do regime.

Segundo a Reuters, a televisão estatal cita o governador de Homs, Talal al Sarazi, que afirma que pelo menos 25 pessoas morreram no duplo atentado. Talal al Sarazi disse que o atentado aconteceu na rua 60, perto da entrada do bairro de Al Armam.

O Observatório não excluiu a possibilidade de que aumente o número de vítimas fatais entre as dezenas de feridos, vários dos quais estão em estado grave.

No dia 26 de janeiro, a mesma rua foi cenário de um duplo atentado realizado pelo EI com um carro-bomba, que foi seguido de outro cometido por um suicida com um cinto de explosivos.

A Síria sofre há quase cinco anos com um conflito que causou mais de 260 mil mortos, segundo o Observatório.

Duplo atentado neste domingo (21) na cidade de Homs, na Síria (Foto: REUTERS/SANA/Handout via Reuters)
Duplo atentado neste domingo (21) na cidade de Homs, na Síria (Foto: REUTERS/SANA/Handout via Reuters)
 

Quadrilha usa dinamite e explodi um dos caixas da agência do Bradesco na cidade de Paraú, RN.

Com a força da explosão, terminal, vidraças e parte do mobiliário da agência do Bradesco em Paráu foram destruídos (Foto: Jalisson Ferreira/Assú Notícia)
Com a força da explosão, terminal, vidraças e parte do mobiliário da agência do Bradesco em Paráu foram destruídos (Foto: Jalisson Ferreira/Assú Notícia)

Uma quadrilha usou dinamite e explodiu um dos caixas da agência do Bradesco na cidade deParaú, na região Oeste do Rio Grande do Norte. O crime aconteceu na madrugada deste domingo (21). A Polícia Militar não soube informar se o dinheiro foi levado.

Com a força da explosão, o terminal, as vidraças e parte do mobiliário da agência foram destruídos.

Guarnições de cidades vizinhas foram acionadas para dar apoio nas buscas pelos criminosos, mas ninguém foi preso. Há informações de que bando teria utilizado dois carros na fuga.

VÍDEO: Acompanhantes lavam o chão do Hospital Walfredo Gurgel e cobram solução a Robinson Faria

cartão-pronto2 - Copia - Copia

Um vídeo causa revolta nas redes sociais, após se espalhar pelos grupos de WhatsApp, retratando mais uma lamentável situação no Hospital Walfredo Gurgel, maior Pronto-Socorro de Urgência e Emergência do Rio Grande do Norte.

O Governo Robinson, segundo informou o Sindicato dos Servidores da Saúde (Sindsaúde) por meio de suas redes sociais, atrasou o pagamento dos terceirizados que prestam serviço nas unidades estaduais de Saúde.

Com isso, os serviços de limpeza estão paralisados, obrigando que os acompanhantes dos pacientes façam o serviço dos terceirizados.

Revoltados, alguns acompanhantes gravaram um vídeo e espalharam.

Detalhe: Talvez a cobrança ao Governador se deva ao fato dele ter prometido visitas constantes e soluções imediatas ao Hospital Walfredo Gurgel.

Agentes penitenciários darão plantão 24h no HWG

la Médica da Penitenciária Estadual de Alcaçuz terá atenção especial para evitar descolamentos desnecessários de presos (Foto: Ricardo Araújo/G1)
la Médica da Penitenciária Estadual de Alcaçuz terá atenção especial para evitar descolamentos desnecessários de presos (Foto: Ricardo Araújo/G1)

A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejuc) do Rio Grande do Norte, responsável pelo sistema prisional potiguar, vai criar grupos de agentes penitenciários com formação na área da saúde para que trabalhem em escalas de plantão de 24 horas no interior do Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, que faz parte do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal, a maior unidade médica do estado.

Segundo a assessoria de comunicação do governo, os grupos já devem começar a atuar em março. A medida foi anunciada após uma reunião realizada na manhã deste sábado (20) no Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGI-E), que fica no Centro Administrativo do Estado, e faz parte de uma série de ações que buscam melhorar as políticas públicas de saúde prisional nas próprias unidades carcerárias, de forma a garantir um melhor atendimento ao preso, sem a necessidade de deslocamentos e, consequentemente, sem riscos de fugas.

Participaram da reunião representantes das secretarias de Saúde (Sesap), Segurança Pública (Sesed) e da própria Sejuc.

Para a Sesap e Sejuc, ficou decidido que as duas pastas unirão forças para investimentos em reestruturação, aquisição de equipamentos e contratação de profissionais para a ala médica que funciona no interior da Penitenciária Estadual de Alcaçuz. A unidade, que fica em Nísia Floresta, na Grande Natal, é o maior presídio do estado.