“O que segura preso é bala”, diz presidente do Sindicato dos Policiais Penais do RN

A presidente do Sindicato dos Policiais Penais do RN (Sindpen), Vilma Batista, ao comentar a fuga de 12 presos de Alcaçuz, defendeu o uso de armas de fogo contra bandidos que colocarem as vidas dos policiais em risco.

“O preso que não obedecer os procedimentos tem que ser conduzido a delegacia, e no primeiro momento, se ele vier [atentar contra os agentes], tem que meter bala sim, porque o que segura preso é bala, claro que a bala só é dada em momentos de extrema necessidade”, disse em entrevista à 98 FM.

BG

Leave a Comment