O ex-deputado Eduardo Cunha permanecerá preso, diz STF

Resultado de imagem para Cunha

O ex-deputado e ex-presidente da Câmara Federal, Eduardo Cunha, permanecerá preso por decisão do plenário do Superior Tribunal Federal. Por oito voto contrário à liberdade do réu, e apenas um a favor, o do ministro Marco Aurélio, Eduardo vai ficar mais um bom tempo na cadeia.

A defesa argumentou que o juiz Sérgio Moro, da 13ª vara  federal criminal de Curitiba, havia usurpado a competência do STF, ao determinar a prisão de seu cliente.

O ministro Luís Roberto Barroso, relator do processo, foi o primeiro a votar. Após cumprimentar aos advogados de Cunha, ele disse que “o quadro fático e jurídico não é favorável a seu cliente”. O que foi concordado pela ministra Rosa Weber, e foi acompanhado por mais seis dos nove ministro votante.

 

Fonte:http://www.valor.com.br/politica/4870760/stf-rejeita-pedido-de-liberdade-de-eduardo-cunha