Morador de Mãe Luíza, em Natal, morre vítima de bala perdida

Resultado de imagem para Bala Perdida
Foto: Reprodução que estava no Google

Um morador do bairro de Mãe Luíza, na Zona Leste de Natal, morreu atingido por uma bala perdida durante um confronto entre a Polícia Militar e um suposto grupo de criminosos ocorrido neste sábado (29). O eletricista Francisco Ramos da Silva tinha de 61 anos de idade. Além dele, um homem identificado Victor Matheus Câmara de Azevedo também foi alvejado e morreu no local. Segundo o Comando de Policiamento Metropolitano (CPM), ele atirou contra os policiais.

O tenente-coronel Zacarias Mendonça, comandante do CPM, conta que a Polícia Militar apreendeu 18kg de maconha em uma casa abandonada no bairro ainda no início da tarde do sábado (29). Depois disso, afirma o oficial, a equipe voltou a Mãe Luíza no fim da tarde, após uma segunda denúncia que informava sobre a existência de mais droga na Rua Saquarema. “Quando os policiais chegaram no local foram recebidos a bala”, disse Mendonça.

Na troca de tiros, Victor Matheus foi alvejado. Segundo o tenente-coronel Mendonça, ele estava junto com o grupo que atirou contra os policiais, e teria participado do tiroteio. Victor Matheus Câmara de Azevedo era foragido do sistema prisional do Estado, ainda de acordo com a Polícia Militar.

Também foi atingido por um tiro o eletricista Francisco Ramos da Silva, que nada teve a ver com o embate entre a polícia e os supostos criminosos. O tenente-coronel Zacarias Mendonça disse ao G1 que Francisco estava bebendo na escadaria onde aconteceu a troca de tiros.

Familiares do eletricista informaram que ele bebia na frente de casa, na Rua Atalaia, no momento em que foi atingido. Zilda Maria, irmã da ex-mulher de Francisco, afirma que o tiro atingiu o peito dele.

O tenente-coronel Antônio Marinho, comandante do 1º Batalhão da PM, unidade responsável pelo patrulhamento na Zona Leste, afirma que a Divisão de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP) foi até o local e registrou as duas mortes. A DHPP será responsável por investigar os casos. Ficará a cargo das equipes de perícia do Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) precisar de que armas partiram os tiros que mataram as duas vítimas.

Fonte:http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/morador-de-mae-luiza-em-natal-morre-vitima-de-bala-perdida.ghtml