Ministério da Infraestrutura diz que relicitação da gestão do Aeroporto de Natal não trará prejuízo a passageiros

Parlamentares e governadora do RN se reuniram com ministro da Infraestrutura em Brasília — Foto: Ricardo Borges
Parlamentares e governadora do RN se reuniram com ministro da Infraestrutura em Brasília — Foto: Ricardo Borges

Segundo o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o processo de relicitação da gestão do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, na Grande Natal será tranquilo e sem prejuízos para quem chega ou sai do Rio Grande do Norte pelo terminal.

O Governo do RN e o Ministério de Infraestrutura vão atuar juntos do novo processo de licitação. Nesta segunda-feira (11), a governadora Fátima Bezerra (PT) solicitou a participação ao ministro.

O nome indicado para compor o grupo de trabalho foi o do presidente da Empresa Potiguar de Promoção Turística (Emprotur), Bruno Reis. A reunião aconteceu em Brasília, com presença de senadores e deputados potiguares.

A Inframerica anunciou no início do mês que vai devolver a concessão do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves, localizado em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal, ao governo federal. O leilão do aeroporto em 2011 foi a primeira concessão do setor à iniciativa privada no Brasil. Uma nova licitação deverá ser feita pela União.

A operadora aeroportuária calcula ter investido cerca de R$ 700 milhões em obras de infraestrutura. A Inframerica informou ainda que entrará com um pedido de indenização, conforme a Lei 13.448/2017, que trata da devolução amigável de concessões.

G1RN