Mineiro cobra iniciativa para diminuição de índice de homicídios entre jovens

O índice de homicídios no Rio Grande do Norte pautou o pronunciamento do deputado Fernando Mineiro (PT) durante a sessão plenária desta terça-feira (26), na Assembleia Legislativa. O parlamentar chamou a atenção para o alto número de assassinatos de jovens entre 14 a 29 anos e cobrou iniciativas por parte do Executivo para combater a criminalidade no Estado.

“A onda de violência permanente que o RN está mergulhado leva a uma situação perigosa: a naturalização do convívio com a violência. As pessoas já estão anestesiadas e chegam a não se sensibilizar mais diante de tanta criminalidade”, disse Mineiro.

O parlamentar lembrou a chacina ocorrida no final de semana em Extremoz, onde seis jovens foram assassinados, e lamentou a média de homicídios no Estado que, de acordo com dados do Observatório da Violência Letal Intencional (OBVIO/RN), já chega a uma média de 7 mortes por dia. “Os números apontam uma média de guerra. Do total de homicídios, 48% são de jovens de cor negra e residentes nas periferias”, alertou.

O deputado faz um apelo ao Governo do Estado para a elaboração de um plano emergencial de combate à violência e cobrou ainda a participação e engajamento de entes públicos, religiosos e sociedade civil. “Precisamos enfrentar essa questão, pois nossa juventude está sendo dizimada. Não pode haver a naturalização e banalização dessa situação. Se o Governo tem os dados e estatísticas da violência no Estado, por que não há uma ação pontual para mitigar essa realidade?”, questiona Mineiro.