Mestres bonequeiros discutem futuro do Teatro de Bonecos no Rio Grande do Norte

Evento em celebração ao Dia Mundial do Teatro de Bonecos propõe uma reflexão sobre a manifestação

Museu Câmara Cascudo tem programação gratuita na Semana do Museu em Natal |  O que fazer em Natal e Região | G1
Foto da Internet

O teatro do João Redondo potiguar vai ocupar as redes sociais a partir deste sábado (20). Motivos não faltam: além de celebrar o Dia Mundial do Teatro de Bonecos – comemorado no domingo –, a proposta também busca revisitar a história e pensar sobre o futuro da manifestação, que é registrada como Patrimônio Imaterial desde 2015.

A iniciativa é do bonequeiro potiguar Julhin de Tia Lica, em parceria com o com o Instituto Nacional do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e Museu Câmara Cascudo (MCC). Serão dois encontros em formato de lives, o primeiro marcado para o sábado (20), às 16h, nas páginas do MCC no Youtube e Facebook. O segundo encontro, marcado para o dia 29 de março, às 19h, será transmitido pelo canal oficial do Iphan no Youtube

No sábado (20), o professor Everardo Ramos, diretor do MCC, recebe o Julhin de Tia Lica, além do professor André Carrico, do Departamento de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e pós-doutor em Artes da Cena pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Também participa da conversa, a educadora popular e bonequeira Catarina Medeiros, também conhecida como Catarina Calungueira. A artista é autora de um catálogo de brincantes do Seridó, organizou o 1º Festival de Mulheres Bonequeiras – que aconteceu de forma virtual em 2020 -, além de ter dirigido o curta “Ipueira também é terra de bonequeiras”. 

“A ideia é focar nos mestres antigos, na história, nos fundamentos. É mostrar ao público o que é o Teatro de Bonecos, o Teatro do João Redondo e a importância dele para a cultura popular”, conta Julhin, que vai aproveitar o momento para lançar o documentário “João Redondo: Passado, presente e futuro” em seu canal do youtube.

O segundo encontro, marcado para o dia 29 de março, pretende falar do futuro do Teatro de Bonecos e vai contar com a participação de Cláudio Machado, superintendente do IPHAN aqui no Estado, que recebe Tassos Lycurgo, Diretor do Departamento de Patrimônio Imaterial, além dos bonequeiros Alisson Costa e do próprio Julhin de Tia Lica. 

Durante os dois encontros, os participantes poderão assistir, em primeira mão, a trechos do documentário, com depoimentos dos mestres bonequeiros em atividade no Rio Grande do Norte. O filme está em fase de finalização e recebeu apoio da Lei Aldir Blanc de emergência cultural. 

Serviço:

Live Dia Mundial do Teatro de Bonecos

Data: Sábado, 20 de março, às 16h

Canal: www.youtube.com/mccufrn 

Página: www.facebook.com/mccufrn 

Data:  Segunda-feira, 29 de março, às 19h

Canal: www.youtube.com/iphangovbr