Márcia Maia alerta que no RN mais de 40 mil crianças exercem trabalho infantil

No seu pronunciamento durante a sessão plenária desta quinta-feira (14), a deputada Márcia Maia (PSDB) externou sua preocupação com as mais de 40 mil crianças exploradas no Rio Grande do Norte, exercendo trabalho quando deveriam estar na escola. A parlamentar também preside, na Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar da Criança e do Adolescente.

“Erradicar o trabalho infantil precisa ser uma ação permanente e esta é a preocupação do nosso mandato e da atuação da Frente Parlamentar na Casa”, afirmou Márcia Maia. A deputada já realizou audiências públicas para discutir esta temática, inclusive no interior do Estado e também convidou a todos para o lançamento da campanha pelo Ministério Público do Trabalho (MPT), “Chega de Trabalho Infantil”, na próxima semana.

A campanha é uma ação em parceria com a Rede de Proteção à Infância e tem apoio da Frente Parlamentar presidida pela deputada.

Pouca escolaridade e baixa renda familiar são fatores que contribuem para agravar a situação, aumentando índices de trabalho irregular entre crianças e adolescentes dos 5 aos 17 anos. No Brasil, são mais de 1,8 milhão de crianças vivendo em situação de trabalho infantil.

“Essa luta é permanente, assim como a batalha pelo direito à saúde, educação e dignidade”, afirmou Márcia Maia.