Mais de 90% dos usuários avaliam Procon Legislativo com nota máxima no primeiro semestre

O balanço das atividades do primeiro semestre do Procon da Assembleia Legislativa revelou um alto grau de satisfação por parte da maioria dos seus usuários. Isso porque, dos 390 entrevistados, 357 pessoas (92%) atribuíram nota 10 ao atendimento do órgão do Legislativo Potiguar.

As estatísticas detalhadas mostram que, na avaliação do atendimento à demandas e das audiências, foram entrevistados 390 consumidores, dentre os quais 357 (92%) deram nota 10 ao Procon Legislativo; 23 avaliaram o órgão com grau 9; e nove pessoas deram nota 8. Além disso, 0% dos entrevistados atribuiu grau 7 ou menos ao atendimento do órgão de defesa do consumidor da Assembleia Legislativa do RN.

Ainda de acordo com dados da instituição, foram realizados 2.265 atendimentos no semestre, de forma presencial, telefônica, na unidade móvel ou via Whatsapp. Com relação aos processos abertos, eles totalizaram 239, dentre os quais 139 foram conciliados (54,33%).

Segundo o coordenador do Procon Legislativo, Dary Dantas, essa avaliação de satisfação dos usuários é feita desde 2016, e ele atribui os índices sempre elevados à capacidade de acolhimento da equipe do Procon da AL.

“Esses altos índices se devem principalmente à maneira como nos preocupamos e escutamos as pessoas. Porque cada um que nos procura tem um problema. Então é essencial você saber ouvir, dar atenção e resolver adequadamente as demandas desses consumidores. Isso é o que faz eles ficarem tão satisfeitos”, avaliou o coordenador.

Dary Dantas falou também sobre a relevância do órgão para a sociedade norte-rio-grandense. “O Código de Proteção e Defesa do Consumidor é uma lei de ordem pública e interesse social. Daí a nossa importância, já que solucionamos as demandas dos consumidores do RN, cumprindo nosso papel de defesa do cidadão consumidor do Rio Grande do Norte”, finalizou.

 

Assessoria