Líderes na Assembleia debatem CPI da Arena das Dunas e medidas para conter efeitos da Covid-19

Os líderes de partidos e blocos partidários da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte debateram sobre a necessidade de investigar irregularidades apontadas por auditoria no contrato firmado da Arena das Dunas entre o Governo do RN e o Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A, além das medidas para conter a disseminação do novo Coronavírus no Estado e os efeitos provocados na educação e economia.

“Gostaria de reforçar a importância da CPI da Arena das Dunas e parabenizar o deputado Sandro Pimentel (PSOL) pela iniciativa, além de reforçar o apoio da bancada do Solidariedade, que assinou o pedido dando a possibilidade que a CPI seja aberta na Assembleia”, destacou o deputado Allyson Bezerra (SDD). O deputado Coronel Azevedo (PSC) também declarou apoio à abertura de investigação. “A minha assinatura está garantida. A Assembleia precisa apurar esses fatos para defender o recurso público que é do povo”, disse.

Covid-19
O debate em torno das medidas para conter a disseminação do novo Coronavírus no Estado e dos efeitos provocados na educação e economia é permanente entre os deputados da Assembleia do RN. Preocupado com a manutenção do ensino para os alunos da rede estadual de educação, o deputado Dr. Bernardo (Avante) destacou a importância da união entre os poderes constituídos nesse sentido. “Já existe um abismo entre alunos da rede privada e pública, e a pandemia vem aumentar ainda mais. É importante que os alunos possam ter acesso às aulas a distância e não serem prejudicados”, destacou.

O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) citou convênio assinado que abre espaço na programação da TV Assembleia para transmissão das aulas da rede estadual de ensino. “Essa tem sido a contribuição da Assembleia do RN, através de um esforço de todos os deputados, para que esses alunos não fiquem sem aulas. Sabemos que grande parte dos alunos não tem acesso à internet. Essa foi uma forma da Assembleia do RN contribuir”, garantiu.

Na área de saúde, Dr. Bernardo pediu atenção para a situação de atraso nos salários dos médicos que atuam na Associação de Proteção e Assistência a Maternidade e Infância de Mossoró (Apamim). “Estão sem receber salários desde dezembro. Peço compreensão do Governo do Estado para evitar colapso na área de obstetrícia em Mossoró e região Oeste”. 

A baixa adesão ao isolamento social e o aumento dos casos de Covid-19 em Areia Branca receberam destaque no pronunciamento do deputado Souza (PSB). “O município tem menos de 30 mil habitantes e o índice de óbitos avança de forma mais frequente. No início, sem registro de mortes, as pessoas não seguiam as medidas e nem eram fiscalizadas. Somos vizinhos do Ceará, próximo de Mossoró e cidade portuária. Por isso chamo atenção das autoridades sanitárias para Areia Branca”, alertou.

O deputado Allyson Bezerra ainda sugeriu a criação de uma linha de crédito para socorrer os motoristas de transporte escolar, “que estão sofrendo sem renda e sem poder trabalhar de forma remota”. E o deputado George Soares (PL) destacou o lançamento de aplicativo para agendamento de consultas médicas online pelo Governo do RN, fruto de contribuição de seu mandato. 

Segurança pública
O deputado Coronel Azevedo também pediu a resolução do atentado contra um radialista e blogueiro, no sábado (9), na RN-118, quando voltava do Alto do Rodrigues para Pendências. “Esse é mais um caso que desafia a segurança pública do RN. Não podemos admitir esse tipo de coisa. Os profissionais do jornalismo exercem um papel fundamental para a democracia”, afirmou.