Justiça manda soltar 46 policiais presos durante motim no Ceará

Policiais foram presos no Ceará por abandono de trabalho — Foto: Kid Junior/SVM
Policiais foram presos no Ceará por abandono de trabalho — Foto: Kid Junior/SVM

A vara da auditoria militar da Justiça Estadual do Ceará mandou soltar, nesta segunda-feira (2), 46 policiais militares que foram presos por deserção, após faltarem a uma convocação para trabalhar durante o carnaval.

Nos últimos dias, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSFDS) listou que eram 47 os PMs presos no período dos motins. Nesta segunda-feira (2), no entanto, o número foi revisto para 50. Desses, 46 ficaram detidos por deserção. Outros 3 foram presos por participação em motim e 1 – já liberado – após incendiar um veículo no interior do Ceará.

G1CE