José Dias diz que atos marcados para 7 de setembro serão por liberdade e independência

Crédito da Foto: Eduardo Maia

Diversos atos políticos estão sendo organizados para ocorrer em todos os Estados do País no próximo dia 7 de setembro, feriado da independência do Brasil. O assunto foi destacado pelo deputado estadual José Dias (PSDB) durante sessão ordinária na Assembleia Legislativa nesta quinta-feira (2). O tucano revelou que não estará presente devido a sua condição – integrante do grupo de risco da Covid pela idade -, mas que assistirá ao sucesso do movimento.

“Temos que ter consciência da situação do nosso país. Vivemos crise grande causada pela pandemia, que é global. Vivemos indiscutivelmente uma crise econômica e estamos sobrevivendo com riscos perigosos, como a volta da inflação. Temos que tomar posição e a oportunidade será no dia 7 de setembro. Se eu pudesse, iria defendendo a mim, ao povo brasileiro, a nossa liberdade”, disse.

O parlamentar ainda criticou o ex-presidente Lula. “Não votarei em quem destruiu ou tentou destruir nossa estrutura moral, religiosa e familiar. Não voto naqueles que têm como pauta a tomada do poder para dominar e saquear. Sob esse aspecto tenho definição clara”, completou. 

Segundo José Dias, “dia 7 de setembro será um novo grito de independência, grito pacífico, sem espada, sem canhões, com a voz do povo. Com o coração do povo, um grito com a proteção de Deus que nos dará a oportunidade de um espetáculo para encantar ao mundo. Com paz e civilidade” finalizou.