Gustavo Carvalho diz que condição do governo inviabiliza venda da Caern

Em seu pronunciamento na sessão plenária desta quinta-feira (5), o deputado Gustavo Carvalho (PSDB) afirmou que não confia na lucratividade da empresa caso o governo estadual abra o capital da Caern a fim de obter recursos para investimentos, como já foi cogitado. O parlamentar disse que o Estado “não tem credibilidade”.

“Uma empresa privada compra gestão, compra cotas. Em relação à Caern, o governo abriria 49% das cotas mas ficaria com 51%. E eu pergunto: quem vai comprar prejuízo? No caso se há prejuízo hoje, pode aumentar com o nível de desmando”, afirmou o deputado.

Gustavo Carvalho afirmou não acreditar que a iniciativa privada vá se interessar pela companhia sem poder gerir. O deputado disse que na sua avaliação, o único índice que se tem para comemorar nos últimos 15 anos no Estado é exatamente o da interrupção de energia, que foi reduzida por conta da privatização da Cosern.

 

Assessoria

Leave a Comment