Francisco do PT repercute pedido de exoneração de 30 servidores ligados ao Enem

Na Sessão Plenária desta quarta-feira (17) o deputado Francisco do PT fez referência à demissão coletiva de 30 servidores colaboradores do Enem, lotados no Instituto Nacional de Educação e Pesquisa (Inep), no dia 8 de novembro. O parlamentar detalhou os motivos que levaram os funcionários a pediram e exoneração e chamou o momento vivido de “desmonte das políticas educacionais do País”. 

“Desta vez o desmonte foi no Inep, onde dezenas de colaboradores do Enem pediram demissão coletiva. E eu quero endossar a nota assinada por dezenas de instituições, entre elas a Confederação Nacional dos Trabalhadores e Trabalhadoras em Educação, que veio a público manifestar-se pela urgente recomposição do Inep como fonte confiável e legítima para a política educacional brasileira, única forma de garantir a realização do Enem e tranquilizar os estudantes e seus familiares”, disse.

Segundo Francisco, o Inep é um dos órgãos mais importantes do Brasil na produção de informações e estatísticas para a Educação, e vem sofrendo um processo de ataque, que culminou com o referido pedido de exoneração de 30 servidores.

“Eles denunciaram diferentes motivos para o pedido, dentre os quais se destacam: assédio moral, desmonte das diretorias, sobrecarga de trabalho e de funções e a desconsideração dos aspectos técnicos para a tomada da decisão”, detalhou o parlamentar.

Para o deputado, “é lamentável que, com o Enem batendo à porta, o Ministério da Educação e o Governo Federal sejam responsáveis por mais esse ataque à educação brasileira”.

Francisco do PT ainda publicizou voto de pesar pelo falecimento da sua ex-professora, Maria de Lurdes Araújo, aos 100 anos, no município de Parelhas.

“Eu quero externar meu mais profundo voto de pesar pelo falecimento da parelhense Maria de Lourdes Araújo, que ia completar 101 anos de idade em dezembro. Ela foi minha primeira professora, a pessoa que me proporcionou todo o processo de alfabetização. Era também uma grande bordadeira e foi uma das pioneiras na implantação da Assembleia de Deus, em Parelhas. Então eu deixo aqui minha solidariedade a todos os familiares e amigos”, finalizou.

Leave a Comment