Explosões em hotéis e igrejas deixam centenas de mortos e feridos no Sri Lanka

Equipes de segurança e resgate na frente de igreja em Colombo, na capital do Sri Lanka — Foto: Dinuka Liyanawatte/Reuters
Equipes de segurança e resgate na frente de igreja em Colombo, na capital do Sri Lanka — Foto: Dinuka Liyanawatte/Reuters

Uma série de explosões em hotéis de luxo e igrejas católicas durante a celebração da Páscoa no Sri Lanka deixou 207 mortos e mais de 450 feridos neste domingo (21), segundo o último balanço das autoridades policiais.

Os atentados foram registrados na capital, Colombo, e nas regiões de Katana e Batticaloa. De acordo com a polícia do Sri Lanka, os primeiros casos ocorreram por volta das 8h45 (0h15, no horário de Brasília) em três hotéis e três templos religiosos que realizavam missas. Mais tarde, outras duas explosões foram registradas na capital, uma delas em outro hotel.

No hotel de luxo Cinnamon Grand, um homem-bomba se fez explodir na fila de clientes que esperava para entrar em um bufê de Páscoa em um restaurante do estabelecimento. “Ele se dirigiu para o início da fila e se explodiu”, relatou um funcionário para a AFP. “Era o caos total”, acrescentou.

G1