Em plenário, deputado Mineiro relata denúncia de servidora estadual

O deputado estadual Fernando Mineiro (PT), em pronunciamento nesta quarta-feira (22), no Plenário da Assembleia Legislativa, denunciou o que, para ele, se trata de assédio moral no Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipern). Ele se referiu à mudança em uma função, onde a presidência do órgão estadual teria acenado com a substituição de uma servidora com mais de 30 anos de trabalho. O parlamentar comentou a posição de outra servidora, convocada para assumir a vaga e que teria se recusado a cumprir o que a chefia determinara.

“A servidora rejeitou o pagamento de jeton porque se recusou a fazer o jogo de perseguição a outra servidora”, afirmou Mineiro, que leu a carta da funcionária se negando a assumir o cargo. O parlamentar aproveitou a presença no plenário do governador em exercício, Fábio Dantas (PCdoB) e da secretária-chefe da Casa Civil, Tatiana Mendes Cunha, para levar o assunto ao conhecimento das autoridades superiores ao comando do Ipern.

Segundo o deputado Fernando Mineiro, “servidores que trabalham sério estão abandonando o Ipern”. O parlamentar justificou que leu a carta para que a denúncia fique nos anais da Assembleia Legislativa.

 

Assessoria