Em greve, vigilantes protestam dentro do maior shopping de Natal

Vigilantes ocuparam o hall de entrada do shopping Midway Mall nesta quarta-feira (28) (Foto: Lucas Cortez/G1)

Em greve há 3 dias, vigilantes fecharam o trânsito na Avenida Prudente de Moraes na manhã desta quarta-feira (28) e, em seguida, foram para o shopping Midway Mall onde protestaram contra a “perda de direitos trabalhistas”. Eles também tentam reverter a demissão de um vigilante.

Por volta das 10h30 desta quarta, os vigilantes fecharam a Avenida Prudente de Moraes, entre as avenidas Alexandrino de Alencar e Bernardo Vieira no sentido Petrópolis/Zona Sul. De lá, partiram em carreata em direção ao shopping Midway Mall.

O grupo então ocupou o hall de entrada do shopping, onde gritou palavras de ordem em protesto contra a perda de direitos trabalhistas. “Estamos aqui porque a empresa que tem contrato com o shopping demitiu um vigilante. A gente quer que a empresa reverta a demissão desse vigilante porque o nosso movimento é legal, nós temos direito à greve e ninguém pode ser punido por isso”, disse Pablo Henrique Lima de Araújo, presidente do Sindicato dos Vigilantes do Rio Grande do Norte.

Greve

Desde a última segunda-feira (26) o atendimento nas agências bancárias de Natal e região metropolitana está comprometido por causa da greve. Sem vigilantes, as agências não abrem para o atendimento ao público.

Os vigilantes alegam que estão perdendo direitos adquiridos e que as empresas querem a redução do valor do adicional noturno, exclusão de horas extras e todas as despesas relativas ao curso de reciclagem, exclusão das horas extras por feriado trabalhado, retirada da obrigatoriedade de entrega de colete balístico, dentre outras coisas.

Fonte: https://g1.globo.com/rn