Deputados comentam proposituras dos mandatos e as agendas de eventos

No horário destinado aos pronunciamentos dos deputados, na sessão ordinária desta quinta-feira (17), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, pronunciaram-se os deputados estaduais Vivaldo Costa (PSD), Jacó Jácome (PSD), Francisco do PT e Coronel Azevedo (PSC). Entre os assuntos, foram destacadas proposições de iniciativa dos parlamentares, como um Projeto de Lei sobre prevenção e combate ao suicídio, um que institui o piso salarial, bem como carga horária dos profissionais da Enfermagem no estado e uma iniciativa que propõe a inclusão dos assistentes sociais nos grupos prioritários da imunização contra a COVID-19.

O deputado estadual Vivaldo Costa falou sobre o Projeto de Lei de iniciativa dele, e que está tramitando na Casa Legislativa, que dispõe sobre o Programa a Vida Fala Mais Alto, de prevenção e de combate ao suicídio, a ser implementado pelo Estado do Rio Grande do Norte.

O deputado estadual Jacó Jácome também comentou sobre um Projeto de Lei de autoria dele, que institui o piso salarial e a carga horária de 30h para os profissionais da Enfermagem no âmbito estadual. “Todos nós estamos acompanhando que, neste mês, os profissionais da Enfermagem estão fazendo uma grande mobilização para terem o piso nacional e a carga horária de 30 horas aprovados no Congresso Nacional. É fundamental que priorizemos esta pauta, os profissionais assumiram um verdadeiro protagonismo no combate à pandemia”, justificou.

Já o deputado estadual Francisco do PT fez um apelo ao Governo Federal, ao Ministério da Saúde e a todas as autoridades da saúde pública competentes, para que os profissionais da Assistência Social possam não só serem incluídos nos grupos prioritários da imunização contra a COVID-19, como também tenham o início do processo de vacinação iniciado de imediato. “Sabemos que em tempos de pandemia, os profissionais da Assistência Social são muito demandados, porque há um aumento dos problemas relacionados com as questões sociais, sobretudo, com a questão da vulnerabilidade social”, ressaltou.

Francisco do PT também lembrou a audiência pública proposta pelo mandato dele, que acontece nesta quinta-feira (17), às 15h30, e discutirá os efeitos da Proposta de Emenda Constitucional nº 32 (PEC 32), que, segundo ele, “trata da reforma administrativa brasileira e as suas consequências contra o serviço público e os servidores e servidoras do Brasil. É uma ótima oportunidade para podermos compreender melhor o que é essa PEC e procurarmos entender por que o Governo Federal atual ataca tanto o serviço público e os servidores”.

Por fim, o deputado Coronel Azevedo mencionou a ação do Governo Federal, que aconteceu na última quarta-feira (16), em Mossoró, com a presença de dois Ministros de Estado, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, e o ministro da Cidadania, João Roma. “Juntamente com deputado estadual Galeno Torquato, estive em Mossoró participando dessa cerimônia do lançamento da fase 1 do Programa Digitaliza Brasil, que é um avanço muito importante para o estado. Também houve a assinatura do aditivo para liberação de recursos do programa de aquisição de alimentos, que beneficiará 17 mil famílias potiguares. São importantes ações do Governo Federal pelo povo do Rio Grande do Norte”, disse. O parlamentar informou ainda que o presidente da República, Jair Bolsonaro, visitará o Rio Grande do Norte, possivelmente no dia 24 de junho. “Ele desembarcará em Mossoró e visitará obras em Jucurutu e Pau dos Ferros”, disse.