Comitê científico recomenda que Governo do RN adie 3ª fase de reabertura econômica por uma semana

Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Rayane Mainara
Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Rayane Mainara

Em um documento entregue enviado neste domingo (26) ao governo do Rio Grande do Norte, o comitê científico que assessora o estado nas tomadas de decisão sobre a pandemia do novo coronavírus sugeriu a suspensão da primeira etapa da 3ª fase de reabertura econômica, cuja primeira etapa está prevista para esta quarta-feira (29). A recomendação é de que a reabertura seja adiada por sete dias.

O órgão é consultivo, ou seja, não tem poder de decisão sobre os decretos estaduais. O governo ainda não se pronunciou sobre a recomendação.

“O comitê é de parecer que não é possível iniciar a 1ª etapa da 3ª fase de abertura do setor econômico, já que o espaço de tempo não permite avaliar o impacto das medidas anteriores, devendo ser adiada por 7 dias”, diz o documento. Os especialistas também recomendaram que as fases passem a ser feitas a cada 15 dias, e não a cada 7, como atualmente.

Apesar de não apontar ainda uma definição sobre a volta às aulas, os pesquisadores também consideraram que “o retorno às aulas neste momento irá impactar de maneira significativa na taxa de isolamento social e que isso poderá implicar diretamente no aumento de novos casos”, diz o documento.

Segundo o G1RN a fase 3 vai ser a abertura dos bares e restaurantes maiores de 300m2 que estão para serem abertos na próxima quarta-feria (29), as academias que funcionam com ar condicionado e os Shoppings Centers.

G1RN