Com frota reduzida e escolta policial, ônibus voltam a circular em Natal

onib11

Os ônibus urbanos de Natal voltaram a circular na manhã desta segunda-feira (1º). Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Júnior Rodoviário, apenas 30% da frota saiu às ruas. O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, anunciou neste domingo (31) que haveria escolta para os ônibus.

O G1 acompanhou a saída do primeiro ônibus da garagem da empresa Santa Maria, no bairro de Cidade Satélite, na Zona Sul. Um ônibus da linha 37 (Cidade Satélite-Ribeira) deixou a empresa às 5h40. Não havia nenhum carro da polícia por perto.

“Ficou acertado que iremos rodar com frota reduzida, como se fosse um dia de sábado. Ou seja, 30% dos ônibus vão circular. Mas só vamos continuar se houver segurança. Queremos que pelo menos haja policiais nos terminais e também nos principais corredores de passagem. Caso não tenha isso, iremos recolher os veículos”, disse Júnior Rodoviário.

Até a noite deste domingo, pelo menos 54 ataques criminosos foram registrados em 20 cidades do Rio Grande do Norte desde a tarde de sexta. Até as 20h deste domingo (31), 52 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos ataques. A instalação debloqueadores de celular na Penitenciária Estadual de Parnamirim, na Grande Natal, é apontada pelo governo como motivo dos atentados.

Em entrevista coletiva na noite deste domingo, Robinson disse que os ataques foram ordenados de dentro de unidades prisionais. “Não somos ingênuos. Todos sabemos que as ordens de assaltos a residências e a bancos partes de dentro dos presídios. Mas hoje tivemos uma grande vitória, que foi a prisão de um dos chefes de uma facção que atua dentro de presídios. O estado é mais forte que o crime. Quem quiser, que venha enfrentar o nosso estado. Nós não vamos recuar”, frisou o governador.

O secretário de Segurança Pública, general Ronaldo Lundgren, resaltou que a população deve manter a rotina normalmente. “Não há motivo para pânico”, afirmou.

Na tarde deste domingo foi preso João Maria dos Santos de Oliveira, de 32 anos, apontado pelas forças de segurança do Rio Grande do Norte como um dos chefes de uma facção criminosa que vem agindo no estado. Segundo o governador Robinson Faria, que anunciou a prisão em uma rede social ‘João Mago’ faz parte do comando dos ataques criminosos que vêm acontecendo no estado desde a tarde da sexta-feira (29). “Outros líderes serão presos nos próximos dias”, afirmou o delegado Clayton Pinho.