Category: Trânsporte

Projeto de lei determina instalação de sistema que avise sobre assaltos em letreiros de ônibus em Natal

Ônibus vão precisar implantar um sistema que avise sobre assaltos no letreiro — Foto: Igor Jácome/G1
Ônibus vão precisar implantar um sistema que avise sobre assaltos no letreiro — Foto: Igor Jácome/G1

Os vereadores de Natal aprovaram, em sessão ordinária nesta quinta-feira (26), um projeto de lei que obriga as empresas de ônibus instalarem um sistema que avise sobre os assaltos nos letreiros digitais dos próprios veículos.

O projeto de lei foi aprovado em segunda discussão na Câmara Municipal de Natal e agora segue para redação final antes de ir para sanção do prefeito Álvaro Dias (PSDB).

Segundo o vereador Fúlvio Saulo (Solidariedade), autor da matéria, o projeto de lei visa alertar às pessoas que estão do lado de fora do ônibus – e até futuros passageiros – que aquele veículo está sendo alvo de bandidos.

O vereador explicou que a proposta é implantar botões de pânico em todos os ônibus. Assim, quando automaticamente esse dispositivo for acionado durante um assalto, frases com o alerta seriam lançadas no letreiro digital.

“Com o aumento do índice de violência que a nossa sociedade vem enfrentando, as empresas de ônibus podem alertar àqueles que estão fora para que possam avisar à polícia que está ocorrendo assalto naquele veículo”, disse Fúlvio Saulo (Solidariedade).

A frase escolhida para o letreiro, segundo o vereador, seria uma decisão de cada empresa.

Outras pautas aprovadas

Ainda em segunda discussão nesta quinta-feira (26), os parlamentares aprovaram uma matéria de autoria da vereadora Júlia Arruda (PCdoB), também em segunda discussão, que institui na cidade a Semana Municipal de Prevenção à Gravidez na Adolescência. Já de autoria do vereador Fernando Lucena (PT), foi aprovada a Lei que dispõe sobre a Caixinha de Natal voluntária para os profissionais da limpeza urbana da cidade.

https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Motoristas de ônibus encerram greve após acordo com empresários em Natal

Greve começou na sexta-feira (23).  — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Greve começou na sexta-feira (23). — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Trabalhadores rodoviários anunciaram o encerramento da greve iniciada na última sexta-feira (23) e o transporte público de Natal deve voltar à normalidade até o início da tarde desta terça-feira (27), segundo confirmou o sindicato ao G1. A decisão foi tomada após a categoria fechar um acordo com as empresas de ônibus da capital.

O acordo foi firmado durante uma audiência da Justiça do Trabalho, comandada pela desembargadora Maria do Perpétuo Socorro, na manhã desta terça (27). Os trabalhadores cobravam pagamento do plano de saúde e do vale-alimentação, que tinham sido suspensos.

Desde a deflagração do movimento grevista, apenas 40% da frota estava circulando na capital.

Conforme o acordo, as empresas vão pagar o plano de saúde dos trabalhadores, com reajuste. Quanto ao vale-alimentação, será pago o equivalente a 50% até dezembro. Em janeiro, a discussão sobre o assunto será retomada.

De acordo com o diretor do Sindicato dos Rodoviários (Sintro), Harley Davidson, os diretores do sindicato comunicaram o fim da greve e o serviço deverá estar normalizado até o início da tarde desta terça (27).

Segundo o TRT, as negociações quanto às demais cláusulas da convenção seguem, mas sem o comprometimento da oferta do serviço de transporte público.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte

Rodoviários entram em greve e ônibus circulam com 40% da frota nesta sexta (23) em Natal

Ônibus ficam lotados no primeiro dia de greve dos rodoviários em Natal — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi
Ônibus ficam lotados no primeiro dia de greve dos rodoviários em Natal — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Apenas 40% da frota dos ônibus de Natal saíram da garagem nesta sexta-feira (23), por causa da deflagração da greve dos trabalhadores rodoviários da capital potiguar, segundo informações do sindicato que representa motoristas e cobradores do transporte público.

De acordo com o sindicato, a paralisação acontece pela falta de pagamento do plano de saúde e vale refeição da categoria desde o início da pandemia do coronavírus. Também agravou a situação a demissão de trabalhadores durante a pandemia.

Passageiros esperam ônibus em Natal, durante greve de rodoviários — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi
Passageiros esperam ônibus em Natal, durante greve de rodoviários — Foto: Ayrton Freire/Inter TV Cabugi

Ainda durante a manhã, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) autorizou os veículos do transporte opcional, os táxis, os veículos do transporte escolar e os veículos de fretamento turístico autorizados pelo DER a realizem lotação e circularem no itinerário das linhas de ônibus, devido a greve. “Tal operação fica autorizada até a volta da normalidade do sistema”, disse em nota.

As paradas ficaram lotadas desde o início da manhã e passageiros reclamaram. “Passei uma hora esperando o ônibus para Ponta Negra. Os quem vêm já chegam cheio. Liguei para o administrador da empresa e ele tá vindo me pegar. Só vou chegar lá porque ele tá vindo”, afirmou o auxiliar de serviços gerais Cleiton Melo.

De acordo com o sindicato dos rodoviários cerca de 250 ônibus saíram das garagens das empresas nesta sexta, quando mais de 500 circulam diariamente na capital. Porém, segundo o Seturn, sindicato que representa as empresas, apenas 208 carros tinham saído no início da manhã, quando deveriam ser 220.

“Isso é um absurdo. Os ônibus nem param mais de tão cheio. Estou indo pra Capim Macio. O Uber tá dando o dobro do preço. Já estou atrasado”, afirmou Carlos Eduardo Damasceno, ajudante de pedreiro.

Ônibus circulam com frota reduzida no primeiro dia de greve dos rodoviários nesta sexta (23) em Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi
Ônibus circulam com frota reduzida no primeiro dia de greve dos rodoviários nesta sexta (23) em Natal — Foto: Kleber Teixeira/Inter TV Cabugi

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte

Liminar autoriza que CBTU volte a circular com 100% da frota de trens na Grande Natal

Trem CBTU — Foto: Divulgação
Trem CBTU — Foto: Divulgação

A desembargadora Maria Auxiliadora Barros de Medeiros Rodrigues concedeu uma liminar nesta quarta-feira (2) que autoriza a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) a circular com a frota completa na Grande Natal. A nova decisão suspende a anterior, emitida na terça-feira (1), que determinava que apenas quatro viagens fossem feitas por dia pela companhia em função da pandemia do novo coronavírus.

A CBTU informou que já a partir desta quinta-feira (3) retornará a fazer 20 viagens por dia e que a partir da próxima terça-feira (8) vai operar com 100% da grade, que corresponde a 34 viagens diárias – 18 na Linha Norte (Natal/Ceará-Mirim) e 16 na Linha Sul (Natal/Parnamirim).

Na liminar, a desembargadora afirmou que a frota reduzida “teve o condão de gerar o agravamento do risco da contaminação da população dos usuários das linhas operadas pela CBTU, em função da superlotação ocasionada decorrente do risco de substantiva redução das linhas operadas”.

A magistrada disse ainda se tratar de uma decisão difícil em função de ser uma questão de saúde coletiva, mas que “não há como decidir senão escolhendo o menor prejuízo”. “O que me leva a concluir ser mais correto proteger a população de usuários de trens em face do número reduzido de trabalhadores da impetrante”, concluiu.

A decisão anterior da Justiça de reduzir os número de viagens diárias havia sido tomada após ação do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias e de Transporte sobre Trilhos do Estado em função dos riscos dos trabalhadores.

Na liminar desta quarta-feira, a magistrada reforçou ainda em sua decisão que os maquinistas trabalham em total isolamento nas cabines, estando portanto protegidos no exercício de suas atividades.

Viagens CBTU — Foto: Divulgação
Viagens CBTU — Foto: Divulgação
Viagens CBTU — Foto: Divulgação
Viagens CBTU — Foto: Divulgação

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Transporte de ônibus de Natal terá funcionamento estendido no carnaval; confira horários

Ônibus vão operar até mais tarde no carnaval em Natal — Foto: Igor Jácome/G1

O transporte público de ônibus terá horário estendido em Natal durante o carnaval 2020. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), operação vale para todos os dias de funcionamento de cada polo de festa da prefeitura. Os ônibus partirão após o término de cada um dos shows.

Confira as mudanças por polo:

Polo Petrópolis

Em Petrópolis, o usuário poderá utilizar a linha 21 (Felipe Camarão/Areia Preta) para se deslocar em direção à Zona Oeste da capital. Além desse trajeto, há também os corujões A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Vila Verde, via Avenida Doutor João Medeiros Filho) – que passa na Parada Metropolitana – às 00h15, 1h45 e 3h25; B (Ribeira/Tirol/Parque dos Coqueiros/Nova Natal/Gramoré, via Midway Mall/Avenida Bernardo Vieira) – que passa na Rua Potengi – às 00h25, 01h55 e 03h25; C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra) – que passa na Avenida Prudente de Morais – às 23h40, 00h50, 02h30 e 03h45; e as viagens 24h da linha 33 (Planalto/Praia do Meio), que partem do terminal no Planalto às 23h35, 2h e 4h.

Polo Centro Histórico, Ribeira e Rocas

No Centro Histórico, o usuário poderá contar com os corujões A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Vila Verde, via Av. Dr. João Medeiros Filho) – que passa na Parada Metropolitana – às 00h15, 1h45 e 3h25; B (Ribeira/Tirol/Parque dos Coqueiros/Nova Natal/Gramoré, via Midway Mall/Avenida Bernardo Vieira) – que parte da Ribeira e passa na Rua Ulisses Caldas – às 00h25, 01h55 e 03h25; C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra) – que parte da Ribeira e passa na Rua Ulisses Caldas – às 23h40, 00h50, 2h30 e 3h45; e as viagens 24h da linha 33 (Planalto/Praia do Meio), que partem do terminal no Planalto às 23h35, 2h e 4h.

Polo Redinha

Na Redinha, o usuário haverá a linha 08 (Redinha/Mirassol) e as linhas 84 e 85, ambas com destino a Soledade, ao sair dos shows. Além dessas, também estará disponível o corujão A (Ribeira/Alecrim/Redinha/Brasil Novo/Parque das Dunas/Vila Verde, via Avenida Doutor João Medeiros Filho) – que parte da Ribeira e passa no Caju – às 00h15, 1h45 e 3h25;

Polo Ponta Negra

Em Ponta Negra, o usuário terá disponíveis as linhas 07 (Alvorada IV/Cidade Jardim), 26 (Soledade I/Ponta Negra), 46 (Ponta Negra/Ribeira, via Praça), 54 (Rocas/Ponta Negra, via Alecrim), 73 (Santarém/Ponta Negra) e 83 (Felipe Camarão/Ponta Negra, via Cidade Satélite). Além dessas, será possível contar com o corujão C (Ribeira/Via Costeira/Ponta Negra) – que parte de da Ribeira – às 23h40, 00h50, 2h30 e 3h45; e com o E (Felipe Camarão/Cidade da Esperança/Ponta Negra, via Avenida Bernardo Vieira) – que parte de Felipe Camarão – à meia-noite, às 2h e às 4h.

Polo Oeste – Nazaré Folia

Na Zona Oeste, o folião terá as linhas 21 (Felipe Camarão/Areia Preta), 38 (Planalto/Praia do Meio) e 40 (Planalto/Mãe Luiza). O usuário pode contar também com o corujão E (Felipe Camarão/Cidade da Esperança/Ponta Negra, via Avenida Bernardo Vieira) – que parte de Felipe Camarão – à meia-noite, às 2h e às 4h.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte

TURBINA DE AVIÃO COM 154 PASSAGEIROS PEGA FOGO DURANTE DECOLAGEM

Nenhum dos passageiros ficou ferido — Foto: Divulgação.

Por Portal Grande Ponto — A turbina de um avião voo G3 1561 da companhia Gol Linhas Aéreas pegou fogo na manhã desta segunda-feira (02) durante a decolagem no aeroporto de Juazeiro do Norte, no Ceará. Informações dão conta que havia 154 passageiros a bordo na hora do ocorrido, mas ninguém ficou ferido.

A Gol não informou a causa da falha, mas em nota enviada ao portal UOL disse que o voo, que seguia de Juazeiro do Norte até o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, “apresentou uma limitação técnica próximo à decolagem, tendo que retornar para avaliação da equipe de manutenção da Companhia”.

NO vídeo abaixo, que circula nas redes sociais, o avião inicia a decolagem até o momento em que aparece um clarão na imagem. A Gol não informou o que teria causado a explosão, apenas disse que a companhia “lamenta os transtornos”.

 

Fonte: https://blogafonte.com.br

 

 

Substituição de trilhos altera viagens de trem neste sábado (31) na Grande Natal

Linha de trem terá alteração neste sábado (31) na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação 

A circulação dos trens entre Natal e Parnamirim vai sofrer modificações no próximo sábado (31) devido a uma manutenção na linha, segundo informou a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU). De acordo com nota divulgada, a medida será necessária para substituição de trilhos na passagem de nível do Pitimbu.

Partindo de Parnamirim com destino à Natal às 5h35, a primeira viagem deve ocorrer normalmente. Porém, as demais viagens que acontecerão após esse horário, terão como destino final a Estação Promorar e obedecerão a grade horária até às 13h11. Nesse horário, o último trem do dia vai partir com destino à estação central, no bairro da Ribeira, em Natal.

As viagens da Linha Norte (Natal/Ceará-Mirim) ocorrerão normalmente, obedecendo a grade horária do dia. Ainda segundo a CBTU, o sistema voltará a operar em sua totalidade na segunda-feira (2).

Fonte: https://g1.globo.com

Natal amanhece sem ônibus nesta sexta-feira (14)

Terminal de Felipe Camarão ficou lotado de pessoas aguardando ônibus — Foto: Ednaldo Lima/Inter TV Cabugi

A capital potiguar amanheceu sem ônibus nesta sexta-feira (14). Somente por volta das 7h os ônibus começaram a sair das garagens. Os rodoviários aderiram à manifestação que acontece em várias cidades do país contra a reforma da previdência.

Até às 7h30 os ônibus da empresa Guanabara ainda não estavam circulando. Já os ônibus das empresas Conceição, Cidade do Natal e Santa Maria começaram a rodar por volta das 7h.

Na quinta (14) a Justiça determinou que pelo menos 40% da frota circulasse durante a paralisação.

Durante a paralisação, a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) autorizou a operação dos permissionários do transporte opcional no mesmo itinerário das linhas de ônibus. Também foi permitido que os veículos do serviço de transporte escolar, táxis, de transporte da Região Metropolitana e de turismo autorizados pelo Departamento de Estradas de Rodagens (DER) possam operar no itinerário das linhas de ônibus.

Ônibus começaram a sair das garagens às 7h — Foto: Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi
Ônibus começaram a sair das garagens às 7h — Foto: Alessandro Sousa/Inter TV Cabugi 

Fonte: https://g1.globo.com

Publicado decreto que reajusta tarifa do transporte público de Natal; aumento entra em vigor no domingo (19)

Passagem de ônibus em Natal fica mais cara a partir deste domingo (19) — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi.

Foi publicado na edição desta sexta-feira (17) do Diário Oficial do Município de Natal, o decreto que reajusta o valor da tarifa de ônibus na capital potiguar. A passagem sobe de R$ 3,65 para R$ 4, caso o pagamento seja feito em dinheiro, e será de R$ 3,90 para pagamento com vale-transporte, ou seja, com cartão magnético. O aumento entra em vigor no domingo (19).

De acordo com o decreto, o aumento foi necessário para manter o equilíbrio econômico-financeiro do Sistema de Transporte Público de Passageiros do Município do Natal.

Valores em Real das tarifas do Sistema de Transporte Público Coletivo de Passageiros do município do Natal

Modalidade Valor
Tarifa inteira em espécie R$ 4
Tarifa estudantil em espécie R$ 2
Tarifa inteira em cartão R$ 3,90
Tarifa estudantil em cartão R$ 1,95
Tarifa social (cartão) R$ 1,95
Tarifa inteira das linhas de bairro R$ 3,20
Tarifa estudantil das linhas de bairro R$ 1,60
Tarifa social das linhas de bairro R$ 1,60

Tarifa Social

A prefeitura destaca que a tarifa social do Sistema de Transporte Público Coletivo de Passageiros do município, no valor de R$ 1,95, só poderá ser paga por meio do cartão eletrônico.

Linhas de bairro

No caso das linhas de bairro, o valor a ser cobrado será 80% da tarifa inteira cobrada em espécie, ou seja, R$ 3,20. Na tarifa das linhas de bairro, não haverá diferenciação entre o valor cobrado no cartão eletrônico e em espécie.

Fonte: https://g1.globo.com

Conselheiros deixam reunião e discussão sobre aumento da tarifa de ônibus em Natal é suspensa

Reunião do Conselho Municipal de Transporte de Natal acabou suspensa nesta sexta-feira (10). — Foto: Dioclécio Neto/Inter TV Cabugi 

Dois membros deixaram a reunião do Conselho Municipal de Transporte de Natal e acabaram suspendendo a reunião extraordinária convocada para a manhã desta sexta-feira (10), onde era discutido o reajuste da tarifa de ônibus da capital.

No encontro, havia 16 conselheiros presentes, sendo que o quórum mínimo para votação é de 15. Como não concordaram com a proposta apresentada, os representantes dos conselhos municipais do Idoso e dos Deficientes, André Arruda e Ronaldo Tavares, respectivamente, deixaram o encontro.

A proposta apresentada na reunião era de que a tarifa subisse para R$ 4, quando houvesse pagamento em dinheiro, e R$ 3,90 no cartão de transporte.

Atualmente, a passagem de ônibus na capital potiguar tem o custo único de R$ 3,65. Portanto, o aumento em relação ao preço atual da tarifa é de 6,7%, se considerado o pagamento em cartão, ou de 9,5%, tendo em vista o pagamento dinheiro.

Uma nova reunião precisará ser marcada para que a proposta seja analisada. De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, que preside o conselho, ainda não há data prevista para o encontro.

Se aprovado, o reajuste ainda precisa ser decretado pelo prefeito da cidade para poder passar a valer.

Fonte: https://g1.globo.com/

Passagem de trem terá seis reajustes até chegar a R$ 2 em março do ano que vem no RN

Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação

Em menos de um ano, o preço da tarifa de trem em Natal vai passar por seis reajustes até chegar a R$ 2. O valor pago atualmente pela população é de R$ 0,50. O Tribunal Regional Federal – 1ª Região (TRF1), em Brasília, autorizou, em decisão na segunda-feira (22), o aumento da passagem na capital potiguar e em Belo Horizonte, João Pessoa, Maceió e Recife.

O primeiro acréscimo está previsto para o dia 5 de maio, quando a tarifa vai a R$ 0,70. O valor bate R$ 1 em julho e aumenta R$ 0,25 a cada dois meses, até março do ano que vem, quando atinge os R$ 2.

Na nova decisão que libera o reajuste, o desembargador federal Carlos Moreira Alves justificou que a CBTU não consegue cobrir nem a metade dos custos de operação com os recursos próprios.

Confira o aumento mês a mês:

  • Maio/2019 – R$ 0,70
  • Julho/2019 – R$ 1
  • Setembro/2019 – R$ 1,25
  • Novembro/2019 – R$ 1,50
  • Janeiro/2020 – R$ 1,75
  • Março/2020 – R$ 2

Histórico

A CBTU havia aumentado a passagem para R$ 1 no dia 11 de maio do ano passado, na Grande Natal. Na época, a Companhia alegou que a medida era fundamental para continuidade da operação e manutenção do serviço prestado. Os reajustes também aconteceram em outras cidades brasileiras.

No entanto, uma decisão divulgada pela Justiça Federal em novembro de 2018, a juíza Maria Edna Fagundes Veloso suspendeu o acréscimo na passagem do metrô em Belo Horizonte e ampliou a medida para quatro capitais do Nordeste: João Pessoa, Maceió, Natal e Recife. Com isso, a passagem voltou ao patamar de R$ 0,50 no estado.

A CBTU recorreu, alegando que não promoveu mudanças no preço da passagem nos últimos 12 anos e, por isso, sofre com os efeitos da inflação.

Fonte: https://g1.globo.com

Empresas de ônibus pedem passagem de R$ 4,37 em Natal

 

 

De 2011 a 2018, o custo da tarifa de ônibus de Natal subiu 65,9%, passando de R$ 2,20 para R$ 3,65. No mesmo período, a frota de veículos que cobrem as linhas do transporte público da capital caiu 14,2%. Ainda assim, o Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos (Seturn) afirma que o cálculo dos últimos reajustes está errado e pede um aumento da tarifa para R$ 4,37 – um acréscimo de quase 20% sobre o preço atual.

O pedido foi formalizado em um ofício encaminhado pelo consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, à Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, na última terça-feira (23). Apesar da previsão, o tema não foi tratado em uma reunião do Conselho Municipal de Transporte que aconteceu na manhã desta sexta-feira (26).

“Existe um equivoco crucial na metodologia, que faz com que a tarifa não traduza a realidade dos custos que as empresas vem enfrentando. Somente nos últimos anos, há um prejuízo de R$ 49,5 milhões”, diz o consultor.

Em fevereiro, o Seturn havia pedido aumento da tarifa para R$ 3,90.

A secretária de Mobilidade Urbana, Elequicina Santos, discordou dos empresários e afirmou que o cálculo feito nos últimos anos é correto, “baseado, inclusive, em dados repassados pelas empresas”.

Fonte: https://g1.globo.com

 

Feriado da Semana Santa altera funcionamento de trens na Grande Natal

Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos informou nesta terça-feira (16) que o feriado da Semana Santa causará mudanças no funcionamento das linhas ferroviárias da região metropolitana de Natal. De acordo com o órgão, não haverá circulação de trens na sexta-feira (19) e no domingo (21).

Na quinta (18), mesmo diante dos decretos de pontos facultativos em algumas prefeituras e fechamento de escolas, o sistema irá operar normalmente a partir das 5h20 na Linha Norte, no percurso Ceará-Mirim/Natal e das 5h40 na Linha Sul, no percurso Parnamirim/Natal;

Não haverá circulação de trens na sexta (19). Já no sábado (20), haverá trens para as linhas Norte (Natal/Ceará-Mirim) e Sul (Natal/Parnamirim). O primeiro trem sai de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20 e o último sai de Natal com destino a Ceará-Mirim às 15h26. Já na Linha Sul, o primeiro trem sai de Parnamirim com destino a Natal às 5h40 e o último de Natal com destino a Parnamirim às 14h.

O domingo não terá circulação de trens e os trens voltam a circular normalmente na segunda-feira (22).

Fonte: https://g1.globo.com

Contra reforma da previdência, rodoviários param ônibus em Natal

Motoristas de ônibus paralisam em dois pontos de Natal em protesto contra reforma da previdência — Foto: Mariana Rocha/Inter TV Cabugi

Os trabalhadores rodoviários pararam os ônibus das linhas urbanas de Natal na manhã desta sexta-feira (22) em manifestação contra a reforma da previdência. Os protestos começaram por volta das 9h30, em dois pontos da cidade, e se encerraram por volta das 10h30.

Os motoristas estacionaram os ônibus nas proximidades do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários (Sintro), na região do viaduto do Baldo, na Cidade Alta. O outro ponto de manifestação foi no cruzamento das avenidas Bernardo Vieira e Prudente de Morais, no bairro Tirol.

De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, a manifestação gerou atraso em todas as linhas do transporte público da cidade.

Fonte: https://g1.globo.com

Tarifa de ônibus de Natal pode chegar a R$ 4, diz Seturn

Reajuste tarifário do transporte coletivo de Natal foi debatido em audiência pública na Câmara Municipal — Foto: Klenyo Galvão/Inter TV Cabugi

O Sindicato dos Empresários do Transporte Urbano de Passageiros de Natal (Seturn) afirma que a passagem de ônibus pode chegar a R$ 4 se a prefeitura não conceder isenção fiscal do ISS e ICMS. O consultor técnico do Seturn, Nilson Queiroga, declarou a necessidade de aumento em audiência pública realizada nesta terça-feira (19) na Câmara Municipal. A tarifa atual é de R$ 3,65.

O valor da passagem superaria o valor que foi solicitado para este ano pelos próprios empresários, que era de R$ 3,90. O motivo seria a alta dos combustíveis. Com a proposta de isenção fiscal, entretanto, o Seturn diz que é possível reduzir a tarifa em até mais R$ 1.

O interesse na redução do custo da passagem de ônibus por parte dos donos das empresas que operam o serviço, de acordo com Nilson Queiroga, também se dá pelo fato de que o número de usuários tem caído.

O vereador Maurício Gurgel (PSOL), propositor da audiência pública, defende que o reajuste proposto pelo Sindicato dos Empresários é injusto diante do serviço que é ofertado às população. “Nós provocamos essa audiência porque querem conceder um aumento, em menos de um ano, acima da inflação, num transporte que não melhorou em nada a sua qualidade”, argumenta.

Apesar do início das discussões, a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) diz que não há confirmação do aumento. Nilton Filho, engenheiro que representou a pasta na audiência pública, alega que toda a situação ainda será “estudada”.

Sobre a isenção fiscal, o engenheiro afirma que, do jeito que vem sendo proposta, não é viável. “Isenção de imposto não torna subsídio viável. Existe discurso fraco sobre subsídio, mas precisa de um embasamento técnico”, defende.

Fonte: https://g1.globo.com