Category: Segurança

Homem é preso suspeito de usar redes sociais para atrair e estuprar crianças e adolescentes em Natal

Homem é suspeito de criar perfis falsos para atrair crianças e adolescentes — Foto: Divulgação/PF

Um homem de 27 anos foi preso na manhã desta quarta-feira (7), em Natal, suspeito de usar perfis falsos em redes sociais para atrair e estuprar crianças e adolescentes. A operação foi denominada Cálice de Fogo. Responsável pela investigação, o Ministério Público decidiu não divulgar a identidade do suspeito para não atrapalhar o inquérito.

Segundo o MP, o homem tornou-se suspeito após denúncias feitas ao Disque-Denúncia 127, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), e à Delegacia Especializada de Defesa da Criança e do Adolescente (DCA).

“Com os perfis falsos, ele conseguia atrair suas vítimas e as persuadia a enviar imagens e vídeos íntimos. De posse deste material, passava a chantageá-las, atraindo-as para encontros”, destacou o MP.

Nesses encontros, o investigado cometia o estupro e abusos, alguns deles em prédios abandonados ou terrenos baldios. “Ele ainda realizava a filmagem das cenas e ameaçava as vítimas caso viessem a denunciá-lo. Um destes vídeos chegou a ser compartilhado em redes sociais e por WhatsApp, gerando um dano ainda maior à vítima e seus familiares”, acrescentou.

No decorrer das investigações, o MP constatou também que o investigado compartilhava, através de aplicativos de mensagens da internet, vídeos contendo cenas de sexo e pornografia evolvendo crianças e adolescentes.

‘Potter’

Em um de perfis falsos, o homem utilizava como sobrenome o pseudônimo “Potter”. Acima de qualquer suspeita, “Potter” era frequentador de igrejas e tinha emprego fixo em uma grande loja de departamentos de Natal. O MP revelou que as igrejas serão procuradas para saber se há outras vítimas, tendo em vista que ele era atuante em grupos de crianças e adolescentes.

Ainda de acordo com o Ministério Público, as investigações demonstraram que dentro de sua rotina era constante a propagação de imagens e vídeos com conteúdo sexual infantil. Foram apreendidos celulares e outros equipamentos eletrônicos, que serão encaminhados ao Laboratório de Análise Forense para Laboratório de Computação Forense do Gaeco.

A operação foi batizada de Cálice de Fogo como referência ao quarto filme da série do bruxo Harry Potter, pseudônimo usado pelo investigado.

A ação contou com a participação de três promotores de Justiça e de agentes do Gaeco, órgão do Ministério Público do Rio Grande do Norte, com o apoio da Polícia Militar.

Alerta aos pais

O MP alerta aos pais que a maneira mais eficaz de proteção é a atenção, acompanhamento contínuo e orientação das crianças e adolescentes diante da diversidade de informações as quais são expostas, muitas delas difundidas sem qualquer controle, aliada à falta de supervisão da família.

Disque 127

Disque-Denúncia 127 é um canal direto do MPRN para denúncias de crimes em geral. O cidadão pode ligar gratuitamente para o número. A identidade da fonte será preservada.

Além do telefone, as denúncias também podem ser encaminhadas por WhatsApp para o número (84) 98863-4585 ou e-mail para disque.denuncia@mprn.mp.br. Os cidadãos podem encaminhar informações em geral que possam levar à prisão de criminosos, denunciar atos de corrupção e crimes de qualquer natureza. No WhatAapp, são aceitos textos, fotos, áudios e vídeos que possam comprovar as informações oferecidas.

Fonte: https://g1.globo.com

Família potiguar identifica corpo de adolescente de 16 anos encontrada morta na Paraíba

Karolina Oliveira Gomes tinha 16 anos — Foto: Arquivo Pessoal 

Foi identificado na manhã desta quarta-feira (7), no Instituto de Polícia Científica da Paraíba, em João Pessoa, o corpo da estudante Karolina Oliveira Gomes, de 16 anos, encontrada morta na manhã da terça (6) em um canavial no município de Capim. A adolescente, que morava com a família na cidade de Goianinha, na Grande Natal, estava desaparecida desde a noite da segunda (5), quando saiu de casa para ir a uma lan houve. O corpo foi reconhecido pelo pai da adolescente.

Ao G1, o mestre de obras Francisco Ananias Gomes cobrou justiça. “Só vou sossegar quando o criminoso que fez isso com minha falha for preso. Ele tem que pagar pelo que fez”, disse.

O pai de Karolina contou que a filha saiu de casa para ir imprimir um trabalho de matemática numa lan house. “Ela sequer chegou lá. Ligamos para ela várias vezes, mas não conseguimos contato”, completou.

Ainda segundo Francisco, o corpo da filha foi encontrado pela manhã. Estava sem roupas, em meio a um canavial, às margens de uma rodovia estadual na zona rural de Capim, que fica no litoral Norte paraibano, distante 85 quilômetros de Goianinha.

Francisco disse que a filha cursava o segundo ano do ensino médio, e sonhava em trabalhar na área de informática.

Investigação

Segundo a assessoria de comunicação da Polícia Civil potiguar, a delegacia responsável pela investigação só será definida quando a perícia confirmar o local onde karolina foi assassinada. Caso ela tenha sido morta no Rio Grande do Norte, o caso ficará com a Delegacia de Goianinha. Porém, se ficar constatado que a adolescente foi morta no local onde o corpo foi encontrado, o caso será conduzido pela Delegacia de Capim. As duas delegacias, no entanto, devem colaborar com a investigação independente de onde o inquérito for instaurado.

Fonte: https://g1.globo.com

OAB faz queixa a Polícia Federal de que seu presidente Felipe Santa Rosa está recebendo ameaça de morte

O presidente da OAB, Felipe Santa Cruz — Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Felipe Santa Rosa diz está recebendo ameaça de morte / Foto da Internet
A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) decidiu comunicar à Polícia Federal (PF) que o presidente nacional da entidade, Felipe Santa Cruz, tem recebido ameaças em redes sociais nos últimos dias.
Segundo a OAB, o perfil de Santa Cruz tem sido alvo de dezenas de mensagens com teor de ameaça. Porém, informaram assessores da OAB, a maior preocupação se deu a partir de uma mensagem específica, que mencionou o carro blindado usado pelo dirigente da entidade dos advogados.
Ao blog, Felipe Santa Cruz informou que não acompanha mais o perfil e que ameaças têm sido feitas diariamente.
“Eu não fico olhando mais o perfil, só que lá teve uma postagem identificada [pela equipe] como estranha, falando de carro blindado que eu uso”, explicou o advogado.
“Não quero fazer disso o principal. O importante pra gente é a discussão da memória e da verdade, os assuntos do Brasil”, complementou.
Felipe Santa Cruz tem sido alvo de ameaças em suas redes sociais desde que o presidente Jair Bolsonaro fez, no início da semana, um comentário sobre o desaparecimento – durante a ditadura militar (1964-1985) – do pai do dirigente da OAB, Fernando Augusto de Santa Cruz.
O pai do presidente da OAB militou no movimento estudantil e participou da Juventude Universitária Católica (JUC), movimento da Igreja reconhecido pela hierarquia eclesiástica. Depois, integrou a Ação Popular (AP), organização de esquerda contrária ao regime militar, mas nunca pegou em armas.
Após as declarações, Santa Cruz chamou o presidente da República de “cruel”, e a OAB divulgou nota de repúdio contra as declarações de Bolsonaro. Santa Cruz também interpelou o presidente judicialmente.
G1

Bebê morre por falta de transporte médico no RN; motorista de ambulância é preso, diz Polícia Civil

Um motorista de ambulância de 33 anos foi preso na manhã desta sexta-feira (2) na cidade de Nova Cruz, na região Agreste potiguar. Segundo a Polícia Civil, o servidor será indiciado por homicídio, já que ele teria se negado a fazer o transporte de uma gestante que necessitava de um atendimento de emergência. Com a demora, o quadro se agravou e o bebê acabou morrendo durante o parto, fato ocorrido no dia 29 de julho no hospital da cidade. A operação que cumpriu o mandado de prisão temporária foi batizada de ‘Respeito à Vida’.

“O motorista da ambulância se negou a realizar a transferência de emergência da gestante para o Hospital de São José de Mipibu, apesar da enfermeira e do médico plantonista alertarem da necessitada da imediata remoção da mulher, que precisava receber um atendimento especializado de um médico ginecologista e neonatalogista”, afirmou a assessoria de comunicação da Polícia Civil.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, o motorista alegou que não poderia realizar a viagem, pois passaria do horário do seu turno de trabalho. “No entanto, ainda faltavam aproximadamente 2 horas para o término do seu expediente. Em decorrência de tal negativa, sem opção, o médico foi obrigado a conduzir a paciente à sala de cirurgia. Porém, o quadro clínico se agravou e o parto acabou sendo realizado em Nova Cruz e o bebê não resistiu”, acrescentou.

Fonte: https://g1.globo.com/

 

PRF apreende quase 300 kg de maconha na BR-304 no RN

Droga foi apreendida na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação
Droga foi apreendida na BR-304, no RN — Foto: PRF/Divulgação

g1 – A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 299,5 quilos de maconha em uma ação que aconteceu na noite desta quarta-feira (31) em Lajes, na região Central potiguar. Um homem de 34 anos, que transportava o entorpecente, foi preso, mas disse que não sabia o que estava transportando.

O caso aconteceu por volta das 23h em uma abordagem no quilômetro 193 da BR-304. De acordo com a corporação, o condutor sequer tentou esconder a droga. Parte estava disposta no banco traseiro do carro modelo Logan, enquanto outra foi achada no porta-malas do veículo, que seguia no sentido a Natal.

Ainda de acordo com a PRF, o homem preso também não era habilitado como motorista. A ocorrência foi encaminhada à Superintendência de Polícia Federal em Natal.

Operação do Ministério Público e PM combate crimes em Natal ordenados por preso no RJ

Operação foi deflagrada na manhã desta terça (30) para combater crimes cometidos em Natal por ordem de preso do RJ — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi
Operação foi deflagrada na manhã desta terça (30) para combater crimes cometidos em Natal por ordem de preso do RJ — Foto: Klênyo Galvão/Inter TV Cabugi

G1 – O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) e a Polícia Militar deflagraram nesta terça-feira (30) uma operação com o objetivo de apurar uma série de crimes cometidos em Natal após ordens repassadas por um chefe de facção que está preso no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, no Rio de Janeiro.

Os policiais chegaram na comunidade do Passo da Pátria para cumprir os mandados por volta das 5h. Criminosos soltaram fogos de artifício para alertar os comparsas da presença da PM. Pelo menos três pessoas foram presas. Ao todo, foram cumpridos 8 mandados de busca e apreensão na comunidade.

Wildson Alves da Silveira é condenado pelos crimes de homicídio, estelionato, falsificação de documento público, falsidade ideológica e posse irregular de arma de fogo e munição, e responde ainda por associação criminosa, roubo e tráfico de drogas, entre outros. Entre os crimes atribuídos a ele, está o assassinato de Romário Costa da Silva, ocorrido em 21 de novembro de 2016. De acordo as investigações, Wildson Silveira o matou pelo fato dele estar drogado e atirando no Passo da Pátria. Na condição de chefe da facção criminosa que atua na comunidade, Wildson o sentenciou e o executou no local.

Ele chegou a ordenar ataques a viaturas da Polícia Militar em caso de os policiais entrarem no Passo da Pátria para fazer patrulhamento e também sugeriu aos subordinados que instalassem câmeras de segurança nas entradas da comunidade para que pudessem controlar o acesso e a saída do local por vídeo-monitoramento. Outra ordem dada pelo chefe aos demais integrantes da facção foi que eles passassem a promover eventos e shows na comunidade com o objetivo de aumentar o caixa do crime.

A Justiça do Rio Grande do Norte já ordenou que Wildson Alves da Silveira seja recambiado para o Rio Grande do Norte para cumprir as sentenças que é condenado. Essa transferência ainda não tem data para ser realizada e depende de iniciativa da Secretaria da Administração Penitenciária do RN (Seap).

Mais de 90 pessoas são detidas em rinha de galo no interior do RN

Mais de 90 pessoas foram detidas na rinha de galo fechada pela polícia em Macau, RN — Foto: Divulgação/PM 

Uma ação conjunta das polícias Civil e Militar que aconteceu no sábado (27) resultou na detenção de mais de 90 pessoas que participavam de uma rinha de galo no município de Macau, na Costa Branca potiguar. No local, foram apreendidos 167 galos, ferramentas para realização de cirurgia nos animais e um caderno com anotações de apostas.

Segundo a polícia, o principal alvo da operação era um foragido da Justiça, que estava na rinha e foi preso por força de um mandado de prisão. Ele responde a processos por participação em organização criminosa, homicídios e tráfico de drogas na região salineira.

Os demais detidos na ação, inclusive o dono da rinha, foram conduzidos à delegacia da cidade, onde prestaram depoimento. Os autuados responderão pelo crime de maus-tratos a animais.

Fonte: https://g1.globo.com

Suspeito de tráfico de drogas morre após troca de tiros com policiais na grande Natal

Todo o material apreendido foi levado à Delegacia de Plantão da Zona Norte — Foto: Reprodução.

G1 RN — Um suspeito de tráfico de drogas morreu após trocar tiros com policiais na praia de Santa Rita, em Extremoz, região metropolitana de Natal. O caso aconteceu no final da tarde deste sábado (27). Segundo a Polícia Militar, ele ainda foi levado ao Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com a PM, moradores da região relataram que estava havendo um intenso tráfico de drogas na rua Paulistana e alguns criminosos estavam atirando no meio da via. Ao chegar no local, os policiais encontraram pelo menos um suspeito, identificado como Hugo Bezerra da Penha, de 33 anos.

Ainda conforme o relato policial, foram achadas com ele 72 trouxinhas de maconha e uma porção de cocaína, porém nenhuma arma. Já detido, o homem teria dito aos militares que tinha munições dentro de casa e os policiais deixaram que ele fosse sozinho ao imóvel, para que pegasse as balas e as entregasse. Quando saiu de dentro do imóvel, porém, ele estava com arma em punho e atirando contra os policiais.

Os policiais revidaram a atiraram no homem que, ferido, foi socorrido ao Hospital Santa Catarina, mas não resistiu aos ferimentos.

Todo o material apreendido foi levado à Delegacia de Plantão da Zona Norte: além das drogas, uma pistola e munições.

Homem é preso suspeito de forjar assalto e assassinar a namorada em Monte Alegre, RN

Foto/Reprodução da Internet

O namorado da estudante Josierica da Rocha Alves, morta em junho na Grande Natal, foi preso nesta terça-feira (23) suspeito de ser o autor do assassinato. No dia do crime, o homem relatou à polícia que ele e Josierica haviam sido vítimas de um assalto no município de Monte Alegre. Entretanto as investigações apontaram que ele mentiu sobre o roubo.

Josierica Alves era estudante de Educação Física e tinha 23 anos de idade. De acordo com o que contou o namorado na época do crime, no fim da noite do dia 4 de junho, uma quarta-feira, os dois chegavam em casa, quando foram surpreendidos por dois homens armados que já estavam dentro do imóvel.

Josierica já teria descido do carro para abrir o portão, quando os bandidos a abordaram. Foi quando ele, o namorado, de dentro do automóvel, teria atirado contra os assaltantes. O homem relatou que, após a troca de tiros, os criminosos fugiram. Josierica foi baleada na cabeça e morreu depois de dar entrada no hospital da cidade.

Entretanto, de acordo com o policial civil Ricardo Wagner, que atuou nas investigações, ficou comprovado que o namorado da estudante não foi vítima e sim autor do crime. Wagner diz que sequer houve tiroteio, e que os exames periciais comprovaram que o disparo que atingiu Josierica partiu da arma do seu companheiro.

Foram feitos os exames residuográfico e balístico. O primeiro confirmou que havia pólvora na mão do namorado de Josierica Alves, e o segundo que a bala que a atingiu saiu da arma que ele estava segundando. O homem, que é proprietário de uma equipadora de veículos em Monte Alegre, foi autuado e permanece preso.

Ainda segundo Ricardo Wagner, a Polícia Civil trabalha agora para descobrir a motivação do crime. O suspeito segue negando as acusações.

Nesta terça, após a prisão dele, familiares de Josierica Rocha Alves se reuniram em frente à Delegacia de Monte Alegre. Indignados, relataram que o namorado esteve presente em todas as cerimônias após a morte da estudante: velório, enterro, e as missas de 7º e 30º dia. Também foi ele que pediu socorro, após o tiro. Os dois namoravam havia seis anos.

Com informações do G1 e Polícia Civil

Presidente de Câmara de Vereadores é preso em flagrante durante operação no RN

Operação ‘Dolly’, da Polícia Civil em parceria com a PRF, também cumpriu mandados de busca e apreensão. — Foto: Polícia Civil/Divulgação 

O presidente da Câmara de Vereadores de Nova Cruz, na região Agreste potiguar, foi preso na manhã desta terça-feira (23) durante uma operação que apurava um esquema de clonagem e comercialização de veículos de luxo adulterados. A Operação “Dolly” foi deflagrada pela Polícia Civil, com apoio da Polícia Rodoviária Federal.

Investigado por receptação de carros de luxo com procedência criminosa, por preços bem abaixo do mercado, o vereador José Evaldo Barbosa, conhecido como “Valdo Salu”, foi autuado em flagrante pelo crime de posse ilegal de arma de fogo, no momento em que os policiais cumpriam mandados de busca.

Segundo os investigadores, o esquema de clonagem também contava com a falsificação de documentos públicos que eram utilizados para esconder a origem ilícita dos automóveis, que foram roubados em diversos estados do país.

Os policiais cumpriram quatro mandados de busca e apreensão em diversos endereços na cidade, que foram expedidos pela 1° Vara da Comarca de Nova Cruz. Os mandados tiveram o parecer favorável do Ministério Público Estadual. Diversos materiais foram apreendidos pela Polícia.

O nome da Operação faz menção a ovelha “Dolly”, que ficou mundialmente conhecida como o primeiro clone animal da história, já que se trata de investigações acerca de clones de automóveis.

Operação 'Dolly', da Polícia Civil em parceria com a PRF, prendeu vereador de Nova Cruz em flagrante. — Foto: Polícia Civil/Divulgação
Operação ‘Dolly’, da Polícia Civil em parceria com a PRF, prendeu vereador de Nova Cruz em flagrante. — Foto: Polícia Civil/Divulgação 

Fonte: https://g1.globo.com

Mãe tenta explicar motivo de deixar bebê de 11 meses na rua e quase atropelá-lo na Paraíba; Assista

Foto/Reprodução 

Um bebê engatinha sozinho, na calçada. Um carro começa a se movimentar. A cena foi registrada por uma câmera de segurança da rua. Era um fim de domingo em João Pessoa, Paraíba. Uma mulher abre a porta do carro e tira o bebê da cadeirinha, deixa a criança sozinha na calçada, fecha a porta e entra de novo no carro. Do lado de fora, o bebê engatinha. Ela liga o carro e engata a ré.

Uma moradora do bairro percebe. A mulher para o carro e sai. O bebê segue engatinhando. Agora em direção à rua. Ela pega o bebê no colo, discute com a moradora e volta para o carro.

A mãe explicou que não queria fazer nenhum mal a filha, que devido a demora do pai em ir buscar a criança para passar o fim de semana e ela ter que sair, resolveu ir à casa dele para deixar a bebê e apontou que a mulher passeando com um cachorro que aparece no vídeo e discute com ela é tia do pai da criança. Por esse motivo teria deixado a bebê no chão e entrou no carro, mas logo se arrependeu.

O pai pediu na justiça que devido a este fato, a mãe perca definitivamente a guarda da criança e o processo corre em segredo de justiça na Paraíba.

A delegada Joana Darc aponta que o caso foi tratado como abandono de incapaz, mesmo sendo por pouco tempo, mas o que vale é intenção de quem deveria cuidar e proteger.

Do Portal TV Cariri

Idosa é assassinada a facadas e tem casa incendiada na PB

single-image
Foto: da Internet

Uma idosa, de 74 anos, foi assassinada a facadas e teve a casa incendiada na cidade de Queimadas, no Agreste paraibano. O caso aconteceu neste domingo (7) na rua Vigílio da Silva, no bairro Anibal Teixeira. O marido da vítima, que é cadeirante, também foi encontrado ferido e desacordado na residência.

O casal de idosos morava sozinho na casa e, de acordo com informações de vizinhos, por volta das 10h do domingo eles perceberam que a residência estava pegando fogo e se mobilizaram para procurar o casal. As vítimas foram encontradas caídas dentro da casa.

Os moradores os retiraram da casa e tentaram controlar o fogo com baldes de água retirados de uma caixa d’água até a chegada dos bombeiros. O idoso estava em um dos quartos que ficou completamente destruído. Outros cômodos da casa também foram consumidos pelas chamas.

De acordo com informações da Polícia Civil, na manhã do domingo antes do crime acontecer, duas pessoas estiveram na casa, um homem e uma mulher. Eles são os principais suspeitos do crime. A polícia acredita que eles estavam se candidatando a uma vaga de cuidador de idosos.

Um filho do casal, que mora no Rio de Janeiro, confirmou à equipe da TV Paraíba que o casal já tinha uma cuidadora durante a semana, mas estavam a procura de alguém para ficar com eles durante o final de semana.

A polícia adota como linhas de investigação para o caso o homicídio ou latrocínio. No entanto, ainda não foi possível confirmar se objetos ou dinheiro foram levados do local.

O casal de idosos foi socorrido e levado para o Hospital Regional de Queimadas. A idosa não resistiu aos ferimentos e morreu. A faca utilizada no crime foi encontrada ainda dentro da casa. Já o idoso ficou internado em observação por conta da fumaça inalada. Ele não teve ferimentos. De acordo com o hospital, ainda na tarde do domingo a vítima recebeu alta médica.

Tragédia em Festa de Emancipação Política de Luiz Gomes-RN.

Vítimas fatais/ foto da Internet

O que era para ser uma noite de festa e de comemoração dos 129 de emancipação política do município de Luís Gomes, no Alto Oeste Potiguar, terminou em tragédia com mortos e feridos nesta sexta-feira (5).

Segundo a Polícia Militar, os disparos ocorreram por volta das 23h40, durante apresentação da primeira banda. Um homem sacou um revólver e efetuou vários tiros. Três pessoas foram alvejadas, sendo que duas delas morreram no local.

As vítimas foram identificadas como Francielio e Jaime. O ferido foi socorrido para o Hospital Regional de Pau dos Ferros.

Durante o tumulto e correria, algumas pessoas se machucaram e outras caíram e acabaram sendo pisoteadas.

O acusado dos disparos foi preso após o trabalho rápido da Polícia Militar. O autor do atentado seria morador da cidade de Sousa-PB. Ele foi conduzido para a Delegacia juntamente com a arma do crime.

RN: PM precisa de 6 mil policiais para completar efetivo

Foto: da Internet
A Polícia Militar do estado anunciou ontem a retomada do processo para concluir o concurso público iniciado em setembro de 2018, mas se os prazos forem respeitados conforme o cronograma apresentado, o reforço ao efetivo só virá em abril de 2021. O objetivo é reforçar a corporação com o preenchimento de mil vagas para praças, sendo 938 para homens e 62 para mulheres, além de formar cadastro de reserva. Até lá, o déficit de efetivo deverá ser bem maior do que as atuais 5,7 mil vagas.
O período de curso de formação, levando em conta apenas a bolsa mensal de auno soldado, custará aproximadamente R$ 10 milhões aos cofres do governo, durante os dez meses previstos no edital. Esse valor, considerando também que todos os mil concursados sejam convocados. Cada aluno soldado recebe um salário mínimo por mês e este cálculo não leva em conta os gastos do curso em si.
Com 14 anos sem concurso público e um déficit de pessoal na faixa dos 40%, o reforço da Polícia Militar do RN, tem que esperar pelo trâmite previsto no Edital no 001/2019 SEAD/PMRN publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Estado. O edital define que o “Cronograma Previsto para as etapas do Concurso Público da Polícia Militar do RN”, o Ibade (Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo), empresa responsável pela aplicação das provas, terá um prazo até o dia 30 deste mês para concluir a reclassificação e a correção da redação.
Na sequência, no período entre 1o de agosto e 06 de setembro, serão realizados os exames clínicos dos candidatos reclassificados. Em seguida, de 9 de setembro a 21 de outubro, será a vez da aplicação dos testes de aptidão física. O calendário ainda prevê prazos para exames psicológicos (22 de outubro a 8 de novembro), investigações sociais e interposição de recursos (de 11 de novembro a 18 de março de 2020), e avaliação de títulos (19 de março a 18 de junho do ano que vem).
Após vencidas todas essas etapas, que definem quais candidatos seguem no processo seletivo, será iniciado o curso de formação de praças com duração de 285 dias – que totalizam nove meses e meio. Os primeiros recrutas aprovados nesse curso, que também tem caráter eliminatório e classificatório, poderão ir para às ruas a partir do mês de abril de 2021.
Detalhe: a estrutura disponível no Centro de Formação e Aperfeiçoamento da Polícia Militar – Escola de Segurança Cidadã (CFAPM), localizado na zona Norte de Natal, exige a divisão dos candidatos aprovados em duas turmas; ou seja, a segunda turma só ganha as ruas entre janeiro e fevereiro de 2022.
Segundo dados da própria Polícia Militar do RN, o déficit de pessoal na Polícia Militar, que hoje chega a 5,7 mil postos vagos, tende a aumentar com o envelhecimento da tropa e os pedidos de aposentadoria. No ano passado cerca de 250 policiais militares pediram baixa, e fontes de dentro da própria corporação indicam que outros 800 já estão aptos a ir para a reserva.
Ainda de acordo com avaliação das fontes consultadas, até o final de 2020 o déficit de pessoal deverá ser maior que os atuais 40%: hoje o efetivo da tropa conta com cerca de 7,7 mil policiais militares na ativa, número bem inferior aos 13,4 mil estabelecidos por lei estadual com base na quantidade de habitantes do RN contabilizados no Censo do IBGE em 2010.
Tribuna do Norte

Mais uma viúva é assassinada no Oeste do RN; vítima deixa 3 filhos órfãs.

Foto: da Internet
A dona de casa Leila Kaliana (viúva) foi executada com cinco tiros no início da noite desta sexta-feira (5) na área urbana do município de Itaú, região oeste do Rio Grande do Norte.
Leila é a segunda viúva assassinada na região nas últimas 24 horas. Ontem, a viúva Adriana Juracy foi morta com 8 tiros dentro de casa na cidade de Governado Dix Sept Rosado, distante 37 km de Mossoró-RN.
As primeiras informações são de que Leila estava em casa quando o atirador a chamou na porta e a matou com 5 tiros. Em seguida, fugiu com destino ignorado.
A Polícia Militar confirmou a ocorrência e que acionou o Instituto Técnico-científico de Perícia e a Polícia Civil para iniciarem as investigações no local da ocorrência.
Leila, que é viúva de Francisco Jailson Maia de Paiva, assassinado exatamente há um ano, em Itaú, deixa três filhos menores e especiais.