Category: Notícias

Saque adicional do FGTS é LIBERADO em maio com saque adicional de até R$ 2.900

Saques do FGTS serão liberados em junho
Foto da Internet

Os trabalhadores nascidos nos meses de março e abril que aderiram ao saque-aniversário do FGTS (Saque adicional do FGTS) podem ter acesso ao dinheiro neste mês de maio.

Dessa forma, o saque-aniversário, o chamado saque adicional, permite a retirada de parte do saldo de qualquer conta, sendo ela ativa ou inativa do fundo a cada ano, no mês de aniversário, em troca de não receber parte do que tem direito em caso de demissão sem justa causa.

Atualmente, o pagamento acontece de acordo com o cronograma por mês de nascimento. Os trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro receberam os valores no mês passado. Os valores ficam disponíveis para saque até o último dia útil do segundo mês subsequente ao da aquisição do direito de saque.

Você sabe o valor que pode receber? O valor a ser liberado varia conforme o saldo de cada conta em nome do trabalhador. Além de um percentual, ele receberá um adicional fixo, conforme o valor total estabelecido na conta.

Ademais, a quantia a ser sacada varia de 50% do saldo sem parcela adicional, para contas de até R$ 500, a 5% do saldo e adicional de R$ 2,9 mil para contas com mais de R$ 20 mil.

As contas são um pouco complexas. No entanto, vamos explicar. Por exemplo, se um trabalhador tem R$ 1.450 em todas as contas de FGTS, será possível retirar 30% do total, mais uma parcela de R$ 150. Ou seja, o saque será de R$ 585.

Notícias Concursos

Médico que atendia no Hospital Santa Catarina morre com coronavírus em Natal

Hospital Geral Dr. José Pedro Bezerra, conhecido como Hospital Santa Catarina, em Natal (Arquivo). — Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi
Hospital Geral Dr. José Pedro Bezerra, conhecido como Hospital Santa Catarina, em Natal (Arquivo). — Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi

Morreu na noite neste domingo (24) o médico João Batista Medeiros Costa, de 65 anos. Ele foi testado positivo para o novo coronavírus e estava internado desde o sábado (23), após receber o diagnóstico. O profissional era gastroenterologista, mas também atendia como clínico-geral no Hospital Santa Catarina, na Zona Norte de Natal, há cerca de um ano, pelo Cooperativa Médica (Coopmed).

João Batista havia se afastado dos plantões no hospital público cerca de 11 dias atrás, segundo familiares, que preferiram não dar entrevista. Natural de Patu, no Oeste potiguar, e formado há mais de 30 anos pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), o médico deixou esposa e quatro filhos.

A unidade já registrou outros casos de coronavírus entre os profissionais. Outro médico que atendia na unidade e faleceu com Covid-19 no início de maio foi Solon Pereira Lopes Ferreira, de 61 anos, que atuou por mais de duas décadas na unidade. O hospital também teve um maqueiro testado positivo para a doença.

G1RN

POUCA VERGONHA NO RN: família penhorou casa para pagar tratamento em UTI, idosa se recupera da Covid-19

Antônia Maria tem 82 anos e mora em Areia Branca — Foto: Cedida pela família

Depois de três semanas de internação passando por três hospitais diferentes na luta contra a Covid-19, Antônia Maria dos Santos, de 82 anos, recebeu alta hospitalar no domingo (24) em Mossoró, Oeste do Rio Grande do Norte. Até a volta para casa, os familiares da idosa relataram dias de desespero e apreensão.

Durante 13 dias, Antônia precisou de cuidados em uma UTI. Para custear os gastos do tratamento, os familiares da mulher de 82 anos chegaram a penhorar uma casa no valor de R$ 20 mil. A despesa permanece e agora os parentes de Dona Antônia tentam reunir recursos para recuperar a escritura do imóvel.

“Tivemos que tomar essa decisão no desespero porque ela precisava da vaga na terapia intensiva imediatamente. Conseguimos os R$ 20 mil com uma pessoa que conhecemos em troca da penhora da casa. Os parentes têm ajudado, cada um contribui com o valor que pode, mas o mais importante é que ela conseguiu se recuperar dessa doença”, diz Daniela Nogueira, neta de Antônia.

G1RN

Covid-19: Mesmo diminuído os óbitos, 5 países permaneceram com 70% dos casos fatais

Há mais de dois meses que as mortes causadas pelo coronavírus vêm assustando a população do mundo todo. Mas matematicamente, desde o início desta tragédia, 70% dos casos fatais permaneceram entre cinco países, sem alteração em seu percentual. Isso aponta para uma sistemática natural do vírus.

Os países que permaneceram com casos fatais mais elevados por população foram eles: a Itália, França, Espanha, Reino Unido e EUA. (a identificação não está em ordem por óbitos)

óbitos totais até hoje: 344.549

Os países citados acima: 224.395

Os demais países do mundo: 120.154

Covid-19: Mais de 2,1 mi de recuperados, bilhões assintomáticos, o mundo está perto de ficar livre do vírus

O mundo registra hoje, 25, o número de 5.387.659 pessoas que foram contaminadas com o coronavírus, isso sem ser contabilizado os que são assintomáticos que pode ser de 350 a mais (segundo o Dr. Anthony Wong), por cada pessoa identificada, podendo já ter alcançado mais de 1,8 bi de pessoas que já tiveram contatos com o vírus. Esses resultados mostram que está perto o fim da pandemia por meio do efeito rebanho.

Os curados já passam de 2,1. Uma verdadeira vitoria para a humanidade. Alguns acreditam que se não tivessem tomado as medidas do isolamento horizontal já estaríamos livre desse vírus. Pois, segundo alguns infectologistas os jovens sadios poderiam ser expostos ao vírus em busca da cura para os mais vulneráveis.

Os mortos somam hoje 344.549 vítimas. Para uma previsão catastrófica apontada que era de mais 40 milhões de mortos, graças a Deus essa previsão estava estupidamente errada.

Casal morre após confronto com a PM no Oeste potiguar

Casal morre em confronto com policiais militares no Oeste potiguar. Armas foram apreendidas — Foto: PM/Divulgação
Casal morre em confronto com policiais militares no Oeste potiguar. Armas foram apreendidas — Foto: PM/Divulgação

Um casal morreu após um confronto com policiais militares em uma estrada de terra entre os municípios de Grossos e Tibau, no Oeste potiguar, na noite deste domingo (24). Uma viatura ainda chegou a ser atingida, mas nenhum policial se feriu.

O caso começou ainda à tarde, quando, por volta das 14h, a PM foi informada de que Antonio Clóvis da Silva, conhecido como “Pé de Pato”, estava trocando tiros com outras pessoas nas ruas da cidade de Grossos. Segundo a corporação, a equipe pediu apoio da PM em Tibau e começou uma busca ao suspeito, que havia saído da prisão havia quatro dias.

Os policiais foram informados que ele estava escondido em um matagal próximo à saída da cidade. Já por volta das 17h30, ao perceber a chegada das equipes o suspeito atirou contra os policiais e fugiu. Foram realizadas buscas na região, mas ele não foi encontrado.

Já à noite, a polícia recebeu a informação de que o homem estaria fugindo em uma motocicleta, no sentido a Tibau. “Ele estava em uma estrada e as equipes foram por outra, aí de depararam frente a frente”, afirmou o sargento Moura, da PM de Grossos.

Na motocicleta, junto com Antonio Clóvis, estava Amanda Caetano Menezes, conhecida como Preta. Segundo a polícia, eles eram namorados.

Ao se deparar com a polícia, o casal começou a atirar e chegou a atingir uma das viaturas. Com a reação das equipes, homem e mulher foram baleados e socorridos ao hospital de Tibau que, segundo a polícia, era o mais próximo do local. Apesar disso, eles não resistiram e morreram.

Segundo a PM, Antonio Clóvis tinha sido preso anteriormente por crimes como roubo e tráfico de drogas e se dizia líder de uma facção criminosa no município de Grossos. Já Amanda havia sido presa por tráfico de drogas em duas ocasiões.

Com eles, foram apreendidos um revólver calibre 38 e uma arma artesanal calibre 12, além da motocicleta.

G1RN

Mediação do MPT-RN resulta em aprovação de gratificação Covid-19 para servidores da Saúde do Município de Natal

Vereadores restringem acesso à Câmara Municipal de Natal e ...
Foto da Internet

A Câmara Municipal de Natal aprovou, nessa quinta-feira (21), o Projeto de Lei Complementar 06/2020, que dispõe sobre a criação de gratificação transitória aos servidores da saúde municipal que estiverem exercendo suas atividades durante o período de pandemia da Covid-19. O projeto foi um dos compromissos firmados pelo Município de Natal em mediação conduzida pelo Ministério Público do Trabalho do Rio Grande do Norte (MPT-RN), com base em proposta debatida pela Secretaria Municipal de Saúde e sindicatos de diversas categorias.

O pedido de mediação feito ao MPT-RN partiu de diversos sindicatos: Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Rio Grande do Norte (Sindern), Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Snisenat), Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do RN (Sinfarn) e Sindicato dos Ondotologistas do Estado do RN (Soern), e incluía, além do pagamento de insalubridade em grau máximo a todos os trabalhadores da Saúde, a garantia de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) adequados a todos os profissionais e a proteção aos profissionais acima de 60 anos, com o afastamento das funções de atendimento direto.

Em audiência por videoconferência conduzida pela procuradora regional do MPT-RN Ileana Neiva, no último dia 29 de abril, o Município apresentou proposta de gratificação de acordo com a área de atuação dos profissionais. Para para os servidores que atuam no Nível central da Secretaria Municipal de Saúde a gratificação será paga no percentual de 10%; para os profissionais que trabalham nas sedes dos Distritos Sanitários, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Policlínicas e unidades similares, o valor será de 20%; por fim, para os que atuam na rede de urgência e emergência, o percentual será de 40%.

As gratificações serão pagas mensalmente aos servidores, a partir do mês de maio, enquanto perdurar o estado de calamidade pública no âmbito do Município do Natal em função da crise de saúde pública decorrente da pandemia da Covid-19, declarado pelo Decreto nº 11.923, 20 de março de 2020 ou enquanto perdurar a emergência de saúde pública em decorrência da pandemia de Covid-19.

Na Câmara Municipal de Natal o projeto recebeu três emendas. A primeira acrescentou os servidores municipalizados no rol dos trabalhadores que receberão a gratificação; a segunda, relativa ao cálculo de pagamento da gratificação proporcional aos dias trabalhados, estabeleceu que as faltas justificadas não serão descontadas; por fim, a última emenda incluiu os servidores lotados no Hospital de Campanha de Natal.

Filha de auxiliar da governadora Fátima Bezerra sofre grave acidente

Foto da Internet

Uma jovem filha de Crispiniano Neto, titular da Fundação José Augusto, sofreu na manhã deste domingo, às 5:30 horas, um grave acidente em seu automóvel.

Penélope, como é conhecida a jovem acidentada, foi resgata pelo helicóptero da Secretaria de Segurança do Ceará para o Instituto José Frota em Fortaleza, no Ceará, a onde a moça trabalha.

Penélope é natural de Mossoró, lotada na Secretaria Municipal de Educação de Aracati/CE, e é Psicopedagoga.

Ela tentou uma manobra na estrada e perdeu o controle do veículo colidindo contra um poste. A jovem está na UTI.

Dois funcionários da Assembleia Legislativa do RN morreram neste final de semana, um de Covid o outro de acidente em elevador

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte está de luto. Pois dois de seus funcionários morreram trazendo tristeza a todos que formam o quadro funcional daquela casa. A senhora Francisca das Chagas morreu em decorrência do agravamento por coronavírus. Já o jovem, auxiliar do deputado estadual Kelps Lima, foi vítima de um acidente em uma elevador.

COVID-19:

Nota de Pesar

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte externa profundo pesar pelo falecimento da servidora Francisca das Chagas Peixoto Leandro que faleceu em decorrência da Covid-19.

Muito comunicativa, Francisca era querida entre os servidores do legislativo potiguar. Servidora aposentada, Francisca travou uma intensa batalha contra a infecção por coronavírus até a última sexta-feira (22), quando veio a óbito.

O Poder Legislativo, em nome dos 24 deputados estaduais se solidariza com os familiares e amigos neste momento de dor na certeza de que sua memória e legado no legislativo não serão esquecidos.

Descanse em paz, Francisca.

Palácio José Augusto
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

ACIDENTE NO ELEVADOR

Nota de Pesar

O Poder Legislativo do Rio Grande do Norte lamenta o falecimento precoce do servidor Julicassio Silva Andrade neste domingo (24), após uma queda acidental no fosso do elevador do prédio em que estava. É com pesar que nos solidarizamos com toda família, amigos e servidores da Assembleia Legislativa.

Julicassio Silva Andrade era lotado no gabinete do deputado estadual Kelps Lima e desempenhava funções na área de comunicação do mandato parlamentar. Jovem, Julicassio se destacava por sua inteligência, proatividade e tinha muitos amigos no legislativo.

Em nome dos servidores, dos 24 deputados estaduais, a Assembleia Legislativa presta solidariedade aos familiares e amigos neste momento de dor.

Descanse em paz, Julicassio

Palácio José Augusto
Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte

Governo do RN autoriza reabertura e funcionamento de igrejas, templos e espaços religiosos

Website para igrejas evangélicas - Criar site para igrejas e pastores!
Foto da Internet

O Governo do Rio Grande do Norte autorizou a reabertura e funcionamento de igrejas, templos, espaços religiosos e estabelecimentos similares por meio de uma Portaria publicada neste sábado (23), no Diário Oficial do Estado. As atividades coletivas nos centros religiosos estavam suspensas desde 20 de março para evitar a propagação do novo coronavírus.

No documento assinado pela governadora Fátima Bezerra (PT) foram estabelecidas uma série de recomendações sanitárias para as atividades religiosas e orações individuais. De acordo com o texto, as pessoas nos estabelecimentos deverão respeitar o distanciamento mínimo de 1,5 metro.

A portaria recomenda organização de filas, dentro e fora, das igrejas com a distância mínima prevista, além de frequência simultânea de até 20 pessoas. A manutenção da higienização regular dos ambientes e dos equipamentos de contato para evitar o contágio por Covid-19 também foi estabelecida como condição para a reabertura.

Confira outras recomendações:

  • Disponibilização alternada de assentos entre as fileiras de bancos, devendo estar bloqueados de forma física aqueles que não puderem ser ocupados;
  • Disponibilização ininterrupta e suficiente de álcool gel 70% em locais fixos de fácil visualização e acesso, devendo os frequentadores higienizar as mãos na entrada e na saída do estabelecimento;
  • Utilização de máscaras de proteção, industriais ou caseiras, pelos frequentadores e funcionários durante todo o tempo em que permanecerem no estabelecimento;
  • Vedação de distribuição de qualquer material impresso aos frequentadores;
  • Utilização de embalagens individuais para a partilha de objetos litúrgicos;
  • Utilização, sempre que possível, de sistema natural de circulação de ar, abstendo-se da utilização de aparelhos de ar condicionado e ventiladores.

A publicação em Diário Oficial também condiciona o funcionamento dos centros religiosos a “priorização do afastamento” de pessoas colaboradoras da igreja, que pertençam ao grupo de risco da nova doença, como idosos, hipertensos e diabéticos. As igrejas, templos e espaços também ficam autorizadas a transmitir missas e cultos pela internet, desde que sigam as recomendações sanitárias.

A liberação das atividades nos espaços religiosos acontece três dias após a renovação do decreto estadual, que estabelece medidas restritivas de isolamento social para conter a pandemia do novo coronavírus no RN. O Rio Grande do Norte tem 4.251 casos confirmados de Covid-19 e 181 mortes causadas pela doença.

G1RN

Falta sabão, gazes, pomadas, luvas e ataduras no maior hospital do RN (2015)

O G1RN denunciou o descaso de falta de insumos básicos para higiene que faltavam no maior hospital do Rio Grande do Norte, o Walfredo Gurgel. Ainda em 2015 o site publicou a notícia abaixo. Agora querem convencer que somos culpados pela falTa de UTIs que não foram providenciadas por quem governa.

Pelo que sabemos a falta de UTIs foram sempre as causas do óbitos de muitos pacientes que precisaram usar UTI no Walfredo e em outra unidade hospitalar do Estado. Mas nenhum governo, nem o atual, fez as devidas correções. Eles sabem que não vão socorrer os mais pobres. Aí ficam com divulgação sem nexo para justificar o injustificado.

Vejam as notícias de 2015, se algu~em fez alguma coisa para melhorar o atendimento ao povo.

NOTÍCIA DE 2015

Covid-19: Comitê do Nordeste quer fechar totalmente Natal e Mossoró com pretexto de evitar mais contaminação

Comitê Científico do Nordeste sugeriu lockdown em cidades do Rio Grande do Norte — Foto: Reprodução
Por que esses cientistas não fazem alusão aos possíveis números de contaminados assintomáticos? Por omissão propositiva do caos?

ALERTA AO RN – Com governos formados na sua maioria pelo PT, sem ter rumo de que tipo de ciência de fato participam, pois já se passaram mais de 60 dias e nada de solução em nenhum dos Estados que monitoraram, agora, após incentivar o caos do desemprego e da fome em tantos outros lugares, este Comitê do Nordeste quer o pior para o Estado do Rio Grande do Norte.

Podemos dizer com toda certeza: esses cientistas então envergonhados pelo que propagam. Se nossa opinião é de apenas vivências, não há nada de grandeza nessa hora, neste comitê que não sabem de nada, salvo o tranca tudo.

Fechar não foi a solução nos EUA, Itália, França, Inglaterra e Espanha, por que então seria certo aqui, no RN? O governador de Nova Iorque declarou que mais de 66% dos que se contaminaram estavam em confinamento.

Querem nos adoecer, e todas as autoridades que se rederem a esse tipo de proposta estará fadada ao fracasso na vida pública. O povo do RN voltará a se levantar. Que falta faz uma guerreira como Wilma de Faria.

O povo do RN tem que reagir! Segundo Dr. Anthony Wong, estão nos empurrando para o inverno, quando estaremos com maior circulação de demais vírus respiratórios, de gripes, que juntos com o coronavírus podem matar mais pessoas. Não duvidem! Eles querem a nossa morte.

Fonte: G1RN

DESCASO NO RN: idoso morre enquanto esperava vaga em UTI

Asclepíades Jales de Macedo, de 80 anos, morreu com suspeita de coronavírus — Foto: Cedida pela família
Asclepíades Jales de Macedo, de 80 anos, morreu com suspeita de coronavírus — Foto: Cedida pela família

Após 60 dias que o povo norteriograndense deixou de trabalhar, a maioria permaneceu em casa como determinado pelo decreto do governo Fátima Bezerra, idoso de 80 anos morre a espera de uma UTI.

Ele era da região Oeste do Rio Grande do Norte. O paciente faleceu na noite desta quarta-feira (20), na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de São Rafael, enquanto era preparado pela equipe médica para ser transferido para um leito crítico em um hospital em Caicó, na região Seridó potiguar.

“Na terça-feira, o médico disse que ele não ia resistir mais um dia, se não conseguisse uma UTI”, relata a sobrinha. A vaga só foi encontrada por volta das 17h desta quarta-feira (20), em Caicó, na região Seridó, e a ambulância chegou à unidade em que ele estava internado às 18h, mas o idoso não resistiu e morreu enquanto era preparado para a transferência.

Infelizmente, fora as medidas do “fica em casa”, que não tem comprovação científica para salvação de vidas, a governadora nada fez para solucionar os problemas que estão afetando a saúde do povo.

O povo espera solução por parte do governo, explicações claras do que está fazendo, já que muitos empresários e trabalhadores estão sendo sacrificados para salvar vidas, enquanto a governadora não preparou o Estado nesses mais de 60 dias.

G1

Em carta para a filha, enfermeira que atende pacientes com Covid-19 em dois hospitais explica ausência: ‘Precisei cuidar do outro’

Jéssica e a filha Maria Eduarda — Foto: Cedida
Jéssica e a filha Maria Eduarda — Foto: Cedida

Há dois meses trabalhando diretamente no combate à pandemia do novo coronavírus em Mossoró, no Oeste do Rio Grande do Norte, a enfermeira Jéssica Saraiva se divide em uma jornada quádrupla. Isso porque a profissional da saúde precisa conciliar os expedientes em dois hospitais da cidade com o trabalho social para arrecadar doações e a rotina como mãe da Maria Eduarda, de 10 anos.

Foi para Maria Eduarda que Jéssica publicou uma carta explicando os “pecados de uma mãe enfermeira”. A profissional precisou se isolar dentro do apartamento em que mora juntamente com a filha e o marido para evitar contaminar a família. “Tive que te explicar o porquê de recusar o seu abraço. Você chorou, chorou muito, e eu não pude te consolar de perto. Como aquilo doeu”, escreveu Jéssica para a filha.

Formada há 10 anos, a enfermeira está duplamente na linha de frente de combate à Covid-19. Ela atua nas esferas pública e privada, no Hospital Regional Tarcísio Maia do Governo do Estado e no Hospital Wilson Rosado, ambos em Mossoró. Nas poucas horas vagas, a mulher de 32 anos se dedica ainda a um projeto, que arrecada alimentos e materiais de higiene para pessoas em vulnerabilidade social afetadas pela pandemia.

Na carta que escreveu para Maria Eduarda, Jéssica conta que esteve ausente em alguns momentos importantes no desenvolvimento da filha por causa dos plantões. “Não fui eu quem te ouviu dizer a primeira palavra, não te levei ao seu primeiro corte de cabelo, não fui eu quem te ajudou a tirar o seu primeiro dentinho ‘mole’. Deve ser bem difícil para você ter uma mãe enfermeira”, diz.

A enfermeira encerra a carta desejando que “um dia” a filha entenda a ausência forçada da mãe. Segundo Jéssica Saraiva, a resposta da menina de 10 anos veio bem antes do esperado. “No começo foi bem difícil, mas depois da carta ela veio me dizer que entendia tudo e isso me encheu de orgulho. Foi muito gratificante. Agora ela compreende e inclusive está bem engajada na prevenção à doença”, afirma.

G1RN

Advogado pede impeachment de Fátima por crimes de responsabilidade e falsidade ideológica

Foto da Internet

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte recebeu nesta terça-feira (19) um pedido de impeachment contra a governadora Fátima Bezerra, o vice Antenor Roberto e o secretário estadual de Saúde Pública, Cipriano Maia. O autor da representação, o advogado Rilyonaldo Marques, acusa os três de crimes de responsabilidade e também de crimes comuns. É o primeiro pedido de impeachment contra Fátima que chega à Assembleia.

De acordo com o advogado, Fátima cometeu crime de responsabilidade ao não cumprir uma suposta decisão judicial que teria determinado ao Governo do Estado o pagamento de reajustes para pensionistas ligados ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran). O autor do pedido afirma que os pensionistas teriam direito a um aumento acumulado de 121% – que a governadora teria ignorado.

Perguntado pela reportagem do Agora RN sobre que decisão judicial seria essa e quem a proferiu, o advogado não respondeu. Ele também disse que não poderia disponibilizar a íntegra do pedido de impeachment por “questão ética”. Ele afirmou que só vai entregar o documento para a imprensa após Fátima Bezerra e a Assembleia Legislativa se pronunciarem sobre o assunto.

A governadora do Rio Grande do Norte também é acusada de falsidade ideológica pelo advogado. Segundo Rilyonaldo Marques, Fátima Bezerra teria determinado a médicos que atuam no Estado que emitissem atestados de óbito com informações erradas para inflar dados sobre a pandemia do novo coronavírus. Segundo ele, que não apresentou provas para a reportagem, mortes provocadas por outros motivos estão entrando para a estatística como óbitos causados pela Covid-19 por deliberação da governadora.

Ainda segundo Rilyonaldo Marques, Fátima comete crime de responsabilidade por supostamente não explicar como tem aplicado recursos recebidos do governo federal para combate à pandemia do novo coronavírus. O advogado afirma que o governo estadual recebeu R$ 61 milhões da União recentemente, mas que não deu publicidade aos gastos. Ele cobra também explicações para a aplicação de testes rápidos para a Covid-19 recebidos pelo Rio Grande do Norte.

Contudo, em publicação nas redes sociais nesta segunda-feira (18), Fátima esclareceu o assunto. De acordo com a governadora, o Rio Grande do Norte recebeu do governo federal quase 69 mil testes rápidos para a Covid-19 – que medem se o paciente desenvolveu anticorpos para a doença. Desse total, segundo Fátima, 51,5 mil foram enviados para as prefeituras e outros 2,2 mil testes estão sendo usados em unidades da rede estadual de saúde.

Sobre os recursos financeiros, Fátima tem destacado em publicações nas redes sociais que o Governo do RN tem investido na ampliação de leitos de UTI para atender pacientes com a Covid-19 em estado crítico. Na semana passada, ela divulgou que a gestão estadual trabalha na aquisição de 187 novos respiradores – fundamentais para a assistência às pessoas com o coronavírus – e tem montado novos leitos críticos em hospitais de Natal e Mossoró, principalmente, que são as cidades com o maior número de casos da Covid-19 no Estado.

Também segundo o advogado, a governadora cometeu crime de responsabilidade ao autorizar a contratação de leitos no Hospital da Liga Norte-rio-grandense Contra o Câncer acima do preço de mercado. Ele se baseia na constatação de uma auditoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que apontou nesta terça que os leitos adquiridos pelo Estado têm preço acima do que é normalmente praticado.

Do Agora RN –