Category: Notícias

RN tem concursos com inscrições abertas que totalizam 93 vagas; salários chegam a R$ 3,6 mil

RN tem concursos com inscrições abertas que totalizam 93 vagas — Foto: divulgação

Quatro concursos públicos estão com as inscrições abertas nesta segunda-feira (4), no Rio Grande do Norte. São 93 vagas disponíveis em diferentes cidades do estado para os níveis médio e superior com remuneração máxima que pode chegar a R$ 3.606,45.

Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte estão previstas 14 vagas para professores substitutos e temporários em Caicó, Currais Novos, Natal e Santa Cruz. Doze oportunidades são para ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência (PCD). Diversas especialidades como Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cardiologia e outras especialidades estão descritas no edital.

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Somente em Extremoz, na Grande Natal, são dois concursos da prefeitura do Município que totalizam 66 vagas para candidatos com níveis médio e superior. Destas, 40 são para o cargo de guarda civil municipal; 38 para ampla concorrência e duas vagas destinadas a PCD.

Prefeitura de Extremoz – Guarda Civil Municipal

Outro edital de concurso aberto no município destina 26 vagas para quatro cargos diferentes: Fiscal de turismo, meio ambiente, urbanismo e postura (17 vagas); Analista de Tecnologia da Informação (2 vagas); Agente administrativo (4 vagas) e Auditor fiscal (3 vagas).

Prefeitura de Extremoz

  • Inscrições até: 4/11/2019
  • Vagas: 26
  • Salário até: R$ 1.539,00
  • Escolaridade: médio e superior
  • Veja mais informações

A Secretaria de Educação do Estado disponibilizou 13 vagas para compor cadastro reserva para o cargo de professor formador no Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP). São oportunidades nas áreas de Ensino da Arte (1 vaga); Educação Física (2 vagas); Letras – Língua Portuguesa (3 vagas), Letras – Libras e Língua Portuguesa (1 vagas), Currículo (2 vagas), Psicologia Educacional (2 vagas), Educação Infantil (1 vaga) e Filosofia da Educação (1 vaga).


Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP)

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia


Areia Branca sediará Festival do Atum do Rio Grande do Norte de 14 a 16 de novembro

De Areia Branca Para o Mundo”. Com esse lema, acontece a segunda edição do Festival do Atum (antes Festival Gastronômico do Atum), marcado para acontecer entre os dias 14 a 16 do mês de novembro na cidade. O Rio Grande do Norte é o maior produtor de atum do Nordeste, concentrando cerca de 70% do fornecimento regional da região — onde destes, 60% é produção de Areia Branca, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). A pesca comercial do atum é um negócio que movimenta mais de 270 milhões de dólares em todo o Brasil, produzindo cerca de 50 mil toneladas por ano.

“Nossa expectativa com a realização da segunda edição do Festival do Atum em Areia Branca, é a melhor possível! Além do incentivo à atividade e estímulo ao consumo interno, consolidamos nossa cidade como uma referência nacional e internacional na produção do peixe que hoje é o mais procurado do planeta, fortalecendo assim nossa economia e turismo”, disse a prefeita Iraneide Rebouças. A Prefeitura Municipal da cidade tem trabalhado diretamente com o setor atuneiro para proporcionar um grande evento para a população. Em três dias de Festival, o município contará com uma exibição gastronômica baseada no pescado, além de palestras e rodas de negócio para pescadores da região, sem falar na programação cultural especial desenvolvida para o evento, com shows e outras atrações. “Como diz o slogan do Festival, é De Areia Branca Para o Mundo!”, finalizou a prefeita.

A pesca do atum encontrou o cenário perfeito em Areia Branca, e não foi por acaso. A cidade se posiciona num ponto ideal de captura e distribuição no estado, sem falar na sua proximidade com áreas de cardumes, facilitando a pesca. Para se ter ideia, um barco que sai de Areia Branca alcança esses locais com até 200 milhas de viagem, enquanto outras embarcações provenientes de outros países podem viajar até mais de 2.000 milhas em busca do peixe. A atividade já gerou mais de quatro mil empregos diretos e indiretos na cidade, como também passou por uma multiplicação na sua frota pesqueira — passando de sete para 63 barcos, num período de cinco anos. Dada a rápida expansão do setor na cidade, o poder municipal passou a se envolver, e usar o atum como uma das pilastras da economia na cidade. Outro atestado da importância da cidade para a cultura atuneira foi a realização da Comissão Permanente de Gestão de Atuns e Afins, a CPG do Atum, no mês de maio, onde o desenvolvimento econômico, social e ambiental da cidade foi discutido com poder municipal, empresários da pesca e população.

Em novembro de 2018, Areia Branca realizou o seu 1º Festival Gastronômico do Atum, que contou com extensa programação técnica, científica, apresentações culturais e artísticas e, principalmente, um enfoque na gastronomia, envolvendo chefs e restaurantes de toda a cidade e região, durante quatro dias. A aclamação do evento originou o Festival do Atum do Rio Grande do Norte, desenvolvido junto ao Governo do estado, que neste ano contará com algumas novidades, como uma ampla feira de negócios do setor, apresentação e contratação de rede de investimentos, e shows com artistas nacionais, além de estimular a participação da cidade, da população e da região com a atividade. Nos próximos dias, é esperada a divulgação da programação cultural completa, onde artistas nacionais se juntarão a artistas da cidade e da região para promover um grande espetáculo. Uma das atrações já confirmadas para o evento é o cantor pernambucano Geraldo Azevedo, conhecido pela mistura de ritmos nordestinos em suas apresentações.

A sazonalidade do evento não significa que a atenção dada ao atum tenha data de validade até o fim do festival. Todas essas atividades são parte da iniciativa da consolidação do pescado como um símbolo exponencial da economia de Areia Branca, buscando atrair recursos e benefícios para o município, na forma do crescimento do comércio e da indústria. “Se nós temos 60% de 70% do pescado do estado, devemos investir para que isso aconteça na nossa cidade. É isso que vai gerar emprego, renda e fazer o dinheiro circular aqui dentro”, defendeu a prefeita.

Assessoria

Investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de petróleo cru foram derramadas no mar; PF ainda não sabe se houve vazamento ou despejo

Trabalho de limpeza na praia dos Carneiros, em Pernambuco — Foto: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Os investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de óleo foram derramados no oceano pelo navio Bouboulina, de bandeira grega, suspeito do crime ambiental que atingiu praias dos nove estados do Nordeste. A Polícia Federal ainda não sabe, entretanto, se o houve um acidente ou vazamento do navio. Uma operação foi inciada pela PF na manhã desta sexta-feira (1º) para cumprir mandados na sede da empresa Lachmann Agência Marítima, responsável pelo navio.

“Nós temos a prova da materialidade e indícios suficientes de autoria. O que nos falta são as circunstâncias desse crime, se é doloso, se é culposo, se foi um descarte ou vazamento”, afirmou o delegado da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, Agostinho Cascardo.

De acordo com a procuradora-chefe da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, Cibele Benevides, ainda não é possível dizer se novas manchas chegarão à costa potiguar. “Esse óleo que chegou na costa brasileira não representa todo o óleo que foi derramado. Uma parte do óleo pode ser evaporada, em torno de 40%; uma parte pode ficar decantada e vir devagar para a costa brasileira. Então, a gente ainda não tem como afirmar que parou, que cessou, ou quando vai cessar. (…) Estima-se que a mancha original foi de 2,5 mil toneladas de petróleo cru”, afirmou.

O navio carregou 1 milhão de barris de petróleo na Venezuela, segundo informações da empresa de geointeligência Kpler, ao G1.

Segundo os investigadores, a embarcação é legal e o cumprimento dos mandados visa levantar documentações e informações sobre os dados da carga, tripulação, e o que aconteceu. O navio ainda está em alto mar.

“O navio está sendo monitorado e se dirigindo provavelmente pra Costa da África. Assim que ele aportar a gente tenta conseguir mais informações.No momento o foco são as empresas de representação do navio aqui (no Brasil). As empresas não são suspeitas, elas são simplesmente alvo na busca de documentos que possam ajudar a identificar o que aconteceu, mas elas em si não são investigadas”, reforçou a procuradora.

Segundo a PF, a embarcação deixou a Venezuela no dia 18 de julho e a primeira aparição da mancha ocorreu dia 29, às 11h55 da manhã. “A partir daí a mancha começa a se espalhar e se dirigir a Oeste”, pontuou o delegado.

Para os investigadores, apenas um navio mercante, carregado de petróleo, poderia ter deixado essa mancha, ressaltou o delegado. Cascardo ressaltou que o navio já havia ficado preso nos Estados Unidos, em abril, por causa de problemas no filtro de descarte da embarcação.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Bandeira vermelha entra em vigor e contas de luz ficam mais caras a partir desta sexta

A partir desta sexta (1º), entra em vigor a bandeira tarifária vermelha patamar um. E com ela, um custo extra nas contas de luz dos brasileiros.

O período historicamente chuvoso voltou, mas a mudança na tarifa de energia está ligada a previsão de chuvas abaixo da média e a seca dos meses anteriores.

“A gente precisa de três meses de chuva boa pra gente conseguir uma redução de preço da energia elétrica”, diz Giordano Matos, gerente de tarifas da Cemig.

Em novembro, a tarifa entra na bandeira vermelha patamar um. A seca reduziu os níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Fonte: https://blogdofelipesilva.com/2019

Honra, dor e revolta no enterro de PM morto por colegas de farda do RN

Do OP9 – O corpo do policial militar Edmo Tavares foi enterrado no fim da manhã desta quinta-feira (31) no Cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O cabo foi assassinado  na terça-feira (29) à tarde por policiais do Rio Grande do Norte na cidade de Tacima, no Curimataú paraibano. O crime está sendo investigado e os policiais potiguares envolvidos já foram afastados das ruas.

“É um momento de muita comoção, mas também não podemos deixar de falar das investigações. Ela está sendo feita de forma rígida e rigorosa para apurar a responsabilização daquelas pessoas que estavam na Paraíba e tiraram a vida de um ser humano. Saber que colegas de outro estado estabeleceram um fato dessa natureza é triste. Acreditamos que tudo será investigado e a justiça será feita”, comentou o comandante da Polícia Militar da Paraíba, Euller Chaves

Fonte: http://www.novacruzoficialrn.com.br/noticias/

Prefeitura quer que Governo do RN decida sobre tombamento do Hotel Reis Magos em até 72 horas

Hotel Reis Magos em Natal completou 24 anos de abandono em 2019 — Foto: Leonardo Erys/G1

A Prefeitura de Natal entrou com uma ação civil pública e pediu que a Justiça do Rio Grande do Norte determine um prazo de 72 horas para o Governo do Estado decidir se vai, ou não, tombar o antigo Hotel Reis Magos, na Praia do Meio, Zona Leste da capital. Segundo o município, o prédio em ruínas corre risco de desabamento e tem condições sanitária precária, que colocariam a saúde da população em risco.

De acordo com a procuradoria da capital, a medida foi tomada após esgotar as iniciativas de responsabilidade municipal. Como argumentos, ainda alegou que todos os prazos para a emissão do parecer do Poder Executivo Estadual foram esgotados, mas o processo não foi concluído.


A decisão foi informada na manhã desta quinta-feira (31) na sede da Procuradoria Geral do Município, pelo procurador-geral, Carlos Castim, acompanhado dos secretários de Obras Públicas e de Saúde, Tomaz Neto e George Antunes.

De acordo com o procurador-geral, o processo de tombamento foi pedido por uma entidade que defendeu o valor histórico, arquitetônico e cultural do antigo hotel, porém a tramitação já dura seis anos.

O projeto passou na esfera municipal, mas o pedido foi indeferido pelo conselho municipal de Cultura – entendimento que também foi seguido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Depois, o Conselho Estadual de Cultura foi outro órgão a se manifestar de forma contrária ao tombamento do prédio, mas o caso ainda precisa ser finalizado pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura, que deve emitir o seu parecer.

Ainda segundo Castim, por causa da demora na tomada de decisão, a gestão municipal decidiu buscar as vias jurídicas para encerrar o processo.

“Pedimos em nossa ação que a Justiça determine que em um prazo de 72 horas o Estado decida se vai tombar ou não o equipamento e caso siga o caminho da preservação do prédio que arque com os custos para recuperar o espaço e dar segurança a sociedade”, afirmou.

Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi
Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi

Secretário de Obras do município, Tomaz Neto apontou que o laudo contratado pela empresa Pernambuco S/A, proprietária do hotel, mostra uma a “situação calamitosa” na estrutura do prédio. Segundo ele, a fundação está comprometida, há ferragem aparente e desgastada, vigas rompidas e uma parte da marquise do prédio já desabou. O titular da pasta informou que vai pedir para os donos cercarem com tapumes o que restou do hotel para oferecer uma “mínima proteção” a quem passa pelo local.

“O risco de desabamento é real. Para se ter uma ideia, o custo para recuperar a estrutura e toda a parte de instalações, alvenaria, revestimentos e outros serviços é de R$ 40 milhões, ao passo que a demolição total do prédio e a remoção dos resíduos tem um valor de R$ 1 milhão. É inviável do ponto de vista financeiro executar uma reforma. A Prefeitura está alertando e buscando tomar as providências necessárias para evitar uma tragédia de grandes proporções, mas está de mãos atadas na espera desse parecer do Governo Estadual. Isso precisa acontecer o mais rápido possível, pois estamos falando de vidas”, considerou.

Ainda segundo o município, o terreno do antigo Hotel Reis Magos reúne as condições propícias para a proliferação de insetos – inclusive do Aedes Aegypti, que transmite dengue, zica e chikungunya – além de ratos, cobras e outros organismos que causam risco a saúde pública.

Apesar disso, o secretário de Saúde, George Antunes, informou que nenhuma equipe da SMS está autorizada a inspecionar o local em virtude do risco de desabamento.

“Não há como se fazer um trabalho de prevenção na área, pois não colocarei a minha equipe em risco. A realidade é que a situação existente fere de morte o código sanitário da cidade de Natal e infelizmente não podemos fazer muita coisa em virtude desse cenário perigoso”, disse.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte


Onze anos depois, Brasil recebe bronze do 4x100m masculino da Olimpíada de Pequim 2008

Foto: Reprodução/Twitter

Foram onze anos de uma espera que chegou ao fim nesta quinta-feira. O Brasil recebeu a medalha de bronze do revezamento 4x100m rasos masculino da Olimpíada de Pequim 2008, herdada após o doping do jamaicano Nesta Carter. Em cerimônia na sede do Comitê Olímpico Internacional, na cidade suíça de Lausanne, José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana e Bruno Lins entraram para o seleto grupo de brasileiros medalhistas olímpicos, e Vicente Lenílson colocou no peito sua segunda medalha – ele foi prata também no 4x100m de Sydney 2000.

– Pra vocês entenderem a dor de tanto tempo sem essa medalha, é como se a gente tivesse um filho e só o conhecesse 11 anos depois. Foi muito difícil e ainda está sendo passar por tudo isso – disse Sandro Viana.

– Passou o vídeo da final. Eu ainda garotão, magrinho. É surreal, magnífico. Foi muito engraçado, porque naquela hora não veio na cabeça apenas o momento do pódio, veio tudo o que fiz para estar ali. Foram quatro anos de muita ralação, muita dedicação, muito empenho, ausência da família, viagem, estresse com colega de trabalho. Foram onze anos de espera. Eu tive um prejuízo financeiro grande. A gente tinha um clube grande, que tinha uma premiação alta. Isso não volta mais. O mais importante é que o erro foi corrigido e voltamos para casa com nossa medalha – completou Vicente Lenílson.

José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege
José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege

Campeã na China, a Jamaica perdeu o ouro em 2017 após reanálise do exame antidoping de Nesta Carter apontar o uso de substância proibida metilhexaneamina, um estimulante encontrado em alguns suplementos alimentares e descongestionantes nasais – o time caribenho também contava com Usain Bolt, Michael Fraser e Asafa Powell. Carter chegou a entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), mas teve negado o seu pedido de desconsideração da punição. Com a reclassificação, o ouro ficou Trinidad e Tobago e a prata com o Japão. Quarto colocado em 2008, o Brasil subiu para o pódio.

– Tem uma foto que eu estava olhando para o telão e senti que havia alguma coisa errada. Não consegui acreditar. Hoje se concretizou esse erro. O Nestar cometeu um erro muito grande, machucou nosso trabalho, por ambição acabou não se lembrando do espírito olímpico – disse Vicente Lenílson.

– Prefiro olhar para o agora. Do que ficou para trás, prefiro ver o que aprendi. Se eu não fui medalhista naquele momento, cresci como homem. Foram anos que eu pude crescer mentalmente e também fisicamente. Prefiro pensar que hoje sou medalhista e faço parte da história do atletismo e dos Jogos Olímpicos, em especial de Pequim 2008 – completou Bruno Lins.

O bronze do revezamento 4x100m rasos masculino é a 17ª medalha olímpica da história do atletismo brasileiro, ficando atrás apenas do Judô (22 medalhas) e da vela (18). É também a 129ª do país nos Jogos. Agora o Brasil conta com 372 atletas medalhistas olímpicos em quase cem anos de participação em Olimpíadas.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/

Estudante tatua rosto de autor do hit ‘Caneta azul’ no peito

Estudante da UFRN tatuou autor da música Caneta Azul — Foto: Cedida

Depois que o vídeo do vigilante maranhense Manoel Gomes cantando a música “Caneta Azul” viralizou na internet, o estudante Joselito Júnior resolveu fazer uma tatuagem sobre o tema. Na terça-feira (29), o aluno de Música da UFRN tatuou o próprio Manoel e duas canetas azuis no peito.

“Diego, tatuador, traz essa ideia de memes… E eu gosto, porque eu vejo isso como a ideia do artista poder expressar sua arte. Essa vida só se vive uma vez e, se você não fizer o que gosta de fazer, lamentavelmente, vai ter perdido a sua vida. Só para deixar claro também: meu objetivo nunca foi ser famoso, só gosto de tocar, sou artista”, explica Joselito.

Tatuador Diego Farias e Joselito Júnior são amigos há muitos anos — Foto: Cedida
Tatuador Diego Farias e Joselito Júnior são amigos há muitos anos — Foto: Cedida

Diego Farias, o tatuador, é amigo de longa data de Joselito Júnior. Os dois se conheceram em Campina Grande (PB), onde Diego mantém seu estúdio de tatuagem. Apesar de ter nascido no Ceará, Joselito morou na cidade paraibana por muitos anos. Há três ele reside em Natal. “A ideia foi de nós dois. Ele chegou, conversamos e a gente fez a arte”, conta o tatuador.

Joselito Júnior já tinha uma tatuagem, também feita pelo amigo, de outro meme da internet. Na coxa, ele carrega o desenho do “Negão do WhatsApp”.

Caneta azul, azul caneta

A música “Caneta azul” foi criada pelo vigilante Manoel Jardim Gomes, que vive na cidade de Bolsas, no Maranhão. Ele tem 49 anos de idade e diz que compõe canções desde os 15. Em outubro, Manoel gravou um vídeo em que cantava “Caneta azul”. A gravação viralizou nesta semana e atingiu mais de três milhões de visualizações na internet.

Artistas como Weslley Safadão, Tirulipa e Simone (da dupla com Simaria) cantaram a música nesta semana. Manoel Gomes chegou a participar de um show no Tocantins, apresentar sua canção junto com o cantor Thiago Brava.

O maranhense Manoel Gomes é o autor da música 'Caneta Azul', que viralizou nas redes sociais. — Foto: Reprodução/Redes Sociais
O maranhense Manoel Gomes é o autor da música ‘Caneta Azul’, que viralizou nas redes sociais. — Foto: Reprodução/Redes Sociais

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Corpo sem cabeça e com os pés amarrados é encontrado no Rio Potengi em Natal

Corpo de Bombeiros fez o resgate do corpo no Rio Potengi — Foto: Sérgio Henrique Santos/Inter TV Cabugi

O corpo de um homem decapitado foi encontrado na manhã desta quinta-feira (31) no Rio Potengi, próximo à Comunidade do Mosquito, na Zona Oeste de Natal. O cadáver estava só de cueca e com os pés amarrados. Ele ficou preso à vegetação de mangue, a 100 metros da Ponte Velha.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e resgatou o corpo de dentro da água. O cadáver será levado ao Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), para ser submetido a exames. A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) ficará à frente das investigações do caso.

Policiais do 9º Batalhão da Polícia Militar, unidade responsável pelo patrulhamento na Zona Oeste da capital, afirmaram que este é o 6º corpo encontrado no rio, perto da Ponte Velha, neste ano.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Governo conclui pagamento do mês de outubro de servidores do RN nesta quarta-feira (30)

Governadoria do Rio Grande do Norte — Foto: Thyago Macedo

O Governo do Estado conclui o pagamento de outubro nesta quarta-feira (30) com o depósito de pouco mais de R$ 494 milhões na conta de 113.147 servidores do funcionalismo. O Ipern (Instituto Estadual de Previdência Social) informa que o pagamento dos pensionistas ocorrerá ao longo do dia.

Os R$ 494.617.230,58 milhões que circularão na economia potiguar nesta quarta correspondem ao salário integral dos servidores das pastas com recursos próprios e da Educação, além dos 70% restantes de quem ganha acima de R$ 3 mil, concluindo a folha do mês de outubro para ativos, inativos e pensionistas.

A data de pagamento para os meses de dezembro também respeitará as duas datas, no meio e no fim do mês. A parcela para receber integral na metade do mês aumentará de R$ 3 mil para R$ 4 mil. E a segunda para quem recebe acima desse valor será depositada no dia 30 de novembro e no dia 27 de dezembro.

O pagamento do 13º salário está garantido até o fim do ano, em data ainda a ser definida. E o Governo segue trabalhando para obter recursos extras e amortizar as três folhas em atraso, deixadas pelo governo anterior.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Homem tem mal súbito e morre durante vaquejada no RN; evento continua e corpo só é recolhido após 6 horas

Pessoas assistem vaquejada ao lado de corpo de homem coberto por lençol no interior do RN — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

O corpo de um homem de 55 anos que teve um mal súbito e morreu durante uma vaquejada só foi recolhido quase seis horas depois. E enquanto o instituto legal não chegava ao local, o evento continuou, com o corpo na arquibancada. O caso aconteceu na tarde deste domingo (27) no município de Santo Antonio, distante cerca de 60 quilômetros de Natal.

Gilson Rodrigues da Silva assistia a vaquejada no Parque Arapuá, por volta 13h30, quando teve um mal súbito e morreu. Ao perceberem a morte, as pessoas acionaram a Polícia Civil, mas o evento continuou normalmente.

O Instituto Técnico-Científico de Perícia foi acionado para recolher o corpo, mas chegou ao local às 19h13. Durante as quase seis horas, o corpo ficou na arquibancada do parque de vaquejada, dividindo espaço com os espectadores do evento.

Em nota, o Itep informou que só foi acionado às 17h, quando a ocorrência foi registrada no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp). Já a Polícia Civil informou que a equipe de Plantão comunicou o fato ao Ciosp às 15h, mas nesse horário já havia registro da morte no sistema.

Já o proprietário do parque Arapuá disse que o evento continuou porque não houve nenhum acidente ou morte violenta.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Duas tartarugas marinhas com manchas de óleo são achadas mortas na Grande Natal

Tartarugas foram encontradas oleadas em Tabatinga, no Litoral potiguar — Foto: Reprodução
Tartarugas foram encontradas oleadas em Tabatinga, no Litoral potiguar — Foto: Reprodução

Duas tartarugas marinhas foram encontradas mortas e manchadas por óleo neste domingo (28) na praia de Tabatinga, em Nísia Floresta, na região metropolitana de Natal. A praia foi uma das seis potiguares que voltaram a ter registro da presença de óleo neste fim de semana. Os animais foram recolhidos pelo Projeto Cetáceos da Costa Branca, da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

De acordo com o coordenador do projeto, o professor Flávio Lima, as tartarugas eram da espécie verde. “Não eram filhotes, mas animais ainda jovens”, relatou. Outro animal da mesma espécie foi encontrado na manhã desta segunda-feira (28) na Praia do Meio em Natal, mas os pesquisadores não encontraram manchas de óleo aparente.


Ainda segundo o coordenador, com os mais novos casos, chegou a 14 o número de animais encontrados oleados no litoral potiguar, desde o início de setembro, quando as manchas de origem ainda desconhecida começaram a aparecer nas praias do estado. São 13 tartarugas marinhas e uma ave. Desse total, cinco animais estavam vivos e nove mortos. Os números não condizem com os registrados do Ibama. O relatório de fauna atingida, emitido pelo órgão no dia 20 de outubro, contabilizava oito tartarugas oleadas no estado.

Outras tartarugas encontradas mortas nesse período não foram contabilizadas por estarem sem manchas de óleo – é o caso da achada em Natal nesta segunda.

O projeto também informou que, apesar de ser contabilizada entre os animais resgatados vivos, a ave encontrada na última quinta-feira (24) não resistiu e morreu neste domingo (27). Os pesquisadores ainda mantém filhotes de tartaruga capturados preventivamente logo após o nascimento, na praia da Redinha, em Natal. “A expectativa é soltá-las ainda essa semana”, afirmou o professor.

Origem misteriosa

As manchas de petróleo em praias do Nordeste já afetaram 249 localidades de 92 municípios dos 9 estados do Nordeste: Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe estados, desde o final de agosto.

A substância é a mesma em todos os locais: petróleo cru. O fenômeno tem afetado a vida de animais marinhos e causado impactos nas cidades litorâneas, afetando reservas, turismo e comunidades pesqueiras. A origem da substância poluente está sob investigação.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Morre o ator e diretor Jorge Fernando, aos 64 anos

Jorge Fernando no lançamento da novela ‘Êta Mundo Bom’, de 2016 — Foto: Globo / Paulo Belote

Morreu neste domingo (27), aos 64 anos, o ator e diretor Jorge Fernando. Ele estava internado no Hospital CopaStar, em Copacabana, Zona Sul do Rio. Jorge Fernando era diretor da TV Globo e seu último trabalho como diretor e ator aconteceu este ano, na novela das 19h “Verão 90”. Foi o retorno dele após dois anos afastado da TV, tempo em que se recuperou de um AVC.

Em nota, o Hospital Copa Star informou que ele morreu após dar entrada no fim da tarde deste domingo, devido a uma parada cardíaca “em decorrência de uma dissecção de aorta completa”.

O corpo de Jorge Fernando será velado na terça-feira (29), no Cemitério do Caju, na região Central do Rio. O velório será aberto ao público das 8h às 10h. Depois ficará restrito à família e amigos mais próximos.

Na Globo, Jorge Fernando dirigiu vários sucessos, como as novelas “Rainha da Sucata” e “Alma Gêmea”.

Ator, diretor, escritor e humorista, Jorge Fernando foi um artista completo que ajudou a revolucionar a forma de se fazer televisão no Brasil. Seu primeiro contato com a arte de atuar foi ainda adolescente na escola onde estudava no Méier, Zona Norte do Rio.

Na TV, ele estreou como ator em 1978, no seriado “Ciranda, Cirandinha”. Na década seguinte, Jorge Fernando trabalhou em várias produções, mas foi do outro lado das câmeras, como diretor, que ele encontrou sua verdadeira paixão.

Desde então, ele dirigiu 34 novelas, minisséries e seriados. Sua estreia como diretor foi em “Coração Alado”, de Janete Clair, em 1980.

Um dos seus sucessos mais marcantes foi “Guerra dos Sexos”, que tinha como protagonistas Fernanda Montenegro e Paulo Autran. Por seu trabalho na trama das 19h, ele foi premiado pela Associação Paulista de Críticos de Arte como o melhor diretor, em 1983, ao lado de Guel Arraes.

É de “Guerra dos Sexos” a cena clássica do café da manhã, uma das mais importantes da teledramaturgia brasileira. Quase 30 anos, ele teve a chance de fazer tudo de novo, quando dirigiu o remake da novela, em 2012.

Na década de 1990, muitas novelas dirigidas por ele marcaram uma geração. Como “Rainha da Sucata”, “Vamp”, “Deus nos Acuda” e “A Próxima Vítima”, que fez o Brasil parar no último capítulo, à espera da revelação de quem era o grande assassino.

Além das novelas, Jorge Fernando também fez história no humor. Com “Sai de Baixo”, ele levou o teatro de volta à TV e obrigou muita gente a dormir mais tarde nos domingos.

Um de seus sucessos mais recentes foi “Alma Gêmea”, em 2005. Foi uma das novelas das 18h com melhor média de audiência da história da Globo.

Depois de uma longa temporada com diretor, Jorge Fernando voltou a atuar em 2011, no seriado “Macho Man”. Da TV para o teatro, dirigiu Cláudia Raia no musical “Não Fuja da Raia”.

Mas foi no espetáculo “Boom” que ele fez o que sabia de melhor: cantou, dançou e deu vida a vários personagens.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/



Concursos: pelo menos 10 órgãos abrem inscrições nesta segunda-feira para 1,8 mil vagas

selo concursos opcao 02 — Foto: Editoria de arte/G1

Pelo menos dez órgãos públicos abrem as inscrições nesta segunda-feira (28) para concursos públicos. Juntos, eles oferecem 1.815 vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.

Só na Prefeitura de Rondonópolis, no Mato Grosso, são ofertadas 1.155 vagas – todas para cargo de nível médio.

Já na Prefeitura de Ipiúna, em Minas Gerais, há 58 vagas disponíveis com salários que podem chegar a R$ 10.031,23.

Veja abaixo os detalhes dos concursos que abrem inscrições nesta segunda:

Prefeitura de Rondonópolis (MT)

  • Inscrições: até 20/11/19
  • 1.155 vagas
  • Salários de até R$ 1.358,72
  • Cargos de nível médio
  • Veja o edital

Prefeitura de Ipiúna (MG)

  • Inscrições: até 28/11/19
  • 58 vagas
  • Salários de até R$ 10.031,23
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Redenção (CE)

  • Inscrições: até 24/11/19
  • 310 vagas
  • Salários de até R$ 2.420,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Consórcio Inter. para Assistência da Criança e do Adolescente -CIACA (MG)

  • Inscrições: até 27/11/19
  • 20 vagas
  • Salários de até R$ 1.936,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Mantena (MG)

  • Inscrições: até 27/11/19
  • 16 vagas
  • Salários de até R$ 2.051,63
  • Cargos de nível fundamental e médio
  • Veja o edital

São Paulo Previdência (SPPrev)

  • Inscrições: até 13/11/19
  • 91 vagas
  • Salários de até R$ 5.384,42
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Laguna (SC)

  • Inscrições: até 27/11/19
  • 51 vagas
  • Salários de até R$ 9.210,60
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Porto Alegre do Piauí (PI)

  • Inscrições: até 08/11/19
  • 40 vagas
  • Salários de até R$ 5.568,11
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Matupá (MT)

  • Inscrições: até 08/11/19
  • 57 vagas
  • Salários de até R$ 4.121,11
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Polícia Militar da Bahia (BA)

  • Inscrições: até 26/11/19
  • 17 vagas
  • Salários de até R$ 7.164,19
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

Fonte: https://g1.globo.com/economia/concursos-e-emprego

Fruticultura do RN assina acordo de exportação de frutas para China e prevê criação de 10 mil empregos

Melão produzido é um dos produtos potiguares líderes de exportação (arquivo) — Foto: Anderson Barbosa/G1

O setor de fruticultura do Rio Grande do Norte fechou um acordo para abertura do mercado chinês à produção de melão potiguar. O acordo para a exportação foi assinado no país asiático na madrugada da última quarta-feira (23) e a expectativa do setor é de que o potencial do mercado resulte na geração de 10 mil novos empregos diretos nos próximos três anos. O estado é o maior exportador de melão no país.

A informação foi divulgada pelo governo do estado. De acordo com o Poder Executivo, os primeiros contêineres com frutas produzidas no estado devem ser enviados à China a partir de fevereiro, consolidando a exportação plena a partir da safra 2020-2021.

O setor de fruticultura do Rio Grande do Norte fechou um acordo para abertura do mercado chinês à produção de melão potiguar. O acordo para a exportação foi assinado no país asiático na madrugada da última quarta-feira (23) e a expectativa do setor é de que o potencial do mercado resulte na geração de 10 mil novos empregos diretos nos próximos três anos. O estado é o maior exportador de melão no país.

Em julho deste ano, uma missão formada por diplomatas e empresários chineses visitou as plantações de melão no Oeste Potiguar. A visita foi articulada pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), junto à embaixada chinesa em Recife para aproximar as relações e buscar novos negócios. Em maio, empresários potiguares também participaram de uma comitiva brasileira, montada pelo Ministério da Agricultura, que visitou a Ásia.

Presidente da a Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva de Fruticultura do MAPA, e do Comitê Executivo de Monitoramento da Mosca das Frutas (Coex), o produtor Luiz Roberto Barcellos afirmou ao G1, em abril, que as negociações com a China para a entrada do melão brasileiro no país já duravam cinco anos. Os chineses temiam, por exemplo, a entrada de pragas como a mosca-da-fruta. Porém, o estado é livre dela.

Visita

A Cônsul Geral da República Popular da China no Brasil, Yan Yuqing, visitou a Agrícola Famosa – maior produtora no estado – em julho, quando veio ao Rio Grande do Norte trazendo uma comitiva para avaliar as potencialidades e buscar possíveis investimentos para o estado. “Em dois anos, poderíamos exportar duas vezes a quantidade de melão que exportamos hoje”, justificou o empresário Luís Barcelos, que já comercializa seu produto para países como Inglaterra, Holanda, Alemanha, Itália, Portugal, Espanha, Chile e Argentina.

Durante a passagem dos chineses no estado, foi realizada uma rodada de negócios onde foram discutidas áreas de interesse comum entre os países, como energias renováveis, agricultura, indústria, transporte, infraestrutura urbana, entre outras.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/