Category: Notícias

Baile funk na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração; veja flagrantes de mais festas no fim de semana

Baile na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração — Foto: Reprodução/TV Globo
Baile na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração — Foto: Reprodução/TV Globo

Imagens feitas pelo Globocop mostravam, às 6h10 desta segunda-feira (23), um baile funk acontecendo na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, com grande concentração de pessoas. Por conta da festa, que teve início ainda na noite de domingo (22), várias ruas da comunidade estão fechadas nesta manhã.

Muitas pessoas estão aglomeradas e sem máscara. A quantidade de tendas, mesas e cadeiras instaladas na comunidade mostra que trata-se de um evento grande.

Tendas montadas para baile na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/TV Globo

Tendas montadas para baile na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/TV Globo

Fim de semana de aglomeração

fim de semana no Rio também foi de festas lotadas, desrespeitando os protocolos de isolamento social impostos pela Covid-19, como mostrou o Fantástico deste domingo (22).

Em uma casa de festas em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, uma multidão dançava e vibrava com um show, como mostram as imagens.

Na capital, na Marina da Glória, milhares de pessoas foram a outro evento de música. Nas imagens, não há ninguém de máscara. A promessa era de um evento com cuidados com a higiene pessoal e público reduzido, mas isso não ocorreu.

Do Blog: A polícia do Rio de Janeiro já está podendo fazer operações nas favelas do Rio? Num foi proibida pelo ministro do STF Edson Fachin?

G1RJ

Polícia Militar forma mais de mil soldados no Rio Grande do Norte

Formatura de mais de mil solados da PM no RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN
Formatura de mais de mil solados da PM no RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN

G1RN – Nesta sexta-feira (20), o Centro de Convenções do Rio Grande do Norte recebeu os novos 1.022 soldados da Polícia Militar para a solenidade que encerrou oficialmente o curso de formação da turma – a primeira em mais de dez anos. De acordo com o governo, foram formados 957 homens e 65 mulheres que agora passam a reforçar o trabalho da segurança pública.

Pela excepcionalidade da pandemia, a formatura não contou com a presença de familiares, que acompanharam os seus parentes pela transmissão ao vivo.

Na solenidade, acompanhada do coronel Alarico Azevedo, comandante geral da PM-RN, a governadora Fátima Bezerra (PT) entregou a Medalha Tiradentes ao soldado PM José Murilo, aluno nº1 da “Turma Guardião da Sociedade”.

“Hoje é um dia especial para vocês, que oficialmente se integram às forças de segurança de nosso Estado nessa solenidade. Mas é especial sobretudo para a população do Rio Grande do Norte, que a partir de agora contará com mais agentes de segurança nas ruas”, afirmou a governadora.

O comandante geral endereçou seu discurso à missão que os novos soldados terão. “Quero dizer que me sinto muito honrado de recebê-los como Comandante Geral para que possamos a partir de agora trabalharmos e trazer mais tranquilidade para a sociedade. O que foi aprendido nos bancos escolares agora será doado à sociedade, através do trabalho de cada um”, disse o coronel Alarico.

Formatura de soldados da PM no RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN
Formatura de soldados da PM no RN — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN

Barroso pede que PF investigue ataque hacker ao sistema do TSE

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, durante coletiva de imprensa, sobre  ataques cibernéticos aos sistemas do TSE
Foto da Internet

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, pediu hoje (16) que a Polícia Federal (PF) investigue ataques cibernéticos aos sistemas da Corte. 

Durante coletiva de imprensa no início da noite, Barroso disse que há suspeitas de articulação de grupos para desacreditar o sistema de votação. 

Ontem (15), durante o horário da votação, o sistema de informática do TSE foi alvo um ataque de múltiplos acessos. No entanto, o ataque foi neutralizado pelo sistema de defesa e não houve vazamento de dados, segundo o tribunal.

As tentativas de invasão foram feitas por meio de servidores localizados no Brasil, Estados Unidos e Nova Zelândia. Esse sistema não tem relação com a apuração dos votos, que ocorre por meio de uma rede privada. 

No mesmo dia, foram divulgados na internet dados pessoais de ex-servidores e ex-ministros. Segundo o presidente, os dados são antigos e foram liberados em sites da internet para tentar desacreditar a segurança da votação. 

“Os dados vazados tinham mais de dez anos de antiguidade e divulgação foi feita no dia das eleições para procurar causar impacto e trazer a impressão de fragilidade no sistema. Ao mesmo tempo que esses dados foram vazados, milícias digitais entraram imediatamente em ação tentando desacreditar o sistema. Há suspeitas de articulação de grupos extremistas que se empenham em desacreditar as instituições, clamam pela volta da ditadura, e muitos deles são investigados pelo STF”, afirmou. 

Sobre o atraso de três horas na divulgação dos resultados, Barroso disse que a Oracle, empresa responsável pelo computador que apresentou defeito, será acionada para tentar resolver o problema para o segundo turno.  

A forma de totalização (soma dos votos) centralizada no TSE vai continuar no segundo turno. Nas eleições passadas, a totalização era feita pelo tribunais regionais eleitorais e foi alterada por motivos de segurança e de custos.

Agência Brasil

MPF vai investigar as causas que fez parte da falésia desmoronar e matar uma família em Pipa

Parte de falésia desaba e deixa 3 mortos de uma mesma família em Pipa — Foto: Arquivo pessoal
Parte de falésia desaba e deixa 3 mortos de uma mesma família em Pipa — Foto: Arquivo pessoal

G1RN – O Ministério Público Federal do RN (MPF) promoveu a instauração de um procedimento específico para apurar a situação da estabilização e dos riscos das falésias na região em que aconteceu o acidente.

Ao todo, segundo o MPF, há 18 inquéritos abertos envolvendo ocupações irregulares em bordas de falésias no litoral do estado, principalmente no Tibau do Sul, onde Pipa fica localizada. Ainda há seis ações judiciais, inclusive uma penal sobre o tema.

Família morreu soterrada

O desabamento de uma falésia causou a morte de Hugo Pereira, de 32 anos, Stela Souza, de 33, do filho do casal, Sol Souza Pereira, que tinha 7 meses de vida, e do cachorro da família.

Uma das vítimas, Hugo Pereira, de 32 anos, era gerente de recepção no hotel Sunbay. Ele é natural de Jundiaí, no interior de São Paulo, e morava havia alguns anos em Pipa. Em 2017, o G1 contou a história de Hugo, que tinha rodado 14 mil quilômetros com uma cadelinha. A família aproveitava um dia de folga na praia quando aconteceu o acidente.

Testemunhas relataram que eles estavam sentados próximos à falésia, quando houve o desabamento. Stela ainda chegou a tentar salvar o filho e o abraçou antes da queda. A família foi velada e sepultada na quarta-feira (18) sob forte comoção, em Pipa.

“Ainda deu tempo de a mãe tentar segurar a criança, por isso que os adultos estavam mais machucados, porque a mãe estava abraçada com ele [o bebê]”, disse Igor Caetano, empresário de passeio náutico, que presenciou o acidente.

Parte das falésias da praia de Pipa desabou sobre turistas nesta terça-feira (17).  — Foto: Redes sociais
Parte das falésias da praia de Pipa desabou sobre turistas nesta terça-feira (17). — Foto: Redes sociais

G1RN

Município decreta situação de emergência após desabamento de falésia sobre família na praia da Pipa

Área de falésia que desabou está isolada em Pipa — Foto: Emmily Virgílio/Inter TV Cabugi
Área de falésia que desabou está isolada em Pipa — Foto: Emmily Virgílio/Inter TV Cabugi

G1RN – A Prefeitura de Tibau do Sul decretou situação de emergência na praia da Pipa – um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte – após o desabamento de parte de uma falésia ter causado a morte de um casal, seu filho de 7 meses e o cachorro da família na última terça-feira (17).

O decreto foi publicado nesta sexta-feira (20) e tem validade de 90 dias. De acordo com o documento, a área da praia foi afetada por um desastre natural geológico “por movimento de massa com deslizamento de solo /ou rocha”.

O município também destacou que as falésias da Praia de Pipa recebem dissipação de força das ondas das grandes marés, causada pelo avanço do mar sobre o continente. Ressaltou, ainda, que o desastre interfere diretamente no turismo internacional por ser uma praia conhecida mundialmente.

Falésias são um tipo de acidente geográfico formado por uma encosta íngreme ou vertical, que geralmente termina no mar e sofre ação erosiva causada pela água. Falésias de grande dimensão costumam ser chamadas de penhasco.

Durante o período em que persistir a “Situação de Emergência”, o município pode comprar bens e contratar serviços para resposta ao desastre e “reabilitação dos cenários”, sem processo de licitação. No entanto, os serviços contratados devem ser concluídas no prazo máximo de 90 dias de validade do decreto.

Por fim, o município informou que vai enviar ofício solicitando reconhecimento da “Situação de Emergência” ao Ministério da Integração Nacional.

Força tarefa

O Governo do Rio Grande do Norte anunciou na noite desta quinta-feira (19) que vai criar uma força-tarefa para auxiliar o município de Tibau do Sul na fiscalização das áreas interditadas temporariamente nas falésias de Pipa.

O Poder Executivo também garantiu instalar a estrutura para o isolamento da orla, no trecho do Centro de Pipa até à Praia do Madeiro, no intuito de proteger banhistas e comerciantes. As faixas colocadas até agora, na parte de baixo da areia, acabam sendo levadas pela maré cheia e são recolocadas pelo município.

As decisões foram comunicadas na noite desta quinta-feira (19) após reunião da governadora Fátima Bezerra com representantes do Ministério Público Federal e da Defesa Civil estadual e nacional.

Farão parte da equipe que auxiliará na fiscalização da área agentes da força de segurança e de órgãos ambientais.

Uma nova reunião foi marcada para esta sexta-feira (20) entre representantes do Governo do RN e da Prefeitura de Tibau do Sul para definição de como funcionará a força-tarefa.

Equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil concorda com interdição no trecho — Foto: Emilly Virgílio/Inter TV Cabugi

Equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil concorda com interdição no trecho — Foto: Emilly Virgílio/Inter TV Cabugi

Na tarde desta quinta (19), a equipe da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil esteve no trecho da falésia que desabou ao lado de equipes da Defesa Civil do RN e do Idema para vistoria do local.

Segundo o órgão nacional, a medida atual de interdição é a melhor alternativa a curto prazo. Outras atuações serão pensadas após estudo das áreas. O trecho foi interditado um dia após o acidente pela Prefeitura de Tibau do Sul.

“A ação de curto prazo é essa que já está sendo feita pelo município, que é a ação de isolamento. Porque as outras ações carecem de estudo e de projeto. Então, tudo isso tem que ser feito com muita calma e muita tranquilidade pra que se tenha a eficiência desejada”, disse o geólogo Érico Borges, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil.

A equipe coletou amostras das falésias para análises que podem ser usadas para decisões futuras no trecho. O geólogo explicou que qualquer medida de proteção a médio ou longo prazo na região depende de um estudo mais aprofundado.

Ao todo, 10 estabelecimentos já foram notificados e fechados temporariamente na praia — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi
Ao todo, 10 estabelecimentos já foram notificados e fechados temporariamente na praia — Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

G1RN

Ator Jonas Mello morre aos 83 anos em SP

Ator Jonas Mello — Foto: Reprodução / Twtter @AtorJonasMello
Ator Jonas Mello — Foto: Reprodução / Twtter @AtorJonasMello

O ator Jonas Mello foi encontrado morto no apartamento dele, em Santana, Zona Norte de São Paulo, no final da tarde desta quarta-feira (18). Ele tinha 83 anos. A informação foi confirmada à TV Globo pela irmã do artista, Josefina Rodrigues de Mello.

De acordo com Josefina, Jonas passou mal e ligou para um primo. Quando o familiar chegou ao local, Jonas já tinha falecido. Família diz que ele morreu de causas naturais.

Josefina afirma que o irmão levava uma vida saudável e não tinha problemas de saúde. Ultimamente, dedicava-se à dublagem de filmes.

Jonas era solteiro e sem filhos. Deixa, além de Josefina, outras duas irmãs. O corpo deve ser velado a partir das 14h no Cemitério Memorial de Santos, no litoral paulista. O sepultamento está previsto para ocorrer às 18h.

G1SP

SP: Dória recebe 120 mil doses de vacinas chinesas não autorizadas pela Anvisa

Governador João Doria acompanha chegada dos lotes  — Foto: Reprodução/TV Globo
Governador João Doria acompanha chegada dos lotes — Foto: Reprodução/TV Globo

O governo do estado de São Paulo recebeu na manhã desta quinta-feira (19) as 120 mil primeiras doses da CoronaVac (vacina chinesa) que será aplicada contra a Covid-19. O material foi importado da China e desenvolvido pelo laboratório chinês Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan.

O governador João Doria, o diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e o secretário estadual de Saúde, Jean Gorinchtey, acompanharam a chegada do lote, que foi trazido em um voo da China que desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo.

A CoronaVac é uma das quatro candidatas a vacina contra o novo coronavírus (Sars-CoV-2) que estão sendo testadas no Brasil. O governo de São Paulo firmou acordo para a compra de 46 milhões de doses e para a transferência de tecnologia para o Instituto Butantan.

O que falta saber é se o Estado de São Paulo vai se tornar uma República independente? Se o povo de São Paulo, os primeiros 120 mil, vão se submeter aos testes cobaias dessa suposta vacina?

Quando será feita investigação pela a Polícia Federal nesse contrato milionário, sem licitação, entre o governo João Dória e a China.

Informações do G1SP

Faculdade realiza Natal Solidário em prol das crianças atendidas na LBV

Ação beneficiará a Legião da Boa Vontade (LBV), que cuida de crianças carentes da cidade

Com a proposta de celebrar as festas de fim de ano com muita solidariedade, a Faculdade UNINASSAU Natal estimula o bem com a realização de mais um Natal Solidário. Alunos, docentes e funcionários da Instituição se unem na arrecadação de brinquedos e material escolar para crianças carentes do município.  

As doações podem ser feitas na unidade da Instituição, localizada em Natal. Qualquer pessoa poderá se dirigir ao local. Basta escolher uma cartinha da árvore de Natal e depositar o donativo na estrutura localizada na entrada da Instituição, onde os voluntários responsáveis pelo recebimento seguirão todas as normas de segurança para evitar aglomerações.

A campanha ocorre entre os dias 04 de novembro e 03 de dezembro. Já a entrega acontecerá em dezembro, próximo a véspera de Natal. Na ocasião, estarão presentes representantes UNINASSAU e da Legião da Boa Vontade (LBV), que será contemplada com os donativos.

 O Natal Solidário é uma ação que faz parte do calendário anual de atividades da Instituição e tem como objetivo incentivar o voluntariado e a solidariedade dos alunos da UNINASSAU.

 “Nossas preocupações vão além de formar um bom profissional. Queremos incentivar sempre as boas ações em prol da nossa comunidade”, destaca o diretor da Faculdade, André Lemos. “A intenção é criar o espírito de solidariedade na comunidade acadêmica”, explica.  

Corpos de família morta em desabamento de falésia são enterrados em Pipa

Corpos de família que morreu em desabamento de falésia são enterrados em Pipa — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi
Corpos de família que morreu em desabamento de falésia são enterrados em Pipa — Foto: Kléber Teixeira/Inter TV Cabugi

Os corpos da família que morreu soterrada após parte de uma falésia desabar na praia de Pipa foram enterrados nesta quarta (18), por volta das 10h, no cemitério público de Tibau do Sul.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol, de 7 meses, aproveitavam um dia de folga nesta terça (17) na praia de Pipa quando parte de uma falésia desabou sobre eles. Os três morreram na hora. O cachorro da família, que estava com eles, também morreu.

“Eles eram muito alegres, uma família muito feliz. Hugo era um homem maravilhoso que cuidava muito bem de Stella e de Sol, eles se amavam muito. Eram pessoas que só deixaram felicidade”, disse a mãe de Stella, Sânzia Maria.

“A família está destruída. Foi uma fatalidade. Ninguém poderia esperar que isso acontecesse. Os dois partiram muito cedo, mas deixaram a consciência em cada um dos que ficaram de que eles viveram bem, aproveitaram a vida e que nós saibamos também aproveitar a vida”, disse Éder Jofre, primo de Stella.

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol de Souza, de 7 meses, morreram no local — Foto: Arquivo pessoal

Stella Souza, de 33 anos, Hugo Pereira, de 32, e o filho deles, Sol de Souza, de 7 meses, morreram no local — Foto: Arquivo pessoal

Hugo Pereira era paulista e morava em Pipa há pouco mais de dois anos. O pai dele chegou a Pipa na noite de terça, mas não quis falar com a imprensa. Pedro Holanda, gerente do hotel onde Hugo trabalhava, lamentou a morte do amigo e disse que ele era “uma alma especial”.

“O Hugo era um ser humano espetacular, sempre com um sorriso no rosto, alto astral, estava muito feliz de ser pai. Era um cara muito família, gostava muito de animais, da natureza. Era um ser humano iluminado. A gente fica consternado, sem entender o porquê de tudo isso estar acontecendo”, disse Pedro.

G1RN

Em comemoração, eleitores dão bebida alcoólica a tatu-bola no Ceará

Polícia investiga caso de maus-tratos contra animais durante comemoração nas eleições de Caridade, no Ceará — Foto: Reprodução
Polícia investiga caso de maus-tratos contra animais durante comemoração nas eleições de Caridade, no Ceará — Foto: Reprodução

A Polícia Civil investiga maus-tratos sofridos por um tatu-bola no Ceará. Os registros em vídeo compartilhados nas redes sociais mostram uma mulher, moradora da cidade de Caridade, no interior do estado, dando bebida alcoólica ao animal. O ato foi filmado durante comemoração da vitória da prefeita eleita do município, no domingo (15).

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública, a Delegacia Regional de Canindé investiga caso. A mulher que aparece no vídeo segurando o tatu-bola já foi identificada, segundo o órgão.

Fernando Moretto Nachtigall, titular da delegacia, afirma que a polícia tomou conhecimento do caso na noite de segunda-feira (16), a partir das postagens em redes sociais. “A gente já identificou todos os responsáveis, todos eles vão ser conduzidos a essa delegacia, ouvidos e responsabilizados pelos seus atos”, diz o delegado.

leitores também são vistos segurando e balançando o animal enquanto festejam os resultados da eleição.

‘Doentio que alguém ache engraçado’

A ativista da causa animal Luisa Mell compartilhou o vídeo em seu perfil do Instagram. “É tanta maldade que me faltam palavras. É doentio que alguém ache isso engraçado”, diz na legenda da postagem.

Procurada pelo G1, a campanha da prefeita eleita afirmou que ela não estava em nenhuma das comemorações. A reportagem pediu posicionamento oficial de Simone, mas ainda não obteve retorno.

G1CE

Parte de falésia desaba sobre pessoas em Pipa; 3 morrem, diz PM

Falésia que desabou sobre frequentadores da praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, na tarde desta terça-feira (17). — Foto: Arquivo pessoal

Falésia que desabou sobre frequentadores da praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, na tarde desta terça-feira (17). — Foto: Arquivo pessoal

Três pessoas morreram após parte de uma falésia desabar no início da tarde desta terça-feira (17) na Praia de Pipa, um dos principais destinos turísticos do Rio Grande do Norte.

As vítimas são um homem, uma mulher e uma criança de idade ainda não conhecida, todos da mesma família, segundo a Polícia Militar.

A praia de Pipa fica em Tibau do Sul, a cerca de 100 km de Natal.

Esta reportagem está em atualização.

Praia de Pipa, logo depois do desabamento de parte de uma falésia. — Foto: Arquivo pessoal

Praia de Pipa, logo depois do desabamento de parte de uma falésia. — Foto: Arquivo pessoal

G1RN

Mulher fica ferida após batida e capotamento de carro em cruzamento de avenidas em Natal

Carro capotou no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Nascimento de Castro, em Natal — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi
Carro capotou no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Nascimento de Castro, em Natal — Foto: Geraldo Jerônimo/Inter TV Cabugi

Um carro capotou e uma mulher ficou ferida em uma batida que aconteceu por volta das 8h40 nesta sexta-feira (13) no cruzamento das avenidas Prudente de Morais e Nascimento de Castro, em Natal. A suspeita é de que um dos motoristas ultrapassou o sinal vermelho.

A Polícia Rodoviária Estadual foi ao local para fazer o registro. A condutora de um dos carros foi atendida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada, consciente, ao Hospital Walfredo Gurgel, segundo um familiar que foi ao local.

O motorista do veículo que capotou teve arranhões leves na perna, mas permaneceu no local, onde prestou depoimento aos policiais rodoviários estaduais.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual, a suspeita inicial é de que a mulher conduzia o carro modelo Honda Fit na avenida Prudente Morais e ultrapassou o sinal vermelho, batendo no veículo modelo Tracker que passava pela Nascimento de Castro.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Prazo para pagar penúltima parcela do IPVA 2020 vence segunda (16)

Prazo para pagamento da penúltima parcela do IPVA 2020 vence na próxima segunda (16). — Foto: SET-RN/Divulgação
Prazo para pagamento da penúltima parcela do IPVA 2020 vence na próxima segunda (16). — Foto: SET-RN/Divulgação

O prazo para o pagamento da quarta parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 2020 termina na próxima segunda-feira, 16 de novembro. Essa é a penúltima parcela do imposto, que teve o prazo de vencimento adiado do primeiro para o segundo semestre deste ano em função da pandemia.

A regra é válida para todos os automóveis, motocicletas e demais veículos cujos proprietários optaram pelo parcelamento. O vencimento desse boleto independe do número final da placa.

A guia de pagamento pode ser gerada de duas formas: pelo aplicativo Nota Potiguar ou pelo site do Detran-RN, pela opção “consulta de veículos e boletos”. O pagamento pode ser realizado nas agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, correspondentes Pagfácil, Lotéricas, Caixas Eletrônicos e Internet Banking.

Os contribuintes que começaram a pagar as parcelas no primeiro semestre mas não conseguiram quitá-las, podem retomar o pagamento de acordo com o novo calendário, que vai até 15 de dezembro, sem acréscimos.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Reconecta: Inclusão de pessoas com deficiência é tema de evento virtual que ocorre entre os dias 3 e 5 de dezembro

Essa será a primeira edição nacional da iniciativa, que contará com atividades e debates ligados a temas como emprego, saúde, moradia e educação de pessoas com deficiência

Brasília (DF) – Com o objetivo de ampliar e fortalecer o processo de inclusão e visibilidade das pessoas com deficiência nos mais variados segmentos da sociedade, o Ministério Público do Trabalho (MPT) realizará entre os dias 3 e 5 de dezembro a Conferência e Exposição Nacional de Inclusão e Acessibilidade (Reconecta). No primeiro dia de evento, as atividades ocorrerão das 9h às 21h e, nos dois dias seguintes, a programação será das 10h às 21h. Essa é a primeira edição nacional e virtual do evento, que contará com diálogos sobre temas como emprego, saúde, moradia, educação, inovações em tecnologia assistiva e pesquisas científicas nos diferentes domínios de vida das pessoas com deficiência. Além disso, o Reconecta disponibilizará em seu site oficial um mural de vagas de emprego para pessoas com deficiência. O evento é gratuito e será transmitido no canal do MPT no Youtube e acessado por meio do site oficial. No portal do Reconecta, também será possível encontrar documentos referentes às atividades bem como a programação de cada uma das três salas de transmissão.

Por meio de debates, workshops e atividades culturais, esportivas e de lazer, a programação do Reconecta 2020 irá abordar diversos aspectos da vida política, social, econômica e cultural das pessoas com deficiência.

A mesa de abertura ocorrerá no dia 3, às 9h. Dentre outras atividades, será promovida no dia 3 de dezembro uma mesa de diálogos sobre desenho universal, acessibilidade e adaptação razoável. Na mesma data, serão debatidos temas como reserva de cargos, acessibilidade e aprendizagem e será realizado workshop sobre emprego apoiado. O segundo dia (4) do evento terá salas de diálogos sobre reconhecimento da capacidade civil e avaliação biopsicossocial. No terceiro e último dia do Reconecta (5), será realizada palestra sobre educação inclusiva.

De acordo com a vice-procuradora-geral do MPT, Maria Aparecida Gugel, o MPT deseja construir parcerias permanentes com as organizações da sociedade civil, que defendem os direitos humanos das pessoas com deficiência, as empresas que contratam trabalhadoras e trabalhadores com deficiência e/ou reabilitadas pelo INSS, e o Poder Público. “O objetivo dessa construção de parcerias é enaltecer as boas práticas de inclusão, além de integrar os diferentes setores e serviços. As empresas poderão apresentar suas boas práticas e divulgar vagas de emprego para pessoas com deficiência e/ou reabilitadas pelo INSS no portal do evento do Reconecta”, destacou a vice-PGT.

Programação das regionais – Durante o evento, algumas regionais do MPT também terão sua própria programação com a participação de entidades e órgãos locais que são parceiros na luta pelos direitos das pessoas com deficiência bem como de representantes do setor empresarial. O MPT em Campinas, por exemplo, contará com as palestras “Olhar inclusivo na contratação do trabalhador com deficiência” e “Acessibilidade no ambiente de trabalho – Aspectos legais”. Além disso, haverá a apresentação de boas práticas empresariais da Padaria Real, rede do município de Sorocaba (SP) premiada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que conta com grande número de pessoas com deficiência em seu quadro de funcionários. “A gente espera com isso trazer concentração para que as empresas de fato comecem a enxergar essas pessoas como profissionais competentes, como pessoas que vão entrar para contribuir com a empresa. Assim, dando acessibilidade, o cumprimento da cota se torna apenas uma consequência, explicou a procuradora do MPT em Campinas Daniele Masseram.

O MPT no Espírito Santo (MPT-ES) preparou uma programação diversificada que inclui palestras sobre acessibilidade, benefícios previdenciários e equoterapia e também atividades culturais, como a contação de histórias em quadrinhos. Outro destaque da programação do MPT-ES é a apresentação do projeto Cadastro Unificado de Dados das Pessoas com Deficiência no estado do Espírito Santo (Cadef). Estão previstas ainda oficinas de artesanato e de elaboração de currículo. De acordo com a procuradora do MPT-ES Thaís Borges da Silva, o objetivo dessas atividades é fomentar o debate de temas de interesse das pessoas com deficiência e, assim, buscar contribuir para sua inclusão efetiva na sociedade.

A programação completa do evento será divulgada em breve.

Mural de vagas de emprego – Durante o Reconecta, o site oficial do evento disponibilizará um mural com vagas de emprego destinadas a pessoas com deficiência e/ou reabilitados pelo INSS. Empregadores e empregadoras interessados em divulgar as vagas têm até o dia 20 de novembro para enviar ao e-mail reconecta2020.vagas@mpt.mp.br a ficha de inscrição presente no edital bem como cópias de documentos. Clique aqui para acessar o edital.

Sobre o evento – O Reconecta foi lançado em 2018 pelo MPT no Espírito Santo (MPT-ES) como uma iniciativa de âmbito estadual. O evento promoveu ambiente de intensa imersão ao mundo das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida e contribuiu na ampliação do debate sobre inclusão e acessibilidade. O sucesso tanto dessa edição quanto da edição realizada em 2019 no estado fez com que o Reconecta se tornasse uma iniciativa nacional em 2020.

Legislação – A ideia de criar o Reconecta surgiu da necessidade de incluir pessoas com deficiência no mercado de trabalho por meio da Lei nº 8.213. Popularmente conhecida como Lei de Cotas, foi criada em 1991 e tem como objetivo assegurar o direito ao trabalho às pessoas com deficiência.

A lei obriga empresas a contratar um percentual que varia de 2% a 5% de pessoas com deficiência. Apesar de ter sido criada em 1991, sua regulamentação e fiscalização só ocorreu em 2000. De acordo com a legislação, empresas com 100 ou mais funcionários devem contratar pessoas reabilitadas ou com deficiência.

A porcentagem depende do número de empregados de cada empresa. Por exemplo, empresas que possuem entre 100 e 200 empregados são obrigadas ter em seu quadro 2% de funcionários que sejam pessoas com deficiência. Já em organizações com um número de 201 a 500 trabalhadores, esse percentual sobe para 3%. Quando composta por 501 a 1.000 funcionários, a empresa deve ter em seu quadro de funcionários 4% de trabalhadores com deficiência. Grandes empresas com mais de mil colaboradores devem ter 5% de pessoas com deficiência em seu quadro de trabalhadores.

Dia Internacional da Pessoa com Deficiência – A primeira edição nacional e virtual do Reconecta terá início no Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, celebrado em 3 de dezembro. A data foi instituída em 1992 com o intuito de conscientizar e sensibilizar a sociedade sobre assuntos ligados a esse público e promover a mobilização pela defesa da dignidade, dos direitos e do bem-estar das pessoas com deficiência.

Dados – Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), um em cada quatro brasileiros tem algum tipo de deficiência, desde as mais simples até as mais severas. Nesse contexto, o MPT atua para garantir o cumprimento da chamada “Cota Legal”, prevista no Art. 93 da Lei nº 8.213/91 (Lei de Cotas). De 2014 a 2020, o MPT ajuizou 1.068 ações civis públicas, firmou 966 termos de ajuste de conduta (TACs) e expediu 116.057 ofícios, notificações e requisições para garantir esse direito às pessoas com deficiência.

Em 2016, um levantamento do Ministério do Trabalho demonstrou que, caso as empresas seguissem a lei, pelo menos 827 mil postos de trabalho estariam disponíveis para pessoas com deficiência. Apesar disso, pouco mais de 360 mil vagas haviam sido criadas naquele ano. Em 2017, esse número teve crescimento baixo e chegou a 403 mil, alcançando a marca de 486 mil em 2018.