Category: Notícias

TV Assembleia vence prêmio de jornalismo do Ministério Público

A TV Assembleia foi a grande vencedora, na categoria telejornalismo, da premiação do Ministério Público do Rio Grande do Norte que elegeu os melhores trabalhos da imprensa relacionados à instituição em 2016.

Com a matéria “100 anos da ponte dos ingleses”, o repórter Mateus Magalhães desnudou a história do primeiro equipamento férreo que uniu a zona norte de Natal ao resto da cidade. Atualmente, a ponte ferroviária, paralela à ponte de Igapó, se deteriora sob sol, brisa e a maresia do rio Potengi.

::: CONFIRA AQUI A REPORTAGEM:::

“Não esperava arrematar o primeiro lugar. Acreditava no potencial de ser finalista. Eu assisti a matéria, sabia que estava boa, por uma soma de esforço, do motorista da equipe à edição. Mas como o foco da matéria não era a atuação do Ministério Público, eu não acreditava que a gente iria ganhar. Foi uma grata surpresa”, comemorou o repórter Mateus Magalhães. São ainda coautores da reportagem João Gonçalves da Silva, Edson Alves Bezerra e Sérgio Murilo de Faria.

Além de contar a história da obra, situando o contexto econômico que a demandou – escoação da cana-de-açúcar e do sal – a reportagem recorre a elementos populares como as lendas que surgiram no entorno da obra e situa o equipamento no tempo atual destacando o descaso do poder público, a quem o Ministério Público do Rio Grande do Norte recomendou a restauração pelo inegável valor histórico.

Não é a primeira vez que a TV Assembleia arremata o prêmio do Ministério Público.
Em 2011, Aa jornalista Larisse de Souza, venceu na categoria telejornalismo, com uma edição do programa Cidadão do Futuro, abordando a temática das drogas na infância e adolescência.

Veja a lista com os premiados em todas as categorias:

VENCEDORES

MENÇÃO HONROSA

Menção honrosa a Marco Escobar, da Uern TV, com a matéria Educação Infantil.

Menção honrosa ao Novo Jornal pelo projeto Master Foca.

ESTUDANTE

Categoria Estudante: 1º lugar: Danielly Costa (Novo Jornal) com a matéria “Adoção, amor além da escolha”.

Matéria teve como coautores Alessandra Imperial, Jaqueline Barbosa, Sillas D’Nóbrega, Nathália Gomes.

Categoria Estudante: 2º lugar: Wallace Maxsuel de Azevedo (Novo Jornal) com a matéria “Transparência opaca”.

Categoria Estudante: 3º lugar: Iago Matheus C. X. Cruz (Novo Jornal) com a matéria “Consórcio como solução pode acabar com lixões”.

Coautores foram Ana Paula de Freitas G. Mafra, Andréa Ferreira da C. Figueiró, Daltro R. Emerenciano e Débora Anne L. do Nascimento.

WEBJORNALISMO

Webjornalismo: 1º lugar: Francisco Ricardo S. de Araújo (Tribuna do Norte). “Canto das Marias – História de violência contra mulher”.

Webjornalismo: 2º lugar: Frederico Augusto da S. Carvalho (G1). “Desvio no Idema chegam a R$ 35 milhões, aponta relatório do TCE/RN”.

Webjornalismo: 3º lugar: Anderson da Silva Simões Barbosa (G1). “Operação combate facção que age dentro dos presídios do RN”.

RADIOJORNALISMO

Radiojornalismo: 1º lugar: Mallyk Nagib Gonçalves de Sousa (CBN). “UBER x Táxi em Natal”

Radiojornalismo: 2º lugar: Ciro Pereira Revoredo Marques (96 FM). “Trânsito de carroças em Natal”

Radiojornalismo: 3º lugar: Roberta Caroça Seixas (CBN). “Transformando Destinos e as estratégias de enfrentamento às drogas”

JORNALISMO IMPRESSO

Jornalismo impresso: 1º lugar: Norton Rafael Neves de Amorim (Novo Jornal). “S.F.S, 15 anos, estuprada pelo padrasto até engravidar”

Jornalismo impresso: 2º lugar: Cledivânia Pereira Alves/Aura Mazda (Tribuna do Norte). “AL triplicou vagas de comissionados em 5 anos”

Jornalismo impresso: 3º lugar: Arthur Barbalho Braz (Tribuna do Norte). “Fraudes em Parnamirim ocorreram entre 2009/15”.

TELEJORNALISMO

Telejornalismo: 1º lugar: Matheus Azevedo Magalhães (TV Assembleia). “100 anos da ponte dos ingleses”.

#MPRN A matéria que ficou na 1ª colocação teve como coautores João Gonçalves da Silva, Edson Alves Bezerra e Sérgio Murilo de Faria.

Telejornalismo: 2º lugar: Roberta Caroça Seixas (TV Tropical). “MP no combate à violência contra a mulher”

Telejornalismo 3º lugar Victor Ferreira de Lima (TV Ponta Negra). Mulheres buscam apoio para romper com o ciclo da violência doméstica

#MPRN A matéria que ficou na 3ª colocação teve como coautor Francisco Ricardo Silva de Araújo.

FOTOJORNALISMO

Fotojornalismo: 1º lugar: Magnus Teixeira do Nascimento (Tribuna do Norte). “Por medo, hospitais fecham prontos-socorros ao público.

Temer manda pacote da perversidade contra trabalhador para o congresso

Michel Temer áudio vaza impeachment
O vice-presidente Michel Temer (Imagem: Murillo Constantino)

O presidente Michel Temer mandou hoje, 06, o pacote da perversidade contra a Previdência Social – INSS- para a aprovação no congresso. No pacote a exigências são descabidas, onde se exige um tempo mínimo de contribuição de 49 anos, para se aposentar aos 65 anos, e receber o salário integral, ou o teto máximo que é menos de R$ 6 mil reais. Isso valendo para homens  e mulheres.

Nestas medidas, o trabalhador terá que começar a contribuir ainda aos 16 anos que somando aos 49 anos que Temer quer, vai dá igual aos 65 anos.

O tempo mínimo de contribuição que hoje é de 15 anos, passará para 25 anos. Neste caso o trabalhador terá que se contentar com um salário mínimo.

As pensões por morte é de 50% do salário do falecido, mais 10% por cada membro da família.

O Brasil disse fora PT, fora Dilma.

Agora terá que dizer fora Temer, fora Renan, fora PMDB!

O povo brasileiro não pode engolir calado esse pacote da maldade sem se manifestar.

Em 2018, precisamos votar contra cada deputado federal e senador que aprovar e apoiar esse pacote da perversidade contra os brasileiros.

Auditores param atividades em Natal por 24h por causa de atrasos salariais

whatsapp_image_2016-12-06_at_10-35-58
Paralisação é protesto contra atraso dos salários (Foto: ASAN/Divulgação)

Os auditores fiscais do município de Natal paralisam as atividades por 24 horas nesta terça-feira (6). A parada é um protesto contra os atrasos de salários por parte da Prefeitura de Natal que ainda não efetuou o pagamento do mês de outubro dos servidores que recebem acima de R$ 7 mil. A Prefeitura de Natal informou que os pagamentos serão efetuados na próxima sexta-feira (9).

Em nota, a Associação dos Auditores Fiscais do Município de Natal (ASAN) ressaltou que os repasses de FPM e ICMS para a Prefeitura de Natal tiveram um aumento de 40,86% – acima da inflação dos últimos 12 meses – em novembro de 2016 em relação a novembro de 2015. “Além disso, a arrecadação própria do município (IPTU, ISS) vem apresentando constantes aumentos no decorrer de 2016, o que revela que a crise nas finanças municipais não é fruto de queda de arrecadação”, diz o documento.

Ainda de acordo com a nota, os auditores lamentam “a falta de diálogo e transparência por parte da gestão municipal e paralisam as atividades nesta terça (6) com o objetivo de cobrar uma solução da prefeitura em relação ao pagamento dos salários”.

Apagão deixa no escuro 33 municípios do Oeste Potiguar

b86894eabb5193d980339d680f3b2ee1-e1454021395706

Mossoró e outros 32 municípios do Oeste Potiguar ficaram sem energia elétrica na madrugada desta terça-feira (6). Foram duas as interrupções no fornecimento de energia: a primeira, das 2h52 às 3h25, durou 33 minutos; a segunda, das 5h21 às 5h37, 16 minutos. A falta de luz afetou 241.745 propriedades da região.

Segundo a Companhia Energética, a falta de energia foi provocada por um problema ocorrido durante a madrugada na Subestação Mossoró II, da Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf), que alimenta 14 das suas subestações. Em nota à imprensa, a Cosern declarou que a Chesf está apurando as causas do problema.

Os municípios afetados foram: Mossoró, Tibau, Baraúnas, Grossos, Areia Branca, Porto do Mangue, Serra do Mel, Governador Dix-Sept Rosado, Upanema, Campo Grande, Triunfo Potiguar, Paraú, Janduís, Messias Targino, Apodi, Felipe Guerra, Severiano Melo, Riacho da Cruz, Itaú, Taboleiro Grande, Rodolfo Fernandes, Umarizal, Olho D’Água do Borges,Viçosa, Caraúbas, Almino Afonso, Rafael Godeiro, Patu, Lucrécia, Martins, Serrinha dos Pintos, Frutuoso Gomes e Antônio Martins.

Jorge Viana vê ‘crise institucional gravíssima’ após afastamento de Renan

Senadores Jorge Viana (PT-AC) e Renan Calheiros (PMDB-AL) no Senado: times de futebol pedem ajuda

O Vice-presidente do Senado, Jorge Viana (PT-AC), avaliou na noite desta segunda-feira (5) que o país vive uma “crise institucional gravíssima” após o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello afastar do comando da Casa o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) – assista no vídeo acima.
Na decisão, Marco Aurélio atendeu a um pedido da Rede Sustentabilidade. O partido argumentou que a maioria dos ministros do STF já decidiu que um réu não pode ocupar um cargo na linha sucessória da Presidência da República.

Na semana passada, Renan se tornou réu em uma ação no Supremo.

“Eu não posso e não devo ter ideia [sobre o que irá fazer na presidência do Senado]. É uma situação muito grave, é uma crise institucional gravíssima que o país está vivendo”, afirmou Jorge Viana, que comandará o Senado com o afastamento de Renan.

Logo após dar a declaração sobre a “crise institucional”, Jorge Viana afirmou que não faria mais comentários sobre a decisão do ministro Marco Aurélio Mello, alegando não ter sido comunicado oficialmente sobre o asssunto.

“Nós não fomos comunicados oficialmente. Eu não também açodando comentar algo. É uma decisão muito séria do Supremo, nós temos ver como é que faz”, limitou-se a dizer o parlamentar.

Questionado, então, sobre se haverá votações no Senado nesta terça (6), Jorge Viana respondeu: “Aí, tem que perguntar para o presidente Renan”.

Ao sair da reunião com parte da bancada do PT, Viana se dirigiu à residência oficial do Senado, onde estava Renan Calheiros.

 

Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/jorge-viana-ve-crise-institucional-gravissima-com-afastamento-de-renan.ghtml

Defesa diz que pena de Elize foi alta; acusação queria mais

Elize Matsunaga é condenada a 19 anos e 11 meses pelo assassinato do marido em São Paulo MARCELO GONCALVES/SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Foto: MARCELO GONCALVES / SIGMAPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

A condenação de Elize Matsunaga a 19 anos, 11 meses e um dia de prisão foi recebida pela sua defesa como excessiva. Já o Ministério Público estuda recorrer da decisão, por acreditar que poderia ser maior. A condenação se deu por júri popular e o juiz Adilson Paukoski proferiu a decisão às 2h08 desta segunda-feira, depois de sete sessões de julgamento, iniciado na segunda-feira passada.

No entendimento dos jurados, Elize matou e esquartejou o corpo do marido Marcos Matsunaga, 42 anos, em maio de 2012. Depois de disparar um tiro na cabeça de Marcos, no apartamento do casal, ela foi condenada pela destruição e ocultação do cadáver, que foi esquartejado em sete partes.

O advogado de Elize, Luciano Santoro, afirmou que o resultado em si foi bom, porque duas qualificadoras, que poderiam aumentar ainda mais a pena, foram descartadas pelos jurados.

Das três qualificadoras contidas na denúncia, apenas uma foi aceita: a de recurso que impossibilitou a defesa da vítima (tiro a curta distância, de cima para baixo). As outras duas, motivo torpe (vingança por traição e interesse financeiro) e meio cruel (degola da vítima ainda em vida) foram rechaçadas pelos jurados.

“Infelizmente a pena aplicada pelo juiz não refletiu a decisão dos jurados. Ele subiu demasiadamente essa pena. Não haveria a menor necessidade”, disse Santoro.

A estimativa é a de que Elize precise cumprir ao menos dois quintos da pena para progredir para o regime semiaberto. Isso significa que seriam necessários pelo menos oito anos em regime fechado.

Desse tempo, ela já cumpriu quatro anos e meio de prisão e teria cerca de mais um ano e meio de remissão, pelo trabalho realizado no cárcere. Com isso, ela ainda terá de cumprir pelo menos mais dois anos, antes de seguir para o semiaberto.

De acordo com o advogado, sua cliente se mostrou feliz com o afastamento das duas qualificadoras, mas um pouco decepcionada com o tamanho da pena.

Já Para o promotor de Justiça José Carlos Cosenzo, essa pena poderia ser pelo menos cinco anos maior. Ele disse que vai se reunir com o advogado da família, Luiz Flávio Borges D’Urso para estudar um possível recurso.

“Pretendíamos que reconhecem o homicídio qualificado, que conseguimos, além da ocultação e a destruição de cadáver. Duas qualificadoras, por um voto, não foram reconhecidas. Foi um julgamento a meu ver muito justo. Ela merecia aquilo que a sociedade reconheceu”.

Ele avalia que mesmo com um eventual recurso, a pena não seria muito maior. “É uma questão de analisar. Eu não estou satisfeito. O que nós dizíamos é que ela cometeu um crime hediondo. A meu ver a pena deveria ser no patamar de no mínimo 19 anos e no máximo 25. Mas foi uma boa decisão”.

D’Urso disse que foi feita Justiça, na visão da família de Marcos. “Não para punir a Elize, mas para punir a sua conduta. Elize vai poder inclusive ver a Helena, sua filha, que hoje está com cinco anos”. Desde a prisão a mãe não voltou a ver a menina.

Fonte: https://noticias.terra.com.br/brasil/policia/defesa-diz-que-pena-de-elize-foi-excessiva-acusacao-estuda-recurso,693310987fa8b92f91e01a04a64a90c561c98k49.html

Comoção, luto e aplausos: Gil volta a Nova Cruz para seguir na eternidade

RN - velório Gil Chapecoense Nova Cruz (Foto: Andrea Tavares/GloboEsporte.com)
Segundo a PM, mais de 10 mil pessoas estiveram no velório e enterro de Gil (Foto: Andrea Tavares/GloboEsporte.com)

Comoção, luto e aplausos. A cidade de Nova Cruz, distante a 93 Km de Natal, viveu um dia de luto. O velório e o sepultamento do volante Gil, que morreu no trágico acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, a caminho de Medellín, na Colômbia, causou um clima de consternação nos moradores da pequena cidade do interior do Rio Grande do Norte. Amigos, familiares, ex-companheiros de clubes pelos quais Gil jogou e uma multidão estiveram no ginásio Giovanna de Azevedo Targino para dar o último adeus e homenagear o jogador, que aos 29 anos, deixa mulher e duas filhas, um de cinco e outra de três anos.

O dia foi de expectativa para a chegada do corpo de Gil. Em voo comercial, o desembarque em Natal aconteceu por volta das 13h30. Do Aeroporto Internacional Aluízio Alves, o cortejo partiu para Nova Cruz. Quase quatro horas, uma multidão aos prantos estava aguardando o ex-jogador. A família foi a primeira a entrar no ginásio e ficou em profundo choro por cerca de uma hora. Logo depois, os portões foram abertos para a comoção da população novacruzense.

Às 19h, o corpo foi retirado do ginásio municipal e levado em cortejo fúnebre em um carro do Corpo de Bombeiros. A emoção tomou conta da cidade, que lavou as ruas até o cemitério público com as lágrimas de dor pela perda do filho mais ilustre.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/rn/noticia/2016/12/comocao-luto-e-aplausos-gil-volta-nova-cruz-para-seguir-na-eternidade.html

 

Criminosos atacam DP e ateiam fogo em ônibus na Grande Natal

Ônibus incendiado por criminosos em Parnamirim, RN (Foto: Reprodução)
Ônibus incendiado por criminosos em Parnamirim, RN (Foto: Reprodução)

Pelo menos dois ataques criminosos foram registrados na noite deste domingo (4) em Natal e em Parnamirim, cidade vizinha à capital do Rio Grande do Norte. Uma delegacia de Polícia Civil e um ônibus foram os alvos dos atentados, que são confirmados pela polícia.

A 7ª DP, no bairro das Quintas, na Zona Oeste de Natal, foi atacada com tiros e um carro da polícia também foi atingido pelos disparos. Em Parnamirim, os criminosos obrigaram os passageiros, motorista e cobrador de um ônibus da linha J a descerem do veículo, que acabou incendiado em frente ao ginásio de esportes de Passagem de Areia, bairro da cidade. Esse ataque foi filmado pelos marginais. O vídeo circula em redes sociais. Na filmagem, os bandidos, por diversas vezes, gritam o nome da facção criminosa que reivindica o atentado.

A polícia não confirma com exatidão os horários dos ataques e ainda não afirma que os dois crimes têm relação. No ataque à delegacia, o carro da polícia acabou atingido. Ninguém ficou ferido. No atentado ao ônibus, é possível ver na gravação que as pessoas que estavam no veículos se desesperam. Pelo menos sete criminosos participam da ação. Não há registro de feridos, segundo a polícia.

Ataques em julho e agosto
No final de julho, o RN sofreu pelo menos 118 ataques criminosos em 42 cidades, segundo a Secretaria Estadual de Segurança Pública. O primeiro aconteceu no dia 29, quando um micro-ônibus foi incendiado em Macaíba, cidade da Grande Natal. Ainda segundo a Sesed, à época, 112 pessoas foram presas suspeitas de envolvimento nos crimes. A instalação de bloqueadores de celular na Penitenciária de Parnamirim, feita no dia 28 de julho, é apontada pelo governo do estado como a principal motivação para os ataques.

Militares nas ruas
A série de ataques acabou provocando a vinda de homens das Forças Aramadas ao Rio Grande do Norte. Ao todo, 1.200 militares do Exército, Marinha e Aeronáutica se integraram às forças de segurança pública estaduais no combate aos ataques criminosos que ocorreram na capital e em cidades do interior.

Transferências
Apontados como chefes da facção, 21 detentos foram transferidos para as penitenciárias federais de Catanduvas (PR), Campo Grande (MS) e Porto Velho (RO). Outros cinco presos, também apontados como chefes da facção, foram transferidos no início do mês para a Penitenciária Federal de Mossoró.

Fonte: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2016/12/criminosos-atacam-dp-e-ateiam-fogo-em-onibus-na-grande-natal-video.html

Manifestações a favor da Lava Jato reúnem milhares de pessoas neste domingo

As manifestações a favor da Operação Lava Jato e contra a corrupção neste domingo (4) aconteceram de forma pacífica e reuniram milhares de pessoas em todos os 26 estados mais o Distrito Federal. Até as 20h50, os atos foram registrados em 82 cidades e haviam mobilizado 75 mil pessoas, segundo a Polícia, e 487 mil, segundo organizadores. Veja o mapa das manifestações

Manifestantes protestam na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo (4), em apoio à operação Lava Jato e contra as mudanças no projeto de lei que trata das 10 medidas de combate à corrupção (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo)
Manifestantes protestam na Avenida Paulista, em São Paulo, na tarde deste domingo (4), em apoio à operação Lava Jato e contra as mudanças no projeto de lei que trata das 10 medidas de combate à corrupção (Foto: Cris Faga/Fox Press Photo/Estadão Conteúdo)

As maiores manifestações ocorreram em São Paulo e no Rio de Janeiro. Na capital paulista, os atos ocuparam a avenida Paulista e reuniram aproximadamente 15 mil pessoas, segundo a Polícia Militar. No Rio, PM e organizadores não informaram o número de participantes.

Vestidos principalmente de verde e amarelo, os manifestantes defenderam, entre outros, as dez medidas contra a corrupção propostas pelo Ministério Público Federal. Alguns seguraram faixas em defesa da operação Lava Jato e do juiz Sérgio Moro.

Os alvos principais do protesto foram os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Renan foi criticado por tentar acelerar a aprovação do projeto que muda a lei do abuso de autoridade, que contrariou juízes e procuradores da Operação Lava Jato, e por ter colocado em votação 10 medidas contra a corrupção que desfiguraram o pacote original. O presidente Michel Temer foi poupado.

Em notas separadas divulgadas durante a tarde, Renan disse que as manifestações são “legítimas” e “devem ser respeitadas”, Maia informou que a Casa “recebe com atenção e respeito” as manifestações ocorridas neste domingo, e Temer considerou os atos como “comportamento exemplar” e disse que “demonstra o respeito cívico que fortalece ainda mais nossas instituições”.

Fonte: http://g1.globo.com/politica/noticia/manifestacoes-a-favor-da-lava-jato-e-contra-a-corrupcao-ocorrem-em-todo-o-pais.ghtml

Adolescente de 16 anos é suspeito de matar empresário em Natal

José Rosemberg Saldanha, de 55 anos, (Foto: Arquivo Pessoal)
José Rosemberg Saldanha(Foto: Arquivo Pessoal)

Um homem de 23 anos foi preso e um adolescente de 16 apreendido na noite desta quinta-feira (1º) suspeitos de envolvimento na morte do empresário José Rosemberg Saldanha, de 55 anos.

Dono de uma pousada e um balneário na cidade de Lagoa Nova, na região Seridó portiguar, o empresário foi morto na noite da terça-feira (29) dentro de uma caminhonete em frente a um condomínio no conjunto Cidade Satélite, na Zona Sul de Natal.

De acordo com a Polícia Civil, o homem preso já tem passagem por roubo. O caso é investigado pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

O crime
Ex-vereador e dono de uma pousada e um balneário na cidade de Lagoa Nova, José Rosemberg Saldanha foi morto com um tiro na cabeça. O crime aconteceu por volta das 21h30 da terça-feira (29) em frente ao condomínio Vitta, em Cidade Satélite.

Fonte: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2016/12/adolescente-de-16-anos-e-suspeito-de-matar-empresario-em-natal.html

Polícia Federal cumpre 13 mandados de condução coercitiva na 8ª fase da Zelotes

Resultado de imagem para PF na operação zelote

A Polícia Federal (PF) cumpre 13 mandados de condução coercitiva na 8ª fase da Operação Zelotes deflagrada hoje (1º). Cerca de 100 agentes cumprem ainda 21 mandados de busca e apreensão nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco.

A operação investiga a manipulação de processos no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) – órgão colegiado do Ministério da Fazenda, última instância administrativa dos processos fiscais. É a ele que os contribuintes recorrem para contestar multas.

Nesta etapa, a PF apura a atuação de um grupo criminoso que teria agido em conluio com um conselheiro do colegiado e uma instituição financeira para interferir em processos administrativos fiscais entre 2006 e 2015.

O esquema que, segundo as investigações, envolve escritórios de advocacia e empresas de consultoria, conseguiu manipular os procedimentos em pelo menos três ocasiões. Os investigados podem responder por corrupção ativa e passiva, advocacia administrativa e lavagem de dinheiro.

Do total de 34 mandados, 19 de busca e apreensão e 11 de condução coercitiva são em São Paulo. No Rio de Janeiro e em Pernambuco estão sendo cumpridos um mandado de busca e apreensão e um de condução coercitiva em cada um.

Denúncias

No dia 7 de outubro, o Ministério Público Federal no Distrito Federal denunciou um ex-conselheiro do Carf e o sócio dele. O ex-conselheiro do Carf é acusado de corrupção passiva e tentativa de obstrução das investigações, crime também atribuído a seu sócio. Os nomes dos envolvidos não foram divulgados porque a ação penal ainda é sigilosa.

De acordo com os procuradores, o então integrante do Carf solicitou dinheiro em troca da promessa de interferência em recurso do Itaú Unibanco Holding em andamento no conselho. No processo, a Receita Federal cobra R$ 25 bilhões do banco. A denúncia que levou à investigação foi feita pelo próprio contribuinte.

Em agosto, a Justiça Federal em Brasília aceitou uma denúncia contra o diretor-presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e mais nove pessoas, tornando-os réus na Operação Zelotes. Os acusados foram denunciados pelo Ministério Público Federal pelos crimes de corrupção ativa, corrupção passiva, organização criminosa, lavagem de dinheiro e tráfico de influência.

Em nota divulgada na ocasião, o Bradesco negou as acusações. “O Bradesco reitera sua convicção de que nenhuma ilegalidade foi praticada por seus representantes e, em respeito ao rito processual, apresentará oportunamente seus argumentos ao Poder Judiciário.”

Fonte http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2016-12/policia-federal-cumpre-13-mandados-de-conducao-coercitiva-na-8a-fase-da

Casal é preso com 200 comprimidos de ecstasy na Grande Natal

Casal foi apreendido com 200 comprimidos de ecstasy em Nova Parnamirim (Foto: Policia Civil / Divulgação)
Casal foi apreendido com 200 comprimidos de ecstasy em Nova Parnamirim (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Um casal com 200 comprimidos de ecstasy foi preso nesta quarta-feira (30) em NovaParnamirim, bairro de Parnamirim, cidade da Grande Natal. Segundo a Polícia Civil, também foram apreendidas pequenas quantidades de maconha e cocaína, além de uma balança de precisão. Tanto o homem quanto a mulher têm passagem pela polícia.

Ainda de acordo com a Polícia Civil, a apreensão foi feita pela Delegacia Especializada em Narcóticos (Denarc), que chegou aos suspeitos após uma denúncia anônima.

O casal mantinha uma relação estável. O homem cumpria pena com tornozeleira eletrônica por assalto. A mulher já havia sido presa por tráfico de drogas.

Fonte: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/2016/12/casal-e-preso-com-200-comprimidos-de-ecstasy-na-grande-natal.html

Intimação de partes nos Juizados Especiais será feita por WhatsApp

wasap-notebool-wasap-610x330

Unidades dos Juizados Especiais de cinco comarcas iniciarão o projeto de implantação do procedimento de intimação por meio do WhatsApp. O Tribunal de Justiça do RN e a Corregedoria Geral da Justiça, por meio da Portaria Conjunta nº 19/2106, instituem nos Juizados Especiais Cíveis e Criminais do RN o procedimento de intimação de partes mediante a utilização do aplicativo de mensagens para smartphones. A medida abrange outros aplicativos de envio de mensagens eletrônicas.

A implantação do projeto se dará pelo prazo de seis meses e ficará restrito, nesse período, exclusivamente, aos Juizados das Comarcas de Caicó, João Câmara, Macaíba, Mossoró e Pau dos Ferros. Não havendo intercorrência nesse período, o projeto será expandido para as demais comarcas.

As intimações por aplicativo de envio de mensagens eletrônicas serão encaminhadas a partir do aparelho celular destinado à serventia judicial exclusivamente para essa finalidade. No perfil do WhatsApp destinado à essas serventias constará o brasão do TJRN no local da imagem.

Tripulante do voo da Chapecoense diz que sobreviveu graças à posição fetal

noticia_149441_340x295

Começa hoje (30) a difícil tarefa de identificação dos corpos das 71 pessoas que morreram no acidente aéreo com a equipe da Chapecoense, na noite de segunda-feira (28),a 17 quilômetros (km) do aeroporto internacional de Rionegro, no Noroeste da Colômbia.

Nesse mesmo aeroporto tem chegado nas últimas horas, procedentes do Brasil, os familiares das vítimas para ajudar na identificação dos corpos.

O estado de saúde dos seis sobreviventes ainda é delicado, especialmente dos três jogadores. O lateral Alan Ruschel sofreu traumatismo na coluna e já passou por uma cirurgia bem-sucedida. O goleiro Jackson Follman teve uma perna amputada, após ter dado autorização aos médicos para o procedimento. O estado de saúde do zagueiro Hélio Neto, que sofreu um traumatismo craniano, é o mais grave.

O jornalista Rafael Henzel, a comissária de bordo Ximena Suárez e o técnico da aeronave Erwin Tumiri estão em condições mais estáveis, porém com ferimentos graves. Tumiri contou à equipe de resgate que conseguiu salvar a própria vida seguindo os procedimentos de segurança indicados. Ele disse que ficou em posição fetal com uma mala entre as pernas, mas que muitos passageiros, com o nervosismo do momento, haviam ficado em pé.

Possíveis causas do acidente

Já foram encontradas as duas caixas pretas, que devem oferecer melhor panorama do que aconteceu. A hipótese mais plausível é de que o combustível tenha acabado, o que teria provocado uma falha elétrica total. A comissária de bordo que sobreviveu disse aos socorristas que lembra apenas que as luzes do avião começaram a se apagar progressivamente.

O que está sendo discutido é por que o avião não teve ou não solicitou autorização imediata para pousar, mas foi direcionado para dar duas voltas em um perímetro próximo ao aeroporto, enquanto outra aeronave, procedente do Panamá, que havia anunciado uma perda de combustível, obteve prioridade para o pouso imediato.

Peritos em segurança aeronáutica consultados pela imprensa colombiana opinaram que é inexplicável esse tipo de avião ter sido usado para cobrir uma distância de 2.265 km, distância entre Santa Cruz de la Sierra e o aeroporto José María Córdoba. Segundo eles, esse é quase o limite de autonomia de voo desse tipo de aeronave.

Mundo inteiro de luto

O mundo do futebol está de luto, e vários times do planeta prestaram homenagens às vítimas. Na Colômbia, o clima é de consternação total. Os governos nacional e local têm mobilizado muitas pessoas para ajudar no resgate e na identificação dos corpos, nas buscas no local do acidente e no atendimento aos familiares que estão chegando ao país.

Por sua vez, o Atlético Nacional, time contra o qual a Chapecoence iria disputar a final da Copa Sul-Americana, pediu à confederação de futebol para dar o título ao clube da cidade de Chapecó, como uma homenagem aos  que morreram no acidente.

Nesta quinta-feira (1°), haverá um tributo de toda a torcida do Nacional no Estádio Atanasio Girardot, onde deveria ocorrer o jogo entre os dois times, na primeira partida da final do campeonato.

Nominuto.com

A Prefeitura de Felipe Guerra, cidade da região Oeste potiguar, está sendo investigada pelo Ministério Público do Estado suspeita de fraudar licitações e contratos

fg-1
Em Felipe Guerra, policiais cumpriram mandados de busca e apreensão em uma das secretarias da prefeitura (Foto: PM/Divulgação)

A Prefeitura de Felipe Guerra, cidade da região Oeste potiguar, está sendo investigada pelo Ministério Público do Estado suspeita de fraudar licitações e contratos no setor de limpeza urbana. Nesta quarta-feira (30), sete mandados de busca e apreensão foram cumpridos no próprio município, na cidade de Apodi, que fica na mesma região, e também em Fortaleza, no Ceará.

Segundo o Ministério Público do Rio Grande do Norte, as investigações são sigilosas.   Em nota, o órgão disse apenas que coordenou a operação através da 2ª Promotoria de Justiça de Apodi, do Grupo de Atuação Regional do Defesa do Patrimônio Público (GARPP), do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) e que contou com apoio da Polícia Militar e do Ministério Público do Ceará.

“Foi realizada a inspeção in loco do serviço de limpeza pública na cidade de Felipe Guerra no âmbito de investigação que apura possíveis fraudes em licitação e na contratação da limpeza urbana naquele município do Oeste potiguar”, afirmou o MP.

Participaram da operação sete promotores de Justiça e 20 policiais para cumprimento dos mandados de busca e apreensão, expedidos pelo juiz da Comarca de Apodi.

Do G1RN