Category: Notícias

Prefeitura anuncia interdição e multa a bares e casas de show que descumprirem medidas de prevenção à Covid-19 em Natal

Bar lotado em Natal (arquivo) — Foto: Felipe Melo/Cedida
Bar lotado em Natal (arquivo) — Foto: Felipe Melo/Cedida

A partir de dezembro, bares e casas de shows de Natal que forem flagrados com aglomerações e descumprindo as regras de combate à pandemia do novo coronavírus serão interditados, segundo informou a Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb).

De acordo com a pasta, vários estabelecimentos da cidade já tinham sido intimados e notificados desde o início da pandemia. Contudo, alguns insistem em desrespeitar as normas de proteção.

“A partir de agora a fiscalização vai endurecer o tratamento. Os bares, casas noturnas, recepções e buffets que estiverem provocando aglomerações e descumprindo as regras de distanciamento social e sanitárias impostas nos decretos serão interditados por tempo indeterminado”, disse o supervisor geral de fiscalização ambiental, Leonardo Almeida.

Além da interdição total das atividades, o estabelecimento que já tiver sido notificado e for flagrado descumprindo as regras terá de pagar uma multa no valor de R$ 8.132,52, podendo chegar a R$ 40.260,00. O que for flagrado pela primeira vez terá de pagar multa que pode chegar a R$ 8.052,00, além da interdição total.

“Se no ato da fiscalização percebermos pessoas nas pistas de danças e o não cumprimento das medidas sanitárias, o estabelecimento será interditado por tempo indeterminado e não mais notificado. Além disso, será aplicada a multa ao local e iremos encaminhar uma denúncia ao Ministério Público do Rio Grande do Norte por desobediência, crime ambiental e contra a saúde pública”, acrescentou Leonardo.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/n

Humorista Rodela morre vítima de Covid-19, aos 66 anos, em SP

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Lourival Ribeiro/SBT
Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Lourival Ribeiro/SBT

O humorista Luiz Carlos Ribeiro, conhecido popularmente como Rodela, morreu nesta quarta-feira (2) em São Paulo. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do SBT.

Ele estava internado havia duas semanas no Hospital Geral de Guarulhos, na Grande São Paulo. Segundo a assessoria da emissora, o diagnóstico para Covid-19 foi confirmado na terça-feira (1).

“É com pesar que o SBT lamenta o falecimento do humorista Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela, nesta quarta-feira, 02 de dezembro. Nesta terça-feira, 01, foi confirmado seu diagnóstico para Covid-19. No início desta noite, foi submetido a hemodiálise e sofreu paradas cardíacas, vindo a falecer […] O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família”, diz a nota.

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Gabriel Cardoso/SBT

Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo — Foto: Gabriel Cardoso/SBT

Artista de rua de São Paulo, Rodela era conhecido pela habilidade de fazer inúmeras caretas. Ele ganhou fama na TV ao participar de programas de auditório.

Sua primeira aparição na TV foi no programa Show de Variedades, em 1992, fazendo performances de comédia. Participou posteriormente de diversos programas de humor, tendo destaque no programa Ratinho Livre, da TV Record, em 1997.

No ano seguinte, com a vinda de Ratinho para o SBT, Rodela integra o elenco do Programa do Ratinho, onde permanece por vários anos. Rodela também participou de A Praça é Nossa, tendo feito diversos quadros. Posteriormente, esteve no programa Show do Tom, também na Record.

G1SP

Presídios e centros socioeducativo do Ceará somam 2,3 mil casos e seis mortes por Covid-19

A SAP reforça a aplicação do Plano de Ação Contra o Coronavírus, desde março deste ano, que também proporcionou treinamento aos agentes de saúde e policiais penais — Foto: Reprodução/ SAP
A SAP reforça a aplicação do Plano de Ação Contra o Coronavírus, desde março deste ano, que também proporcionou treinamento aos agentes de saúde e policiais penais — Foto: Reprodução/ SAP

Dados divulgados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) nessa quarta-feira (2) apontam que os sistemas penitenciário e socioeducativo do Ceará acumulam 2.303 casos de Covid-19, entre pessoas custodiadas e servidores. Seis delas morreram pela doença.

O último boletim semanal do CNJ teve dados colhidos no último dia 30 de novembro. O G1 verificou a evolução da doença em um mês, ao comparar com o boletim de 26 de outubro deste ano. Confira os dados:

– Sistema penitenciário (26/10 x 30/11)

Presos:

1.188 x 1.342 casos (+ 12,9%)

4 x 4 mortes

Servidores

612 x 640 casos (+ 4,5%)

1 x 1 morte

11.371 x 13.829 testes realizados (21,6%)

– Sistema socioeducativo (26/10 x 30/11)

Adolescentes:

83 casos x 95 casos (+ 14,4%)

0 x 0 morte

Servidores

223 x 226 casos (+ 1,3%)

1 x 1 morte

971 x 1.025 testes realizados (+ 5,5%)

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) acrescenta que, atualmente, 23 detentos estão infectados com Covid-19, todos com quadro leve. E que a população carcerária é de 22.695 internos, o que significa que 5,9% do total foi infectado. Já entre o efetivo de 3.600 policiais penais, 531 contraíram a doença, ou seja, 14,7%.

O presidente do Conselho Penitenciário do Ceará (Copen), advogado Cláudio Justa, analisa que “esses números revelam um êxito no combate à pandemia”.

“Alguns aspectos devem ser considerados. No sistema penitenciário, a grande maioria dos indivíduos está fora dos grupos de risco (para a doença). Aliado a isso, a precocidade da adoção dos protocolos sanitários. E a testagem ampla e precoce, que permitiu fazer um isolamento eficaz, mesmo com escassez de espaço”, analisa.

A SAP reforça, em nota, a aplicação do Plano de Ação Contra o Coronavírus, desde março deste ano, que também proporcionou treinamento aos agentes de saúde e policiais penais; distribuição de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e outros materiais de higiene; suspensão das visitas sociais; ampliação do tempo de banho de sol dos detentos; entre outras medidas.

G1CE

Dos 167 municípios do RN, apenas 7 têm unidade do Corpo de Bombeiros, aponta IBGE

 Corpo de Bombeiros Militar também participa da Operação Tiradentes — Foto: CBM-RN/Divulgação
Corpo de Bombeiros Militar também participa da Operação Tiradentes — Foto: CBM-RN/Divulgação

A Pesquisa de Informações Básicas Municipais (Munic) 2019, do IBGE, divulgada nesta quarta-feira (2), aponta que o Rio Grande do Norte é o estado com a segunda menor proporção do Brasil de municípios com Corpo de Bombeiros. Dos 167 municípios do RN, apenas sete possuem uma unidade da corporação, o que corresponde a 4%. O Piauí é o dono da menor proporção, com 2,6%.

Segundo a pesquisa, em todo o Brasil, 18% dos municípios possuem unidade do Corpo do Bombeiros. No Nordeste, este número é de 8%.

O levantamento destaca também que 152 municípios potiguares têm Defesa Civil, representando 89,8% do total. O RN tem a maior proporção do Nordeste e a oitava maior do Brasil. De acordo com o IBGE, em 150 cidades do RN, essa estrutura é uma coordenadoria municipal.

Além da segurança pública, a Munic retrata também a situação dos municípios nas áreas de recursos humanos, recursos para gestão, comunicação e informática, governança, direitos humanos e articulação institucional. Os dados são disponibilizados pela gestão municipal.

G1RN

MPT-RN participa de solenidade de repactuação do programa Fazendo Justiça

Natal (RN), 02/12/2020 – O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte (MPT-RN) participou, nesta terça-feira (1º), por videoconferência, de solenidade que repactuou a participação do Rio Grande do Norte no programa Fazendo Justiça, para ações nos campos penal e socioeducativo em continuação ao programa Justiça Presente, iniciado em 2019. A cerimônia também contou com a instalação do Escritório Social de Natal, estrutura que viabilizará o atendimento a pessoas que deixam o sistema prisional e seus familiares, provendo acesso à rede de serviços de apoio em áreas como qualificação profissional, moradia, documentação e saúde.

A cerimônia, ocorrida na Escola da Magistratura do Rio Grande do Norte (Esmarn), contou com a presença do coordenador do Departamento de Monitoramento e Fiscalização do Sistema Carcerário, o juiz auxiliar da Presidência do Conselho Nacional de Justiça Luiz Geraldo Lanfredi. O programa Justiça Presente é uma parceria do Conselho Nacional de Justiça e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), com apoio do Ministério da Justiça e Segurança Pública.

O MPT-RN participa do programa indicando pessoal técnico para auxiliar nos estudos e grupos de trabalho destinados a aperfeiçoar a atuação integrada para a geração de oportunidades de trabalho e renda para pessoas privadas de liberdade e egressas do sistema prisional.

A solenidade desta terça-feira, da qual participou o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte, Xisto Tiago de Medeiros Neto, marcou dois projetos desse programa: foi apresentada a portaria que institui o Serviço de Atendimento à Pessoa Custodiada e houve a inauguração virtual das instalações do Escritório Social de Natal. Ambos funcionarão no Anexo do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte na Ribeira, antigo Grande Hotel.

Nos espaços dos Escritórios Sociais os egressos serão cadastrados para acesso a oportunidades de trabalho, e o MPT atuará no sentido que garantir o cumprimento do art. 40 da Lei de Licitações e Contratos da Administração Pública (Lei 8.666/93), que prevê reserva de vagas para pessoas presas e egressas do sistema prisional nos contratos de prestação de serviços terceirizados firmados por órgãos públicos.

Além do cumprimento de cotas, o órgão atuará na articulação junto às empresas do estado para incentivar a empregabilidade de apenados, a instalação de setores de empresas dentro de presídios, desde que observadas as normas de saúde e segurança do trabalho.

Ações – O programa Justiça Presente conta com 28 projetos desenvolvidos de forma simultânea com foco em resultados concretos e sustentabilidade de médio e longo prazo. Eles são divididos em quatro eixos principais de ação – Proporcionalidade penal, Cidadania, Sistemas e Identificação Civil, e Socioeducativo – além de um eixo específico para ações transversais e de gestão.

O Escritório Social tem a função de realizar acolhimento e o encaminhamento das pessoas egressas do sistema prisional e seus familiares para as políticas públicas existentes nas áreas: social, de saúde, educação, qualificação profissional, entre outras. Ele atende à pessoa que deixa o sistema prisional, assim como seus familiares, para dar acesso à rede de serviços de apoio em áreas como qualificação profissional, moradia, documentação e saúde.

Fóruns se reúnem em campanha pelo Dia Internacional de Não ao Uso de Agrotóxicos

Natal (RN), 02/12/2020 – O Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos (FNCIAT) realiza, nesta quarta-feira (2), reunião por videoconferência que reunirá 30 fóruns estaduais e regionais que atuam na temática, como marco da campanha do Dia Internacional de Não ao Uso de Agrotóxicos, 3 de dezembro. Com o evento, o fórum inicia as atividades alusivas à data com seus parceiros, dentre eles o Fórum Estadual de Combate aos Efeitos dos Agrotóxicos na Saúde do Trabalhador, no Meio Ambiente e na Sociedade (Feceagro-RN), do qual o Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte faz parte.

A reunião contará com um momento expositivo, com falas ministradas pela professora Larissa Mies Bombardi, do Departamento de Geografia da Universidade de São Paulo, e por Rogério Dias, presidente do Instituto Brasil Orgânico. De acordo com o convite feito pelos coordenadores do fórum, a campanha pretende reafirmar a importância da luta contra o uso de agrotóxicos e “reafirmar que a agroecologia garante comida saudável, preserva a biodiversidade e dignifica o trabalho e a vida”.

De acordo com a nutricionista e servidora da Vigilância Sanitária Estadual Maria Célia Barbosa Farias, coordenadora do Feceagro-RN, o fórum local preparou, para a data, uma articulação junto aos vereadores eleitos, prefeitos, deputados e senadores por meio de cartas que pedem a proibição da pulverização agrotóxicos em aérea urbana, medidas contra a desoneração fiscal dos agrotóxicos e a redução de uso desses insumos. “Essas medidas são passos importantes para limitarmos o uso de agrotóxicos, que vem aumentando a cada ano no Brasil e que causa a contaminação não apenas de alimentos, mas também da água e do ar”, explica.

Dia Internacional de Não ao Uso de Agrotóxicos – A data faz alusão a uma tragédia ocorrida na madrugada do dia 3 de dezembro de 1984, quando 40 toneladas de Isocianato de Metilo (MIC) vazaram de uma fábrica de agrotóxicos da Union Carbide, corporação norteamericana, na cidade de Bhopal, capital de Madhya Pradeshcon, na Índia.

O MIC entrou na corrente sanguínea das pessoas que o inalaram, causando danos aos olhos, pulmões, cérebro, e aos sistemas imunológico, reprodutivo musculoesquelético e outros, assim como à saúde mental. Oito mil pessoas morreram nos 3 primeiros dias, e mais de meio milhão sofreram intoxicações graves.O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Norte faz parte do Feceagro-RN desde 2009 e tem como membro, atualmente, a procuradora Regional do Trabalho Ileana Neiva. O Fórum Nacional de Combate aos Impactos dos Agrotóxicos e Transgênicos (FNCIAT) é coordenado, atualmente, pelo subprocurador-geral do Trabalho Pedro Serafim.

São quase 130 milhões e novas crianças que nasceram este ano

Pai negro segurando bebê recém-nascido fotomural • fotomurais mulato,  filha, sua | myloview.com.br
Foto da Internet

Um site que registra, em tempo real, cada nascimento em todo mundo mostra que o mundo não vai se acabar como alguns pensam destruir com políticas perversas. Pois já registram hoje, 02, que já nasceram mais de 130 milhões de novas crianças, a maioria não tem ainda um ano de idade.

Covid-19: são mais de 40 milhões de recuperados em todo o mundo

Apesar do assombro provocado por causa da Covi-19, de algumas medidas tomas de forma precipitada, que só empobrece mais as pessoas mais pobres, quebrando pequenas empresas por medidas tomadas como a do governador de São Paulo, João Doria, que tenta chegar a presidência do Brasil, voltando a fechar pequenas empresas em pleno mês do natal. O mundo já contabiliza mais de 40 milhões e pessoas recuperadas da Covid-19.

Quanto aos mortos, ninguém sabe ao certo se essas pessoas morreram mesmo da Covid-19 ou com a Covid, uma vez que muitas pessoas contaminadas morreram de outras doenças como infartos, derrames e etc.

Os mortos em todo mundo, de diversas causas já chegam a 54, 2 milhões de vítimas. Destes foi diagnosticado com a Covid-19 cerca de 2,8%. Isto quer dizer que mais e 97% dos óbitos no mundo todo não tem nada haver com o coronavírus.

Não vale a pena fechar o mundo para se defender dessa doença.

Quatro municípios do RN têm abastecimento de água suspenso

Taipu, Poço Branco, Bento Fernandes e João Câmara estão com abastecimento de água suspenso nesta sexta (27). — Foto: Joelma Gonçalves/G1
Taipu, Poço Branco, Bento Fernandes e João Câmara estão com abastecimento de água suspenso nesta sexta (27). — Foto: Joelma Gonçalves/G1

As cidades de Taipu, Poço Branco, Bento Fernandes e João Câmara estão como o abastecimento de água suspenso nesta sexta-feira (27). De acordo com a Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), uma equipe técnica está trabalhando no conserto de um vazamento provocado pelo rompimento da tubulação de uma adutora de 300 mm do Sistema Integrado Pureza-Entroncamento.

As áreas rurais dos quatro municípios também estão com o abastecimento reduzido durante o serviço, que deve ser concluído até o final do dia.

Depois de retomado o abastecimento, será necessário aguardar até 48 horas para que o sistema esteja completamente normalizado.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Rio de Janeiro em guerra? De cada dez operações policiais, oito resultam em mortes

Foto de arquivo: Policiais se posicionam durante novo tiroteio no Rio Comprido — Foto: Reprodução/TV Globo
Foto de arquivo: Policiais se posicionam durante novo tiroteio no Rio Comprido — Foto: Reprodução/TV Globo

G1RJ – Oito em cada dez operações policiais realizadas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro em outubro resultaram em morte. O levantamento foi divulgado no relatório produzido pelo Grupo de Estudos dos Novos Ilegalismos (Geni) da Universidade Federal Fluminense (UFF).

O levantamento está em sincronia com os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública do Rio (ISP-Rio) na quarta-feira (25). Os números do ISP mostram que o RJ teve em outubro o maior número de mortes causadas por intervenção policial nos últimos seis meses.

“O relatório está apontando para um aumento das operações com mortes. No mês de setembro, 3 em cada 10 operações tinham mortes como resultado. Em outubro, esse número subiu e são 8 em cada 10 operações que resultam em mortes. Há um descontrole neste aumento”, disse o coordenador do Geni, sociólogo André Hirata.

“Apesar de ter o mandado do uso da força, é preciso que as policias usem estratégia. Mas o que a gente observa é que isso não tem acontecido. Isso é o mais estarrecedor. No mês de outubro, parece que foi assumido pelo Governo do Estado do Rio que as operações deveriam voltar de forma rotineira. Só que elas deveriam ser utilizadas em situações excepcionais”, completou o coordenador.

Segundo o relatório do Geni, foram realizadas 38 ações policiais no mês de outubro e em 30 destas ocasiões houve morte.

Operações policiais aumentam 100% em um mês no RJ

O levantamento aponta ainda que as ações dos agentes do estado dobraram no último mês. Se em setembro a Polícia Militar realizou 19 ações, no mês de outubro o índice atingiu o patamar de 38 incursões.

O aumento de 100% no número de operações realizadas também levantou dúvidas sobre se o estado do Rio está cumprindo a ordem do Supremo Tribunal Federal (STF) de realizar operações apenas em casos de extrema necessidade.

Para o sociólogo Daniel Hirata, a segurança pública deveria garantir a preservação da vida e o excesso de ações da polícia pode causar o efeito reverso.

“O problema não é a existência das operações, mas as ‘rotinização’. A ‘rotinização’ é responsável pela letalidade policial. Em outros estados do Brasil, não existe uma ‘rotinização’ das operações. Não à toa o RJ é o lugar onde a polícia mais mata e mais é vitimada”.

O que dizem os citados

G1 entrou em contato com as secretarias da Polícia Militar e Polícia Civil e foi informado que política de segurança do Governo do Estado do Rio de Janeiro “é baseada em inteligência, investigação e tecnologia das polícias Civil e Militar”.

O Governo do Rio afirmou ainda que as operações “seguem, rigorosamente, as determinações legais, priorizando sempre a preservação de vidas, tanto de policiais quanto dos cidadãos”.

Micro-ônibus bate na traseira de caminhão na Grande Natal e homem fica preso às ferragens

Foto cedida

Um micro-ônibus e um caminhão se envolveram em um acidente na manhã desta quarta-feira (25), na Avenida Bacharel Tomaz Landim, entre São Gonçalo do Amarante e a Zona Norte de Natal. De acordo com militares do Corpo de Bombeiros, cerca de 10 pessoas precisaram de atendimento. Entre eles, um homem que ficou preso às ferragens.

A colisão foi por volta das 5h30. Chovia no momento do acidente. O motorista do micro-ônibus que opera no transporte público da Grande Natal bateu na traseira do caminhão que estava parado.

“Tava uma mistura de chuva com sol, e o motorista do micro-ônibus se ‘encandeou’”, disse o policial rodoviário federal Wagner Moura.

O caminhão estava carregado com mais de 30 toneladas de cerâmica. O veículo estava parado em frente da loja onde deixaria a carga vinda de Fortaleza (CE).

“Graças a Deus que ninguém se feriu com maior gravidade, pois quando ouvi aqui da cabine o barulho da pancada e vi a cena do micro-ônibus praticamente dentro da carroceria do meu caminhão pensei: Meu Deus alguém deve até ter morrido”, disse o caminhoneiro Jorge dos Santos.

O acidente aconteceu na marginal da via e não chegou a complicar o trânsito.

G1RN

Henrique Alves e Joesley Batista viram réus por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa dois eleitoral

Foto da Internet

O ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves, o empresário Joesley Batista e o ex-executivo da J&F Ricardo Saud viraram réus por corrupção, lavagem de dinheiro e caixa dois eleitoral — no caso que veio à tona em 2017, após a delação premiada de Saud.

A Justiça Eleitoral no Rio Grande do Norte recebeu a denúncia apresentada pelo Ministério Público Eleitoral no último dia 23 de outubro. A decisão é da juíza eleitoral Hadja Holanda de Alencar, da 2ª Zona Eleitoral de Natal.

Segundo a denúncia, o ex-deputado federal solicitou à empresa dos irmãos Batista o pagamento de vantagens indevidas para custeio de sua campanha eleitoral ao governo do Rio Grande do Norte em 2014, tendo recebido 2.936.000,00 milhões de reais.

Nas palavras da promotora eleitoral Iara Pinheiro de Albuquerque, que assina o documento, os crimes foram cometidos por Henrique Eduardo Alves “motivado pela ganância de se ver eleito governador do estado do Rio Grande do Norte”.

Radar – Veja

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Pai de Zezé di Camargo e LucianoFrancisco José de Camargo, de 83 anos, morreu na noite de segunda feira (23), após 14 dias internado em um hospital particular em Goiânia. A informação foi confirmada pela assessoria da dupla na manhã desta terça-feira (24).

Por meio de nota, o Hospital Órion, onde Francisco estava internado, informou que o paciente morreu às 23h05 por causa de uma parada cardiorrespiratória e uma “instabilidade hemodinâmica”.

O velório começou às 10h, no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia. O sepultamento está marcado para as 17h. Porém, as cerimônias serão restritas à família para evitar a disseminação do coronavírus.

Também de acordo com a assessoria, Zezé já está na capital goiana. Luciano, que mora em São Paulo, testou positivo para Covid-19 e está em isolamento em casa. Por isso, não irá ao velório.

Morre Francisco Camargo, pai dos sertanejos Zezé e Luciano

Apesar dos filhos famosos, Francisco Camargo só ficou conhecido nacionalmente em 2005, após o lançamento do filme “Dois Filhos de Francisco”, que contou a história dele e de sua família.

Francisco Camargo deixa a esposa, Helena Siqueira de Camargo, de 75 anos, e oito filhos: Mirosmar José de Camargo (Zezé), Marlene José de Camargo, Wellintgton Camargo, Emanoel Camargo, Luciele de Camargo, Welson David de Camargo (Luciano), Wesley José de Camargo e Walter José de Camargo. Outro filho do patriarca da família, Emival Camargo, que foi a primeira dupla com Zezé, morreu em 1975 em um acidente de carro.

Ele também tinha dez netos, incluindo a cantora Wanessa Camargo – filha de Zezé, e bisnetos.

Internação

Seu Francisco estava internado desde o último dia 10 de novembro, quando sentiu dores no intestino. Quatro dias depois, ele precisou passar por uma cirurgia de emergência para estancar um sangramento no órgão. No dia, Zezé e Luciano estavam em Goiânia para acompanhar de perto a evolução do quadro.

Segundo o irmão dos cantores, Emanoel Camargo, o pai havia começado a retirada dos sedativos na quinta-feira (18). Porém, ele teve nova piora.

Nos últimos anos, Francisco convivia rotineiramente com problemas de saúde e internações. Em março de 2018, ele ficou mais de um mês no hospital devido a uma pneumonia.

Já em fevereiro deste ano, o idoso chegou a ser internado para tratar uma infecção decorrente de um enfisema pulmonar. Ele ficou oito dias hospitalizado.

O filme “2 Filhos de Francisco” foi lançado em 2005 nos cinemas brasileiros e contou a história de vida da dupla Zezé di Camargo e Luciano e o esforço do pai para tornar a dupla famosa no mundo da música sertaneja. O ator Ângelo Antônio foi o responsável por viver o papel de Francisco. Já a atriz Dira Paes interpretou a esposa dele, Helena.

Segundo sites especializados em cinema, o longa foi assistido por cerca de 6 milhões de pessoas e arrecadou aproximadamente R$ 34 milhões.

G1/GO

Sine oferece 18 vagas de emprego para Natal e região metropolitana nesta terça (24)

Carteira de Trabalho Digital. — Foto: Minne Santos
Carteira de Trabalho Digital. — Foto: Minne Santos

O Sistema Nacional de Empregos (Sine) oferece 18 vagas de trabalho nesta terça-feira (24) para Natal e Região Metropolitana. De acordo com o órgão, há oportunidades em 14 tipos de cargo.

Para concorrer às vagas, é necessário que o candidato se cadastre no portal Emprega Brasil, do Ministério do Trabalho e Emprego. Além do site, o cadastro também pode ser feito pelos aplicativos de celular Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, o atendimento presencial do Sine está sendo realizado apenas com agendamento. Em Natal, os telefones da unidade matriz, em Candelária, são: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226.

Veja as vagas

  • Auxiliar de cozinha – 3
  • Auxiliar de mecânico de autos – 1
  • Auxiliar financeiro – 1
  • Chefe de serviços de saúde – 1
  • Cozinheiro geral – 1
  • Eletricista bobinador – 1
  • Mecânico de ar-condicionado e refrigeração – 1
  • Mecânico eletricista de automóveis – 1
  • Montador de veículos (linha de montagem) – 1
  • Técnico de refrigeração (instalação) – 2
  • Técnico em manutenção de máquinas – 1
  • Técnico em segurança do trabalho – 1
  • Torneiro mecânico – 2
  • Vendedor pracista – 1

G1RN

Baile funk na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração; veja flagrantes de mais festas no fim de semana

Baile na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração — Foto: Reprodução/TV Globo
Baile na Cidade de Deus atravessa a madrugada e provoca aglomeração — Foto: Reprodução/TV Globo

Imagens feitas pelo Globocop mostravam, às 6h10 desta segunda-feira (23), um baile funk acontecendo na Cidade de Deus, na Zona Oeste do Rio, com grande concentração de pessoas. Por conta da festa, que teve início ainda na noite de domingo (22), várias ruas da comunidade estão fechadas nesta manhã.

Muitas pessoas estão aglomeradas e sem máscara. A quantidade de tendas, mesas e cadeiras instaladas na comunidade mostra que trata-se de um evento grande.

Tendas montadas para baile na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/TV Globo

Tendas montadas para baile na Cidade de Deus — Foto: Reprodução/TV Globo

Fim de semana de aglomeração

fim de semana no Rio também foi de festas lotadas, desrespeitando os protocolos de isolamento social impostos pela Covid-19, como mostrou o Fantástico deste domingo (22).

Em uma casa de festas em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, uma multidão dançava e vibrava com um show, como mostram as imagens.

Na capital, na Marina da Glória, milhares de pessoas foram a outro evento de música. Nas imagens, não há ninguém de máscara. A promessa era de um evento com cuidados com a higiene pessoal e público reduzido, mas isso não ocorreu.

Do Blog: A polícia do Rio de Janeiro já está podendo fazer operações nas favelas do Rio? Num foi proibida pelo ministro do STF Edson Fachin?

G1RJ