Category: Notícias

Trecho da Rua João Pessoa é interditado até 7 de janeiro para o ‘Natal em Natal’

Rua João Pessoa, na Cidade Alta, em Nata, será interditada de 13 de novembro a 7 de janeiro — Foto: Divulgação/Prefeitura de Natal

Um trecho da Rua João Pessoa, na Cidade Alta, em Natal será interditado de quarta (13) até 7 de janeiro em decorrência dos festejos do Natal em Natal 2019. A interdição acontece no trecho entre a Rua Felipe Camarão e Avenida Deodoro da Fonseca para a implantação de um túnel luminoso de 100 metros.

Para garantir um melhor trânsito de pessoas e veículos, a Rua José de Alencar, perpendicular a Rua João Pessoa, se tornará mão dupla durante o período da interdição. A Secretaria de Mobilidade Urbana informa que o trânsito nesta área (Rua José de Alencar) será permitido apenas entre às 7h e 18h30.

O túnel natalino de Cidade Alta está dentro das ações adotadas pela Prefeitura para a valorização do centro de Natal. Todo o centro histórico da cidade está sendo decorado para o período natalino.

Além do túnel luminoso, a prefeitura instalou iluminação especial nas igrejas tombadas de Cidade Alta (Igreja do Galo, Nossa Senhora da Apresentação e Nossa Senhora do Rosário dos Pretos), além do Palácio Felipe Camarão e Catedral Metropolitana.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/

Entenda o Seguro DPVAT, que deverá ser extinto a partir de 2020

Acidente em Trindade, Goiás — Foto: Divulgação/Polícia Militar

O presidente da República, Jair Bolsonaro, anunciou nesta segunda-feira (11) a extinção do seguro obrigatório DPVAT a partir de 2020. A medida provisória nº 904 foi publicada nesta terça-feira (12) no Diário Oficial da União. Veja perguntas e respostas sobre a medida.

O que é o Seguro DPVAT?

Também conhecido como “seguro obrigatório”, o Seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) cobre casos de morte, invalidez permanente ou despesas com assistências médica e suplementares por lesões de menor gravidade causadas por acidentes de trânsito em todo o país.

Ele foi instituído por lei em 1974. Até agora, o pagamento era anual e obrigatório para todos os proprietários de veículos e era feito junto com o IPVA. O seguro era um requisito para o motorista conseguir renovar o licenciamento do veículo.


Em 2007, com a proposta de centralização de gestão envolvendo o atendimento ao usuário, além de representações nas esferas administrativa e jurídica, foi criada a Seguradora Líder, que administra o DPVAT até então.

Assim como as demais seguradoras particulares, a Líder é fiscalizada pela Superintendência de Seguros Privados (Susep), uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Economia.

Quem pode pedir o DPVAT e quanto recebe?

Qualquer pessoa que sofreu um acidente de trânsito, seja pedestre, motorista ou passageiro. O seguro cobre despesas médico-hospitalares e dá indenização por morte ou invalidez permanente (veja os valores abaixo). A vítima ou familiares dela podem pedir o seguro até três anos depois da data do acidente ou da ciência da invalidez ou da morte.

Fonte: https://g1.globo.com/carros/noticia/

Protesto contra secretário da Previdência tem confusão em Natal

Manifestantes bloquearam as entradas principal e lateral da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na manhã desta sexta-feira (8), em protesto contra a sessão solene que homenageará Rogério Marinho, secretário Especial da Previdência e do Trabalho, do Ministério da Economia.

Com o bloqueio das entradas, Rogério Marinho não chegou ao local para a sessão que estava prevista para às 10h30. A sessão foi proposta pelo deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB). O G1 RN entrou em contato com a assessoria de Marinho, que não se manifestou até o fechamento desta matéria.

Em nota, a Assembleia Legislativa disse que vai manter a sessão. “O poder legislativo respeita a livre manifestação de qualquer grupo, partido ou movimento político e assegura o diálogo com a população”, diz o comunicado.

Marinho atuou na condução das reformas trabalhista e previdenciária aprovadas neste ano, no Congresso Nacional. Pelo twitter, o secretário comentou notícia de um portal que falou sobre a manifestação. “Estamos no caminho certo”, disse.

Secretário se manifestou em rede social — Foto: Reprodução/Twitter
Secretário se manifestou em rede social — Foto: Reprodução/Twitter

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Com paralisação de policiais civis, atendimentos à população são transferidos para o Comando da PM em Natal

Com paralisação, Polícia Civil vai atender população no comando da PM em Natal — Foto: Assessoria Sinpol

Os atendimentos da Polícia Civil serão realizados no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, na Zona Leste de Natal, enquanto durar a paralisação da categoria. A informação foi confirmada pela Delegacia Geral de Polícia Civil através de nota nesta sexta-feira (8). Com relação às ocorrências do interior do estado, ainda está sendo definido o local que vai concentrar esses registros.

Agentes e escrivães da Polícia Civil paralisaram as atividades desde as primeiras horas da manhã desta sexta (8). Na terça-feira (5), eles já haviam cruzado os braços, em um primeiro protesto. Porém voltaram ao trabalho. Como não houve uma reunião que era esperada com o Governo do Estado, a mobilização foi retomada.

A categoria cobra uma nova proposta do Poder Executivo referente ao projeto de reestruturação de carreira, promoções atrasadas que não foram implantadas, previsão de pagamento dos salários atrasados e melhorias nas condições de trabalho.

Com a paralisação, a Central de Flagrantes, as delegacias especializadas e as delegacias dos bairros estão fechadas. Os policiais querem ser recebidos pela governadora Fátima Bezerra (PT) e essa é a condição para retomar as atividades.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/no

Mostra de Cinema de Gostoso começa nesta sexta-feira; confira programação

Filme Bacurau será exibido em sessão especial na 6ª Mostra de Cinema de Gostoso — Foto: Reprodução

Começa nesta sexta-feira (8) e segue até a terça (12) a Mostra de Cinema de Gostoso, que ocorre anualmente no município e São Miguel do Gostoso, litoral Norte potiguar. O evento chega em 2019 à sua 6ª edição. Toda a programação é gratuita (confira no final do texto).

A sala de cinema ao ar livre será montada mais uma vez na Praia do Maceió, à beira-mar. Uma tela de 12 metros de largura por 6,5 metros de altura com projeção com resolução 2K e som 5.1 aguarda o público que deve comparecer à praia nos quatro dias de evento. A média diária é de 2 mil pessoas assistindo aos filmes no festival.

Os filmes da Mostra Competitiva, exibidos na Praia do Maceió, concorrem ao Troféu Luís da Câmara Cascudo, concedido pelo voto popular ao melhor curta e longa-metragem. Também será concedido o Prêmio da Imprensa, a partir da votação de jornalistas e críticos de cinema presentes na Mostra. Os filmes da Mostra Competitiva concorrem também aos prêmios de finalização das empresas Mistika e DOT Cine; aos prêmios de recursos de acessibilidade das empresas ETC Filmes e Video Shack e de aquisição da distribuidora Elo Company.

Para este ano, as atrizes Maria Flor, Karina Telles, Marcelia Cartaxo e Helena Ignez e o ator Anderson Müller confirmaram presença na Mostra de Gostoso. No sábado (9), haverá exibição do premiado Bacurau, dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, entre os filmes da Sessão Especial.

A Mostra de Cinema de Gostoso mobiliza os moradores da cidade, que participam ativamente do evento. De acordo com a direção-geral do festival, a curadoria dos filmes leva em conta a realidade local e a eficácia das obras em dialogar com a população.

Pé na areia e espreguiçadeiras montam o cenário da Mostra de Cinema de Gostoso, que acontece à beira-mar — Foto: Rafael Barbosa/G1
Pé na areia e espreguiçadeiras montam o cenário da Mostra de Cinema de Gostoso, que acontece à beira-mar — Foto: Rafael Barbosa/G1

Gostoso Lab

O evento também promove debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e, um seminário sobre o mercado audiovisual. Inclusive, neste ano, a Mostra de Cinema de Gostoso, em parceria com o BrLab, criou a 1ª edição do Gostoso Lab, laboratório para projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, voltado aos realizadores do Rio Grande do Norte.

De acordo com a organização, o Gostoso Lab foi criado com o intuito de dinamizar a produção audiovisual do estado, buscando aproximá-la de novos colaboradores que darão suporte para o enriqueci mento do processo criativo de novos projetos.

Confira a programação completa:

08/11 (Sexta-feira)

Centro de Cultura

Mostra Infantil8h(6 a 10 anos)

  • As Invenções De Akins (Ulísver Silva, Ficção, 32min, MS, 2018)
  • O Véu de Amani (Renata Diniz, Ficção, 15min, DF, 2019)
  • Os Chocolix (Elizabeth Mendes, Animação, 7min, SP, 2018)
  • Parabéns a você (Andréia Kaláboa, Ficção, 20min, PR, 2019)
  • Não Acorde (Roberto Rogato, Ficção, 2min, SP, 2018)10h
  • (11 a 14 anos)
  • Os Três Primos (Bruno Pereira, Ficção, 11min, RJ, 2019)
  • Lily’s Hair (Raphael Gustavo da Silva, Ficção, 15min, GO, 2019)
  • Um Beijo Para Sofia (Calleb Jangrossi, Ficção, 16min, SP, 2018)
  • Cascudos (Igor Barradas, Ficção, 18min, RJ, 2018)
  • Macaco Albino: Siso (Leandro Robles, Animação, 6min, SP, 2019)
  • Os Dois Lados da Moeda (Everton Pereira, Felipe Machado, Juliana Vieira, Nathalia Amorim, Rodrigo Xavier e Thais Fraga, Ficção, 4min, RJ, 2006)

Gostoso Lab

O evento também promove debates com produtores, diretores e atores dos filmes exibidos e, um seminário sobre o mercado audiovisual. Inclusive, neste ano, a Mostra de Cinema de Gostoso, em parceria com o BrLab, criou a 1ª edição do Gostoso Lab, laboratório para projetos de longa-metragem em fase de desenvolvimento, voltado aos realizadores do Rio Grande do Norte.

De acordo com a organização, o Gostoso Lab foi criado com o intuito de dinamizar a produção audiovisual do estado, buscando aproximá-la de novos colaboradores que darão suporte para o enriqueci mento do processo criativo de novos projetos.

Confira a programação completa:

08/11 (Sexta-feira)

Centro de Cultura

Mostra Infantil 8h 06 a 10 anos)

  • As Invenções De Akins (Ulísver Silva, Ficção, 32min, MS, 2018)
  • O Véu de Amani (Renata Diniz, Ficção, 15min, DF, 2019)
  • Os Chocolix (Elizabeth Mendes, Animação, 7min, SP, 2018)
  • Parabéns a você (Andréia Kaláboa, Ficção, 20min, PR, 2019)
  • Não Acorde (Roberto Rogato, Ficção, 2min, SP, 2018) 10h
  • (11 a 14 anos)
  • Os Três Primos (Bruno Pereira, Ficção, 11min, RJ, 2019)
  • Lily’s Hair (Raphael Gustavo da Silva, Ficção, 15min, GO, 2019)
  • Um Beijo Para Sofia (Calleb Jangrossi, Ficção, 16min, SP, 2018)
  • Cascudos (Igor Barradas, Ficção, 18min, RJ, 2018)
  • Macaco Albino: Siso (Leandro Robles, Animação, 6min, SP, 2019)
  • Os Dois Lados da Moeda (Everton Pereira, Felipe Machado, Juliana Vieira, Nathalia Amorim, Rodrigo Xavier e Thais Fraga, Ficção, 4min, RJ, 2006)

Sessão Acessibilidade

15h

  • A Parteira (Dir.: Catarina Doolan, Documentário, 20min, RN, 2018)
  • Em Reforma (Dir.: Diana Coelho, Ficção, 20min, RN, 2019)
  • Marie (Dir.: Leo Tabosa, Ficção, 25min, PE, 2019)

Praia do Maceió

20h

Cerimônia de Abertura

Mostra Coletivo Audiovisual

  • Júlia Porrada (Dir.: Igor Ribeiro, Documentário, 15min, RN, 2019)

Mostra Competitiva

  • Em Reforma (Dir.: Diana Coelho, Ficção, 20min, RN, 2019)
  • Pacarrete (Dir.: Allan Deberton, Ficção, 97min, CE, 2019)

09/11 (Sábado)

Escola Estadual Olímpia Teixeira

  • 9h – Curso Cinema na Escola

Pousada Ponteiros

  • 11h – Debate com realizadores

Centro de Cultura

Mostra Panorama

15h30

  • Crua (Dir.: Diego Lima, Ficção, 20min, PB, 2019)
  • Diz a ela que me viu chorar (Dir.: Maíra Bühler, Documentário, 86min, SP, 2019)

Praia do Maceió 20h

Mostra Coletivo Nós do Audiovisual

  • Labirinteiras (Dir.: Renata Alves, Documentário, 15min, RN, 2019)

Mostra Competitiva

  • Plano Controle (Dir.: Juliana Antunes, Ficção, 15min, MG, 2018)
  • A Parteira (Dir.: Catarina Doolan, Documentário, 20min, RN, 2018)
  • Casa (Dir.: Letícia Simões, Documentário, 93MIN, PE, 2019)

23h

  • Sessão Especial – Bacurau (Dir.: Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, Ficção, 131min, PE, 2019)

10/11 (Domingo)

Escola Estadual Olímpia Teixeira

  • 9h – Curso Cinema na Escola

Pousada Ponteiros

  • 11h – Debate com realizadores

Centro de Cultura

Mostra Panorama

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte

Prefeitura de Natal alega risco de desabamento do Hotel Reis Magos e interdita ruas do entorno

Prédio do Hotel Reis Magos está abandonado — Foto: Leonardo Erys/G1

A Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU) vai interditar parcialmente as ruas do entorno do Hotel Reis Magos, na Praia do Meio, porque o prédio tem risco de desabamento, segundo a prefeitura. As interdições no tráfego vão acontecer a partir de segunda-feira (11) e não há prazo para liberação das vias.

Segundo a STTU, a interdição vai estreitar seis metros da Avenida 25 de Dezembro, a partir do muro do hotel até o término da primeira faixa de rolamento de veículos do lado esquerdo da via, se estendendo por cerca de 126 metros.

Já a Rua Mascarenhas Homem será estreitada cerca de cinco metros, também do muro do hotel até o término da primeira faixa de rolamento do lado esquerdo, e se estenderá por cerca de 69 metros.

Ainda de acordo com a Secretaria de Mobilidade, devido à distância da edificação do hotel até a Avenida Presidente Café Filho e a Rua Feliciano Coelho, não haverá bloqueios nessas duas vias. Também não haverá mudanças de itinerários nas linhas de ônibus que circulam na região.

A Secretaria informou que estrutura de bloqueio será composta por defensas e placas de sinalização, indicando a motoristas e pedestres que a área está interditada.

Tombamento

A Prefeitura de Natal entrou com uma ação civil pública e pediu que a Justiça do Rio Grande do Norte determinasse um prazo de 72 horas para o Governo do Estado decidir se vai, ou não, tombar o antigo Hotel Reis Magos. A ação é do final do mês passado e ainda não houve manifestação do Judiciário.

Segundo o Município, o prédio em ruínas corre risco de desabamento e tem condições sanitária precária, que colocariam a saúde da população em risco.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Concurso da Ebserh oferece 64 vagas em hospitais federais do RN; salários são de até R$ 8,6 mil

Hospital Universitário Onofre Lopes é uma das instituições com vagas abertas no concurso da Ebserh — Foto: Cícero Oliveira

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) lançou três editais de concursos públicos com 64 vagas imediatas, além de cadastro no Rio Grande do Norte. As oportunidades são para profissionais de saúde e administrativos. Os aprovados vão atuar em hospitais universitários de Natal e Santa Cruz.

O período para inscrições vai das 9h do dia 6 de novembro até 10h do dia 12 de dezembro. Os salários variam entre R$ 2.451,14 e R$ 8.647,57 – entre as vagas para o estado. O concurso é realizado pelo Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

As oportunidades são separadas em três editais, para as áreas administrativa, assistencial e médica. Confira os três editais aqui. No estado, as vagas são para o Hospital Universitário Ana Bezerra, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em Santa Cruz, e o Hospital Universitário Onofre Lopes, da mesma universidade, em Natal. A Maternidade Escola Januário Cicco, na capital, também tem vagas previstas no edital, mas apenas para cadastro de reserva.

Para o Hospital Universitário Ana Bezerra, dentro do edital para a área assistencial, são previstas contratações de 33 técnico de enfermagem, com salários de R$ 3.255,32, e de um fisioterapeuta para terapia intensiva neonatal, com salário inicial de R$ 4.725,21. Dentro da área médica são oferecidas oito vagas para profissionais médicos, sendo uma vaga para cada uma das seguintes especialidades: anestesiologia; diagnóstico por imagem; ultrassonografia geral; endocrinologia e metabologia; endocrinologia pediátrica; ginecologia e obstetrícia; mastologia; pediatria; radiologia e diagnóstico por imagem. Os salários são de R$ 8.647,57.

Já no Hospital Universitário Onofre Lopes há uma vaga na área administrativa, para o cargo de assistente administrativo, com salário de R$ 2.451,14. Também são oferecidas, no edital para a área assistencial, 16 vagas para técnicos de enfermagem, com vencimentos de R$ 3.255,32, uma vaga de técnico de análises clínicas – R$ 3.617,48 – e duas de enfermeiro – R$ 6.690,39. O edital da área médica prevê duas vagas para anestesiologia, com vencimento inicial de R$ 8.647,57.

A Ebserh é uma estatal vinculada ao Ministério da Educação, responsável pela administração de 39 hospitais e pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf). Emprega mais de 25 mil pessoas e é a quinta maior estatal do país.

Em todo o país, são 1.660 vagas em 39 unidades hospitalares, além da sede da instituição. São 533 vagas para médicos em 88 especialidades, 998 vagas para a área assistencial e 129 vagas para a área administrativa.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/


Em 4 meses, Secretaria de Segurança do RN bloqueia 14 mil ligações de números que passam trotes para o 190

Ciosp RN – Centro Integrado de Operações de Segurança Pública do Rio Grande do Norte — Foto: Elisa Elsie/Governo do RN

Em quatro meses, a Secretaria de Segurança Pública bloqueou mais de 14 mil ligações de pessoas que entram em contato com o número 190, do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), para passar trotes. De acordo com a pasta, a medida seguiu uma recomendação do Ministério Público Estadual.

A maior quantidade de bloqueios aconteceu no mês de outubro, quando 5.116 tentativas de trotes foram impedidas, seguindo uma tendência mensal de crescimento. Em julho, foram 1.804; em agosto, 3.320; e em setembro, 4.000.

Somente no mês passado, das cerca de cinco mil ligações bloqueadas, mais de 600 vieram de apenas um número de telefone.

“Quando um número liga mais de 20 vezes por dia para o Disque 190, ele é automaticamente bloqueado. Após isso, quando ele tenta ligar para o 190, ele é encaminhado para um ramal e é informado que está bloqueado. Esse bloqueio dura sete dias”, explicou o tenente-coronel Kleber Macedo, diretor do Ciosp. “É um benefício enorme, pois a linha que estaria ocupada atendendo uma ligação que seria trote fica desocupada para que uma pessoa que realmente precise de ajuda possa ser atendida”, justifica.

Segundo a recomendação do Ministério Pública, de julho de 2019, o Estado precisava adotar soluções tecnológicas para a diminuição dos prejuízos causados pelos trotes ao serviço do Disque 190. Para tanto, o Ciosp deveria regulamentar requisitos para acessar o serviço, com a possibilidade de bloqueio de ligações de números envolvidos com trotes. Porém, o usuário deveria ser notificado através de mensagem ou ligação telefônica e o bloqueio teria que ter um prazo definido.

“O trote é um ato ilícito, por ofensa ao dever imposto ao usuário dos serviços públicos em geral e, particularmente, dos serviços de telecomunicações no tocante à utilização adequada dos serviços e à colaboração para a adequada prestação do serviço, podendo até mesmo configurar os crimes de atentado contra a segurança de serviço de utilidade pública ou de comunicação falsa de crime ou de contravenção”, informou a Secretaria de Segurança.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte


RN tem concursos com inscrições abertas que totalizam 93 vagas; salários chegam a R$ 3,6 mil

RN tem concursos com inscrições abertas que totalizam 93 vagas — Foto: divulgação

Quatro concursos públicos estão com as inscrições abertas nesta segunda-feira (4), no Rio Grande do Norte. São 93 vagas disponíveis em diferentes cidades do estado para os níveis médio e superior com remuneração máxima que pode chegar a R$ 3.606,45.

Na Universidade Federal do Rio Grande do Norte estão previstas 14 vagas para professores substitutos e temporários em Caicó, Currais Novos, Natal e Santa Cruz. Doze oportunidades são para ampla concorrência e duas para pessoas com deficiência (PCD). Diversas especialidades como Pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cardiologia e outras especialidades estão descritas no edital.

Universidade Federal do Rio Grande do Norte

Somente em Extremoz, na Grande Natal, são dois concursos da prefeitura do Município que totalizam 66 vagas para candidatos com níveis médio e superior. Destas, 40 são para o cargo de guarda civil municipal; 38 para ampla concorrência e duas vagas destinadas a PCD.

Prefeitura de Extremoz – Guarda Civil Municipal

Outro edital de concurso aberto no município destina 26 vagas para quatro cargos diferentes: Fiscal de turismo, meio ambiente, urbanismo e postura (17 vagas); Analista de Tecnologia da Informação (2 vagas); Agente administrativo (4 vagas) e Auditor fiscal (3 vagas).

Prefeitura de Extremoz

  • Inscrições até: 4/11/2019
  • Vagas: 26
  • Salário até: R$ 1.539,00
  • Escolaridade: médio e superior
  • Veja mais informações

A Secretaria de Educação do Estado disponibilizou 13 vagas para compor cadastro reserva para o cargo de professor formador no Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP). São oportunidades nas áreas de Ensino da Arte (1 vaga); Educação Física (2 vagas); Letras – Língua Portuguesa (3 vagas), Letras – Libras e Língua Portuguesa (1 vagas), Currículo (2 vagas), Psicologia Educacional (2 vagas), Educação Infantil (1 vaga) e Filosofia da Educação (1 vaga).


Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP)

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia


Areia Branca sediará Festival do Atum do Rio Grande do Norte de 14 a 16 de novembro

De Areia Branca Para o Mundo”. Com esse lema, acontece a segunda edição do Festival do Atum (antes Festival Gastronômico do Atum), marcado para acontecer entre os dias 14 a 16 do mês de novembro na cidade. O Rio Grande do Norte é o maior produtor de atum do Nordeste, concentrando cerca de 70% do fornecimento regional da região — onde destes, 60% é produção de Areia Branca, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). A pesca comercial do atum é um negócio que movimenta mais de 270 milhões de dólares em todo o Brasil, produzindo cerca de 50 mil toneladas por ano.

“Nossa expectativa com a realização da segunda edição do Festival do Atum em Areia Branca, é a melhor possível! Além do incentivo à atividade e estímulo ao consumo interno, consolidamos nossa cidade como uma referência nacional e internacional na produção do peixe que hoje é o mais procurado do planeta, fortalecendo assim nossa economia e turismo”, disse a prefeita Iraneide Rebouças. A Prefeitura Municipal da cidade tem trabalhado diretamente com o setor atuneiro para proporcionar um grande evento para a população. Em três dias de Festival, o município contará com uma exibição gastronômica baseada no pescado, além de palestras e rodas de negócio para pescadores da região, sem falar na programação cultural especial desenvolvida para o evento, com shows e outras atrações. “Como diz o slogan do Festival, é De Areia Branca Para o Mundo!”, finalizou a prefeita.

A pesca do atum encontrou o cenário perfeito em Areia Branca, e não foi por acaso. A cidade se posiciona num ponto ideal de captura e distribuição no estado, sem falar na sua proximidade com áreas de cardumes, facilitando a pesca. Para se ter ideia, um barco que sai de Areia Branca alcança esses locais com até 200 milhas de viagem, enquanto outras embarcações provenientes de outros países podem viajar até mais de 2.000 milhas em busca do peixe. A atividade já gerou mais de quatro mil empregos diretos e indiretos na cidade, como também passou por uma multiplicação na sua frota pesqueira — passando de sete para 63 barcos, num período de cinco anos. Dada a rápida expansão do setor na cidade, o poder municipal passou a se envolver, e usar o atum como uma das pilastras da economia na cidade. Outro atestado da importância da cidade para a cultura atuneira foi a realização da Comissão Permanente de Gestão de Atuns e Afins, a CPG do Atum, no mês de maio, onde o desenvolvimento econômico, social e ambiental da cidade foi discutido com poder municipal, empresários da pesca e população.

Em novembro de 2018, Areia Branca realizou o seu 1º Festival Gastronômico do Atum, que contou com extensa programação técnica, científica, apresentações culturais e artísticas e, principalmente, um enfoque na gastronomia, envolvendo chefs e restaurantes de toda a cidade e região, durante quatro dias. A aclamação do evento originou o Festival do Atum do Rio Grande do Norte, desenvolvido junto ao Governo do estado, que neste ano contará com algumas novidades, como uma ampla feira de negócios do setor, apresentação e contratação de rede de investimentos, e shows com artistas nacionais, além de estimular a participação da cidade, da população e da região com a atividade. Nos próximos dias, é esperada a divulgação da programação cultural completa, onde artistas nacionais se juntarão a artistas da cidade e da região para promover um grande espetáculo. Uma das atrações já confirmadas para o evento é o cantor pernambucano Geraldo Azevedo, conhecido pela mistura de ritmos nordestinos em suas apresentações.

A sazonalidade do evento não significa que a atenção dada ao atum tenha data de validade até o fim do festival. Todas essas atividades são parte da iniciativa da consolidação do pescado como um símbolo exponencial da economia de Areia Branca, buscando atrair recursos e benefícios para o município, na forma do crescimento do comércio e da indústria. “Se nós temos 60% de 70% do pescado do estado, devemos investir para que isso aconteça na nossa cidade. É isso que vai gerar emprego, renda e fazer o dinheiro circular aqui dentro”, defendeu a prefeita.

Assessoria

Investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de petróleo cru foram derramadas no mar; PF ainda não sabe se houve vazamento ou despejo

Trabalho de limpeza na praia dos Carneiros, em Pernambuco — Foto: BRUNO CAMPOS/JC IMAGEM/ESTADÃO CONTEÚDO

Os investigadores estimam que 2,5 mil toneladas de óleo foram derramados no oceano pelo navio Bouboulina, de bandeira grega, suspeito do crime ambiental que atingiu praias dos nove estados do Nordeste. A Polícia Federal ainda não sabe, entretanto, se o houve um acidente ou vazamento do navio. Uma operação foi inciada pela PF na manhã desta sexta-feira (1º) para cumprir mandados na sede da empresa Lachmann Agência Marítima, responsável pelo navio.

“Nós temos a prova da materialidade e indícios suficientes de autoria. O que nos falta são as circunstâncias desse crime, se é doloso, se é culposo, se foi um descarte ou vazamento”, afirmou o delegado da Polícia Federal no Rio Grande do Norte, Agostinho Cascardo.

De acordo com a procuradora-chefe da Procuradoria da República no Rio Grande do Norte, Cibele Benevides, ainda não é possível dizer se novas manchas chegarão à costa potiguar. “Esse óleo que chegou na costa brasileira não representa todo o óleo que foi derramado. Uma parte do óleo pode ser evaporada, em torno de 40%; uma parte pode ficar decantada e vir devagar para a costa brasileira. Então, a gente ainda não tem como afirmar que parou, que cessou, ou quando vai cessar. (…) Estima-se que a mancha original foi de 2,5 mil toneladas de petróleo cru”, afirmou.

O navio carregou 1 milhão de barris de petróleo na Venezuela, segundo informações da empresa de geointeligência Kpler, ao G1.

Segundo os investigadores, a embarcação é legal e o cumprimento dos mandados visa levantar documentações e informações sobre os dados da carga, tripulação, e o que aconteceu. O navio ainda está em alto mar.

“O navio está sendo monitorado e se dirigindo provavelmente pra Costa da África. Assim que ele aportar a gente tenta conseguir mais informações.No momento o foco são as empresas de representação do navio aqui (no Brasil). As empresas não são suspeitas, elas são simplesmente alvo na busca de documentos que possam ajudar a identificar o que aconteceu, mas elas em si não são investigadas”, reforçou a procuradora.

Segundo a PF, a embarcação deixou a Venezuela no dia 18 de julho e a primeira aparição da mancha ocorreu dia 29, às 11h55 da manhã. “A partir daí a mancha começa a se espalhar e se dirigir a Oeste”, pontuou o delegado.

Para os investigadores, apenas um navio mercante, carregado de petróleo, poderia ter deixado essa mancha, ressaltou o delegado. Cascardo ressaltou que o navio já havia ficado preso nos Estados Unidos, em abril, por causa de problemas no filtro de descarte da embarcação.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/

Bandeira vermelha entra em vigor e contas de luz ficam mais caras a partir desta sexta

A partir desta sexta (1º), entra em vigor a bandeira tarifária vermelha patamar um. E com ela, um custo extra nas contas de luz dos brasileiros.

O período historicamente chuvoso voltou, mas a mudança na tarifa de energia está ligada a previsão de chuvas abaixo da média e a seca dos meses anteriores.

“A gente precisa de três meses de chuva boa pra gente conseguir uma redução de preço da energia elétrica”, diz Giordano Matos, gerente de tarifas da Cemig.

Em novembro, a tarifa entra na bandeira vermelha patamar um. A seca reduziu os níveis dos reservatórios das usinas hidrelétricas.

Fonte: https://blogdofelipesilva.com/2019

Honra, dor e revolta no enterro de PM morto por colegas de farda do RN

Do OP9 – O corpo do policial militar Edmo Tavares foi enterrado no fim da manhã desta quinta-feira (31) no Cemitério Campo Santo Parque da Paz, em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. O cabo foi assassinado  na terça-feira (29) à tarde por policiais do Rio Grande do Norte na cidade de Tacima, no Curimataú paraibano. O crime está sendo investigado e os policiais potiguares envolvidos já foram afastados das ruas.

“É um momento de muita comoção, mas também não podemos deixar de falar das investigações. Ela está sendo feita de forma rígida e rigorosa para apurar a responsabilização daquelas pessoas que estavam na Paraíba e tiraram a vida de um ser humano. Saber que colegas de outro estado estabeleceram um fato dessa natureza é triste. Acreditamos que tudo será investigado e a justiça será feita”, comentou o comandante da Polícia Militar da Paraíba, Euller Chaves

Fonte: http://www.novacruzoficialrn.com.br/noticias/

Prefeitura quer que Governo do RN decida sobre tombamento do Hotel Reis Magos em até 72 horas

Hotel Reis Magos em Natal completou 24 anos de abandono em 2019 — Foto: Leonardo Erys/G1

A Prefeitura de Natal entrou com uma ação civil pública e pediu que a Justiça do Rio Grande do Norte determine um prazo de 72 horas para o Governo do Estado decidir se vai, ou não, tombar o antigo Hotel Reis Magos, na Praia do Meio, Zona Leste da capital. Segundo o município, o prédio em ruínas corre risco de desabamento e tem condições sanitária precária, que colocariam a saúde da população em risco.

De acordo com a procuradoria da capital, a medida foi tomada após esgotar as iniciativas de responsabilidade municipal. Como argumentos, ainda alegou que todos os prazos para a emissão do parecer do Poder Executivo Estadual foram esgotados, mas o processo não foi concluído.


A decisão foi informada na manhã desta quinta-feira (31) na sede da Procuradoria Geral do Município, pelo procurador-geral, Carlos Castim, acompanhado dos secretários de Obras Públicas e de Saúde, Tomaz Neto e George Antunes.

De acordo com o procurador-geral, o processo de tombamento foi pedido por uma entidade que defendeu o valor histórico, arquitetônico e cultural do antigo hotel, porém a tramitação já dura seis anos.

O projeto passou na esfera municipal, mas o pedido foi indeferido pelo conselho municipal de Cultura – entendimento que também foi seguido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Depois, o Conselho Estadual de Cultura foi outro órgão a se manifestar de forma contrária ao tombamento do prédio, mas o caso ainda precisa ser finalizado pela Secretaria Estadual de Educação e Cultura, que deve emitir o seu parecer.

Ainda segundo Castim, por causa da demora na tomada de decisão, a gestão municipal decidiu buscar as vias jurídicas para encerrar o processo.

“Pedimos em nossa ação que a Justiça determine que em um prazo de 72 horas o Estado decida se vai tombar ou não o equipamento e caso siga o caminho da preservação do prédio que arque com os custos para recuperar o espaço e dar segurança a sociedade”, afirmou.

Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi
Prefeitura de Natal afirma que relatório aponta risco de desabamento do Hotel Reis Magos — Foto: Rafael Lopes/Inter TV Cabugi

Secretário de Obras do município, Tomaz Neto apontou que o laudo contratado pela empresa Pernambuco S/A, proprietária do hotel, mostra uma a “situação calamitosa” na estrutura do prédio. Segundo ele, a fundação está comprometida, há ferragem aparente e desgastada, vigas rompidas e uma parte da marquise do prédio já desabou. O titular da pasta informou que vai pedir para os donos cercarem com tapumes o que restou do hotel para oferecer uma “mínima proteção” a quem passa pelo local.

“O risco de desabamento é real. Para se ter uma ideia, o custo para recuperar a estrutura e toda a parte de instalações, alvenaria, revestimentos e outros serviços é de R$ 40 milhões, ao passo que a demolição total do prédio e a remoção dos resíduos tem um valor de R$ 1 milhão. É inviável do ponto de vista financeiro executar uma reforma. A Prefeitura está alertando e buscando tomar as providências necessárias para evitar uma tragédia de grandes proporções, mas está de mãos atadas na espera desse parecer do Governo Estadual. Isso precisa acontecer o mais rápido possível, pois estamos falando de vidas”, considerou.

Ainda segundo o município, o terreno do antigo Hotel Reis Magos reúne as condições propícias para a proliferação de insetos – inclusive do Aedes Aegypti, que transmite dengue, zica e chikungunya – além de ratos, cobras e outros organismos que causam risco a saúde pública.

Apesar disso, o secretário de Saúde, George Antunes, informou que nenhuma equipe da SMS está autorizada a inspecionar o local em virtude do risco de desabamento.

“Não há como se fazer um trabalho de prevenção na área, pois não colocarei a minha equipe em risco. A realidade é que a situação existente fere de morte o código sanitário da cidade de Natal e infelizmente não podemos fazer muita coisa em virtude desse cenário perigoso”, disse.

Fonte: https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte


Onze anos depois, Brasil recebe bronze do 4x100m masculino da Olimpíada de Pequim 2008

Foto: Reprodução/Twitter

Foram onze anos de uma espera que chegou ao fim nesta quinta-feira. O Brasil recebeu a medalha de bronze do revezamento 4x100m rasos masculino da Olimpíada de Pequim 2008, herdada após o doping do jamaicano Nesta Carter. Em cerimônia na sede do Comitê Olímpico Internacional, na cidade suíça de Lausanne, José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana e Bruno Lins entraram para o seleto grupo de brasileiros medalhistas olímpicos, e Vicente Lenílson colocou no peito sua segunda medalha – ele foi prata também no 4x100m de Sydney 2000.

– Pra vocês entenderem a dor de tanto tempo sem essa medalha, é como se a gente tivesse um filho e só o conhecesse 11 anos depois. Foi muito difícil e ainda está sendo passar por tudo isso – disse Sandro Viana.

– Passou o vídeo da final. Eu ainda garotão, magrinho. É surreal, magnífico. Foi muito engraçado, porque naquela hora não veio na cabeça apenas o momento do pódio, veio tudo o que fiz para estar ali. Foram quatro anos de muita ralação, muita dedicação, muito empenho, ausência da família, viagem, estresse com colega de trabalho. Foram onze anos de espera. Eu tive um prejuízo financeiro grande. A gente tinha um clube grande, que tinha uma premiação alta. Isso não volta mais. O mais importante é que o erro foi corrigido e voltamos para casa com nossa medalha – completou Vicente Lenílson.

José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege
José Carlos “Codó” Moreira, Sandro Viana, Bruno Lins e Vicente Lenílson recebem bronze do revezamento 4x100m de Pequim 2008 — Foto: Marcelo Courrege

Campeã na China, a Jamaica perdeu o ouro em 2017 após reanálise do exame antidoping de Nesta Carter apontar o uso de substância proibida metilhexaneamina, um estimulante encontrado em alguns suplementos alimentares e descongestionantes nasais – o time caribenho também contava com Usain Bolt, Michael Fraser e Asafa Powell. Carter chegou a entrar com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS), mas teve negado o seu pedido de desconsideração da punição. Com a reclassificação, o ouro ficou Trinidad e Tobago e a prata com o Japão. Quarto colocado em 2008, o Brasil subiu para o pódio.

– Tem uma foto que eu estava olhando para o telão e senti que havia alguma coisa errada. Não consegui acreditar. Hoje se concretizou esse erro. O Nestar cometeu um erro muito grande, machucou nosso trabalho, por ambição acabou não se lembrando do espírito olímpico – disse Vicente Lenílson.

– Prefiro olhar para o agora. Do que ficou para trás, prefiro ver o que aprendi. Se eu não fui medalhista naquele momento, cresci como homem. Foram anos que eu pude crescer mentalmente e também fisicamente. Prefiro pensar que hoje sou medalhista e faço parte da história do atletismo e dos Jogos Olímpicos, em especial de Pequim 2008 – completou Bruno Lins.

O bronze do revezamento 4x100m rasos masculino é a 17ª medalha olímpica da história do atletismo brasileiro, ficando atrás apenas do Judô (22 medalhas) e da vela (18). É também a 129ª do país nos Jogos. Agora o Brasil conta com 372 atletas medalhistas olímpicos em quase cem anos de participação em Olimpíadas.

Fonte: https://globoesporte.globo.com/