Bolsonaro determina que ministros não devem participar nem apoiar, publicamente, a paralisação de 15 de março

Resultado de imagem para Planalto barsília
Foto da Internet

O presidente Jair Messias Bolsonaro tentando evitar maiores confrontos com os demais poderes determinou que os ministros de seu governo não devem participar nem apoiar, publicamente, a campanha de manifestação que acontecerá no próximo dia 15 de março.

Bolsonaro disse que seu whatsapp é particular, que tem postado algumas coisas pessoais com amigos, que qualquer coisa fora disso é ilações que tenta perturbar a República. Acenou que tem mais de 35 milhões de seguidores nas diversas redes sociais.

Leave a Comment