Azevedo e Allyson pedem contratação de excedentes aprovados no concurso da PM

Durante os seus pronunciamentos na sessão plenária desta quinta-feira (17), os deputados Coronel Azevedo (PSC) e Allyson Bezerra (SDD) defenderam a convocação de todos os aprovados no recente concurso da Polícia Militar. Os deputados sugeriram inclusive a convocação dos aprovados além da quantidade de vagas (1000) previstas em edital.

 “Queremos externar nossa solicitação para que o Governo se esforce e convoque todos os homens e mulheres aprovados. Há uma grande defasagem, e um levantamento feito pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RN) demonstrou que há mais de mil vagas por aposentadoria e morte”, preocupou-se o Coronel Azevedo.

O edital do concurso previu mil vagas, sendo 938 para homens e 62 para mulheres. Nas fases classificatórias há atualmente 1.159 homens concorrendo às 938 vagas oferecidas e 284 mulheres concorrendo a 62 vagas, e o pleito de Coronel Azevedo é para que o Governo convoque todos.

O mesmo pleito foi defendido pelo deputado Allyson Bezerra: “É notório que o Rio Grande do Norte passa por um problema de segurança pública e isso só se resolve com a contratação de mais homens e mulheres. Não ache que com viaturas e equipamentos, vai resolver o problema. Nesse concurso vai ter excedente, por isso quero chamar a atenção da governadora para que faça a convocação de todos os aprovados. O RN necessita desse efetivo nas ruas”, frisou o parlamentar.

Outro pedido de Allyson feito para o comando da Polícia Militar e estendido ao Governo do Estado, é a efetivação da regionalização do curso de formação. “O edital já trata da regionalização. Nosso pedido é para que o curso de formação seja regionalizado. É um pedido dos aprovados do interior do estado. Os aprovados de Mossoró, têm nos procurado com esse pedido e o edital tem artigo que garante que o curso será realizado na sede das unidades da região. Por isso venho fazer uma solicitação à PM e à governadora para ser sensível a essa demanda e pauta da população do interior”, finalizou.

Assessoria

Leave a Comment