Author: Foto Repórter

LAVA JATO ENVIA À PGR DOCUMENTO SOBRE DIAS TOFFOLI, DIZ O GLOBO

Resultado de imagem para Dias Toffoli e Alexandre de Moraes
Senadores pedirão impeachment de Toffoli e Moraes. Foto: Arquivo da Agência Brasil

Caiu o pretexto de Alexandre de Moraes para censurar O Antagonista e a Crusoé.

Segundo O Globo, o juiz Luiz Antonio Bonat, da Lava Jato, “mandou intimar à PGR, Raquel Dodge, sobre e-mails do empresário Marcelo Odebrecht que citam o ministro Dias Toffoli, com o suposto codinome ‘amigo do amigo de meu pai’”.

Na semana passada, o ministro do STF se valeu de uma nota da PGR, que negava o recebimento do documento, para ordenar a censura aos nossos sites, com a desculpa de que se tratava de uma notícia falsa.

Não era falsa coisíssima nenhuma: a reportagem dizia que o documento havia sido encaminhado pelos investigadores, e não recebido pela PGR.

Fake News uma ova.

 

Publica o Antagonista 

Abril Verde: audiência na Assembleia vai debater saúde e segurança no trabalho

No mês que marca a prevenção de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho, a Assembleia Legislativa, por iniciativa da deputada Isolda Dantas (PT), vai promover audiência pública no dia 22, às 14h, em alusão ao Abril Verde. O debate busca chamar a atenção para a importância de adoção de uma cultura permanente de prevenção de acidentes do trabalho e doenças ocupacionais.

“A audiência busca discutir questões atinentes ao ambiente do trabalho como fator desencadeador do adoecimento do trabalhador e da trabalhadora no Rio Grande do Norte”, justifica Isolda.

Estima-se que 2,3 milhões de trabalhadores morrem todo ano devido a acidentes de trabalho ou doenças ocupacionais. Diante dos índices alarmantes, foi criado o movimento Abril Verde, iniciativa popular com participação espontânea que luta para marcar o mês como data de referência na luta por saúde e segurança no trabalho.

O movimento busca, dentre outras ações, debater responsabilidade entre gestores e governos; conscientizar a população sobre a segurança e saúde do trabalho; promover a qualidade de vida no trabalho; engajar a sociedade; promover ações e manifestações; e promover a cultura de prevenção.

Páscoa Solidária presenteia crianças atendidas pela LBV com chocolates

Foto: cedida
A Legião da Boa Vontade (LBV), nesta quinta-feira, 18 de abril, presenteia com chocolates, crianças, jovens, gestantes e idosos inseridos nos programas socioeducativos mantidos pela Instituição na capital potiguar, para que tenham uma Páscoa doce, alegre e divertida.
Os chocolates foram arrecadados através de voluntários por meio da mobilização Páscoa Solidária, uma ação de solidariedade, promovida pelo Grupo Pão de Açúcar (GPA) em todo o Brasil. A ação sensibilizou os clientes e colaboradores do GPA a doarem ovos de páscoa e chocolates que presenteia todos os assistidos pela Instituição em nossa cidade.
A entrega acontece, nesta quinta-feira, 18, no período matutino das 10h às 11h, no Centro Comunitário de Assistência Social da LBV, localizado a Rua dos Caicós, 2148 – Dix-Sept Rosado. Informações: (84) 3613-1655.

Bancos e comércio de rua fecham na Sexta da Paixão em Natal; shoppings têm horário diferenciado

O feriadão da Semana Santa será da sexta-feira (19) ao domingo (21), mas apenas a Sexta da Paixão, como a ocasião é conhecida, deverá ter alteração nos horários de funcionamento do comércio de Natal.

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Natal (CDL Natal) divulgou o funcionamento dos estabelecimentos comerciais da capital, na data. Veja abaixo.

No sábado (20), as atividades voltam ao horário normal de funcionamento, e no domingo, os shoppings funcionam em horário especial como de costume, com praças de alimentação abertas a partir das 11h e lojas e quiosques das 13h às 21h.

Funcionamento do comércio na Páscoa

Sexta-feira (19)

  • Comércio de Rua
    Alecrim: Lojas fechadas.
    Centro da Cidade: Lojas fechadas
    Zona Norte: Lojas fechadas.
  • Shopping Midway Mall
    Alimentação e Lazer: 11h às 22h
    Lojas de Departamento: de 13h às 21h
    Demais lojas: de 15h às 21h
  • Natal Shopping
    Alimentação e Lazer: 11h às 22h
    Quiosques de Alimentação: 13h às 21h
    Âncoras | Megalojas: 13h às 21h
    Fórmula Academia: 09h às 15h
    Demais Lojas/Quiosques: 15h às 21h
  • Praia Shopping
    Praça de Alimentação e Lazer: A partir das 11h.
    Lojas e Quiosques: 15h às 21h
    Shopping Cidade Jardim
    Praça de Alimentação: A partir das 11h
    Lojas e Quiosques: 15 às 21h
  • Shopping Via Direta
    Totalmente fechado
  • Partage Norte Shopping Natal
    Praça de Alimentação e Lazer: 12 às 21h.
    Lojas e Quiosques: 12 às 21h
    O Carrefour abrirá das 07h às 21h
    Smart Fit funcionará das 09h às 15h.
  • Shopping 10
    Totalmente fechado
  • Supermercados
    7h às 21h
  • Bancos
    Fechados.

Fonte: https://g1.globo.com

Acusados de planejar morte de radialista no RN são condenados a 14 anos de prisão

Radialista F. Gomes foi morto em 2010, em Caicó — Foto: Paulo Júnior/Cedida

Após ser adiado quatro vezes, enfim foi concluído na noite desta terça-feira (16) o júri popular unificado do ex-pastor evangélico Gilson Neudo Soares do Amaral e do comerciante Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária – ambos acusados de planejar a morte do radialista Francisco Gomes de Medeiros, o F. Gomes, assassinado a tiros em 18 de outubro de 2010 na cidade de Caicó, na região Seridó potiguar. Os réus foram condenados a 14 anos de prisão por homicídio duplamento qualificado.

Gilson Neudo Soares do Amaral, ex-pastor evangélico, e Lailson Lopes, o 'Gordo da Rodoviária'  — Foto: Rosivan Amaral e Willacy Dantas
Gilson Neudo Soares do Amaral, ex-pastor evangélico, e Lailson Lopes, o ‘Gordo da Rodoviária’ — Foto: Rosivan Amaral e Willacy Dantas

O julgamento aconteceu no Fórum Desembargador Miguel Seabra Fagundes, no bairro de Lagoa Nova, Zona Sul de Natal. Gilson, que já estava preso, segue no regime fechado dando cumprimento à pena. Já ao comerciante, foi concedido o direito de aguardar o recurso do julgamento em liberdade.

Ao todo, 14 testemunhas prestaram depoimento durante o júri. A acusação coube ao promotor Augusto Azevedo, que preferiu não comentar o caso.

O crime

Francisco Gomes de Medeiros tinha 46 anos e trabalhava na rádio Caicó AM. Ele foi assassinado na noite de 18 de outubro de 2010, deixando mulher e três filhos. ‘F. Gomes’, como era mais conhecido, foi atingido por três tiros de revólver na calçada de casa, na rua Professor Viana, no bairro Paraíba, lá mesmo em Caicó. Vizinhos ainda o socorreram ao hospital da cidade, mas o radialista não resistiu aos ferimentos.

Consórcio

Segundo o Ministério Público, os acusados de participação na morte de F. Gomes fazem parte de um ‘consórcio’ de pessoas que se uniram com um propósito: eliminar o comunicador. Inicialmente, foram denunciados o mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como ‘Dão’, o comerciante Lailson Lopes, o ex-pastor Gilson Neudo, o advogado Rivaldo Dantas de Farias, o tenente-coronel da PM Marcos Antônio de Jesus Moreira e o soldado da PM Evandro Medeiros. Estes dois últimos não foram pronunciados e, consequentemente, acabaram excluídos do processo.

  • Rivaldo Dantas

Também denunciado como mandante do crime, o advogado Rivaldo Dantas de Farias foi igualmente sentenciado a ir para o banco dos réus, mas aguarda em liberdade a Justiça definir uma data para o júri popular.

  • Dão

O mototaxista João Francisco dos Santos, mais conhecido como ‘Dão’, admitiu ter puxado o gatilho. Como autor material do crime, ele foi condenado a 27 anos de prisão em regime fechado. O julgamento aconteceu no dia 6 de agosto de 2013. A defesa dele recorreu da decisão e o Tribunal de Justiça reduziu a pena para 21 anos.

Fonte: https://g1.globo.com

Comissão de Defesa do Consumidor discute cortes nos serviços de energia e água

Representantes da Caern e Cosern, as duas principais empresas no fornecimento dos serviços de água e energia elétrica no Estado, compareceram nesta terça-feira (16), à reunião da Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior, presidida pelo deputado Sandro Pimentel (PSOL). O objetivo foi tratar sobre os cortes e as religações nos serviços para os consumidores. Também foram convocados representantes da Delegacia do Consumidor, Procon, Agência Reguladora dos Serviços Públicos (ARSEP) e Instituto Potiguar de Defesa dos Consumidores (IPDCON).

Presidente da Comissão, o deputado Sandro Pimentel afirmou o que motivou a reunião: “Foram muitas reclamações dos consumidores, tanto em Natal quanto no interior do nosso Estado em relação às ligações, religações, horário de corte e horário de religação”, afirmou o parlamentar. De acordo com Sandro Pimentel, o IPDCON também apresentou demandas dos consumidores. “Como a nossa Comissão trata desse tema, então nada mais prudente do que ouvir as duas principais empresas de água e luz para tentar encontrar alguma alternativa”, afirmou.

Uma das queixas relacionadas à Cosern, está ligada aos cortes no fornecimento de energia elétrica em dias de sexta-feira. Ainda que o consumidor coloque as faturas em dia, o serviço não é religado imediatamente no dia seguinte. O parlamentar alertou para os prejuízos que muitas famílias têm, perdendo alimentos sem conservação e solicitou que a empresa reveja a prática. Representando a empresa, Tiago Freire afirmou que a empresa realiza a política da conciliação.
“Temos total interesse manutenção e resgate desse cliente, temos buscado uma melhoria contínua nos processos para evitar essa situação de inadimplência e cortes”, disse. Tiago Freire afirmou que para facilitar, a Cosern tem praticado o parcelamento de faturas em atraso.

Representante da Caern, o supervisor comercial Marinaldo Pereira explicou que na companhia de água, em caso de inadimplência ou identificação de fraudes (conhecidas também como “gatos”), a empresa realiza os cortes até a quinta-feira. “A gente sempre procura seguir todas as orientações das agências reguladoras e da legislação vigente. Todo cliente que vai ter o serviço cortado, ele será avisado com antecedência de pelo menos 30 dias, exceto em alguns casos de flagrante, quando o serviço já foi cortado anteriormente e aí o corte é feito imediatamente, mas mesmo nesses casos damos um prazo”, disse.

Uma das sugestões de Sandro Pimentel é que em caso de consumidor inadimplente que se mude para outro imóvel, o novo inquilino não seja penalizado com cortes de energia e água no imóvel, com a dívida sendo cobrada daquele que consumiu os serviços. “Os consumidores devem ter o cuidado ao sair e ao entrar numa nova residência, é importante pedir a inspeção para que fiquem resguardados de eventuais dissabores”, disse.

 

Assessoria

Projeto de lei para regulamentar aplicativos de transporte em Natal prevê taxa sobre valor das viagens

Câmara de Natal discute projeto de lei que regulamenta transporte por aplicativos — Foto: Wellington Roberto/G1

Os motoristas de aplicativo de transporte de passageiros deverão passar por um curso de formação e ser registrados na Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal, para poder exercer a atividade na cidade. Estas são algumas das propostas do projeto de lei que visa regulamentar o serviço na capital potiguar. Entre as mudanças, ela também cria uma taxa de 1% sobre o valor de cada viagem, paga ao poder público municipal.

A taxa deverá ser a título de “Uso do Sistema Viário Urbano” e a soma, paga ao município mensalmente. Caso as empresas não paguem o valor, poderão perder o credenciamento junto ao poder público.

Outra mudança prevista pelo texto é a possibilidade de limitação do número de motoristas exercendo a atividade na capital, que deverá ser definida pelo poder público municipal após estudos técnicos. De acordo com a proposta, após um ano da publicação da lei, a secretaria deverá fazer um trabalho técnico abordando os impactos ambientais, econômicos e de mobilidade urbana, gerado pelo serviço.

“Caso a autoridade pública entenda pela necessidade da adoção de política de limitação do número de condutores no sistema dos PRTs (as empresas), as plataformas deverão cumprir a determinação no prazo razoável a ser fixado pelo órgão competente. A política de limitação mencionada (…) deverá ser revista pelo Poder Público após o seu primeiro ano de implementação, e, posteriormente, a qualquer tempo, ocasião em que poderá deliberar pela redução ou aumento do número de condutores”.

De acordo com a vereadora Nina Souza (PDT), que é autora do substitutivo ao projeto protocolado inicialmente pelo então vereador Sandro Pimentel (Psol), atualmente deputado estadual, as mudanças apresentadas por ela adequam a proposta à a Lei Federal nº 13.640, aprovada no ano passado.

O texto já passou pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal e agora se encontra na Comissão de Finanças. Antes de ser analisada pelo plenário, a matéria ainda deverá passar pela Comissão de Planejamento Urbano e Transporte. “Nossa ideia é que ela chegue ao plenário antes do recesso parlamentar do meio do ano”, afirma a vereadora.

Embora a competência para legislar sobre o assunto seja dos municípios, ela também defende uma atuação do Governo do Estado para liderar politicamente a regulamentação dos serviços nos demais municípios da região metropolitana. “Os municípios, inclusive, podem usar nossa minuta para embasar suas leis”, considera.

A proposta também estabelece prazos. Se aprovada da forma como está, as empresas, que são denominadas Provedores de Rede de Transporte (PRTs) terão 30 dias, após a publicação da lei, para requerer credenciamento à prefeitura e 90 dias, ou três meses, para para compartilhar as informações relativas aos condutores e veículos cadastrados com a prefeitura. Os motoristas ainda terão 180 dias para adequar os veículos às exigências. Os carros só poderão ter até 10 anos, por exemplo.

“A exploração do serviço de transporte remunerado privado individual de passageiros sem o cumprimento do disposto na legislação federal e nesta Lei caracterizará transporte ilegal de passageiros para todos os efeitos legais”, prevê a proposta de lei.

Fonte: https://g1.globo.com

CCJ e Comissão de Finanças da Assembleia analisam reajuste dos professores

O projeto de lei que trata do reajuste do Magistério foi avaliado por duas comissões na manhã desta terça-feira (13). Na Comissão de Constituição Justiça e Redação (CCJ) a matéria teve relatoria do deputado George Soares (PR) e os demais membros da Comissão acompanharam o seu voto favorável à mensagem governamental 013/19. “Voto pela regimentalidade da matéria, que cumpre todos os aspectos legais e parabenizo o governo pela sensibilidade ao tema”, afirmou o relator.

Já na Comissão de Finanças e Fiscalização (CFF) a matéria não chegou a ser votada e os deputados terão uma nova reunião na próxima terça-feira (23), às 10h, com a presença de representantes dos inativos do magistério e do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte RN). A matéria não foi aprovada porque os deputados Getúlio Rêgo (DEM) e Galeno Torquato (PSD) questionaram o prejuízo que os professores inativos poderiam ter com a aprovação do projeto original, visto que o reajuste para a categoria será implantado a partir de maio próximo e o retroativo dividido em sete parcelas. Com isto, o presidente da CFF, deputado Tomba Farias (PSDB), convocou a reunião para a próxima terça-feira.

O deputado Galeno Torquato foi quem sugeriu que sejam convocados os representantes dos aposentados à CFF. “Da forma como está posto o Governo do Estado mais uma vez colocou os aposentados e pensionistas na fila, com esse parcelamento. E são eles, que contribuíram com a educação do nosso Rio Grande do Norte, quem mais precisam de uma remuneração digna”, criticou Getúlio Rêgo.

Na defesa do Governo, o deputado Francisco do PT argumentou que a matéria tem a aprovação dos professores. “Esse projeto já foi discutido amplamente com as bases e foi fruto de um entendimento entre o governo e o Sinte”, disse.

Durante o debate, o deputado Ubaldo Fernandes (PTC) questionou qual o impacto financeiro da medida. De acordo com os dados apresentados por Francisco do PT, o reajuste irá causar um impacto de R$ 33 milhões na folha dos professores ativos e de R$ 58 milhões para os inativos.

De acordo com o projeto, para os professores ativos, o reajuste será implantado a partir de abril próximo e o retroativo em três parcelas, nos meses de abril, maio e junho de 2019. Já em relação aos aposentados, o reajuste será implantado a partir do próximo mês e o retroativo em 7 parcelas, sendo a primeira parcela, no percentual de 4,17% paga em junho, referente ao mês de janeiro de 2019; e as demais, no total de 6, no percentual de 2,085%, pagas nos meses de julho a dezembro, referentes aos meses de fevereiro, março e abril de 2019.

Assessoria

Feriado da Semana Santa altera funcionamento de trens na Grande Natal

Trem da CBTU, indo a Parnamirim, na Grande Natal — Foto: CBTU/Divulgação

A Companhia Brasileira de Trens Urbanos informou nesta terça-feira (16) que o feriado da Semana Santa causará mudanças no funcionamento das linhas ferroviárias da região metropolitana de Natal. De acordo com o órgão, não haverá circulação de trens na sexta-feira (19) e no domingo (21).

Na quinta (18), mesmo diante dos decretos de pontos facultativos em algumas prefeituras e fechamento de escolas, o sistema irá operar normalmente a partir das 5h20 na Linha Norte, no percurso Ceará-Mirim/Natal e das 5h40 na Linha Sul, no percurso Parnamirim/Natal;

Não haverá circulação de trens na sexta (19). Já no sábado (20), haverá trens para as linhas Norte (Natal/Ceará-Mirim) e Sul (Natal/Parnamirim). O primeiro trem sai de Ceará-Mirim com destino a Natal às 5h20 e o último sai de Natal com destino a Ceará-Mirim às 15h26. Já na Linha Sul, o primeiro trem sai de Parnamirim com destino a Natal às 5h40 e o último de Natal com destino a Parnamirim às 14h.

O domingo não terá circulação de trens e os trens voltam a circular normalmente na segunda-feira (22).

Fonte: https://g1.globo.com

Frente Parlamentar das Águas propõe o debate da sustentabilidade hídrica no RN

A gestão das águas, um dos temas mais relevantes para a humanidade na atualidade, teve seu fórum de discussão permanente reativado dentro da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. A Frente Parlamentar das Águas foi reinstalada na manhã desta terça-feira (16) e reuniu instituições do governo, de ensino e pesquisa, comitês, movimentos populares e outros interessados no setor pesqueiro. O objetivo da frente é buscar condições para garantir sustentabilidade hídrica para as diversas regiões do Estado por meio de investimentos em projetos hídricos e uso racional da água.

“Vamos discutir ações importantes para formalizar as ações na Assembleia. Queremos propor um seminário ou fórum para que a gente possa aprofundar o debate iniciado hoje. Por isso essa frente se propõe a receber a contribuições de todos os entes”, disse o presidente e propositor da criação da frente, deputado Francisco do PT. Os deputados Souza Neto (PHS), vice-presidente, Galeno Torquato (PSD), Isolda Dantas (PT) e Eudiane Macedo (PTC), compõem a frente parlamentar.

A gestão das águas e as ações previstas pelo Governo Federal foram alguns dos temas citados pelos presentes na instalação da frente. Como destacou o secretário de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, João Maria Cavalcanti, é preciso reunir forças. “Entre outras, está prevista, no Plano Nacional de Segurança Hídrica, ações para o Rio Grande do Norte para a região Seridó”, disse.

O diretor geral do Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn), Caramuru Paiva, destacou que o acesso à água está relacionado com gestão. “É também uma questão de poder. Fiquei impressionado, quando assumi a direção do Igarn, com o número de prefeituras que não tinham acesso à água”, disse.

Representantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern), Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater), Federação dos Trabalhadores Na Agricultura do Estado (Fetarn), Movimento dos Sem Terra, Secretaria de Estado de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária (Seara), Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte (Femurn), Comitê das Bacias Hidrográficas, também participaram da reunião de instalação da Frente Parlamentar das Águas.

 

Assessoria

Tribunal de Justiça bloqueia R$ 1 milhão de municípios potiguares para pagar precatórios

Sede do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em Natal — Foto: Divulgação/ TJRN

A Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça determinou o bloqueio de cerca de R$ 1,1 milhão das contas de três municípios potiguares para o pagamento de credores. De acordo com a Justiça, as prefeituras não realizaram às transferências que foram acordadas para quitar débitos com pessoas ou organizações que venceram ações contra os municípios na Justiça.

Os recurso bloqueado é do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e atinge as cidades de Ceará-Mirim, Guamaré e Grossos.

Grossos terá o maior valor sequestrado pela Justiça – são R$ 886.738,89. Ceará-Mirim deve cerca de R$ 190.257,18 e Grossos, R$ 76.869,48.

De acordo com a Divisão de Precatórios do TJRN, Ceará-Mirim, que é do Regime Especial, estava em atraso com os repasses relativos aos meses de janeiro a março deste ano. Diante do inadimplemento, o juiz responsável pelo setor, Bruno Lacerda, estipulou o prazo de dez dias para regularizar a situação ou apresentar um plano de pagamento.

“Como o inadimplemento não foi suprido, foi determinado o sequestro do valor”, informou o Judiciário.

Já Guamaré teve requerimento de pagamento feito pelo credor do Precatório nº 628/2017, vencido em 31 de dezembro de 2018. A justiça concedeu prazo de 30 dias para que o município pagasse o débito, mas como o prazo venceu, houve o bloqueio direto da conta.

“Nesse caso de Guamaré, o requerimento foi feito pelo segundo credor da ordem cronológica e, por isso, tanto ele quando o primeiro da lista receberão seus créditos. Com isso, o saldo da conta do município será abatido dos valores pagos a esses dois credores”, disse o TJ.

Por fim, a inadimplência do município de Grossos vem desde dezembro de 2018, passando pelos meses de janeiro a março de 2019 com atraso. Em janeiro passado, o juiz Bruno Lacerda ordenou o bloqueio, via Secretaria do Tesouro Nacional. Entretanto, ainda sem pagamento, o magistrado reiterou a ordem, desta vez através do Bacen-Jud.

O Judiciário ainda lembrou que o município assinou um termo de anuência obrigando-se a fazer os depósitos todo dia 30 de cada mês.

“Inclusive, é ciente da advertência de, em caso de atraso, existir a possibilidade de bloqueios de valores para o pagamento dos precatórios, que ocorrem, preferencialmente, no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Apenas em caso de insucesso, os bloqueios ocorrem em outras contas”, complementou.

Fonte: https://g1.globo.com

Distritos de Touros inundam e Ezequiel busca solução junto ao Governo do Estado

Ao tomar conhecimento da situação de inundação de residências na comunidade de Cajueiro, no município de Touros, litoral Norte do Estado, o deputado e presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira (PSDB), agiu rápido e em contato com o Governo do Estado agendou uma reunião de trabalho para a tomada de providências no Gabinete Civil, às 11h, desta quarta-feira (17).  A Defesa Civil do Estado que é coordenada pelo tenente-coronel Marcos Carvalho também participará do encontro.

Ezequiel Ferreira recebeu as informações da inundação do Distrito do Cajueiro, mas que com a sequência de mais chuvas pode atingir os bairros Frei Damião, Conjunto Calcanhar e Portal de Touros, do vice-prefeito da cidade, Flávio Teixeira. “No momento a pior situação é do Cajueiro. Segundo maior distrito de Touros. Área sem drenagem e sem calçamento. A solução imediata é o deslocamento de uma retroescavadeira para abrir passagem para a água escoar para o mar”, explicou Ezequiel.

O vice-prefeito Flávio Teixeira relembrou a situação de calamidade de julho do ano passado onde perto de 8 mil pessoas das comunidades de Frei Damião, Conjunto Calcanhar, Portal de Touros e Cajueiro.

“Nós estamos precisando de ação emergencial, porque a cada dia de chuva que cai aumenta o desespero dos moradores de Cajueiro”, disse o vice-prefeito Flávio Teixeira, temendo a repetição da calamidade do ano passado.

Além da retroescavadeira, para solucionar o problema na comunidade do Cajueiro, Ezequiel Ferreira também sugere o bombeamento da água que em alguns locais está num volume bastante alto, dificultando as pessoas entrarem ou saírem de casa. “E o mais importante. Que a Prefeitura de Touros e o Governo do Estado firmem um convênio para as obras estruturantes de drenagem, saneamento e calçamento das ruas do distrito do Cajueiro e bairros vizinhos para a solução para as inundações”, disse o presidente da Assembleia.

Assessoria

Troféu do Campeonato Potiguar 2019 é divulgado e homenageia Parque da Cidade

Foto: Divulgação

A Federação Norte-rio-grandense de Futebol (FNF) divulgou nesta segunda-feira o troféu do Campeonato Potiguar deste ano, que vai ser erguido por ABC ou América-RN, os dois finalistas do certame. E o troféu deste ano vai homenagear um monumento do Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte, obra do arquiteto Oscar Niemeyer.

Tradicionalmente, a federação tem feito taças com homenagens a pontos históricos do estado, como a Fortaleza dos Reis Magos e o cajueiro de Pirangi.

– Mantivemos a tradição de fazer troféus temáticos. Já fizemos com a Fortaleza dos Reis Magos, o cajueiro de Pirangi, o farol de Mãe Luiza, a Arena das Dunas, o estádio Juvenal Lamartine e agora o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. É uma forma de aproximar o futebol da nossa história, de um patrimônio, do dia a dia da sociedade – falou o presidente da FNF, José Vanildo.

A FNF também anunciou que fará um tour da taça por algumas escolas da rede municipal, com a presença do mascote Cajulino e sorteio de ingressos.

A primeira final do Campeonato Potiguar acontece nesta quarta-feira (17) no Frasqueirão e o duelo decisivo será na Arena das Dunas, na outra quarta-feira (24). Os dois jogos serão às 21h30 e terão transmissão da Inter TV Cabugi e serão acompanhados em Tempo Real pelo GloboEsporte.com.

Parque da Cidade

O Parque da Cidade foi projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer com a colaboração de Ana Niemeyer e Jair Varela. O início da obra aconteceu em 2006. O parque é um espaço destinado ao lazer ecológico, cultural e equipamento de educação ambiental. O parque tem uma área total de 136,54 hectares, que abrange os bairros de Pitimbu, Candelária e Cidade Nova.

Fonte: https://globoesporte.globo.com

PM prende suspeitos com equipamento que bloqueia travamento de carros em shopping de Natal

Em Natal, suspeitos usavam equipamento que impedia travamento de veículos, segundo a PM — Foto: Reprodução

Dois homens suspeitos de realizar furtos foram presos pela Polícia Militar na tarde desta segunda-feira (15) no estacionamento de um shopping na Zona Norte de Natal. Eles foram flagrados com um equipamento capaz de inibir o travamento e o acionamento do sistema de alarme em veículos.

De acordo com a PM, a prisão aconteceu após uma denúncia. Ao identificar os suspeitos no local, os militares os abordaram. Com eles, foi encontrado o equipamento conhecido como “chapolin”.

O inibidor de frequência é usado pelos criminosos logo após os proprietários saírem do carro e apertarem o controle para travar as portas do veículo. Quando é ativado, o equipamento trabalha na mesma frequência que o controle de travamento das portas dos carros, causando uma interferência no sinal eletrônico, o que impossibilita que as portas se travem.

De acordo com a PM, os suspeitos foram encaminhados para a Delegacia de Plantão da Zona Norte de Natal, mas ao se constatar que o carro usado por eles era roubado, o caso passou para a Delegacia Especializada em Defesa da Propriedade de Veículos e Cargas (Deprov).

A Deprov informou que vai investigar se eles têm relação com o furto de cinco carros que foram registrados desde o início do ano no mesmo shopping. Dentro do carro em que eles estavam, roubado em março, estava o documento de outro veículo roubado em outro estabelecimento da região.

Fonte: https://g1.globo.com

Frente Parlamentar da Engenharia é instalada na Assembleia Legislativa

Com o objetivo de debater as ações voltadas para a infraestrutura e desenvolvimento no Estado, foi instalada, na Assembleia Legislativa, a Frente Parlamentar da Engenharia. O espaço permanente de debates no legislativo estadual será presidido, durante o ano de 2019, pelo deputado estadual Alysson Bezerra (SDD). Os parlamentares Kelps Lima (SDD) e Coronel Azevedo (PSL) também integram a iniciativa suprapartidária.

A reunião de instalação reuniu entidades ligadas a engenharia, que vão colaborar com os trabalhos da Frente Parlamentar, além de representações do governo estadual, instituições, sindicatos, associações, empresas, sociedade civil e profissionais. Os participantes manifestaram as prioridades dos segmentos que representam para a formatação da agenda de trabalho.

“Temos essa Frente instalada no Congresso Nacional e em outros estados, então tomamos a iniciativa de propor no nosso estado para discutir a infraestrutura, a logística e o desenvolvimento, uma vez que tudo isso passa pela engenharia. Queremos uma política de valorização dos profissionais da engenharia, junto a bancada federal, além de discutir obras que são importantes para o nosso estado. Tudo por um caminho para o RN avançar”, destacou Alysson Bezerra.

O secretário de Infraestrutura do estado, Gustavo Coelho, classifica a instalação da frente como uma grande iniciativa. “A engenharia é o único meio para que a gente possa ter uma boa infraestrutura. É pegar conhecimento e transformar a natureza de forma real, interferir no meio ambiente de forma inteligente. Não temos dúvida que o debate permitido pela Frente só vai engradecer as condições de solução”, disse.

Para a presidente do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura (Crea), Ana Adalgísia Dias Paulino, a frente representa a abertura de um canal em prol do desenvolvimento do estado. “Finalmente vamos ter voz, um canal para debater, trazer ideias e propostas dentro da linha de desenvolvimento para o Estado”, comemorou. A manutenção das estruturas públicas é um dos temas que considera importante debater. Larissa Dantas, diretora presidente da Potigás, disse que a Frente Parlamentar da Engenharia “é um sonho já há algum tempo”.

Também participaram da sessão de instalação da Frente representantes do IRFN, Dnit, Fecomércio, CRT/RN, Anest, Confea, Avieb (Exército), Semov, Clube de Engenharia, UnP, Siprocim, prefeituras e profissionais da áreas . A Frente vai funcionar dentro da Assembleia Legislativa e se reunir periodicamente. Visitas técnicas ao interior do Estado também integram a sua programação para 2019.

Assessoria