Adolescentes são capturados por suposto envolvimento em caso de motorista que teve o corpo queimado, na Grande Fortaleza

José Hilker Assunção de Sousa está internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota. — Foto: Arquivo Pessoal
José Hilker Assunção de Sousa está internado em estado grave no Instituto Doutor José Frota. — Foto: Arquivo Pessoal

Uma operação conjunta das Polícias Militar e Civil do Ceará resultou na apreensão de um trio de adolescentes suspeitos de envolvimento no caso do motorista de aplicativo que teve 95% do corpo queimado em Caucaia, na Grande Fortaleza.

José Hilker Assunção de Sousa sofreu uma tentativa de homicídio durante um assalto na rua Campo do Madureira, no Bairro Guajiru. Os suspeitos lesionaram a vítima com um objeto perfurocortante, atearam fogo nele e subtraíram o veículo.

De acordo com policiais, as apreensões ocorreram tanto em Fortaleza quanto em Caucaia. Apesar do trio capturado, a polícia garantiu que a operação segue em busca de outros possíveis envolvidos no caso.

Todos os três adolescentes foram encaminhados ao Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Fortaleza.

motorista de aplicativo que foi roubado e agredido durante uma corrida no último sábado (21) está com 95% do corpo queimado. Em sua conta no Instagram, a mulher dele, Gleycyane Araújo, abriu uma campanha para que amigos e familiares possam colocar doações. Segundo ela, o motorista está internado no hospital Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro da capital.

G1CE