Archive for setembro 18th, 2021

Governo federal compra 100% das vacinas! “Governadores se apropriam das vacinas”, diz deputada do RN alfinetando Fátima Bezerra do PT

A deputada federal Carla Dickson alfinetou a Fátima Bezerra ao lembrar que a governadora era uma das que tirava fotos da chegada das vacinas para divulgar como se fosse uma aquisição do Governo do Estado, quando, até hoje, 100% das vacinas aplicadas no Brasil foram compradas e distribuídas pelo Governo Federal.

“No início, os governadores se apropriavam das vacinas, sim. Agora parou mais. Fotos, propagandas e, o mais grave, não faziam referência nenhuma ao Ministério da Saúde e ao governo Bolsonaro”, disse ao explicar que, para aquisição de vacina, todos os recursos são do Governo Federal.

Carla explicou que a função dos governos estaduais é apenas de receber as vacinas do Ministério da Saúde e distribuir para os municípios, que, por sua vez, são os responsáveis por aplicá-las na população. A parlamentar ainda chegou a citar casos em que governos estaduais deram a entender que a compra das vacinas teriam sido feitas com recursos próprios, mas não citou que governos foram esses.

BG

Anvisa aprova indicação de baricitinibe para internados com covid-19

Fachada do edifício sede da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Foto reproduzida da AB

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou na noite desta sexta-feira que aprovou a indicação do medicamento baricitinibe para o tratamento de pacientes internados com covid-19. O uso do medicamento é autorizado para pacientes adultos hospitalizados e que necessitam de oxigênio por máscara ou cateter nasal, ou que necessitam de alto fluxo de oxigênio ou ventilação não invasiva.

Os dados que sustentam a eficácia e a segurança do medicamento no tratamento para a covid-19, segunda a Anvisa, foram apresentados pela empresa Eli Lilly do Brasil Ltda. A agência informou que trata-se “de uma nova indicação terapêutica, já que o baricitinibe possui registro no Brasil para o tratamento de artrite reumatoide ativa moderada a grave e dermatite atópica moderada a grave.”

O baricitinibe é um inibidor seletivo e reversível das enzimas janus quinases (JAKs), em especial JAK 1 e 2, responsáveis pela comunicação das células envolvidas na hematopoese (processo de formação e desenvolvimento das células do sangue), na inflamação e na função imunológica (função de defesa do corpo).

Agência Brasil

Primeiro lote de vacinas da Pfizer destinado à dose de reforço em idosos é distribuído aos municípios do RN

Primeiro lote de vacinas para dose de reforço é distribuído aos municípios potiguares — Foto: Divulgação
Lembrando que adolescentes e crianças não podem se vacinarem /  Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde do Rio Grande do Norte começou a distribuir no início da tarde desta sexta-feira (17), o primeiro lote de vacinas contra a Covid-19 para a aplicação da dose de reforço nos idosos do estado.

De acordo com a pasta, foram encaminhadas aos municípios 20 mil doses da vacina Pfizer para esse público.

A orientação da Sesap aos municípios é de que o reforço deve começar pelos idosos acamados e aqueles que vivam em instituição de longa permanência.

A previsão inicial da Sesap era de que as doses de reforço começassem a ser aplicadas no último dia 15. Entenda como vai funcionar.

Além dessas para o reforço, também foram distribuídas, para segunda dose, mais 73.750 vacinas, sendo 28.200 da Pfizer, 18.840 de Coronavac/Butantan e outras 26.710 de Astrazeneca/Fiocruz, que voltou a ser distribuído, após uma paralisação temporária. Parte dessas vacinas foram recebidas no fim da tarde desta quinta-feira (16).

Na semana passada, municípios como Mossoró suspenderam a aplicação da segunda dose da Oxford/AstraZeneca por falta de vacinas. O motivo é que, pela primeira vez desde o início da produção no Brasil, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) anunciou no dia 3 de setembro que ficaria duas semanas sem entregar doses de AstraZeneca para o Ministério da Saúde, por atraso na entrega do Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA), que é o componente usado para fabricar a vacina. O composto é importado da China.

Até a manhã desta sexta-feira (17), o estado registrava 3,49 milhões de doses aplicadas. Ao todo, 2,24 milhões de pessoas que receberam ao menos uma dose, alcançando 84% do público-alvo.

O recorte entre os maiores de idade vacinados com duas doses ou dose única é de 47% dos adultos, o que representa 1,25 milhões de moradores do RN.

G1RN