Archive for agosto 25th, 2021

Comissão de Saúde aprova dois projetos de lei em favor da população potiguar

Em reunião realizada esta manhã (25), a Comissão Permanente de Saúde da Assembleia Legislativa aprovou duas matérias que estavam na pauta para deliberação, pelo sistema híbrido. Uma foi o Projeto de Lei 185/2021, de iniciativa do deputado Getúlio Rêgo (DEM), que institui na Rede Pública de Saúde do Rio Grande do Norte o Programa Gestante de Primeira, relatada pelo deputado Vivaldo Costa (PSD).
De acordo com a matéria, o projeto tem como objetivo ofertar, gratuitamente, cursos diversos destinados à mulher gestante, em especial sobre cuidados e atendimentos emergenciais às crianças de zero a seis anos, mediante adesão voluntária da gestante.
“Trata-se de uma medida preventiva que pode resultar em grande economia ao Poder Público, dado o relevante interesse público na instituição de medidas preventivas, educativas e esclarecedoras às futuras mães, sobre os cuidados essenciais com a própria gestação e com a criança nos primeiros anos de vida”, registrou o deputado propositor em sua justificativa.
A outra matéria aprovada foi o Projeto de Lei 188/2020 de autoria da deputada Cristiane Dantas (SDD), relatado pelo deputado Getúlio Rêgo, que “estabelece procedimento virtual de informações e acolhimento dos familiares de pessoas internadas com doenças infectocontagiosas, durante endemias, epidemias ou pandemias, em hospitais públicos, privados ou de campanha sediados no Estado.
“Durante a pandemia do coronavírus, são muitos os relatos de famílias em busca de informações atualizadas sobre o estado de saúde de parentes hospitalizados. Devido ao alto poder de contágio da Covid-19 (a doença provocada pelo coronavírus) e às características complexas do tratamento, que envolvem a necessidade de isolamento do paciente, se tornou necessário um projeto de lei que garanta o direito das famílias à informação diária sobre o estado de pacientes internados em hospitais públicos e privados do Rio Grande do Norte” é a justificativa da deputada para a elaboração do Projeto.
Ao final da reunião do grupo de trabalho, o deputado Vivaldo Costa (PSD) solicitou que seja convidado um infectologista, de preferência um professor universitário para participar de uma reunião da Comissão de Saúde para falar sobre a nova variante do coronavírus, a Delta. O deputado Dr Bernardo (MDB) sugeriu o nome de Kleber Luz, que foi acatado pelo presidente da comissão.  

Assessoria

Vivaldo parabeniza atuação do 6º Batalhão da PM em Caicó pelos 27 anos de atividades

Completando 27 anos de atividades hoje (25), no Dia do Soldado, o 6º Batalhão de Polícia Militar foi um dos destaques no pronunciamento do deputado Vivaldo Costa (PSD) durante a sessão plenária híbrida da Assembleia Legislativa. O Batalhão Dinarte Mariz foi instalado durante a gestão de Vivaldo Costa como governador do RN, em 1994.
 
“Era um sonho antigo da população de Caicó e do Seridó para que houvesse um atendimento mais ágil, mais completo e com mais segurança para população, foi uma vitória dos seridoenses e denominamos de Batalhão Dinarte Mariz em homenagem a esse filho ilustre que sempre teve um carinho especial pela nossa região”, disse Vivaldo.
 
O deputado também parabenizou os militares da PM e das Forças Armadas pelo dia. “O dia 25 de agosto deve ser lembrado como um grande dia, onde temos o dever cívico de homenagear os militares”, afirmou.
 
Vivaldo também externou preocupação com a situação dos produtores rurais diante da irregularidade das chuvas. “Esse ano está sendo um dos piores, pois choveu pouco em algumas regiões, como o Oeste e quase nada nas regiões Trairi e Potengi, gerando muitas dificuldades para os agricultores”, lamentou.

Assessoria

COVID: Queiroga anuncia 3ª dose para idosos e imunossuprimidos a partir de 15 de setembro

O ministro da Saúde Marcelo Queiroga anunciou na noite dessa terça-feira (24) que a partir do dia 15 de setembro será aplicada uma dose de reforço da vacina contra a Covid-19 em idosos com mais de 80 anos e pessoas imunossuprimidas (transplantadas recentemente, com câncer, queimaduras graves, etc) que tomaram a segunda dose da vacina há pelo menos seis meses.

A data foi escolhida porque, segundo o ministro, pelos cálculos do Ministério da Saúde, toda a população com mais de 18 anos já vai ter sido vacinada com pelo menos a primeira dose da vacina. O imunizante escolhido pra dose de reforço será a Pfizer.

A decisão veio depois de uma reunião na noite dessa terça-feira com técnicos do Ministério da Saúde e representantes da OPAS (Organização pan-americana de Saúde).

Queiroga disse ainda que a decisão levou em conta o andamento da aplicação da segunda dose na população em geral “não tinha sentido eu avançar no reforço, se não tivesse a D2 assegurada, então a D2 seguirá”, disse ele.

Intervalo menor entre doses

O ministro Marcelo Queiroga anunciou também que o intervalo entre as doses dos imunizantes da Pfizer e da Astrazeneca devem diminuir de 12 para 8 semanas, como acontece no Reino Unido. “Temos uma quantidade boa de doses da Pfizer, da Astrezeneca também temos doses suficientes”. Mas, o ministro ressaltou que se, caso houver algum tipo de problema com a vacina da Astrazeneca, já que o IFA ainda vem da China, o intervalo pode se manter em 12 semanas.

BG

Hermano alerta para efeitos da seca e pede apoio ao produtor rural

Atento às necessidades do homem do campo, o deputado Hermano Morais (PSB) chamou a atenção para a seca que segue afetando o Rio Grande do Norte. Em pronunciamento na sessão plenária da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira (25), o parlamentar cobrou atenção e providências de entes públicos e privados para minimizar os efeitos da seca junto ao potiguar.

“Nesse momento as atenções continuam voltadas para o combate e prevenção à pandemia do novo coronavírus – o que é justo. Mas não podemos deixar de atentar para os pequenos produtores rurais do nosso Estado, que seguem sendo severamente castigados por essa seca, a maior de todos os tempos”, alertou Hermano.

Na oportunidade o deputado destacou a situação de emergência em razão da seca enfrentada pelos municípios de Bom Jesus, Umarizal e Currais Novos, alertando também para o desabastecimento de água em Pedro Avelino. De acordo com o parlamentar, diante da crise hídrica, é necessário que medidas de auxílio ao homem do campo sejam adotadas, como a “perfuração de poços, solidariedade das instituições bancárias, entre outras que possam minimizar os efeitos da seca em nosso Rio Grande do Norte”, concluiu Hermano.

Assessoria

Após levantamento de estoque, Secretaria de Saúde vai antecipar segunda dose da Pfizer no RN

Após levantamento do número de doses, Sesap pretende antecipar D2 de Pfizer no RN — Foto: Raiane Miranda/Assecom/Governo do RN/Divulgação
Após levantamento do número de doses, Sesap pretende antecipar D2 de Pfizer no RN — Foto: Raiane Miranda/Assecom/Governo do RN/Divulgação

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) trabalha em um levantamento de quantas doses de Pfizer há no estoque do Rio Grande do Norte – tanto na Unicat, quanto nas regionais de saúde – para adiantar a segunda dose do imunizante.

O objetivo é antecipar o prazo da segunda dose para 21 dias após a aplicação da primeira.

A decisão foi tomada após o Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) confirmar dois casos da variante delta do coronavírus em Natal.

“Com a chegada dessa nova variante a gente começa a se preocupar porque já temos observado problemas em outros estados do país. Estudos apontam que, para a delta, a Pfizer tem uma proteção menor apenas com uma dose aplicada”, disse a coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Kelly Lima.

Ela explicou que, a partir do levantamento de quantas doses há em estoque, será observado quantas pessoas já completaram 21 dias da aplicação da primeira dose do imunizante “garantindo que elas possam ter antecipação da segunda dose”.

Com a antecipação do calendário, a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos, prevista para ser iniciada em setembro, pode ser adiada.

A Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) trabalha em um levantamento de quantas doses de Pfizer há no estoque do Rio Grande do Norte – tanto na Unicat, quanto nas regionais de saúde – para adiantar a segunda dose do imunizante.

O objetivo é antecipar o prazo da segunda dose para 21 dias após a aplicação da primeira.

A decisão foi tomada após o Instituto de Medicina Tropical (IMT) da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) confirmar dois casos da variante delta do coronavírus em Natal.

“Com a chegada dessa nova variante a gente começa a se preocupar porque já temos observado problemas em outros estados do país. Estudos apontam que, para a delta, a Pfizer tem uma proteção menor apenas com uma dose aplicada”, disse a coordenadora de vigilância em saúde da Sesap, Kelly Lima.

Ela explicou que, a partir do levantamento de quantas doses há em estoque, será observado quantas pessoas já completaram 21 dias da aplicação da primeira dose do imunizante “garantindo que elas possam ter antecipação da segunda dose”.

Com a antecipação do calendário, a vacinação de adolescentes entre 12 e 17 anos, prevista para ser iniciada em setembro, pode ser adiada.

https://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia

Roberto Jefferson espera relaxamento de prisão ilegal, ministro Alexandre de Moraes do STF pode responder por homicídio em caso de morte do idoso na prisão

Perfil de Roberto Jefferson no Twitter sai do ar | Tecnologia | G1
Foto da Internet

O Brasil e o mundo sabe que a prisão determinada de ofício pelo ministro do STF Alexandre de Moraes contra o presidente do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Roberto Jefferson, é extremamente ilegal. Até porque não houve o fato típico, houve apenas uma fala, possivelmente uma ameaça, o que deveria ser visto, antes da prisão, pelo Ministério Público competente, ademais, o juízo natural da causa seria o da primeira instância, pois o Roberto Jefferson não goza de foro privilegiado para receber decisão contra a sua liberdade por parte do STF.

Neste caso, o ministro Alexandre de Moraes pode está pratricando o crime de abuso de autoridade contra o seu desafeto, já que Roberto Jefferson o atacou nas entrevista que deu por diversas vezes. Mas segundo a mioria dos jurista, entre eles o Dr. Ives Gandra, eram apenas desabafos políticos.

Percebemos que decisões do ministro Alexandre Moraes tem indícios de tribunal de exceção.

O Roberto Jefferson é um homem idoso, impetuoso, mais ainda assim deve gozar do direito dado aos idosos, estando doente, com a vida em risco em uma prisão ilegal por mais de dez dias pode que pode o vitimar, ou por assassinato ou por morte – aparentimente – natural por causa de suas muitas doenças.

Observando pelos preceitos legais e constitucionais, caso esse mal aconteça o ministro Alexandre de Moraes poderá responder por cirme de homicídio, pois dolosamente mantem o seu desafeto preso por prazer.

O Procurador Geral da República, a princípio, foi contra a referida prisão, mas por precisar dos votos de alguns senadores, alguns até com crimes de corrupção em processo, pode fazer a PGR mudar de ideia, o que piora as condições do judiária no Brasil.

Tudo isso precisa mudar para que possamos viver uma real democracia. As formas que hoje são escolhidos os parlamentares federais, a Porcuradoria Geral da República e os ministros do STF e TSJ, também os demais órgãos do poder judiciário só contribui para as trocas de favores, o que pode alimentar a atual corrupção.

O Brasil precisa de muitas mudanças.

Polícia Federal cumpre mandados na Secretaria de Saúde do RN neste exato momento

Cipriano Maia ressalta importância da vigilância em saúde - Portal do RN
Secretário da Sesap Cipriano Maia chegou a aterrorizar a população dizendo que em um mês morreria de Covid 11.300 pessoas, e os respiradores até hoje não chegaram / Foto da Internet

A Polícia Federal cumpre mandados no RN e na PB.

Segundo o BG apurou, a operação tem a participação da CGU e apura desvios de dinheiro federal no Combate a Pandemia.

Estão sendo cumpridos mandados na secretaria de saúde do estado do RN

Mais informações em Instantes.

O Blog do BG noticia.

Diretor do Consórcio Arena das Dunas presta depoimento em CPI sobre construção do estádio

Receita Líquida e o Lucro Líquido. Esse foi o assunto que perdurou durante quase toda a oitiva da reunião desta tarde (24) da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Arena das Duna, criada para apurar possíveis irregularidades na contratação da construção e manutenção do Arena de Futebol.
A Comissão ouviu como testemunha o diretor-presidente do Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S.A, Ítalo Mitre Alves de Lima, numa sessão que só terminou no início da noite.
“Há muitas divergências no contrato e o diretor mostrou desconhecer alguns pontos do documento. No contrato a referência que está posta é receita líquida, mas está sendo aplicado lucro líquido, representando um repasse muito baixo para o Estado nessa parceria”, destacou a relatora da CPI, deputada Isolda Dantas (PT) logo após fazer os seus questionamentos ao diretor da Arena das Dunas.
Ela questionou, de acordo com depoimento de Ítalo Mitre, que a modalidade foi modificada a partir de um ofício, 065 que o diretor não soube explicar de quem tinha sido a iniciativa para essa alteração de forma unilateral. Outros pontos questionados pelos integrantes da Comissão foi no tocante a falta de fiscalização no período da construção da Arena da Dunas, o pagamento mensal feito pelo Estado e a falta de informações financeiras solicitadas pela Controladoria Geral.
Ao final da reunião o presidente da Comissão, deputado Coronel Azevedo (PSC) disse que a “CPI está avançando. Hoje chegaram novos documentos do Ministério Público Estadual do Tribunal de Conta do Estado (TCE) e da Controladoria (Control). Na próxima terça-feira (31) vamos ouvir o ex-secretáriio do Estado, no período da construção do estádio, Demétrio Torres.
Também participaram da reunião desta terça-feira os deputados Kleber Rodrigues (PL), Tomba Farias (PSDB) e subtenente Eliabe (SDD).  

Covid: Natal tem 81% dos adultos vacinados com a primeira dose ou dose única da vacina, diz SMS

Vacina em Natal — Foto: Alex Régis/Prefeitura de Natal
Vacina em Natal — Foto: Alex Régis/Prefeitura de Natal

Natal tem 81% das pessoas acima de 18 anos vacinadas com pelo menos uma dose ou com a dose única do imunizante contra a Covid. Ao todo, 560.197 receberam a primeira aplicação contra a doença, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

De acordo com a pasta, o Ministério da Saúde informou que público adulto na capital é de 690.627 pessoas.

O número de pessoas com o esquema vacinal completo é de 32% da população – incluindo duas doses ou dose única.

Segundo a Secretaria de Saúde, entre os acima dos 40 anos, 80, 85% receberam a D1 ou a dose única.

“Nosso apelo agora é para que a faixa etária dos 18 anos aos 39 anos compareça aos pontos de vacinação”, alertou o secretário Municipal de Saúde, George Antunes.

Segundo o secretário, 77% da população entre 30 a 39 anos já recebeu a D1, e 65% da população dos 18 aos 29 anos.

“Reforçamos a importância no combate ao vírus. A vacina é a forma mais eficiente de se proteger. A vacinação acontece de forma muito rápida, basta levar um documento com foto, cartão de vacina e comprovante de residência de Natal”, reafirmou o secretário.

A SMS Natal segue vacinando a faixa etária de 18 anos e a segunda dose nos cinco drives e nas 35 UBS. Todos os horários e locais estão disponíveis na plataforma Vacina Natal.

G1RN

Museus e Caravana Cultural da UFRN abrem inscrições para curso de gestão de museus municipais e comunitários

O Museu Câmara Cascudo e o Museu do Seridó estão com inscrições abertas para o curso “Gestão em Museus Municipais e Comunitários”. A ação faz parte do programa Caravana Cultural da Pró-Reitoria de Extensão (PROEX), da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). O curso será realizado de 02 de setembro a 18 de novembro e oferece duzentas vagas para gestores, técnicos, agentes culturais e estudantes. As inscrições estão abertas até 01 de setembro, na página da ação no Sistema de Gestão das Atividades Acadêmicas da UFRN (Sigaa). 

As atividades do curso serão realizadas de forma remota e serão transmitidas pelos canais do Youtube do Museu do Seridó e do Museu Câmara Cascudo. Com um total de sessenta horas, o curso se divide em seis módulos que incluem temas como o desafio da gestão, institucionalização, fomento, planejamento e avaliação, além de aprimoramento de processos de trabalho em museus municipais e comunitários. Os participantes terão a oportunidade de trocar experiências e devem produzir um projeto para aplicar em sua realidade local. 

O encontro de abertura acontece no dia 02 de setembro, com o tema “Museus municipais e comunitários: diálogos com a universidade” e a participação do Professor Diego Lemos Ribeiro, da Universidade Federal de Pelotas, que é pesquisador da área e desenvolve projetos em gestão e comunicação em museus. O evento conta ainda com a participação de representantes da Proex e da Rede Universitária de Museus da UFRN e de museus municipais e comunitários do estado. 

O primeiro módulo do curso começa no dia 09 de setembro, e será ministrado por Átila Tolentino, gestor público e pesquisador da área de museus, além de Moysés Siqueira, historiador do Museu Câmara Cascudo. As etapas seguintes contam com a participação de Graciele Siqueira (Diretora do Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará), Raimundo Melo (coordenador dos Pontos de Memórias do RN), Elisabete Mendonça (Unirio), além de Gildo dos Santos (Museu Câmara Cascudo). A programação completa dos módulos está disponível na página do curso no Sigaa. 

O encontro final será no dia 04 de novembro, com o tema “Museus municipais e UFRN: vivências no Rio Grande do Norte”, com uma troca de experiências entre representantes do Museu de Nísia Floresta, do Museu Histórico de São Vicente e da Rede Universitária de Museus da UFRN (RUMUS/UFRN). Os trabalhos finais devem ser entregues até o dia 18 de novembro.

As inscrições podem ser feitas, até 1º de setembro, no Sigaa, no endereço https://sigaa.ufrn.br/sigaa/link/public/extensao/visualizacaoAcaoExtensao/91818448. Outras informações podem ser obtidas pelo e-mail moyses.siqueira@ufrn.br

Para não esquecer: 

Curso “Gestão em Museus Municipais e Comunitários”

02 de setembro a 18 de novembro

Inscrições até 01 de setembro pelo Sigaa https://sigaa.ufrn.br/sigaa/link/public/extensao/visualizacaoAcaoExtensao/91818448

Transmissão pelos canais do Youtube do Museu do Seridó e Museu Câmara Cascudo

youtube.com/museudoseridoufrn

youtube.com/mccufrn