Archive for agosto 6th, 2021

Coronel Azevedo solicita medidas ao Governo do RN para garantir merenda escolar em toda a rede

Com  o retorno às aulas na rede estadual de ensino, o deputado Coronel Azevedo (PSC) está solicitando ao governo estadual que sejam tomadas todas as medidas necessárias para garantir a merenda escolar na rede pública de ensino.
 
“Após mais de um ano sem aulas presenciais, em  razão da pandemia  da Covid-19, as   aulas   começaram   a   retornar   na   rede   estadual   de   ensino. Porém, recebemos  informações  de  que algumas  escolas  não  estão  fornecendo  merenda escolar, por falta de repasse dos insumos pelo Governo do Estado”, afirmou o parlamentar.
 
Coronel Azevedo disse que é importante a Secretaria de Educação realizar planejamento para que a volta às aulas ocorra sem grandes problemas. “Não é o que se observa, pois a falta de merenda escolar compromete o aprendizado dos alunos que se encontram em vulnerabilidade econômica”, afirmou.

Falta de estrutura de trabalho demonstra descaso do governo do Estado com os policiais militares

ACS-PMRN na cidade Natal

A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN, recebe quase que diariamente reclamações e relatos da falta de estrutura de trabalho que os policiais militares de nosso Estado tem que vivenciar no exercício das suas atividades de proporcionar segurança pública e proteção a sociedade potiguar.

Se já não bastasse a dificuldade que enfrenta com a questão da alimentação relatada em matéria anterior, os policiais militares sofrem também com a falta de estrutura logística disponibilizada pela Corporação, o que traz mais um ingrediente para a difícil tarefa de combate a criminalidade.

Segundo informações obtidas, a Polícia Militar não dispõe de verba de custeio que pudesse ser aplicada na melhoria e conservação dos prédios onde funcionam as unidades policiais militares, nem tão pouco, na manutenção de viaturas policiais, o que torna evidente um flagrante problema da Corporação que se retrata em prédios e instalações insalubres, bem como, em viaturas por vezes sucateadas, para uso dos policiais militares no serviços diário.

Outro problema recorrente é a falta de Equipamentos de Proteção Individual – EPIs e armamentos insuficientes para a cautela permanente dos policiais militares, fazendo com que alguns policiais militares que não dispõem de armamento próprio, voltem para suas casas desarmados depois de um dia de trabalho, o que potencializa os riscos da profissão.

Diante disso, é comum ouvirmos relatos de unidades policiais militares que são reformadas e viaturas consertadas com “vaquinhas” feitas por comerciantes e populares, os quais assumem uma responsabilidade que é do governo do Estado, ou ainda, os próprios policiais militares tiram dinheiro do próprio bolso para realizarem esses serviços.

Nesse sentido, A Associação dos Cabos e Soldados da Polícia Militar do RN – ACS-PM/RN destaca que uma Polícia Militar com a estrutura de trabalho e valorização adequada prestará sempre um serviço de melhor qualidade, de modo que, cobramos das autoridades competentes a devida valorização dessa tão importante categoria de servidores.

Com Assessoria de Comunicação ACS-PM/RN /BG

Governo federal quer dar bônus para quem reduzir consumo de energia; medida seria destinada a consumidores residenciais e pequenos comércios

Pior seca. Lago da represa da hidrelétrica de Marimbondo praticamente vazio na região entre as cidade de Icem e Guaraci, no interior de São Paulo Foto: Joel Silva/Fotoarena

O governo federal avalia criar mecanismos para incentivar a redução do consumo de energia elétrica por todas as unidades consumidoras do país, inclusive residências e pequenos comércios.

A solução em estudo dentro do Executivo poderá conceder um desconto ou um “bônus” nas contas de energia para quem reduzir o consumo de modo voluntário em um período determinado como, por exemplo, um mês. A medida foi confirmada ao GLOBO pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

O ministro afirmou que, por causa da crise hídrica, o MME vem se esforçando para aumentar a oferta e incentivar o consumo eficiente de energia elétrica. Ele cita o lançamento de uma campanha de uso consciente de água e energia elétrica.

O governo também trabalha num programa para reduzir a demanda de energia dos grandes consumidores nos horários de pico (entre 12h e 18h de dias úteis).

— Em linha com esse programa, identificamos a necessidade de incentivar também os consumidores regulados a reduzir o consumo de energia de modo voluntário — explicou o ministro.

Consumidor “regulado” é como é chamada a maior parte dos clientes. São aqueles que recebem energia por meio de distribuidoras tradicionais de eletricidade. São residências e comércios, por exemplo, cujas tarifas são reguladas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Os consumidores livres negociam a compra de energia diretamente com o gerador.

— Nesse sentido, o MME está avaliando com a Aneel um mecanismo de incentivo aos consumidores a ser apresentado, ainda no corrente mês, ao CMSE (Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico) e à CREG (Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética) — disse Albuquerque, que acrescentou:

— Dentre as possibilidades em estudo, destaca-se a concessão de bônus ou descontos nas tarifas dos consumidores que reduzirem o consumo de energia.

Para isso, será necessário encontrar recursos para compensar as empresas, já que as empresas geradoras de energia não poderiam sair perdendo.

As distribuidoras, apesar de arrecadarem a maior parte dos recursos do setor elétrico, ficam apenas com um percentual disso. As tarifas são divididas para pagar empresas de transmissão e geração, além de impostos e encargos.

Esta semana, em relatório distribuído aos clientes, a PSR Energy sugeriu uma medida semelhante ao governo.

Piora nos reservatórios

Portanto, será preciso definir de onde sairia o dinheiro para remunerar as empresas e uma possibilidade estudada é recorrer ao Orçamento. A medida seria necessária para poupar água dos reservatórios e reduzir a demanda, por causa da crise hídrica, dando mais segurança ao sistema.

Na reunião do CMSE esta semana, o Operador Nacional do Sistema (ONS) levou dados que demonstraram piora na situação dos reservatórios e do fornecimento de energia, principalmente entre outubro e novembro, auge da seca.

Para garantir a segurança do sistema, o governo já indicou a necessidade de preservar uma série de medidas tomadas em 2021 até o fim do próximo período úmido, que termina em abril de 2022.

A intenção é manter vazões reduzidas em hidrelétricas importantes no Sudeste e no Centro-Oeste, região que concentra a crise hídrica. A redução da vazão poupa água nos reservatórios, mas prejudica outros setores, como a navegação.

O MME também pediu um estudo conjunto entre o ONS e a Empresa de Pesquisa Energética (EPE) sobre as condições de atendimento eletroenergético na transição do período seco para o período úmido em 2021 e para 2022.

Reforço na transmissão

Outras medidas são tomadas para ampliar a capacidade de geração de energia por usinas termelétricas. Uma delas é deixar disponível um novo navio regaseificador, no terminal de Pecém (CE), possibilitando o fornecimento de gás natural para as usinas termelétricas.

O ONS também vai tomar medidas para aumentar a transmissão de energia do Nordeste para o resto do país. Os reservatórios do Nordeste estão mais cheios, além da região gerar energia por usinas eólicas em grande escala.

Mas há limites para transmitir essa energia para o Sudeste e o Centro-Oeste. Os técnicos do governo têm trabalhado para ampliar a capacidade de transmissão entre os sistemas.

O Globo /BG

Isolda Dantas solicita programa Igarn Itinerante para comunidade Maísa, em Mossoró

Crédito da Foto: João Gilberto

Programa que visa a melhor gestão dos recursos hídricos no Estado, o IGARN Itinerante vem contribuindo para facilitar a vida dos potiguares com suas ações interiorizadas. Por essa razão a deputada Isolda Dantas (PT) está solicitando ao governo estadual que seja realizado na comunidade rural da Maísa, em Mossoró.
 
“O programa visa a melhor gestão dos recursos hídricos e a manutenção da maior quantidade de água pelo maior tempo permissível atendendo às necessidades, tanto das populações, quanto das produções”, ressaltou a parlamentar.
 
O IGARN Itinerante, realizado pelo Instituto de Gestão das  Águas do RN, tem por objetivo a regularização do uso da água, com os serviços de cadastramento de licenças de obra hidráulica, dispensa de licenças, outorgas de uso da água e dispensa de outorga.
 

Eventos sociais com até 300 pessoas são liberados no Rio Grande do Norte

Apenas cidades com indicadores verdes podem realizar eventos sociais com até 300 pessoas no RN, segundo decreto — Foto: Reprodução
Apenas cidades com indicadores verdes podem realizar eventos sociais com até 300 pessoas no RN, segundo decreto — Foto: Reprodução

A partir desta sexta-feira (6) estão liberados os eventos sociais com até 300 pessoas no Rio Grande do Norte. A liberação está condicionada à situação da pandemia em cada cidade potiguar.

De acordo com as regras estabelecidas pelo governo, os eventos só estão liberados em municípios com indicador composto na cor verde.

O último levantamento semanal publicado pela Secretaria Estadual de Saúde, no dia 2 de agosto, apontou que 138 cidades potiguares estão na cor verde. Veja aqui.

Essa é a segunda fase do calendário de reabertura de eventos sociais publicado em decreto no mês de junho.

O decreto já havia permitido a realização de eventos técnicos e científicos e a reabertura de cinemas, teatros, entre outras casas culturais.

Veja calendário de reabertura dos eventos sociais

  • Fase 1 – A partir de 23 julho de 2021, com ocupação máxima de 20% da capacidade do local, limitada à frequência máxima de 150 pessoas;
  • Fase 2 – A partir de 06 de agosto 2021, com ocupação máxima de 40% da capacidade do local, limitada à frequência máxima de 300 pessoas;
  • Fase 3 – A partir de 20 de agosto de 2021, com ocupação máxima de 60% da capacidade do local, limitada à frequência máxima de 450 pessoas;
  • Fase 4 – A partir de 03 de setembro de 2021, com ocupação máxima de 80% da capacidade do local, limitada à frequência máxima de 600 pessoas;
  • Fase 5 – A partir de 17 de setembro de 2021, permitida a ocupação de 100% da capacidade do local.

Indicador

O indicador composto é uma ferramenta que considera dados como ocupação de leitos, casos ativos e Covid-19, taxa de mortalidade, entre outros. Ele é apresentado em cinco níveis numéricos representados por três cores: verde, amarelo e vermelho.

Os eventos sociais estão condicionados a esses municípios estarem no nível verde.

Ainda de acordo com o governo, os protocolos estabelecidos, como uso de máscara e distanciamento, devem ser mantidos. A fiscalização será feita pela operação Pacto Pela Vida.

G1RN

Ministério Público reapresenta denúncia da Lava Jato sobre terreno para Instituto Lula

Foto BG

A Procuradoria da República no DF (Distrito Federal) ratificou uma denúncia da Lava Jato contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro da Fazenda Antônio Palocci e o empresário Marcelo Odebrecht. O caso é referente à compra de um terreno para o Instituto Lula e um apartamento, que teriam sido bancados pela empreiteira.

O terreno, no valor de R$ 12 milhões, serviria de sede para o Instituto Lula, em São Paulo. E a cobertura, no valor de R$ 504 mil, era vizinha à residência do petista em São Bernardo do Campo, na Região Metropolitana de São Paulo.

O petista chegou a ser acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Palocci seria o intermediador. Em contrapartida, eles teriam atendido a pedido de favorecimento à Odebrecht em 8 contratos firmados pela Petrobras.

Fonte: https://www.blogdobg.com.br/

Medalhista olímpico de ouro, Ítalo Ferreira já foi ator da Disney; confira história

Campeão mundial, campeão olímpico e ator da Disney. Você sabe de quem estamos falando? Se pensou no surfista potiguar Ítalo Ferreira, acertou.

Antes de se tornar o fenômeno que é hoje após o ouro olímpico histórico conquistado no Japão, o atleta de Baía Formosa tem um momento no mínimo curioso em sua carreira. Em 2019, ele fez uma ponta na série brasileira da Disney, Juacas. Ítalo apareceu no primeiro episódio da segunda temporada e na época já era tratado como um ídolo da modalidade.

A matéria completa com vídeo está disponível no Potiguar On-line: https://www.potiguaraonline.com.br/destaques/italo-ferreira-ator-da-disney-vem-entender-essa-historia/

Fonte: https://www.blogdobg.com.br/

Confira como votou a bancada do RN sobre a privatização dos Correios

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (5) o projeto de lei que abre caminho para a privatização dos Correios com o apoio de quatro votos de deputados eleitos pelo RN. Dois votaram contra e outros dois se ausentaram da votação, porque faltaram à sessão.

Confira abaixo como votou a bancada do RN:

SIM
Beto Rosado (PP)
General Girão (PSL)
Walter Alves (MDB)
João Maia (PL)

NÃO
Natália Bonavides (PT)
Rafael Motta (PSB)

FALTARAM À SESSÃO:
Benes Leocádio (Republicanos)
Carla Dickson (PROS)

Fonte: https://www.blogdobg.com.br/