Archive for fevereiro 12th, 2021

Subtenente Eliabe cobra paridade salarial prevista em lei a pensionistas da PM e Bombeiros

O deputado estadual subtenente Eliabe (SDD) trouxe o tema da reforma da Previdência para a Assembleia Legislativa do RN. E na sessão desta quinta-feira (11), destacou os efeitos provocados na vida dos pensionistas da Polícia e do Corpo de Bombeiro Militar do RN. De acordo com o parlamentar, o Estado foi o único do Brasil que não aplicou os benefícios da reforma.

“Os militares estaduais já foram atingidos a partir de novembro de 2019, sendo sacrificados e tendo garantias e direitos sendo finalizados. Esse sistema trouxe prejuízos para a categoria e algumas recompensas, mas aqui no Estado, o governo lançou mão de aplicar o bônus a esses servidores”, disse.

Com a perda do benefício da isenção previdenciária – que existe aqui no Rio Grande do Norte para os servidores públicos aposentados e pensionistas que ganham até R$ 6.101,05 (civis e, antes da reforma, militares), a contribuição passou a ser sobre a remuneração integral e os reformados e pensionistas passaram a contribuir.

“O Rio Grande do Norte é o único Estado que aplicou o bônus da reforma e os benefícios, não aplicou. As pensionistas são aquelas mulheres que perderam seus maridos, assassinados em razão de serem policiais e o Estado, ao invés de amparar, abandona”, finalizou.

Ato da Mesa Diretora da Assembleia nomeia deputados para Comissões Permanentes

Em ato número 01/2021 da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, assinada na manhã desta quinta-feira (11) pelo presidente, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) foram nomeados os integrantes titulares e seus respectivos suplentes das Comissões Permanentes da Assembleia Legislativa para a terceira sessão legislativa da 62ª Legislatura.  
O ato será publicado na edição dessa sexta-feira (12) no Diário Oficial Eletrônico da Casa. O presidente do Parlamento Estadual marcou para o próximo dia 18, às 9h30m a eleição de presidentes e vice-presidentes das seis Comissões Permanentes.
A composição dos grupos de trabalho ficou assim definida, após a indicação dos nomes pelos líderes de bancadas e de blocos parlamentares.
Comissão de Constituição, Justiça e Redação
Titulares: Isolda Dantas (PT), Raimundo Fernandes (PSDB), Subtenente Eliabe (SDD), Albert Dickson (PROS), Kleber Rodrigues (PL), Hermano Morais (PSB) e Galeno Torquato (PSD).
Suplentes: Francisco do PT, Souza (PSB), Cristiane Dantas (SDD), Eudiane Macedo (Republicanos), Sandro Pimentel (Psol) e Getúlio Rêgo (DEM).
Comissão de Finanças e Fiscalização
Titulares: José Dias (PSDB), Kelps Lima (SDD), Hermano Morais (PSB), George Soares (PL), Tomba Farias (PSDB), Gustavo Carvalho (PSDB) e Getúlio Rêgo (DEM).
Suplentes: Coronel Azevedo (PSC), Subtenente Eliabe (SDD), Isolda Dantas (PT), Kleber Rodrigues (PL), Cristiane Dantas (SDD), Galeno Torquato (PSD) e Nelter Queiroz (MDB).  
Comissão de Administração, Serviços Públicos, Trabalho e Segurança Pública
Titulares: Subtenente Eliabe (SDD), Kelps Lima (SDD), Kleber Rodrigues (PL), Nelter Queiroz (MDB) e Souza (PSB).
Suplentes: Cristiane Dantas (SDD), Gustavo Carvalho (PSDB), George Soares (PL), Getúlio Rêgo (DEM) e Sandro Pimentel (Psol).
Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Socioeconômico, Meio Ambiente e Turismo
Titulares: Isolda Dantas (PT), Francisco do PT, Albert Dickson (PROS), Sandro Pimentel (Psol) e Coronel Azevedo (PSC).
Suplentes: Hermano Morais (PSB), Souza Neto (PSB), Eudiane Macedo (Republicanos), Cristiane Dantas (SDD) e Tomba Farias (PSDB).
Comissão de Defesa do Consumidor, dos Direitos Humanos e Cidadania
Titulares: Sandro Pimentel (Psol), Eudiane Macedo (Republicanos) e Ubaldo Fernandes (PL).
Suplentes: Isolda Dantas (PT), Dr. Bernardo (Avante) e Kleber Rodrigues (PL).
Comissão de Saúde
Titulares: Getúlio Rêgo (DEM), Cristiane Dantas (SDD), Dr. Bernardo (Avante), Galeno Torquato (PSD) e Vivaldo Costa (PSD).
Suplentes: Nelter Queiroz (MDB), Subtenente Eliabe (SDD), Albert Dickson (PROS) e Hermano Morais (PSB).

PSDB descarta Dória, em 2022 vai com Eduardo Leite para presidente do Brasil

Eduardo Leite: ‘Estar no mesmo partido político não significa ter ideias convergentes’
Eduardo Leite: ‘Estar no mesmo partido político não significa ter ideias convergentes’

Após os estragos feitos pelo governador João Agripino Dória (PSDB), que era pré-candidato, pelo PSDB, ao cargo de presidente do Brasil em 2022, ter tomado uma negatividade dos paulista e de todos no Brasil, o partido tem preferido investir em outro nome, no caso, no nome do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite.

Dória vem colecionando uma derrota atrás da outra. Ele apostou na eleição do Baleia, apoiado por Rodrigo Maia, perdendo com uma maioria gigantesca para o candidato do presidente Bolsonaro, o deputado federal Arthur Lira.

Por último teve uma briga com Aécio Neves que findou o chamando de oportunista, que usou o codinome de Bolsodória para ganhar o governo de São Paulo em 2018, traindo o presidente logo em seguida por questões pessoais.

O ataque de Aécio já definiu que Dória não será o candidato a presidente pela legenda em 2022.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), recebeu, nesta quinta-feira (11), um grupo de parlamentares do PSDB, no Palácio Piratini, sede do governo gaúcho. Convidado a se apresentar como alternativa na corrida presidencial pelo partido, Leite aceitou e se disponibilizou a liderar o projeto do partido para 2022.

“Recebo um chamado para colaborar com um projeto e isso, por si só, já é uma enorme responsabilidade, de poder participar, protagonizar, liderar a discussão de um projeto num momento crítico da vida da nação”, disse Eduardo Leite.

Presidente da legenda em Minas Gerais, o deputado federal Paulo Abi-Ackel disse que Leite pode se apresentar como um “personagem nacional”. Segundo o político, entre a bancada federal, Leite é o nome que mais agrada.

“A nossa vinda aqui é uma demonstração, um convite para que o governador Eduardo Leite possa ser, sem dúvida, uma alternativa do PSDB para nos representar na corrida sucessória, na corrida pela presidência da República”, disse.

Além de Ackel, também participaram os deputados federais Lucas Redecker, Daniel Trzeciak, Adolfo Viana (Bahia), Celio Silveira (Goiás), Edna Henrique (Paraíba), Eduardo Barbosa (Minas Gerais), Geovânia de Sá (Santa Catarina), Otavio Leite (RJ), Pedro Cunha Lima (Paraíba), Pedro Vilela (Alagoas), Bia Cavassa (Mato Grosso do Sul) e Mariana Carvalho (Rondônia). O senador por Alagoas Rodrigo Cunha também integrou a comitiva.

G1

Natal mantém vacinação contra Covid-19 em ponto de drive-thru durante carnaval

Durante o carnaval, vacinação dos profissionais da saúde acontecerá apenas em drive-thru no Via Direta, em Natal — Foto: Sara Cardoso/Inter TV Cabugi
Durante o carnaval, vacinação dos profissionais da saúde acontecerá apenas em drive-thru no Via Direta, em Natal — Foto: Sara Cardoso/Inter TV Cabugi

A Secretaria Municipal de Saúde de Natal informou que vai continuar a aplicação da segunda dose da vacina CoronaVac nos profissionais de saúde durante o carnaval. De segunda (15) a quarta-feira (17), o único ponto de imunização em funcionamento será o do Shopping Via Direta, no horário das 8h às 16h – tanto para vacinação de pedestres quanto para receber veículos em esquema de drive-thru.

Os outros dois pontos de drive-thru – no ginásio Nélio Dias e na Arena das Dunas – seguirão o ponto facultativo decretado pela prefeitura e só retomam o atendimento na quinta-feira (18).

A SMS lembra que nesta sexta-feira (12) os três drives funcionam normalmente, das 8h às 16h.

George Antunes, secretário municipal de Saúde de Natal, afirmou que “essa medida é necessária uma vez que esse tipo de vacina contra a Covid-19, a CoronaVac, requer um reforço de até 28 dias de acordo com a bula do imunobiológico”.

“A gente pede que aqueles profissionais que se vacinaram na primeira fase verifiquem o cartão vacinal e se atentem ao prazo para retornar nos pontos e receber a segunda dose. Dessa forma, a gente garante uma imunização eficaz e tem certeza de estar no caminho certo para atingir a imunidade coletiva”, explicou.

Idosos

A SMS também garantiu que, durante o carnaval, também fará a aplicação da dose de CoronaVac nos idosos em Instituições de Longa Permanência (ILPIs). Serão vacinados 492 idosos que residem em 21 instituições.

Também está mantida a continuidade da aplicação da primeira dose nos idosos acamados com 75 anos e mais no município no mesmo período – a SMS recebeu solicitação para vacinar 1.535 idosos. Ainda há o cadastro de acamados que são acompanhados pelas unidades básicas no próprio bairro.

A secretaria lembra que a vacinação dos idosos acamados acontece exclusivamente na casa onde residem, com equipes de estratégia de saúde da família ou do DVS, que vão paramentados e identificados até a casa desses pacientes. O responsável é comunicado por mensagem indicando o dia da visita.

G1RN